Arrogancia3A arrogância é uma doença espiritual maligna e silenciosa. Um dos efeitos dessa moléstia é que, em geral, o arrogante se acha a pessoa mais humilde do mundo – ele não se vê como verdadeiramente é. Constantemente aponta os erros dos outros mas não consegue perceber como a sua essência está contaminada – e, se consegue, tem a arrogância de dizer que não é arrogante. Lá vai bem longe o tempo de servos como Francisco de Assis, João da Cruz, Thomas-à-Kempis e outros homens de Deus verdadeiramente humildes. Hoje está totalmente disseminado  o conceito antibíblico de que é possível ser arrogante e ser um bom cristão. Não é. É absolutamente impossível ser um homem segundo o coração de Deus e ser arrogante ao mesmo tempo. São características que não cabem no mesmo indivíduo.

Arrogância é sinônimo de orgulho, altivez, soberba, prepotência. Mostre-me um arrogante e lhe mostrarei um homem sem Deus. Esse é um pecado tão grave que o salmista diz ao Senhor em Salmos 5.5: “Os arrogantes não permanecerão à tua vista”. Em 2 Timóteo 3.1-2, o apóstolo Paulo fala sobre o perfil dos homens nos últimos tempos: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes…”. Sim, o olhar altivo do arrogante é um dos defeitos que Deus mais detesta, como Salomão deixa claro em Provérbios 6.16-19.

Arrogancia2É fácil diagnosticar alguém que sofre de arrogância. Comece procurando uma pessoa que se acha especial. Diferente. O escolhido. O “cristão” altivo tem essa pretensão, achar que tem em si algo tão singular que Deus o separou do resto da humanidade. Pois os verdadeiramente separados pelo Senhor para realizar grandes feitos simplesmente os executam, não ficam fazendo alarde disso, e se mantêm com uma extraordinária postura de humildade (é só ver o caso do rei Davi). De certo modo, há em todo arrogante um pouco de nazista: ele se acha praticamente membro de uma linhagem superior, um ariano, eleito pelos céus para mostrar à humanidade errada que ele é quem está certo.

Essa é outra característica sempre e sempre presente no arrogante: ele se acha o dono da verdade. Se alguém discorda dele é porque é ignorante, atrasado, desinformado, rebelde, não foi tão iluminado por Deus, não entendeu as realidades do alto ou qualquer coisa do gênero. Isso acontece porque a arrogância cega. Ela não deixa o arrogante se ver como tal. Assim, qualquer verdade fora da sua verdade é inverdade. E ele trata quem dele discorda como culpado de uma suposta ignorância proposital. Discordar do arrogante é visto por ele praticamente como uma ofensa. Até porque, no seu entendimento, as outras pessoas existem em função dele.

Arrogancia1Lamentavelmente, o “cristão” arrogante em geral ganha discípulos. No caso do arrogante carismático, arrebanhará multidões, que se tornarão seus seguidores cegos – fãs tão fanáticos que não suportam ouvir uma crítica a seus ídolos. Hitler foi assim. Temos os nossos hitlers hoje em dia, líderes orgulhosos e altivos, que se tornam deidades das massas. Seu carisma atrai os incautos para a armadilha e a arrogância enterra seus seguidores, ao ser tomada como modelo e padrão aceitável. Em vez de uma triste doença, a soberba dos tais é vista e exaltada como uma qualidade, um sinal de força e posicionamento. Aos olhos de muitos, até como unção. Só que não passa da mais maligna e destrutiva soberba: “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda” (Pv 16.18). E há, por outro lado, os arrogantes sem carisma, que se impõem em geral por seus cargos, fazem poucos discípulos sinceros – os que nele de fato creem acabam reproduzindo a mesma arrogância. Seja o arrogante carismático ou não, tornar-se um discípulo dele é altamente prejudicial: “Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança e não pende para os arrogantes” (Sl 40.4).

O arrogante geralmente se prende a títulos e cargos para legitimar-se. Esteja ele em que grau da hierarquia estiver. “Sabe com quem está falando? Eu sou o diácono aqui”, empavona-se. Não se contenta em ser quem é, precisa do reconhecimento e do garbo. Sem adjetivos a sua arrogância sente-se ofendida. É por isso que nascem entre nós tantos “patriarcas”, “apóstolos”, “ungidos do Senhor”, “doutores em divindade”, “profetas de Deus”. “vice-deus” ou o que for – o arrogante em geral se esforça mais por obter títulos do que empreender realizações. Enquanto o mais importante e preeminente dos humildes contenta-se em ser chamado de “Zé”, se for o caso, o arrogante exige para si títulos acessórios, que ficarão pendurados em seu nome como penduricalhos na farda de um velho general.

Arrogancia4Mas, por mais que receba o louvor alheio, o arrogante não se contenta com isso – precisa de mais. Pois realmente acredita que merece mais – afinal, ele é um escolhido de Deus. Daí surgem os impérios eclesiásticos, as empresas evangélicas de um homem só, as capitanias hereditárias gospel, as catedrais mundiais de qualquer coisa. E, para pôr tais empreendimentos de pé, o arrogante se coloca acima do bem e do mal: faz associações em jugo desigual para ter mais poder, dá propinas para ver avançar seus sonhos pessoais, cria falsas campanhas espirituais como forma de arrecadar dinheiro… enfim, faz o que for preciso para que seus projetos avancem – e sempre tem uma boa desculpa para justificar-se de que aquilo não é pecado. Peca porque, afinal, está fazendo para o Reino. Só que, na verdade, está fazendo para si mesmo.

Não há arrogantes admiráveis – pense nos homens de Deus que você admira e, se enxerga neles altivez e prepotência, sugiro que deixe de admirá-los – pois não são tão homens de Deus assim. Só continua a admirar arrogantes, após se dar conta de que são arrogantes, quem admira a arrogância. E não se pode admirar a arrogância e Jesus ao mesmo tempo.

Arrogancia5A arrogância foi o pecado que fez aquele que ficava ao lado do Senhor no Céu tornar-se Satanás. Não bastava ele ser querubim da guarda ungido, permanecer no monte santo de Deus, andar no brilho das pedras. É interessante reparar o caminho de corrupção que ele percorre, de anjo a demônio. No início, “perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado”, só que, aos poucos, “se achou iniquidade” nele. O que me entristece é que, se o destino dos homens arrogantes for o mesmo do querubim arrogante, o que eles ouvirão ao final de suas vidas é: “te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer [...] em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem” (Ez 28).

É uma certeza quase matemática, que não tem como dar errado. Como registra Isaías 2.17, “A arrogância do homem será abatida, e a sua altivez será humilhada”. Fico triste, realmente triste por causa dos arrogantes. Pois, em geral, foram bons cristãos no início, mas, com o passar do tempo, começaram de fato a acreditar que são mais do que os demais. Assim como Lúcifer era perfeito, mas deixou seu coração enganá-lo, o mesmo processo ocorre com todo arrogante. Seu fim, lamento crer, não será diferente. Se não for abatido nesta vida, será na próxima.

Arrogancia6Entre os salvos de Deus não há arrogantes, há os mansos e humildes de coração. Se um arrogante é alcançado pela graça da cruz ele deixa de ser arrogante. Seus olhos perdem a altivez. Suas palavras abandonam o egocentrismo. Sua alma despreza os títulos e adjetivos. Seus projetos de projeção pessoal são postos de lado. Seu conforto passa a importar menos do que a obra de Deus. Suas ações passam a devotar-se ao ferido, ao doente e ao sofredor. A arrogância morre e em seu lugar brota o amor. Pois onde há amor não pode haver arrogância.

O arrogante prioriza a si se aos seus. O humilde prioriza o próximo. Simples e bíblico.

Termino aqui, com uma explicação. Não dediquei tantas linhas aos arrogantes para acusá-los. Mas, primeiro, para compartilhar meu entendimento bíblico de que não existem cristãos arrogantes, é um conceito impossível à luz das Escrituras: se é de fato cristão não pode ser arrogante, se é arrogante não é cristão. Segundo, para que você veja se tem seguido ou mesmo sido alguém altivo e soberbo. E, por fim, para que oremos pelos arrogantes. Devemos amar os tais e pedir que o Senhor os cure dessa doença tão maligna – para que vivam e parem de contagiar ou ferir os que estão ao seu redor. Oremos em especial para que venham a conhecer Cristo e tirem a si mesmos do altar. Não devemos desejar o mal dos arrogantes nem combater a arrogância com ataques, mas com oração e amor. Pois, se atacarmos os arrogantes com ferocidade e nossas próprias verdades, estaremos sendo tão arrogantes como eles.

Propor isso é muito arrogante de minha parte?

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício

About these ads
Comentários
  1. Mery disse:

    Texto edificante Maurício ,infelizmente vejo muito desses arrogantes,tem alguns que desconfio
    que nem vão querer seu galardão,pois o já receberam aqui .

    • Oi, Mery,
      Deus o sabe, minha irmã.
      Na paz do alto,
      mz

      • Samara Fatima disse:

        Olá Mauricio . Bom sou uma jovem de 18 anos . Cristã Católica. Sou uma pessoa que nesses dois últimos anos procuro me aproximar mais de DEUS, se mais participante na minha paróquia .Graças a DEUS eu faço parte do Ministério de música da minha igreja. Enfim, confesso que mesmo antes de iniciar a minha caminhada com Cristo eu já era uma pessoa Sincera e por vezes arrogante. Mas achava que era apenas um característica minha. Sabe aquela expressão : “Ah , esse é o eu jeito, e quem gostar de mim vai gostar assim ” ?. Então eu bem dizia isso . Mas ultimamente mesmo sendo participativa na igreja , cantando pra DEUS, por vezes até mesmo pregando A Palavra de DEUS. Eu percebo que toda vez que alguém , seja um amigo ou colega enfim vai fazer um discurso direcionado a mim , começa dizendo assim : “Ela é arrogante, barraqueira , gosta de brigar” . Enfim, e isso já está me incomodando . Eu já estava reconhecendo que eu preciso mudar, mas infelizmente eu fiquei com essa fama com essas pessoas que convivem comigo . Eu não quero continuar assim! . Eu quero ser conivente com o que eu canto, prego e acredito. Mas ao mesmo tempo é muito difícil , eu não consigo me conter , o que eu penso eu sinto necessidade de falar de fazer e sinto que isso vem me afastando das pessoas que eu amo ou que eu poderia conhecer e me afastando de DEUS também. Sinceramente eu gostaria de ser mais doce, mais humilde , mas bondosa e cuidadosa com o meu próximo. Mas é como se a arrogância estivesse tomado posse de mim , acho que confundi sinceridade com arrogância e hoje infelizmente não sei mais distinguir uma da outra. Assim como Francisco de Assis foi citado em seu texto , se eu não me engano tem uma frase que ele diz , que é o seguinte : “Palavras convencem . Mas testemunho , arrastam “. Tenho absoluta certeza de que se eu conseguir mudar o meu modo arrogante de ser, serei mais feliz , farei as pessoas mais felizes e poderei pregar realmente os ensinamentos de Cristo . Gostaria de uma resposta sua. Gosto muito dos seus textos eles são coerentes com a A Palavra de DEUS !. Obrigada . A paz de CRISTO !.

      • Oi, Samara,
        .
        vamos começar com uma boa notícia. O primeiro passo para abandonar um erro é perceber que se está errando. Esse passo você já deu. Agora você precisa ir para o segundo: tornar essa sua percepção consequente, ou seja, que ela gere mudança.
        .
        Paulo diz em Rm 12.2 que para cumprirmos a vontade de Deus precisamos renovar a nossa mente, ou seja: repensar. Você tem de mudar suas atitudes. Elas incomodam os outros, a si mesma e a Deus. Então não deixe esse pensamento de que “eu não tenho jeito” te ancore no erro: todo mundo tem jeito. Veja o próprio Paulo, um assassino de cristãos que se tornou um dos maiores dentre nós. Veja Zaqueu. Madalena. Maria, irmã de Lázaro. Veja quantos e quantos cristãos ao longo dos séculos que se abriram para a graça do Senhor e foram transformados. Agostinho, um devasso, que virou um dos principais teólogos de nossa história. Lutero, que reformou a mente a ponto de mudar a história do mundo. Quantos exemplos! E você não é pior do que ninguém. Você não é pior do que o apóstolo Paulo, que era um pecador, soberbo e que fazia o mal que não queria fazer.
        .
        Um dia após o outro, querida. Uma atitude após a outra. Uma situação após a outra. Um acerto após o outro. É assim que você vai conseguir. E você verá que, tomando uma atitude acertada após a outra, você não terá de se esforçar para convencer ninguém de que mudou. Você brilhará e as pessoas enxergarão o brilho em tua vida. A luz não se esforça para brilhar, ela apenas brilha. Oro a Deus que você seja assim.
        .
        É possível. Creia. E aja como tal. E daqui a uns meses volte aqui para compartilhar se isso não funcionou.
        .
        Se ajudar, leia um post chamado “Deus muda o caráter e também o temperamento”, que publiquei um tempo atrás aqui no blog. Pode ser que te ajude. Oro que sim.
        .
        Um abraço pra ti e leia o Salmo 37. Pode te ajudar.
        .
        Na paz de Cristo,
        mz

  2. Tenho medo de ser arrogante, de ter atitudes de arrogante, de ser vista de tal modo, especialmente pelo nosso Senhor. Eu sinto muito pelas vezes em que me julgo superior aos outros, porque eu não sou nada, e quando me dou conta disso, me sinto mais diminuída ainda. Tenho procurado acertar, mas aqui e ali em falho, parece que me esqueço e, às vezes, para perseguir o que é certo, eu tenho que escrever em letras garrafais para não fazer o que é mal. Tenho vergonha de mim, pois eu sei que sou minha maior inimiga. É muito difícil ser humilde. Me pergunto qual a medida da humildade, como ser humilde e ao mesmo tempo me proteger contra aqueles que costumam fazer os outros de tapetes. Ahh, Pai, que sejamos Teus filhos, a caminho da maior de todas as coroas, uma vida sem máculas! Um abraço, irmão Maurício! Obrigada por tudo!

    • Oi, Francilúsia,
      .
      você tem clareza num ponto fundamental: ninguém é mais inimigo de nossa fé do que nós mesmos. Somos falhos, pecadores, soberbos e ególatras. Se a graça não nos invade e recupera, o caminho à frente é uma tenebrosa alameda de altivez e autossuficiência. Que o Senhor nos livre de nós.
      .
      Alegro-me por tua maturidade espiritual. O contrito não está longe do reino.
      .
      Abraço, minha irmã, no amor do alto,
      mz

  3. Neia disse:

    Bom dia Mauricio,

    Nao e arrogancia nao a sua proposta e de fato a formula pra ajudar pessoas arrogantes que infelizmente tem muitos adeptos. Cristianismo e arrogancia nao andam juntos pois o nosso amado Jesus Cristo nos deu so exemplo de humildade.

    Tenho um pedido vou cadastrar meu novo email gostaria que por favor vc me enviasse os proximos post no novo email que e : neiaccunha@hotmail.com !!
    Obrigado pelo post suas palavras sao sempre carregadas de alerta e amor pq sempre vejo nas suas palavras a intençao de alcançar vidas e esse e o nosso papel como cristaos.
    Abracos que Jesus te abençoe a sua familia tb tenham todos uma semana cheia do amor e cuidados do nosso Deus .
    Neia :)

    • Oi, Neia,
      .
      não tem o que agradecer, minha irmã, cada um de nós cumprindo seu papel de formiguinha nos levará a grandes realizações como Corpo.
      .
      Sobre o e-mail, infelizmente não tenho como fazer o que você me pede, pois o WordPress não me dá autonomia para cadastrar ou descadastrar pessoas. Eu pediria que você descadastrasse seu email antigo e, em seguida, cadastrasse o novo, pois só você mesma pode fazer isso, ok? Desculpe, mas é uma limitação que me é imposta pelo sistema.
      .
      Abraço carinhoso, Deus a abençoe muito,
      mz

  4. Luiz Fernando disse:

    Ola, amado. A paz do Senhor Jesus.
    Lembro-me de quando me converti. Minha tia, de consideração, me ensinava na bíblia, eu, novo convertido não sabia nada. Ela sempre ressaltava que tinha um medo terrível da soberba e da arrogância. Infelizmente é uma doença espiritual terrível que escraviza o homem de uma forma que só Jesus mesmo pode liberta-lo. Infelizmente, ela trilhou por esse caminho. Se afastou de Jesus, xinga a Deus de tudo quanto é nome depravado(xinga no sentido literal), e diz que só irá voltar para presença de Deus se Ele der a casa que lhe prometeu, e se castigar o seu marido. Vê que se situação complicada, Maurício. Isso muito me entristece.
    Também temo muito tal sentimento. Pois eu vejo o estrago que ele faz com o homem, vejo isso no meu dia-dia.
    Você falou de humildade. Lembro-me de uma história, que essa mesma tia me contava. Era de um irmão da igreja, que se chamava Zé(não é fictícia, é verídica esta história). Todas as vezes que ele recebia uma oportunidade, ele orava: “Senhor, sou eu aqui, Zé. Amém. Era um idoso, e todos riam da cara dele, por ser um homem humilde e por sempre falar as mesmas coisas. Enquanto muitos subiam no pulpito e fala palavras muito elouquentes, Zé sempre dizia “Senhor, sou eu aqui, Zé. Amém”, sentava-se muito feliz, e todos se acabavam de ri, pensando, creio eu, “que cara sem noção! Só diz a mesma coisa”.
    Passados os tempos, Zé adoeceu, e a sua situação se complicou. Zé faleceu.
    No funeral, havia muitos irmãos e irmãs. Algumas irmãs, chorando, olharam para o caixão, e Deus permitiu que algumas delas vissem, um Ser de branco com uma luz forte, que era impossível de se olha em seu rosto, e ele estendia uma das mãos até o caixão, e dizia: “Sou Eu aqui, Zé.”
    Isso prova, que por mais que ele apenas dissesse aquelas palavras Deus o estava ouvindo, enquanto Deus desprezava a muitos que falavam bonito. Afinal, Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

    Que Deus o abençoe, mano. Fique na paz daquEle que é manso e, humilde de coração.

    • Salve, Luiz,
      .
      que triste o que houve com sua tia. Muito, muito triste. Que nossa intercessão por ela mova a mão de Deus para resgatá-la de tão tenebroso vale.
      .
      E que Ele nos livre desse mal, sempre.
      .
      A paz do Mestre,
      mz

  5. Marco Juric disse:

    Bom dia Zágari!

    Ótimo texto!
    Obviamente me vem à mente alguns homens com tais sintomas, dos quais eu estou incluído. Sim, eu reflito sobre seu texto e também sobre como tem sido meu comportamento em algumas situações, principalmente com meu filho, o qual tenho sido por vezes, não poucas, exageradamente severo, obviamente por zelo excessivo. Ele é um ótimo filho, disso não tenho dúvidas. E agora, sem vislumbrar motivos reais para tanto excesso nas cobranças, me vejo como um arrogante, o qual se acha modelo para ser copiado…pausa para as lágrimas…
    Quero clamar ao Senhor para que ele ouça minha voz e me torne um homem mais manso e mais humilde.
    Muito obrigado pela exortação!

    GBY!

    MJ

  6. REVOLTADA disse:

    a paz do senhor jesus estou gostando muito, esse estudo e maravilhoso…que DEUS te abençoe e nos ajude a cada dia melhor para o senhor

  7. Jose Junior disse:

    A paz de Deus Zágari.

    Mensagem atual e necessária. Graças a Deus por te iluminar.

    As vezes vemos isso acontecer, a arrogância, tomar conta de irmãos sinceros por causa de bajulações que não conseguiram “suportar”.

    Vi isso de perto, em que o irmãozinho era uma benção e isso lhe “subiu à cabeça”…
    Somos vítimas em potencial desse tipo de armadilha.

    Sua oração é pertinente: orarmos para os que já arrogantes e para aqueles que ainda não o são.

    Abraço nobre amigo,
    José.

    • Oi, José, tudo joia?
      .
      Sim, querido, essa tem que ser nossa constante oração. A começar por nós mesmos, para que o Senhor nos livre desse mal, pois somos pó e sujeitos às mesmas tentações.
      .
      Abraço, no amor de Deus,
      mz

  8. Rogerio Lázaro disse:

    Mais uma vez você foi na ferida, MZ!

    É muito triste e lamentável a situação de muitos “cristãos” que temos visto ultimamente. E um dos detalhes que você abordou e que me chamou a atenção é com relação aos líderes. O que tem de gente que se ofende se não lhe chamarem pelo título eclesiástico é uma grandeza! Muitíssimo preocupante! Eu já havia reparado nesse pormenor. De uns tempos para cá eu tenho feito um teste simples com tais ungidos(as): chamo apenas pelo nome ou então de irmão(ã) para ver como a pessoa reage… e a imensa maioria demonstra grande desconforto e até encara como falta de respeito por não ser referido pelo título!!! Triste, não? Não consigo conceber como alguém que se considera ministro do Evangelho tenha tal postura!
    Eu (não me tome como arrogante… rsrsrs) sou ministro do Evangelho há alguns anos e me sinto muito mais à vontade e prefiro não ser tratado por título. Há pessoas que se correspondem comigo e reconhecem o chamado de Deus na minha vida e até hoje não sabem qual minha “posição” ou “título” eclesiástico! Não escondo, mas também não faço disso minha bandeira. Se ninguém me perguntar eu nunca digo! E aos que sabem peço que me chamem e tratem de irmão, pois é o que verdadeiramente somos!
    Somos peregrinos em terra estrangeira! Somos apenas despenseiros! Somos (todos) simples servos!
    Louvado seja o Eterno pela tua vida, MZ!
    Exaltado seja o Altíssimo para todo o sempre!

    • Oi, Rogério,
      .
      Sei exatamente do que você está falando, mano. É muito triste ver um chamado ou um dom ser transformado em símbolo de status. Mas isso é fruto de insegurança, mano, pessoas que nao se bastam a si mesmos precisam sempre desses títulos e adjetivos para se afirmarem. Oremos, para que Deus lhes dê a autoconfiança suficiente para laborarem na fé sem precisar disso. Muitos são pessoas de bem, mas são emocionalmente dependentes dessa afirmação.
      .
      Abraço, querido, no amor de Deus,
      mz

  9. Maxwell Pascotto disse:

    Olá Mauricio.
    Primeiramente agradeço a Deus por ter tido o prazer de conhecer o teu blog. Onde posso muitas vezes alcançar refugio em tuas sábias reflexões usando Apenas a Bíblia Sagrada. Infelizmente existe muitas pessoas que se apoiam na arrogância para impor os seus pensamentos e pior que existem muitos ao nosso redor. Oro a Deus que nos livre sempre deste mal e que possamos seguir os ensinamentos de Cristo sendo humildes de verdade. Que o Senhor Jesus esteja sempre te iluminando que este blog seja sempre esse canal de benção para todos nós.
    Fique na Paz de Cristo.

    • Oi, Maxwell, tudo bem?
      .
      Obrigado pelas palavras de carinho, querido. Que a tua oração sempre se cumpra em minha vida e no dia a dia deste blog.
      .
      Um abraço, na paz de Deus,
      mz

  10. LUCIA HELENA disse:

    Pura verdade irmão,além disso acham que nunca precisam pedir desculpas ou perdão,afinal nunca erram,são perfeitos e donos da razão…(a história do rei Nabucodonosor é uma grande lição.) Um grande abraço no amor do PAI! .

  11. Zulmira Borges disse:

    Olá mano Maurício,

    Não aguentei ficar sem comentar por muito tempo.
    Como já confessei anteriormente, a primeira vez que li algo do Apenas, pensei comigo: Ah , ele está certo, mas parece tão arrogante!
    E depois apaixonei-me pelo escritor Mauricio, seus textos, suas verdades bíblicas, é bem verdade que as vezes fico brava com ele, penso que ele está escrevendo só p mim, e que suas palavras são para me dar varadas, outrora suas palavras me levam a descansar…
    Pode ser que tenha sido apenas uma gota no oceano, meu irmão, mas minha vida foi mudada, meu olhar sobre o evangelho fez um retorno imenso, lendo o Apenas.

    Até mais.

    • Oi, Zulmira,
      .
      me alegro que Deus usou essa mula chamada Apenas para falar com você. Se escrevemos mas nada acontece em quem lê, para que escrevemos, nao é?
      .
      Abraço carinhoso, no amor de Deus,
      mz

  12. Dill Cruz disse:

    Mauricio paz meu irmão, creio piamente no que disse, confesso que muitas e muitas vezes em minha peregrinação me encontro com esse “cara” ai, Deus sabe quando e difícil ter que carrega-lo,.. abraço!!!

  13. Graça e paz meu amigo.

    Oremos pelos tais e para que nós não nos tornemos como os tais.

    Abraço forte migão.

    RG

  14. macedoju disse:

    Oi Maurício,
    agradeço por esse texto, me fez perceber que muitas vezes tenho sido arrogante, tenho pensado que sou “muito boazinha” e que estou na posição de julgar… Oro pra que Deus tenha misericórdia de mim e me ajude a mudar essas atitudes.
    Deus te abençoe irmão!

  15. Camila disse:

    A paz,

    Não tô conseguindo concordar com a afirmação “cristão não é arrogante”. Entendo que tudo que não devemos ser, segundo os mandamento de Deus, um dia a gente é; deixa de ser, mas as vezes volta a ser de novo. Não vou aqui confessar os pecados que já cometi mesmo depois de me converter, e que sei que ,infelizmente, ainda irei cometer, por viver num corpo e num lugar inapropriados a mim – remida e com o auxilio do Espirito, mas ainda na carne.
    Pra nós acho que é sempre o não deve ser. Cristão não deve ser arrogante, não deve ser orgulhoso, vaidoso, mentiroso, etc.
    Na bíblia percebe-se mesmo que a arrogância é a maior causa de quedas; uns caíram por ela e nunca mais se levantaram, outros, como Davi, caíram e se ergueram. Eu já cai nela algumas vezes. A maneira que encontro para me levantar é sempre a lembrança da graça de Deus, Me lembro que é somente por ela que tenho coragem de orar a Ele todos os dias, receber o perdão e a cura. Não houve cristãos perfeitos na bíblia e nem fora dela, a diferença que vejo é que todos os que permaneceram amavam a Deus acima de si próprios, por conta disso seus pecados o consumiam a ponto deles clamarem sempre, e andarem em suplicas a maior parte do tempo.
    Mas notei que levou muito pro lado de lideres cujos ministérios se fundamentam na arrogância, isso se vê muito mesmo, infelizmente. Só que aí vem o perigo de na necessidade de se julgar esses lideres e a parte julgadora, os comparando com si próprios, achar que é bem mais fiel e correta que eles.
    E ainda tem outro mal, que é, recebendo muito apoio nessas criticas achar que estão sempre com a razão, pois a maioria sempre concorda com ele e dizem que é muito sábio, dai nasce o orgulho e arrogância. Já passei por uma situação chata por conta disso. Falei e fui desdenhada porque o outro é muito famoso e correto pra estar errado.
    E ainda tem os livros, tem pensamentos de alguns autores mortos que se você discordar é praticamente um herege. Tem que concordar sempre, afinal eles foram fieis.
    Enfim, não faltam exemplos pra nossa arrogância.
    O segredo, creio, é se avaliar sempre enquanto ora, pedindo a Deus pra manter os nossos olhos abertos pra nós mesmos, e nos corrigir sempre que necessário, mesmo que isso doa, cause perdas e danos, como causou ao rei Nabucodonosor, que recebeu um tratamento de xoque de Deus, mas deu certo.
    Que Ele não desista de nos corrigir; e que nós não abramos mão dessa correção.

    Na paz. Abç!

    • Olá, Camila,
      .
      respeito sua opinião. Mas dizer que a arrogância faz parte do caráter do cidadão do reino seria dar às costad às Escrituras.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Deus,
      mz

  16. Bruno Vilela disse:

    Parabéns Mano, um belo texto, tava precisando ler isso…

    Um abraço, não vou elogiar muito (vai que sobe a cabeça rs)…

  17. Bianca disse:

    Muito bom o texto Maurício…..:)

    Vc podia escrever um texto Cristãos devem participar de manifestações contra o governo?? :)

    A PAz!!!!

    • Oi, Bianca,
      .
      biblicamente penso que nem preciso escrever um texto. Basta uma resposta, que se aplica para um regime democrático como o brasileiro: não.
      .
      Abraço fraterno, na paz,
      mz

      • Bianca disse:

        Só queria saber sua opinião, visto que é um homem de Deus que conhece as escrituras, eu pensei que tivesse louca…porque a maioria do cristãos estão a favor disso e eu não… fico tentando entrar no pensamento de Deus…o que ele está pensando disso tudo??? que Deus tenha misericórdia dessa nação!!!

        A Paz!! :(

      • Oi, Bianca,
        .
        minha resposta não foi malcriada não, por favor não entenda mal meu “tom de voz”. Fui apenas objetivo, porque é tão óbvio pelas Escrituras o papel do cristão em sua relação com as autoridades que torna-se incompreensível usarmos as armas do mundo para lutar contra o mundo. Nossas armas são a oração, a paz, o discipulado e a fé em Deus. A ideia de querer vencer o mundo com passeatas e marchas não encontra base bíblica. Devemos desempenhar nossa cidadania sim, mas nos lembrando que nossas revoltas sociais estão sujeitas à vontade divina. Vivemos num governo democrático, estabelecido por voto, em estado de direito. Não estamos sob ditadura imposta por golpe de estado ou mesmo sob situação de ilegalidade. É direito de autoridades autorizar aumento das passagens de ônibus? Sim, é. Nós lhes demos esse direito ao votar nelas. Vamos resolver isso por meio de gritos? Não creio. Conscientização, inteligência e espiritualidade me parecem caminhos mais bíblicos.
        .
        Veja: ” Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos. Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser pelos que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá. Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal. Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência.” (Rm 13.1-7)
        .
        “Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades” (Tt 3.1)
        .
        Espero que me tenha feito compreender.
        .
        Abraço carinhoso, no amor que nos une,
        mz

  18. Bianca disse:

    eu entendi Mauricio, não fiquei chateada com sua resposta :) fiz cara de triste pelos cristãos que conheço que dizem que são a favor do protesto pacificamente….citam até exemplos bíblicos e de profetas que lutaram pela reforma protestante, mas eu particularmente não sou a favor..

    A Paz!! eu nunca pensaria que vc me responderia mal..

    A Paz!!! :)

  19. eliana disse:

    como eu curo minha arrogância. mim ajude….

  20. Fernando disse:

    Caro amigo Maurício, o artigo está de parabéns! Obrigado pelos subsídios para minha aula da Escola Dominical. Parabéns! Incluirei o blog como favoritos da minha lista. Que o Senhor te use mais!

  21. […] uma mudança de vida. Já tratei aqui no APENAS do fato que não existem cristãos arrogantes (ver AQUI) e, do mesmo modo, não acredito que uma mulher rixosa tenha intimidade com Deus. Simplesmente […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s