desigrejados 1Tenho visto diferentes irmãos em Cristo compartilhar pelas redes sociais a seguinte frase: “Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus“. Confesso que ler isso me deixou extremamente incomodado, chocado e chateado, pois me soa como uma frase bem pouco cristã e nada embasada naquilo que Jesus ensinou. É uma frase que não expressa amor. Vamos falar um pouco sobre ela, na esperança de que, se você já reproduziu essa afirmação ou mesmo se acredita nela, consiga perceber quão desumana ela é e, assim, pare de replicá-la.

Em primeiro lugar, permita-me dizer que esta reflexão não tem como objetivo entrar por discussões no campo de calvinismo versus arminianismo. O foco da minha abordagem não é se a pessoa que deixou de frequentar uma igreja era predestinada, se tinha livre-arbítrio e toda a discussão que considero desimportante na eterna querela entre os que creem e os que não creem na doutrina da eleição. E por que digo isso? Porque Jesus mesmo não deu muita atenção a essa questão. Repare que, independentemente de Jesus ser “calvinista” ou “arminiano”, o que os evangelhos mostram é que ele sempre destacou a importância de buscar a ovelha que se desgarrou do rebanho. Ponto. Isso é o que importa, a despeito da doutrina soteriológica que você siga. Afastou-se? Busque. Ponto final. E é aqui que a frase do título deste post torna-se tão repulsiva ao meu coração. Pois não consigo coadunar o que Cristo nos ensinou com essa afirmação.

desigrejados 2Temos de refletir muito bem sobre o que lemos por aí antes de acreditarmos naquilo e sairmos reproduzindo. E uma reflexão aprofundada sobre “Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus” me dá a nítida ideia que quem diz essa frase segue e deseja propagar o seguinte raciocínio: se um indivíduo se desgarrou do rebanho porque foi ferido, magoado, traído ou ofendido de algum modo por membros ou líderes da igreja, o problema não foi o que fizeram com ele, mas a fé inexistente dele em Cristo – e, portanto, podemos deixar esse “infiel” para lá. Se concordamos com essa frase, estamos acreditando que a pessoa em questão era um falso convertido, um simpatizante mas não praticante do evangelho. Em outras palavras, estamos tomando para nós o poder divino de perscrutar corações e afirmar quem é salvo e quem não é. Se eu assinar embaixo dessa frase, vou deixar de desejar que líderes opressores parem de oprimir os membros da igreja, ou que irmãos e irmãs que ferem irmãos e irmãs percebam seu erro, se arrependam e mudem. Pois estarei pondo toda a responsabilidade na conta do ofendido. Afinal, ele “nunca entrou lá por causa de Jesus”. O que é um absurdo.

Pense em Pedro. Naturalmente, a igreja como existe hoje não existia na época de Cristo, mas creio que podemos fazer uma boa analogia entre os “desviados” de hoje e o apóstolo no episódio em que ele negou Jesus. Se entendermos que “estar na igreja” é um equivalente a “caminhar em fidelidade aos princípios comuns à fé cristã”, podemos considerar que Pedro, ao trair Jesus três vezes, “deixou a igreja”. Ele negou o Salvador. E – repare –  o fez por causa de pessoas, com medo dos que disseram que ele era um cristão. Logo, pelo pensamento em questão, Pedro nunca fez parte “da igreja” por causa de Jesus. E sabemos que isso simplesmente não é verdade. Simão apenas fraquejou por um tempo, devido a problemas com as pessoas ao seu redor. Posteriormente, arrependeu-se, foi perdoado pelo Senhor e convocado a se tornar um pastor do rebanho de Cristo. Tenho consciência de que essa não é uma analogia perfeita, mas penso que passa uma visão bem honesta do quanto a afirmação do título deste post não condiz com a realidade.

“Que vos parece? Se um homem tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará ele nos montes as noventa e nove, indo procurar a que se extraviou? E, se porventura a encontra, em verdade vos digo que maior prazer sentirá por causa desta do que pelas noventa e nove que não se extraviaram. Assim, pois, não é da vontade de vosso Pai celeste que pereça um só destes pequeninos” (Mt 18.12-14). Eu leio isso e, dentro do contexto da passagem, fico imaginando se Jesus diria à ovelha perdida: “Olha só, se você se extraviou do resto do rebanho porque algumas dentre as outras 99 ficaram te mordendo, dando coices e esfolando sua lã, é porque você nunca fez parte do rebanho”. Sinceramente, você consegue imaginar o mesmo Messias que ensinou a parábola da dracma perdida e do filho pródigo dizendo isso? Eu não.

desigrejados 3Quem reproduz essa frase está dando as costas para a dor do próximo. Para os sentimentos das pessoas. Para a humanidade dos seres humanos. É alguém que não consegue chorar com os que choram. Que não entende a dor que é para um cristão ser traído por um sacerdote, ao ter os pecados que confessou a ele serem vazados para outras pessoas, ou ao ser perseguido dentro da igreja por discordar de forma legítima e ética da liderança. Que não empatiza com um irmão que foi maltratado por pessoas da igreja. Que não compreende como sofre alguém que é machucado no lugar onde deveria ser abraçado, cuidado e tratado. Jesus se revela por sua Palavra, que ecoa nas atitudes das cartas vivas que deveríamos ser nós, cristãos (2Co 3.2-3); porém, se essas cartas não tiverem a letra e a cor da tinta de Cristo, como querer que os feridos e magoados enxerguem o mesmo Cristo no lugar onde elas estão? Em outras palavras, se quem deveria ser o sal da terra não salga e a luz do mundo não brilha, a culpa é de quem sofreu danos infligidos por esse sal que arde e essa luz que queima?

É claro que compreendo que um cristão sólido suportará pedradas e açoites. O cristão alicerçado na rocha ficará firme nas tempestades e nos vendavais, será lançado aos leões e entregará o pescoço à espada por amor ao Senhor. A Bíblia afirma isso e não sou eu quem vai discordar. Mas o que parece que os adeptos dessa frase sem coração se esquecem é que muitos e muitos dos que são enxotados da igreja “por pessoas” estão em início de caminhada de fé, ou ainda estão em desenvolvimento, não ganharam ainda tônus espiritual para aguentar as pancadas que sofreram no seio da igreja. Se para alguém que conhece Cristo há muitos anos e em profundidade já é difícil aguentar maus exemplos e más atitudes de líderes e irmãos, que dirá para quem ainda está em processo de conhecimento de Cristo e de aprofundamento de raízes.

desigrejados 4Meu irmão, minha irmã, temos de ser compassivos; isto é, de sentir em nós o sofrimento dos que estão sofrendo e não de ficar questionando a fé de quem já foi profundamente machucado por quem se diz cristão. Nosso papel como embaixadores de Cristo é sermos instrumentos de Deus para levantar o caído, restaurar o destruído, sarar o doente de alma, buscar o perdido. Jamais agir como essa frase cruel propõe. Fica aqui minha proposta para quem acredita que “Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus“: em vez de largar para lá esse indivíduo precioso e questionar a fé dele, parta em seu socorro e seja você aquele que mostrará que Cristo não é como aquelas pessoas que o feriram. Garanto que, assim, você estará agindo de modo muito, mas muito mais cristão – e poderá ajudar a cobrir uma multidão de pecados: “Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados” (1Pe 4.8). Faça parte do grupo dos que dão de comer a quem tem fome e não dos que negam alimento a quem agoniza, faminto, à beira da estrada.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

Clicando nas imagens acima e abaixo você vai para a livraria virtual das lojas Saraiva.

APENAS_Banner três livros Zágari

O fim do sofrimento_Banner APENAS
Clicando nas imagens acima e abaixo você vai à loja virtual da editora Mundo Cristão.
  Perdaototal_Banner Blog Apenas
Anúncios
comentários
  1. E ASSIM QUE DEVE SER UM CRISTÃO.NÃO QUERER SE POSICIONAR COM PALAVRAS DIFICEIS E ASPERAS PARA QUEM JA ESTA COM SUA ALMA EM SOFRIMENTO.AS PALAVRAS TEM UM GRANDE EFEITO CUIDADO, PODEM LEVAR UMA PESSOA SOFRER MAIS.ZAGARI GOSTEI.DA PUBLICAÇÃO.

  2. Cleber disse:

    Irmão, quando vi o titulo do texto em meu email, ja logo pensei: Finalmente lerei deste blog, algo que não irei concordar! rs
    Mas logo no inicio vi que você queria nos trazer uma reflexão sobre. Muito bom, como sempre, você sendo usado por Deus através de seus textos.
    Eu nunca tinha visto essa frase por ai. Creio que muita gente que concorde com a frase, não sabe ou ainda não sentiu na pele a gravidade deste grande problema que existe dentro das igrejas.
    Eu fui um dos que sairam um dia… Era muito jovem, não entendia como poderia rolar tanta ”maldade” na lingua dos que eu antes o considerava como meus irmãos. Aquilo me fez pensar num monte de coisas e fui me afastando cada vez mais… Foi uma época triste.
    Graças a Deus, hoje estou de volta! Agradeço a Deus por sua graça e seu amor. Porém ainda não consegui fazer amizades dentro da igreja… Faz pouco mais de 1 ano que estou na igreja e ainda sinto certo receio de fazer parte do culto jovem, de ir á acampamentos e etc… Sempre fico no meu canto, mesmo querendo muito estar fazendo amizades, conversar com as pessoas (sou muito sociável) Mas dentro da igreja não consigo…
    Efim, estou orando, creio que Deus vai me ajudar…. porém eu sei que depende tbm de uma atitude minha.
    Ore por mim se possivel, meu caro.
    Obrigado! Deus te abençoe sempre!

    • Oi, Cleber,
      .
      você está superando um trauma, é normal que isso ocorra aos poucos. Só tome cuidado para não se fechar numa concha. Abra-se. Procure a liderança e converse com os bons líderes. Identifique irmãos que tenham uma vida com Deus e aproxime-se dele. E ore, sempre. Assim, tenho certeza, você terá amigos logo.
      .
      Abraço, mano, em oração por sua vida,
      mz

  3. Felipe Souza disse:

    Bom dia!

    A paz, meu querido!

    “Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus“ essa frase são para pessoas não cristãs e que nunca aceitaram Cristo como seu único salvador (na minha humilde opinião e te explico o porque)

    Vou fazer um breve resumo pq a historia é longa rs

    Algumas pessoas tinham me avisado de coisas erradas que minha ex namorada estava fazendo e ela mesmo se entregou um dia falando que queria terminar pq ela nao me merece. Dia 31 de Dezembro minha ex-namorada me avisa via whatsApp que me traiu. Estava na praia com minha familia como todo ano passamos por la, ela contou os detalhes da traição e disse que foi absolutamente “natural” e pensamos de nao ser so amigos. Fiquei chateado com a ingratidao dela, pois para namorar essa menina recebi ameaças constantes do Pai dela (frequenta o espiritismo) e todo minha familia tbm recebia as ameaças.
    Em nenhum momento ela disse: me arrependo do que fiz, apenas disse: eu nao te mereço.
    Tinha lido seu livro Perdao Total e apliquei os ensinamentos dele nessa situação, na minha mente veio a pagina 142 e la está escrito sobre perdoar 70×7 (perdoar sempre). A perdoei do ato, mas a confiança realmente é zero, com isso automaticamente acaba um relacionamento e tbm ela gostou de me trair pelo jeito.
    Levei ela para igreja por mais de 1 ano pq ela tem os pais separados e a mae nao a levava.
    Ela tbm nao vai mais para igreja pq nao tem coragem de olhar na minha cara (palavras dela), entao esse titulo do post eu entendo como pessoas Não Cristãs, pq um verdadeiro Cristao sempre vai adorar a Jesus Cristo!

    Meu ano começou um pouco chateado, mas um Pastor me disse: Se prepara pq o mundo precisa de verdadeiros pregadores de Cristo! Me pego a isso e vou ficar firme!

    Não guardo magoa nenhuma da minha ex namorada pq atraves do seu livro Perdao Total eu sei o que é perdoar.

    Deus te abençoe, irmao!

    • Oi, Felipe,
      .
      é com tristeza que tomo conhecimento do que te ocorreu e é com alegria que vejo sua postura cristã após ter lido o “Perdao Total”.
      .
      A questão, mano, é que a frase está sendo jogada fora de contexto. Logo, ela se aplica a TODA pessoa que saiu da igreja por causa de pessoas. E isso é cruel, injusto e errado. No caso dessa jovem, nem mesmo foi por causa de outra pessoa, mas da própria iniquidade dela sem arrependimento. Um texto fora de contexto como essa frase lamentável é como jogar uma bomba atomica para matar cupins em uma casa: atinge quem deveria atingir mas machuca, magoa e fere inocentes. Logo, isso não está certo.
      .
      Peço a Deus que sare logo decoração e que todas as cicatrizes sumam o mais rápido possivel. Oro por você e por essa jovem também, mano.
      .
      Abraço, na paz do Mestre,
      mz

      • Mirian disse:

        Entendi seu ponto de vista, mas nao é o mesmo que o meu. Esta frase para mim expressa Por exemplo o simples ato da pessoa que se aborrece com alguem e abandona a fe e quando é questionada diz que saiu e abandonou a fé em Jesus por causa de fulano. Isso eu nao entendo! O que tem a ver jesus com o fulano? Kkkkkk
        Eu penso que jesus é o alvo e se eu nao alcanço meu alvo naquele grupo , oro , busco conselho, pesquiso e vou para outra denominaçao , mas jamais abandonaria a Cristo! Simples assim! Embora que esta exemplificaçao foi muito simplista, porque sei muito bem que as vezes o problema nao está na igreja e sim na própria pessoa! E onde ela vai o problema se repetirá! Mas , isso já é outro assunto.
        Sou evangelica , convertida a muitos anos. Conheço exemplos bons e maus. Sei tbm que muitos que se desviam estavam na igreja por pressao de familia, de namorado (a), por status( sim……ser evangelico hoje em dia é chic! Kkkkkk) , por curiosidade, por interesse financeiro, e etc. Mas, um belo dia vem os problemas e as pessoas nao suportam e se vão. Ai ta claro que Jesus nunca fez parte da vida delas! Talvez no inicio, mas nao tinha profundidade. E é claro que ela vai culpar ” Deus e todo mundo” !
        Vc diz tbm que esta frase induz a abandonar a pessoa “desviada”, mas nao vejo porque! Sempre devemos falar de Jesus . Seja para um descrente ou para um “desviado”. Para quem se vai ler esta frase mostra pra ela que a desculpa foi muito fraca e que ela precisa repensar os motivos da saida e tentar de novo e rever aonde se perdeu.
        Para muitos o processo da salvaçao é meio penoso mesmo, cheio de idas e vindas, mas em tudo Deus te controle.
        E portanto , nao vejo tamanho erro nesta frase nao!

      • Respeito sua opinião.
        Abraço.

    • Carlos disse:

      Gostei da sua posição. Também acho que o post é para não cristão e também pra aqueles que se diz de Cristo e só vai por ir sem nada pra fazer. (Digamos)

  4. Bom dia, Maurício! Como tem passado, irmão? Que a paz e a graça do nosso Senhor Jesus esteja com sua família!

    Olha, pelo que vejo, essa questão, em grande parte, contextualiza outra: muitos de nós não estamos pensando muito bem no que vemos e reproduzimos. Há uma massificação de falta de pensar, de pesar, de ponderar e, sobretudo, de tomar para si os problemas antes de sair apontando e jogando pedras. Se juntar a multidão que está acusando e bem mais fácil do que tomar o lugar do acusado, eu sei bem o que isso significa, já estive nos dois papéis. E quem já não esteve?

    Então, na grande maioria das vezes, saímos compartilhando, participando de coisas ou até mesmo deixando de participar, somente porque os outros estão “embarcando nessa”. E isso é algo muito preocupante. Penso até que tudo isso faz parte dos planos de Satanás. Precisamos “alicerçar nossa casa na rocha”, e analisar tudo muito bem antes de tomar uma direção faz parte do cuidado com a nossa própria estrutura. “Pois muitos são os que virão em meu nome, proclamando: ‘Eu sou o Cristo!’, e desencaminharão muitas pessoas” (Mateus 24:5).

    Falta nos dá o trabalho de analisar as questões, buscar compreender. E antes de tudo, obedecer o primeiro mandamento: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.

    Ô batalha, meu irmão!

    Que nosso Pai nos ajude incansavelmente nisto!

    Um abraço enorme de grande!

    • Oi, Fancilúsia, tudo bem?
      .
      Não tenha a menor dúvida, a cultura do “compartilhar” é um perigo. O tempo que leva entre ler um sofisma e clicar no botão de compartilhar é infinitamente menor do que o necessário para parar e refletir sobre aquilo. É um dos males da internet. Faço minha a tua oração.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Cristo,
      mz

  5. «73n £1Øn» disse:

    Republicou isso em …para esses dias….

  6. Paulo Carvalho disse:

    Irmão Maurício, louvado seja Deus pela sua disposição em escrever e pela sensibilidade com que você o faz.
    Leio seu post nesse instante com lágrimas nos olhos, banhando a face com as lembranças das muitas vezes em que fui ao pastorado buscar ajuda para esse tipo de situação (uma vez que em recém convertido eu não compreendia como as coisas que aconteciam dentro da igreja poderiam acontecer) e tudo o que obtive como retorno foi uma frase semelhante a esta, que dá título ao artigo.

    Deus sabe o quanto isso tem gerado consequências sobre a minha vida, tendo ocasionado a busca por anos de apoio paralelo em terapias e afins (bendito seja o Pai por minha psicóloga ser cristã também). Deus sabe o quanto isso praticamente me arrancou de dentro da igreja (da instituição, não do cristianismo), por realmente não conseguir mais crer que ali dentro esteja o tipo de gente sinceramente disposta a se amar e buscar perdão genuíno em Deus…

    Embora esse choro me doa profunda e agudamente, ainda assim, sou grato a Deus por ter movido um coração lúcido como o seu para conseguir colocar tudo em palavras, de forma clara, ao ponto de podermos meditar a esse respeito.

    De todo coração, muito obrigado!
    Deus te abençoe e te guie, sempre.
    Terno e fraterno abraço.

    Em Cristo,
    Paulo

    • É, Paulo… você é o exemplo vivo desse problema. Peço a Deus que sare as suas feridas e conceda paz a sua alma.
      .
      Tenha fé, no entanto, há, sim, muitos que amam e vivem em amor. Busque-os e aproxime-se deles.
      .
      Não tem o que agradecer, querido, eu que agradeço pela oração.
      .
      Um abraço carinhoso, no amor do nosso Pai,
      mz

  7. Gabriela disse:

    Concordo com vc. Tbm me senti muito mal quando li essa frase num post do facebook.

  8. dayanady disse:

    Olá Mauricio, eu também já vi essa frase postada no facebook, apesar de não compartilha-la até concordei em certo ponto. Como você falou, sei que esperamos que um cristão bem alicerçado não escolherá deixar à Cristo por nenhuma circunstância ou pessoas. Mas, entretanto numa analise mais profunda, entendo que o sentido da palavra igreja se perde nessa frase, a questão se resume não em está na igreja, mas sim, em ser a igreja. Certa feita ouvi uma pregação em que o ministrante compartilhou que sempre indagava a Deus como ele achava ilógico deixar noventa e nove no aprisco e sair em busca de uma, deixando o restante das ovelhas a merce do lobos, até que um dia, ele entendeu que o Bom Pastor esperava que as noventa e nove que não se extraviaram vivessem o que Ele sempre as ensinou_ o compartilhar do amor, do zelo e do cuidado de uma com as outras. E diante do nosso contexto atual, talvez muitos deixam ou deixarão os templo, não por que não quiseram a Cristo, mas por que notaram que Ele simplesmente não estava lá, e a igreja, na verdade, não era igreja, mas somente mais um templo. Em suma, as noventa e nove quando são igreja seguirão os passos do Mestre, correrão atras da que se extraviou. Sejamos igreja, abraço no amor de Cristo 🙂

    • Oi, Dayana, tudo bem?
      .
      Creio que tudo se resume ao que você falou: como parte das 99 que ficaram, devemos correr atrás das extraviadas e não machucá-las ainda mais por reproduzir frases duras e sem coração como essas. Sejamos igreja e sejamos Igreja.
      .
      Abraço carinhoso, Jesus te abençoe muito,
      mz

      • Luciene Assunção de Queiroz disse:

        Que bom saber não sabia Paz do senhor Jesus Cristo.

  9. Dizinha disse:

    Nossa! Que edificante.

    Sobre essa frase posso dizer que, muitos saem da igreja, também, por dúvidas.
    Exemplo: A frase é dita, a pessoa escuta e logo tem duvidas de sua fé em Cristo. Daí é um pé para sair de fato da igreja. Infelizmente acontece muito.
    E o que você mais escuta de um desses irmãos e irmãs que foram atingidos por essa frase é: não tenho fé, não sou digno ou perfeito para tá na igreja.

    Infelizmente é a realidade das igrejas de hoje.

    Que seu post, Zagari, alcance cada irmãos e líderes de igreja.

    Glória a Deus por sua vida amado. ^^
    A paz do Senhor Jesus.

    • Olá, Dizinha,
      .
      penso que pessoas que saem por essa razão não tiveram um discipulado adequado. Se tivessem ido aos seus pastores tenho certeza de que eles teriam esclarecido suas dúvidas e os auxiliado. Obrigado pela sua oração e o carinho, mana.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Deus,
      mz

  10. Luiz Fernando disse:

    Amado, a paz. Bela reflexão, infelizmente já agi assim, e não faz muito tempo. Que o Senhor continue a me ensinar a agir como Ele agiria.

    Amado, eu não sei se recebeu meu email. Queria saber sobre aquele assunto que estávamos tratando.
    Grande abraço e perdoe-me o incomodo. A paz do Senhor Jesus.

    • Oi, Luiz,
      .
      fico feliz que você tenha percebido a questão a tempo e mudado sua postura. Parabéns.
      .
      Retornei de férias esta semana e estou com algumas dezenas de e-mails para ler no meu inbox. Peço desculpas pela demora, os estou lendo aos poucos e em breve te respondo, ok?
      .
      Abraço fraterno, na paz de Cristo,
      mz

  11. Eduardo disse:

    FUI UM DOS QUE COMPARTILHEI A FOTO/FRASE. NÃO VI NELA O SEU PONTO DE VISTA, E SIM O PONTO DE VISTA QUE, INFELIZMENTE, HOJE EM DIA AS PESSOAS SAEM DA IGREJA POR QUALQUER MOTIVO PEQUENO, POR CAUSA DO TESTEMUNHO DE UM OU OUYTRO IRMÃO NA FÉ… AS PESSOAS PREFEREM NÃO SER CURADAS, CONFRONTADAS, E ACABAM SAINDO DE UMA E OUTRA E DEPOIS OUTRA IGREJA, PULANDO “DE GALHOP EM GALHO”. É MAIS FÁCIL SAIR DA IGREJA, MUDAR DE IGREJA, DO QUE CONVERSAR COM O LÍDER OU O PASTOR SOBRE O QUE O ACONTECEU, O QUE CHATEOU, O QUE MAGOOU, O QUE NÃO CONCORDOU… MUITAS DAS VEZES NÃO É A QUESTÃO DO “BUSCAR A OVELHA QUE SE DESGARROU”, É FAZÊ-LA ENTENDER QUE É NECESSÁRIO VOLTAR PARA QUE HAJA CURA, LIBERTAÇÃO, LIBERAÇÃO DE PERDÃO, ETC. ENTÃO, QUANDO A PESSOA SAI DA IGREJA POR UM DESTES MOTIVOS PEQUENOS, MAS QUE POR SUA FERIDA SE TORNARAM ENORMES, PODEMOS CHEGAR A CONCLUSÃO DE QUE ELA NUNCA SE APROXIMOU DE JESUS (VERDADEIRAMENTE) E NUNCA ENTENDEU QUE ELA É A IGREJA DE CRISTO, QUE TEM QUE SER PACIENTE NA TRIBULAÇÃO, AMAR SEM ARDER EM CIUMES, AMAR SEM SER EGOSITA, PERDOAR SEUS IRMÃOS E LIDERES, ETC…

    • Olá, Eduardo,
      .
      entendo o seu ponto de vista. No entanto, o problema é que essa frase está sendo jogada sem contexto para todos. E você sabe bem o que ocorre quando um texto é tirado de contexto. Repare quantas linhas você precisou escrever para expor seu pensamento. Jogar uma frase dessa crueldade sem contextualizar faz com que ela se toene válida para TODAS as pessoas que saíram da igreja por causa de pessoas. E isso é injusto, é mau, não é cristão. É errado.
      .
      Abraço, mano, Jesus te abençoe muito,
      MZ

  12. newmodelife disse:

    Concordo, porém no meu caso, no comeco eu parei de frequentar pelas pessoas, mas mudei meu pensamento!
    Pq quem faz a igreja são as pessoas, mas nao significa que ela deixou de ser a casa de Jesus, o maior motivo de irmos a igreja… Adora-lo ❤️

  13. felipe disse:

    quando eu li o título da mensagem, comecei a lêr com intuito de rebate-lo, mas a mensagem é excelente, falo isso como quem saiu da igreja porque os líderes haviam tomado o lugsr de Deus em minha vida, e quando percebi fui julgado e condenado como rebelde que deveria ser excluído, não abandoenei a fé, mas demorou mais de ano para recuoerar a comunhãocom Cristo e quebrar o gelo no coração.

  14. Deborah disse:

    Pois é, querido, vi muitos irmãos reproduzi-la também e me senti exatamente como você.

    Compartilhei seu texto no facebook afim de quê possam refletir.

    Deus o abençoe.

  15. Mery disse:

    Olha Mauricio ,pela primeira vez vou discordar de você,eu entendo que essa frase seja para aqueles que saem da igreja por causa de mimi ,entende? pessoas que por qualquer coisa ,já diz a”ah não vou mais na igreja porque fulano passou perto de mim e não me cumprimentou,” existe um parente meu que é assim,já foi de várias denominações ,mas sempre sai em virtude disso,se ele e a família ficam 2 domingos sem irem ao culto o Pastor liga perguntando se está acontecendo alguma coisa,eles ficam bravos porque está pegando no pé,se não liga é porque não quer saber como estão e por ai vai…..sei que existem pessoas que saem da igreja machucada ,ferida,essas são diferentes ,realmente precisam de ajuda,mas existe esse outro lado…sei lá esse é meu pensamento…Fique na paz
    Mery

    • Oi, Mery, tudo bem?
      .
      O problema é a falta de contexto. Entendo que existe o tipo de gente que você falou. Mas simplesmente soltar uma frase dessas num quarto escuro e sair correndo vai explodir junto muita gente inocente. Minha visão é que fazer isso é irresponsável e inconsequente. Se uma pessoa está na situação que você mencionou, ela vai se sentir ainda mais ofendida. Se a pessoa estiver na que eu mencionei, ficará ainda mais machucada. Então minha pergunta é: pra quê? O que se ganha soltando uma frase assim numa rede social; frase essa que só vai machucar e afastar gente? É desamor, mana. E isso não condiz com nosso papel de restaurar e estender a graça de Deus a quem quer que seja – os feridos ou os do mimimi.
      .
      Abraço carinhoso, Jesus te abençoe muito,
      mz

  16. Fabio Cardoso disse:

    Olá Maurício,

    Na passagem dos dez leprosos, Jesus curou a todos mesmo ciente que somente um daria graças.
    A Bíblia está repleta de pessoas que não buscavam conversão, mas sim alívio.
    O motivo que as pessoas entram na igreja são diversos e como você bem disse a nós cabe amarmos os fracos e desviados, até que eles amadureçam ou mesmo que sejam vagarosos a crescer.

    Lindo texto Maurício,
    Abraço !

    • É isso aí, Fabio, até porque não sabemos se os que buscam Jesus por interesse hoje não poderão ter uma conversão genuína amanhã. É como um médico escolher que pacientes vai tratar em uma sala cheia de feridos, porque afirma que sabe quem sobreviverá e quem não. O papel dele é socorrer todos, deixando a Deus a escolha de quem sobrevive após o socorro.
      .
      Abraço, na paz de Cristo,
      mz

  17. Rodrigo Morais disse:

    Ótima reflexão.
    Esse amor ao próximo é o que nos falta. Buscar o perdido, abraçar e o ajudar na sua caminhada cristã.
    Deus Abençoe.

  18. eu sai da igreja,para chamar atenção pois pensava eu que muitos que saiam viam gente tentar convencer a voltar,pois tinha vergonha de eu mesmo de buscar receber orientação,ai tentei isso,mais me dei foi mal acabei que se desviando da igreja fui é se desviando de jesus,e agora estou onde estou no fundo do poço,a culpa foi minha agora vou tentar correr atras do prejuízo,nao sei se ainda tenho chance de voltar,ainda há uma esperança porque vou tentar,mais nao sei onde isso vai dar,pois eu era um crente mt usado por Deus e quando esta longe da presença de Deus o Diabo faz tudo oque nao podia antes,e é msm teve tempo que nem acreditava mais em Deus,sabe algumas pessoas nao sabe os motivos que levaram ele se desviar como o meu,e ficam julgando as pessoas,de vez de exortar para volta para igreja,infelizmente as pessoas ficam falando mal das pessoas que se desviam,de vez de perguntar oque ouve e ajudar com alguma palavra,eu to tão desanimado que se vinhe-se um irmã e me falasse jesus te ama,ganharia meu dia mais infelizmente isso nao me ocorre,e acho que isso nao foi tao motivo para isso,mais estou tomando falta de vergonha na cara e voltar para cristo,antes que eu morra espiritualmente e sei que se ficar longe da igreja por mais de uma semana ja nao conseguirei mais ouvir a voz de Deus,minha consciência vai se cauterizar e já era,sou tímido e nao sei me abrir com as pessoas sobre os meus problemas espirituais,por isso gosto de chamar atenção para que elas se liguem que eu estou mudado e venham tentar me falar algo de Deus,mais percebi que isso deixa brechas para satanás me destruir,e acho que ele conseguiu,pois eu estou perdido,fico preocupado de ter perdido a unica forma de minha salvação o Espirito Santo,mais ainda tenho esperança mais nao sei oque fazer,voltei para a igreja e nao sairei de lá,voltei a ler a biblia e vi que ela estava me assustando palavras fortes de exortação,senti isso porque eu estava no mal caminho,estava praticando coisas ruins e elas davam medo por que eu sabia o meu terrível futuro naquele estado,voltei a orar,buscar a Deus,mais essa frase machuca muito de invés de ajudar,eu vejo ela como uma palavra que significa que sou um lixo,e nunca busquei a Deus verdadeiramente,se algum amigo meu postar isso,terei eu coragem de pedir conselho a ele para voltar,já que esta me julgando? só lamento para pessoas que pensam deste modo

  19. Valderi disse:

    Estou de acordo com a frase!!!!
    .
    Vamos mudar um pouco o foco.
    .
    Faz de conta que você entrou em uma faculdade conceituada.
    .
    Curso de medicina é sonho de todo mundo.
    .
    Mas por causa de um colega de sala, você saiu…
    .
    Qual seria a palavra que encaixasse nisso tudo.
    .
    Você estava lá por causa dos amiguinhos, status, festas de sexta à noite, ou vestir um uniforme branco, mas nunca, nunca mesmo, por amor à profissão.
    .
    A mesma coisa serve. A não ser se o caro irmão Maurício seja a favor dos desigrejados.

    • Valderi, meu irmão,
      .
      respeito sua opinião, embora, naturalmente,
      a lamente.
      .
      O faz-de-conta que você propôs não é uma analogia que se aplique ao caso (até porque o curso de medicina está longe de ser o sonho de todo mundo rsrs), mas vamos considerá-lo para promover está dialética.
      .
      O primeiro ponto é que num curso universitário, qualquer que seja, você não espera que as pessoas sigam uma ética que propõe amar o próximo como a si mesmo. Ser magoado por alguém numa faculdade é monumentalmente diferente de sê-lo em uma igreja e, em especial, por um sacerdote. O ambiente eclesiástico pressupõe na mente das pessoas (especialmente as que estão em início de caminhada de fé) uma postura de quem ali está cuja ausência provoca um choque e uma decepção bem maiores do que em ambientes seculares.
      .
      Tanto é assim que se você faz uma enquete entre pessoas que abandonaram um curso universitário, vê que problemas com colegas da faculdade representam uma porcentagem irrisória das causas de desistência. Você encontra quem deixe o curso por questionar a vocação, por não ter mais condições de pagar, por pressão familiar… mas quem desiste da faculdade porque um colega de sala o trata mal?
      .
      Quando você diz que a pessoa estava lá pelas festas, os amiguinhos, o se vestir de branco e usa isso como uma analogia para quem deixa de drwquentar uma igreja por ter sido ferido na alma por irmaos em Cristo, está implicitamente dizendo que TODOS os que deixam uma igreja por causa de pessoas estavam lá pelas razões erradas. É isso simplesmente não é verdade. Aliás, esse é exatamente o grande erro dessa frase cruel, desumana e nefasta: o generalismo. Põe milhares de pessoas no mesmo saco. Essa frase sem contexto jogada nas redes sociais é de uma brutalidade e uma irresponsabilidade sem tamanho, pois – usando a sua analogia – está implicando que absolutamente todo mundo que deixa de frequentar uma igreja porque foi ofendida por alguém estava lá “pelas festas, pela roupa branca” etc. E isso simplesmente não é verdade. Há pastoews canalhas que fizeram horrores com pessoas. Há membors de igrejas pulhas que destruíram emocionalmente vidas. E pessoas e vidas que não estavam ali “pela festa”. Conheço pessoas que, por exemplo, foram molestadas sexualmente por pastores em gabinete. E você me diz que saíram da igreja porque nunca conheceram Jesus? Não, deixaram porque não suportaram conviver com cafajestes. São seres humanos. Têm sentimentos. Não podemos dar as costas para o sofrimento legítimo de quem sofreu todos os tipos possíveis de abuso (moral, emocional, físico, espiritual) em ambiente eclesiástico, seria desumano e anticristão.
      .
      Queira perdoar, meu irmão, mas volto a apontar para as parábolas citadas. Dar as costas para o que Jesus propôs é ir contra o evangelho. Portanto, não, “a mesma coisa serve” não é uma afirmação versadeira.
      .
      Para concluir, não entendi o que tem a ver ser a favor dos desigrejados com o meu texto. Recomendo que você o releia, pois me parece que você não entendeu. Se eu digo o tempo inteiro que o nosso papel é partir em socorro da ovelha desgarrada, que devemos buscar quem se afastou… como alguém consegue supor que sou a favor dos desigrejados? Aí já é uma questão de interpretação de texto, mano.
      .
      Irmão, se você concorda com essa frase absurda, é um direito seu. Eu prefiro considerar que pessoas que saíram da igreja por causa de pessoas precisam de amor, restauração, cura ou discipulado, dependendo do caso – pois não vou cometer o mesmo erro louco de quem forjou essa frase, de generalisar milhares de casos como se todos coubessem no mesmo pacote. Não cabem. Parto do pressuposto que devemos pregar o evangelho a toda criatura – e toda significa toda, inclusive aquelas que foram afastadas da igreja por causa de pessoas.
      .
      Abraço fraterno, Deus o abençoe muito,
      mz

    • Divino disse:

      1 João: 2. 19. Saíram dentre nós, mas não eram dos nossos; porque, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; mas todos eles saíram para que se manifestasse que não são dos nossos. – Bíblia JFA Offline PRO

      A Bíblia é clara..

      Jesus é maior que todos erros humanos. Aquele que tem Jesus, permanece firme.

      • Divino,
        .
        acredito que você entenda de hermenêutica bíblica. Por isso, sabe que usar um texto bíblico fora de seu contexto é uma violência às Escrituras. O texto de 1Jo 2.19 se refere especificamente aos gnósticos que estavam no meio da igreja à época de João e contra quem o apóstolo escreve sua epístola. Não tem absolutamente nada a ver com pessoas que foram feridas nas nossas igrejas hoje. E, cá entre nós, irmão, usar esse texto fora de contexto para atacar pessoas que já foram feridas na igreja é, além de má teologia, bastante desumano.
        Graça e amor, irmão.
        .
        Abraço fraterno,
        mz

  20. Jonathan disse:

    Merece uma reflexão meu irmão, eu saí de uma igreja para outra , e não foi por causa de pessoas e sim por motivo de local, mas continuo sendo de JESUS, TEM PESSOAS QUE SAEM POR CAUSA DE PESSOAS E NÃO VÃO PARA OUTRA, FICAM NO MUNDO.

    • Olá, Jonathan,
      .
      esse é um outro caso. Estamos tratando especificamente de pessoas que deixaram de congregar por problemas, feridas ou ofensas relacionadas a irmãos da igreja.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Cristo,
      mz

  21. Claudio José disse:

    Saí da “igreja” por causa de pessoas que foram chadas para ajuntar, mas o que fazem de melhor é espalhar. Da igreja de cristo nunca saí, pois ela não se limita a construções com placa na fachada .

    • Olá, Cláudio,
      .
      querido, lamento pelo que houve com você. Mas tome cuidado para não pecar pela generalização. Nem toda igreja se limita a construções com placa na fachada. Muitas têm pessoas piedosas, amorosas e que fazem o bem; que vivem o evangelho genuíno. Sejamos justos com os bons.
      .
      Abraço, na paz do nosso Mestre,
      mz

  22. Claudio José disse:

    É preciso definir melhor esse conceito de igreja, pelo que a bíblia me ensinou; a igreja de Cristo é universal, não está atrelada a nenhuma dessas denominações criadas por homens, portanto quando saímos de uma instituição não quer dizer que estamos deixando a igreja do Sr. Jesus. Cada líder defende a sua placa como as casas Bahia, Ponto Frio, Ricardo Elétro etc. defendem.
    É preciso atentar para isso, pois a comercialização do evangélio está no seu auge .

    • Cláudio, olá,
      .
      a Igreja de Cristo não está atrelada a denominações, por certo, mas isso não quer dizer que nas denominações não haja a Igreja de Cristo. Deixar uma instituição é uma coisa, deixar de congregar com outros cristãos é outra. Como cearemos em memória do Senhor, por exemplo, se estamos fora da comunhão com outros cristãos? Não se pode generalizar, mano.
      .
      Um abraço, na paz de Cristo,
      mz

      • Letícia disse:

        Olá Maurício a Paz!
        Gostaria de saber de sua parte o que é estar em comunhão com outros cristãos? Pois o que vejo na maioria das instituições são pessoas que entram na “igreja”se sentam em seus bancos, louvam um pouco,escutam a palavra ser pregada,a bênção final ser dada,ao finalizar o culto, um aperta a mão do outro e diz:a paz do Senhor,e cada um vai para a sua casa,viver suas vidas, até chegar o próximo culto e repetirem estes hábitos,isso acontece muito em igrejas grandes,não existe contato, conversas,aproximação, as pessoas não se conhecem não sabem os nomes umas das outras.Pode isso ser chamado de estar em comunhão com os irmãos?Creio que na igreja primitiva este não era o tipo de comunhão que os irmãos viviam.

  23. Republicou isso em Blog de PAULO ESPINDOLAe comentado:
    “Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus” me dá a nítida ideia que quem diz essa frase segue e deseja propagar o seguinte raciocínio: se um indivíduo se desgarrou do rebanho porque foi ferido, magoado, traído ou ofendido de algum modo por membros ou líderes da igreja, o problema não foi o que fizeram com ele, mas a fé inexistente dele em Cristo – e, portanto, podemos deixar esse “infiel” para lá. ” Republicando esta reflexão sobre a violência e agressividade “gospel”, onde muitos cristãos esquecem que ” “Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados” (1Pe 4.8). Boa leitura….

  24. […] Aflição, Agressividade gospel, Amor ao próximo, Arminianismo,Calvinismo, Espiritualidade, Evangélicos, Evangelismo, Graça, Hipocrisia, Igreja dos nossos dias,Igreja institucional, Morte, Pastores, Pecado, Perdão, Sofrimento, Solidão Tags:Amor, Amor ao próximo, Arminianismo, Bíblia, Blog Apenas, Calvinismo, centésima ovelha,Compaixão, Cristo, Cruz, desigrejado, desviado, deus, Dracma Perdida, eleição, Espírito Santo,Evangelho, Feridos com a Igreja, Feridos em nome de Deus, Filho pródigo, Igreja, Jesus, líder,Maurício Zágari, ofensa, ovelha extraviada, pacificação, Parábola, Pastores, predestinação,Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus, Senhor,Sofrimento 36 […]

  25. Abraao disse:

    Irmão Zágari,
    bom dia!

    Antes de mais nada peço desculpas por está comentando essa postagem hoje rsrs…
    Como sempre Deus tem te usado para abençoar pessoas mesmo estando longe geograficamente, a Palavra de Deus nos une e isso é fantástico!
    Pensei que nunca leria uma postagem sua e discordaria mas hoje isso aconteceu rsrs…vou explicar o motivo, e espero que você entenda.

    Quando li a frase: “Quem sai da igreja por causa de pessoas nunca entrou lá por causa de Jesus” tive outro entendimento dessa frase,não to dizendo que sua reflexão está errada, pelo contrário, na sua linha de pensamento ela está corretíssima,porém eu entendo a frase de outra forma, segue o entendimento:

    Essa frase dita solta, sem um contexto pode levar a mais de uma interpretação, essa é a grande questão.
    Pense bem, no dia do Juízo Deus tomará alguém por inocente? Obviamente não, vejo muitas pessoas dizendo que saíram da igreja por causa de fulano e ciclano como se diante de Deus essa argumentação fosse justificável,essas mesmas pessoas em outras situações enfrentam as dificuldades com afinco mas quando se trata das coisas de Deus parece que tudo justifica o “abandono da fé”, sinceramente isso até tornou-se mais um jargão que nada mais é que uma desculpa esfarrapada que não cola aos olhos Daquele que tudo criou e que sonda o mais profundo de nossos corações, e além disso pelos frutos nós conhecemos a árvore, e nesse contexto irmão essa frase está corretíssima. Agora mesmo assim, eu como servo de Deus não posso deixar de amar as pessoas que um dia estiveram juntas conosco na congregação, não posso deixar de ouvi-lás, de quando as ver dar um sorriso e dizer que estou sentindo a falta dela e que peço a Deus que a proteja e cuide de sua vida, um erro não justifica o outro, a falta de perseverança das pessoas não pode e não justifica a minha falta de amor por elas, aí sim creio que sua linha de pensamento se une a minha! 😉 No mais irmão, esse texto mesmo discordando de sua linha de raciocínio desenvolvida eu fui edificado, afinal a Palavra de Deus nunca volta vazia, fui lembrado a amar meus irmãos, em ajudá-los em cuidar deles enquanto estão juntos comigo na congregação para evitar que eles se afastem e minha consciência pese diante de Deus sabendo que poderia ter ajudado mas não o fiz.
    No mais irmão, essa é apenas a opnião de um jovem, com pouco tempo na Fé, sem curso de Teologia ou experiência de liderança ministerial’, e que ainda tem muito aprender na caminhada cristã.

    Abração!

    Abraão.

    • Olá, Abraão, tudo bem?
      .
      Não há nenhum problema em discordar, é da dialética que extraímos a reflexão e é da reflexão que vem a transformação. Fique tranquilo quanto a isso, discordâncias feitas com educação e amor são sempre bem-vindas.
      .
      Você tocou no ponto chave: a falta de contextualização. Vou reproduzir aqui uma resposta que compartilhei com outra irmã que também teve uma visão divergente da minha:
      “O problema dessa frase cruel é a falta de contexto. Ela está sendo jogada sem contexto para todos e você sabe bem o que ocorre quando um texto é tirado de contexto. Repare quantas linhas você precisou escrever para expor seu pensamento. Se tentasse resumir tudo em uma frase só certamente não teria interpretações adequadas. Jogar uma frase dessa crueldade sem contextualizar faz com que ela se torne válida para TODAS as pessoas que saíram da igreja por causa de pessoas. E isso é injusto, é mau, não é cristão. É errado. Entendo que existe o tipo de gente que você falou, que sai da igreja porque ali entrou em busca de algo que não necessariamente é Cristo. Mas simplesmente soltar uma frase dessas num quarto escuro e sair correndo vai explodir junto muita gente inocente. Minha visão é que fazer isso é irresponsável e inconsequente. Se uma pessoa está na situação que você mencionou, ao ler isso ela vai se sentir ainda mais ofendida. Se a pessoa estiver na que eu mencionei, ficará ainda mais machucada. Então minha pergunta é: pra quê? O que se ganha soltando uma frase assim numa rede social; frase essa que só vai machucar e afastar gente? É desamor, minha irmã, e não condiz com a ética de Cristo. Tampouco condiz com nosso papel de restaurar e estender a graça de Deus a quem quer que seja. Não sabemos se os que buscam Jesus por interesse hoje não poderão ter uma conversão genuína amanhã. É como um médico escolher que pacientes vai tratar em uma sala cheia de feridos, porque afirma que sabe quem sobreviverá e quem não. O papel dele é socorrer todos, deixando a Deus a escolha de quem sobrevive após o socorro. Devemos fazer a mesma coisa e não condenar. Um texto fora de contexto como essa frase lamentável e generalista é como jogar uma bomba atômica para matar cupins em uma casa: atinge quem deveria atingir mas machuca, magoa e fere muitos inocentes. Logo, isso não está certo”.
      .
      Abraão, creio que essa resposta vem ao encontro do teu comentário também. Espero que contribua.
      .
      Abraço fraterno, na paz do nosso Deus,
      mz

  26. evangelistapaulotrindade disse:

    Republicou isso em Evangelista Paulo Trindade – AD Brás.

  27. Denize disse:

    Fui muito edificada quando li seu texto, temos sentido isso na pele fomos “abortados” da nossa comunidade, e sofremos com isso. Glória a Deus pelo seu artigo.

    • Olá, Denize,
      .
      fico feliz por poder edificar sua vida, mana. Peço a Deus que vocês encontrem logo outra família de fé junto a quem congregar.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Deus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  28. marcojuric disse:

    Bom dia querido mano Zágari!

    Confesso que, antes de ler seu post, essa frase fazia todo sentido para mim, tipo achando mesmo que quem saía da igreja por causa de outra pessoa, seja lá qual tenha sido o problema, demonstrava que o motivo principal de estar na igreja não era o de seguir e servir a Deus.
    Talvez essa minha “avaliação” se dê muito por conta de um número grande de vezes que fui “ferido” por “irmãos” e por líderes nos meus vinte e tantos anos na igreja, e mesmo assim, mesmo com muita dor e por vezes revolta interna, continuei na posição que fui chamado, essa era minha percepção.
    Hoje seu texto me abriu os olhos para uma outra face da questão que não me estava tão clara.
    Realmente precisamos praticar mais e mais o amor de Deus: Vivê-lo.

    Muito obrigado pela luz!

    Abraço grande!!

    MJ

    • Salve, Marcão!
      .
      Entendo você, também já fui profundamente ferido por líderes, que me decepcionaram profundamente. Mas, mesmo tendo permanecido firme e sido restaurado, não posso deixar de me compadecer pelos que foram pressionados para fora da congregação. São a ovelha preciosa da parábola, ai de mim contrariar Cristo, não é?
      .
      Grande abraço, meu amigo, aguardo aquele café!
      mz

  29. andreia disse:

    olá querido Mauricio… mais uma vez me deparo com uma MARAVILHOSA publicação…. e mais uma vez aqui tvm aprendendo a não” COLOCAR TODOS NO MESMO PACOTE” pois como vc muito bem esclareceu a LUZ DA PALAVRA …. devemos seguir o exemplo de Cristo olhar para Cristo… orarmos por pessoas que em nome Dele abusaram de poder e autoridade… esses responderão ao Pai… quanto a nós… o Senhor não deixa seus filhos no engano não é??

    Mas hoje lendo esse texto inspirado POR DEUS e escrito por vc… pude ampliar mais meus horizontes…

    Clamo ao Senhor que derrame cada dia mais da unção Dele sobre tua vida e amada familia.

    Com amor e orações incessantes…

    Andreia Araujo

    • Olá, Andreia,
      .
      que bom que Deus trouxe luz aos seus pensamentos por meio das palavrinhas que escrevi. Ele é bom e mesmo quando nos admoesta é para o bem de todos. Louvo a Deus por isso.
      .
      Obrigado pelo incentivo e as orações!
      .
      Abraço pra ti e toda a amada família,
      mz

  30. Sarah Almeida disse:

    Olá, creio que esse é um assunto muito profundo e não intento discutí-lo pois é questão de interpretação e revelação de cada um. Mas como vc citou a Bíblia no caso de Pedro, gostaria apenas de fazer uma colocação. Pedro (ao negar a Jesus e, segundo sua interpretação, “sair da igreja”) é um exemplo que constata justamente o que a frase julgada neste post diz, pois segundo o próprio Jesus Cristo (Ele com toda certeza conhece o coração do homem e pode julgá-lo, certo?) Pedro ainda não havia se convertido genuinamente. Em Lc 22:32, quando Jesus o avisa sobre este negá-Lo, claramente diz a Pedro: “Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça;TU, POIS, QUANDO TE CONVERTERES, fortalece os teus irmãos.”.
    Dito isso, pediria que vc orasse a respeito, meditasse na Palavra e revisasse seu post, para que não caiamos nem levemos ninguém a cair no erro de defender apenas os que deixam a comunhão da Igreja e assim desprezemos aqueles que continuam firmes mesmo sofrendo e pior, julguemos a liderança que o próprio Deus instituiu.
    Que os nossos olhos estejam em Jesus!

    • Olá, Sarah,
      .
      respeito sua opinião. No entanto, não preciso rever o que escrevi: tenho convicção do que escrevi. Sobre a questão de Pedro, o que você menciona apenas reforça meu argumento: se ele ainda não era convertido, o que Jesus fez no episódio em que ele manda Simão apascentar suas ovelhas? Fez aquilo que ele mesmo sempre ensinou: buscou Pedro, reforçou seu chamado, o pôs de pé e o enviou para pastorear. É exatamente o ponto que defendo: Jesus não deixou Pedro para lá, como a abominável frase em questão propõe. Então obrigado, o que você mencionou ratifica o que defendo: que a Igreja deve partir em busca da ovelha desgarrada, trata-la e fazer dela uma ovelha funcional novamente.
      .
      Também não entendi onde você leu que estou defendendo “apenas os que deixam a comunhão da Igreja e assim desprezemos aqueles que continuam firmes mesmo sofrendo”. Eu em absoluto não fiz essa afirmação no texto. Quem está firme deve continuar firme, onde você leu que o estou desprezando? Isso não está no texto. Temos de valorizar as 99 ovelhas que ficam e partir atrás da 1 que se desgarrou – quem disse isso não fui eu, foi Jesus. Mas, se há ovelhas que oprimem vidas, a pergunta é se, embora frequentem uma igreja, são mesmo ovelhas. Ter carteira de membro não significa nada, creio que vc sabe disso.
      .
      Sobre julgar a liderança que o próprio Deus instituiu, em primeiro lugar devemos lembrar que nenhum líder é infalível. Quando ele molesta sexualmente uma jovem em gabinete ele está errado. Deve-se fazer o que com um monstro desses? Deixar pra lá? Se ele fizesse isso com uma filha sua você diria aos irmãos “não o prendam, pois não podemos tocar num ungido do Senhor”? Acredito que não. Ou um líder que promove assédio moral sobre seus membros? Líderes que roubam a igreja? Líderes que traem seu compromisso de silêncio sobre o pecado dos que os procuram? Esses homens são anátema, não são líderes. Se você está partindo do pressuposto do “não toquem nos ungidos do Senhor”, recomendo que estude sobre o que isso de fato dignifica, pois alguém se intitular pastor não quer dizer em absoluto que ele seja ungido, muito menos inerrante, menos ainda intocável. Se um líder é réprobo, deve ser disciplinado e orientado, pois ele próprio se tornou uma ovelha desgarrada. Veja o que essa expressão significa de fato: https://www.facebook.com/AugustusNicodemusLopes/posts/629005427151872
      .
      Minha irmã, sejamos compassivos. Amemos as ovelhas desgarradas, como Jesus amou. Ele disse que não veio para os sãos, mas para os doentes. Sigamos seu exemplo.
      .
      Um abraço fraterno, no amor do bom Jesus,
      mz

  31. a pastora da minha igreja postou esta frese quem sai da igreja por causa de pessoas , nunca entrou lá por causa de Jesus. Fiquei triste porque está julgando e criticando os que sairam

  32. Paulo Silva disse:

    Olá, Zágari. Por não entrar na complexidade da questão, até que já concordei com esta frase. Contudo, admito que numa visão mais profunda, levando em consideração todos os pontos que abordou, você tem razão. É um artigo que nos leva realmente a uma reflexão importante. Agora, sem querer polemizar, mesmo porquê deixou claro ainda no início do texto, não querer entrar no mérito do assunto. Justamente os que creem na “Eleição (incondicional)” é que parecem pensar assim. E isto não é uma visão exclusivamente minha, mas de muitos que acessaram artigos ou assistiram a depoimentos, pregações e afins. Muitos destes (calvinistas) usam de ironia até, são grosseiros e “deselegantes” com quem tem um conceito diferente. É somente uma observação, não resisti. Que a benção de Deus seja contigo e a sua casa.

  33. Denise disse:

    Há ainda outra hipótese dos que saem da igreja por causa da apostasia.
    Para os que acreditam que quem sai da igreja é pq não foi buscar Jesus, só digo algumas coisas para reflexão:

    A igreja não salva ninguém;
    Jesus não está preso a um templo edificado por mãos humanas;
    O lugar que Jesus escolheu para habitar foi no coração do homem (templo do Espirito Santo);

    Muitos saem da igreja justamente porque lá não encontram Jesus. Não encontram ensino da palavra, entre outras coisas, ao contrário: encontram o mundo na igreja.

    Daí tem-se que orar bastante para ter comunhão com Deus e não depender de igreja e pastores para oração e intercessão;

    É claro que, como diz a própria palavra: “como é bom e agradável que os irmãos vivam em união”, não se deve isolar do mundo e buscar sozinho a Deus. Agente sempre tem algo para aprender com outros.

    Se eu leio a palavra de Deus e a igreja que eu frequento vai de encontro (choca-se) com a palavra, eu não devo ficar num lugar assim.

    Sei que não existe igreja (templo) perfeito aqui nesse mundo, afinal de contas o joio cresce junto com o trigo, mas devemos buscar em oração um lugar onde não haja heresias onde até um ímpio tem capacidade para discernir entre o certo e o errado em algumas questões como : teoria da prosperidade, entre outros.

    • Leticia disse:

      Concordo plenamente com o seu ponto de vista. Perfeita colocação. As pessoas costumam associar que estar na “igreja” é estar em Cristo. Completamente errônea está idéia. A Paz!

  34. Tiara Pacheco disse:

    Irmão Zágari, senti-me envergonhada ao ler seu texto, pois há algumas semanas essa mesma frase apareceu em meu feed de notícias no Facebook, postada por um irmão em Cristo e eu curti. Confesso que não havia meditado no profundo significado que a mesma carrega, logo eu, que há mais de um ano saí de uma congregação por ter sido ferida no momento em que mais precisei de ajuda e oprimida pela religiosidade dos que me cercavam, concordei com essa afirmação tão “desmisericordiosa”. Parece que dei um tiro no meu pé não é mesmo? Entretanto, louvo a Deus por tê-lo usado para me fazer refletir sobre este assunto. Que Ele continue abençoando você.

    A paz do Senhor!

    • Oi, Tiara,
      .
      não se abata, mana, apenas reflita. Creio que você pode tirar ótimas lições do que aconteceu, que a levarão a ser mais cuidadosa com o que exprime on-line e na vida real. Use essa experiência em prol do seu crescimento espiritual. Você é preciosa e, se erramos, é apenas para não errarmos mais e podermos passar adiante aos demais o que aprendemos.
      .
      Um abraço carinhoso, no amor de Cristo,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  35. Milena disse:

    Muito bom esse texto! Tudo que eu estava precisando ler!! 😉
    Maurício, também gostaria de perguntar: Um dia, em uma livraria bíblia e pesquisando algumas bíblias, encontrei uma com uns comentários teus. Acabei que não ‘salvei’ o nome dela e gostaria de saber por você. Qual bíblia é? É possível comprá-la online?
    Abs

    • Olá, Milena,
      .
      fico feliz que o texto tenha falado ao teu coração, Jesus é muito bom mesmo.
      .
      Creio que você está se referindo à Bíblia de Estudo Desafios de Toda Mulher, da qual fui o editor e para a qual escrevi estudos e orações. Se for essa, você encontra em livrarias evangélicas, em algumas seculares (na Saraiva, por exemplo) ou pelo site da Mundo Cristão (compra on-line): .
      .
      Abraço fraterno, Deus a abençoe,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  36. Jonathan disse:

    Então é assim que devem agir os cristãos e não como alguns que jogam pedra em quem pertence a outra religião…

  37. Muito bom. Texto coerente com os ensinos de Jesus. Creio que não dar para ler este artigo e continua acreditando e compartilhando esta frase. Quem assim o fizer precisará ser ajudado e reconduzido a “amar como Ele nos amou”.
    Parabéns ir. Maurício! Eu não o conhecia, mas aprendir uma linda lição. Que Deus continue usando sua vida.

    • Oi, Fábio,
      .
      obrigado pelo carinho de suas palavras e pela oração tão preciosa. Me alegro que tenha compartilhado do nosso entendimento quanto a essa frase tão infeliz.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Deus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  38. eu estava procurando no Google ”mensagem aos irmãos que querem sair da igreja” rsrsrs, e ai apareceu esse com essa frase e eu já ouvi muito ela lá em minha igreja, eu tenho 3 anos de igreja, e afirmo que lá eu conheci o amor de Cristo em cada pessoa que me recebeu, mas 3 anos não é pouco tempo né, eu confesso não tenho uma maturidade pra receber certas acusações, e agir como Cristo, e estou muito triste, muito mesmo, por algumas situações de terem me acusado (mulheres diferentes, é uma grande igreja)não digo acusado, mas vieram me dizer para parar de falar com o marido delas (meus lideres), como se eu fosse uma mulher do mundo se é que entende, e tive que me afastar deles por conta do meu testemunho mesmo, por que mulher sempre acaba falando com uma e com outra pessoa, e ai quando vai ver todo mundo ta sabendo, o problema é terem sido INverdades, e antes que pense há se foram 3 mulheres você deve ter deixado de vigiar em algo, e digo que não, por ser uma igreja um tanto rígida, eu não trocava mensagens de madrugada, eu não saia sozinha com eles, nunca falava de assuntos capsiosos, e tbm não abraçava os homens ainda mais casados e noivos, e todas nossas conversas eram de teor bíblico, eram meus amigos que me edificavam e eu sabia que elas como esposas e noiva liam a conversa, e elas todavia mesmo sendo minhas lideres nunca quiseram se aproximar, é uma igreja que trabalha com paternidade espiritual é como se seu líder fosse um pai espiritual, ou seja me apeguei a eles como pais, até por que são mais velhos que eu, um exemplo das situações é que na igreja tem uma campanha de ir nas casas levar a palavra por 7 semanas, eu arranjei uma casa, e pedi pro ‘fulano” ir lá conversar com a mulher explicando o projeto e foi decidido que ele ia ser o líder da casa e eu intercessora, isso é normal acontece todos os anos, ela ligou na casa da minha líder e disse que eu só arranjei casa de paz pra ficar perto dele ( esse ”fulano foi meu líder, foi a pessoa que me ganhou pra jesus e me trouxe pra igreja), Minha líder não concordou com o posicionamento e fomos apascentadas juntas e ela contou um monte de mentira disse que tinha se confundido etc etc etc, isso aconteceu eu só tinha 1 ano de igreja, essa moça já era líder de uma célula, agora domingo, saindo do culto a gente vai em montinho pra casa, ainda mais por que culto acaba tarde e o caminho é perigoso, então as meninas nunca podem ir sozinhas, mas essa mesma moça chegou em mim e disse que eu ia ter q fazer caminho sozinha c fulano e que ela não queria que eu fosse junto, eu fiquei tipo ann? O.o vai me proibir de voltar pra casa? mas desci por outro lado chorando, em casa o fulano me disse no zap outra historia bem distorcida e ainda concordando com ela, e antes que pense fulano volta com todo mundo sozinho, ele que deixa cada menina em casa, ele sempre ta sozinho c uma menina ou seja a implicância é só comigo e antes que pense, eu não uso roupas curtas nem marcadas eu não dou motivo, e estou decidida a sair da igreja, eu me pergunto e pergunto ao Senhor o que ele quer me ensinar com isso, não foi uma mulher que me acusou, foram 3, em épocas diferentes, de meios diferentes e que nem se falam (por não terem proximidade, a igreja é grande), eu vejo o meu testemunho por conta de mentiras ser dilacerado, muita gente não vai com minha cara (confesso sou briguenta se me acusam eu já to lá pedindo satisfação), e eles não gostam disso de alguém que fala a verdade, de alguém que discorda, e enfim ando me sentindo triste, sozinha e desmotivada em continuar, e só o que ouvi desde então foi essa frase de que nunca entrei por Jesus…

    • Olá, Gabriela,
      .
      lamento pelo ocorrido. Penso que se você considera que permanecer na igreja em que está seja um problema, busque outra igreja. Não se afaste do evangelho, mas você pode congregar em outro lugar, não há nada de errado com isso. Por outro lado, você precisa se avaliar e ver se você tem reagido de forma bíblica. Ser cristão é muito mais do que usar roupas assim ou assado, é uma postura de coração e a forma como nos relacionamos com Deus. Se você percebe que é briguenta, isso tem de ser tratado. Cuide de si, de se aperfeiçoar, e não se prenda aos outros. Se sua igreja tornou-se um ambiente adoecido, busque outra. Mas não abandone Jesus, porque ele não tem culpa da postura dessas irmãs.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Deus,
      mz

  39. Creuza Rodrigues disse:

    Olá,sua analogia foi perfeita,pelo menos para mim,estou sofrendo a indiferença dos membros da religião que servi por quase vinte anos,fui testemunha de Jeová,em um belo dia questionei algumas de nossas crenças que me incomodavam,com isso hoje tenho menos valor que um cão vira-lata. Agora estou em crise,não tenho tanta fé em Deus como em outros tempos,não creio em outras religiões,que Deus me ajude se ele de fato existir,obrigada pela atenção!

    • Olá, Creuza,
      .
      Eu não creio que você deva deixar o comportamento de pessoas que erram influenciar a sua relação com o Deus que não erra. Ele não tem culpa do mau comportamento dos seres humanos. Ele existe, porém, preciso reconhecer que não sou adepto da teologia das testemunhas de Jeová. Acredito na divindade de Jesus, que ele é Deus feito homem que morreu e ressuscitou para que fôssemos perdoados dos nossos pecados mediante a fé nele. Nesse sentido, não tenho como te recomendar que volte a procurar as testemunhas de Jeová, mas, sim, que procure uma igreja cristã onde aprenda a sã doutrina bíblica e seja amada pelos irmãos. Falo isso com muito carinho no coração, com solidariedade e em oração ao Senhor para que ele traga paz a sua alma e te oriente no caminho da salvação.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Deus,
      mz
      Facebook.com/mauriciozagariescritor

  40. Marcelo disse:

    muito bom!!!

  41. Josias Barbosa de Araujo disse:

    paz eu gostaria de ajuda ,já estou algum tempo um pouco triste onde congrego,pois quando entrei la foi pelo amor que vi e fui recebido ,é uma igreja onde são quase todos os lideres familiares ,sou também líder mais estou muito triste por algumas coisas que vem acontecendo então tomei uma decisão em orar pedir a Deus pra me preparar um outro lugar

  42. Ereni disse:

    Nossa como que falou comigo essa palavra si a irmã soubesse o que eu estou passando voltei pra igreja depois de muitos anos desviada sou nova convertida e uma irma v falou mal da pastora e eu falei ela e brava mesmo e essa irmã foi e disse pra pastora que foi eu quem falei então eu fui pedi perdao pra pastora e não acusei a irmã que fes a fofoca quando cheguei na igreja colocaram um hino que me chamava de falsa e muito mais levantei e vim embora mas estou muito triste e quase morrendo na fé

  43. Vademir disse:

    Muito bom Maurício Zágari, já senti na pele isso, não de deixar a igreja para ir pro mundo, não, falo de sair de uma congregação para ir pra outra, por ter sido ferido e discordar de algumas pratica da igreja, seu artigo me falou muito ao coração, que Deus continue lhe abençoando.

  44. SAMIA FONSECA disse:

    IRMÃO QUE O SENHOR CONTINUE TE ABENÇOANDO A ESCREVER MENSAGENS IGUAIS A ESSA. QUEM JÁ PASSOU POR ISSO SABE O QUANTO É DOLOROSO E DIFÍCIL SER JULGADO E CONDENADO POR ALGO QUE VOCÊ NÃO PRATICOU, E QUE PELO SIMPLES FATO DE EXISTIR UMA “LIDERANÇA QUE ACREDITA ESTÁ CERTA” LHE ENXOTA PRATICAMENTE PRA FORA DA IGREJA E A PARTIR DE ENTÃO VOCÊ FICA SEM RUMO SEM DIREÇÃO NO PRIMEIRO MOMENTO. TODAVIA, COMO VOCÊ SITOU SE NÃO ESTIVERMOS FIRMADOS NA ROCHA CORRE O RISCO DE SERMOS TRAGADOS PELOS PERIGOS DO MUNDO. SOFRI A 1 ANO E 2 MESES UMA ACUSAÇÃO TERRÍVEL, TENHO 12 ANOS DE CAMINHADA E NUNCA TINHA VISTO ALGO TÃO CRUEL DENTRO DO SEIO DA “IGREJA”, DIAS E DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO FORAM A TRAJETÓRIA QUE PERCORREMOS ATÉ O SENHOR NOS CURAR DESSA DOR, E PARA A GLÓRIA DELE CONTINUAMOS FIRMES EM SUAS PROMESSAS, TRABALHANDO NA SUA OBRA E ACIMA DE TUDO MUITO FELIZES EM SABER QUE O SENHOR CUIDA DE NÓS EM QUALQUER TEMPO. DEUS TE ABENÇOE PELA SENSIBILIDADE DE ESCREVER ESSE ARTIGO. DEUS TE ABENÇOE SEMPRE!

    • Ola, Samia,
      .
      fico muito feliz de saber que você superou o que houve e segue firme em Cristo. Que você viva sempre em paz e ajudando os que vierem a passar pelo que você passou.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Deus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  45. Riclei disse:

    Ola. Realmente tenho escutado muito essa frase. Passei 15 anos da minha vida servindo dentro da Igreja. Me tornei lider, auxiliar do pastor, pregava. Mas depois de tantas decepções. Tanta falsidade. Tanta hipocrisia. Tanta gente te julgando por qualquer coisa. Eu percebi que nem no mundo existe tanta falsidade dessa forma. Por isso hoje sirvo a Deus mas não preciso ir em Igreja(Denominação) para ser salvo ou agradar a Deus. Posso prestar culto a Ele dentro da minha casa com minha familia. Posso ensinar a meus filhos os conceitos da Biblia. Os verdadeiros.

  46. Leandro disse:

    Olá, muito bom o seu texto, achei pesquisando referente a minha dúvida, pois penso em abandonar a igreja a qual frequento e passar a frequentar outra unidade. Sou novo na fé, como cristão, pois a pouco tempo conheci uma moça da igreja que me convidou a participar dos cultos com ela, parecia que ia dar certo entre nós, estávamos nos conhecendo, e sim no começo eu estava indo na igreja por causa dela. Participei de um acampamento de jovens e lá eu aceitei Jesus Cristo como meu salvador, me senti tocado, e desde então passei a frequentar a igreja buscando cada vez mais a Deus, querendo me tornar um bom cristão. Porém não foi da vontade de Deus e acabamos nos tornando amigos, pois ela não sentia o mesmo sentimento que eu nutria e ainda nutro por ela, e por esse motivo eu fico triste, pq ainda gosto dela, a vejo sempre no culto, no culto de jovens, saímos sempre juntos e isto está machucando o meu coração, sentimentos ruins tomam o meu coração e sinto que isso me desvia do caminho de Deus, “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?” Jeremias 17:9. Fiz amizades na igreja, mas penso em mudar pra outra, para que eu não a veja mais, para que esses sentimentos não tomem conta de mim, para que eu possa esquece-la, para que eu possa entender que a vontade de Deus é maior do que a vontade do meu coração.

  47. Eu simplesmente entendo que a Frase quer dizer sem precisar de muita explicaçao que ; Eu ou qualquer outra pessoa deixa uma Igreja por causa de uma pessoa (e nao precisa ser exatamente por briga pode ser tbm pq a outra saiu da igreja e ela quer sair tbm) na verdade ela nao entrou na Igreja por causa do amor a Jesus , ela entrou por causa da outra pessoa que agora elas se aborreceram e ou uma deixou a igreja e outra deixou também …Isso acontece muito uma pessoa sair porque uma saiu ou pq se aborreceu com alguem !!

    • Oi, Everardo,
      .
      o problema é que a frase é generalista. Põe absolutamente todas as pessoas que deixam a igreja no mesmo saco. E isso é de uma irresponsabilidade absurda e anticristã.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Deus,
      mz

  48. Letícia disse:

    Olá a Paz!

    Só tem uma coisa que me incomoda, é as pessoas associarem que estar na “igreja” “instituição” é estar em Cristo.Por experiência própria, e por conviver desde pequena no meio cristão, vejo com clareza que muitas das pessoas que estão em uma igreja não necessariamente estão em Cristo,pois não vivem o santo evangelho,e muitos dos que se afastaram das instituições estão com sua Fé intaquita,levando o amor de Cristo por onde vão, e vivendo em comunhão com todos ao seu redor.Então em meu ponto de vista,estar em Cristo e permanecer na Fé,não é estar em uma determinada instituição religiosa,até porque nós somos a igreja somos o santuário do Deus vivo.A graça do Senhor Jesus Cristo seja com todos vocês.

  49. Que comentário abençoado!!! Estava precisando mesmo dessa palavra de ânimo e aconselhamento. Obrigado e Deus continue lhe abençoando poderosamente.

  50. Luanna disse:

    Como a irmã Mirian aí em baixo falou. Tb concordo com ela. Aqui não fala de abandonar alguém que deixou a igreja por qualquer que sejam os motivos. Muito menos de se jintar a alguém que magoa outra pessoa que acabou saindo da igreja. Fala de pessoas que culpam as pessoas ou até mesmo o próprio Deus por sua saída da igreja. Decepções a gente pode ter em qualquer lugar e em qualquer igreja que a gente for também, como também estamos sujeitos a decepcionar as pessoas à nossa volta. Isso é fato. Somos seres humanos…passivos de falhar. Mas nossa vida deve depender de Deus e não de pessoas exatamente por isso. A gente tem que ter comunhão com as pessoas sim. Mas quando estamos na casa de Deus é pra buscar a Ele e não os outros. Nossa força, nossa alegria, nossas vontades, a obra, nossos dons e talentos não devem depender de pessoas e sim daquele que nos chama, ou seja, Jesus. Isso não significa que pq alguém deixou a igreja alegando estar decepcionado com as pessoas da igreja eu vou desprezar essa pessoa. Muito pelo contrário. Meu dever como cristã é orar por ela e aconselhar essa pessoa, acompanhar ela ( até onde essa pessoa permitir, é claro). Porque tem gente que sai da igreja e nem isso aceita. Então é isso…

  51. Luciana disse:

    Tenho ouvido esta mesma frase desde que comecei a congregar, há quase 5 anos. Sou líder de um departamento e sei bem o que é “sofrer” nas mãos de pessoas que se dizem “em Cristo”. O pior de tudo é ter que aguentar a falsidade de pastores e outros líderes, que te tratam com desprezo e fazem de conta que você não existe, mas não te procuram para falar qual é o problema. Sem falar nos que trabalhar para “tomar o seu lugar”, sem nenhum escrúpulo. Não sou do tipo de pessoa que aprende com o silêncio, mas algumas denominações acreditam que o “gelo” ensina. Jesus nunca agiu assim, sempre foi bem claro, tanto nas críticas quanto nos elogios. Acho inclusive, que este comportamento por parte deles tem me “esfriado” ainda mais, e eles nem se dão conta disso, pois não querem ouvir. Enquanto isso, fico eu aqui, lutando contra a vontade de sair correndo e me isolar apenas eu e minha Bíblia, tentando não abandonar tudo e encontrar nas palavras de Deus o amor que não encontro dentro da igreja, que hoje, só se preocupa com a própria vaidade (preocupação em mostrar uma igreja bonita por fora), mas totalmente negligente com o interior das pessoas. Por ser solteira, pertenço a um grupo de solteiros (onde só tem eu e outra irmã), mais a líder, totalmente negligente, por ser casada, raramente nos reúne, mantendo a mim e a esta outra irmã, com dificuldade para crescer espiritualmente, o que me isola por completo do restante da igreja. Quando há reuniões em grupo com toda igreja, todos se isolam no seu próprio grupo familiar, não há comunhão entre todos, no máximo te cumprimentam. Vivo ouvindo coisas do tipo: não trabalhe na igreja olhando para as pessoas e sim para Deus, mas e quando você sente claramente que não está trabalhando para Deus e sim para pessoas? Como olhar para Jesus vendo tanta falsidade, vaidade, egocentrismo, ganância, etc.? Jesus não faz parte disso. Isso faz parte do mundo e eu saí de lá procurando por algo diferente. Confesso que nem lá fora, no mundo, encontrei tantos maus exemplos como tenho encontrado dentro da igreja. Só consigo me manter lá porque não sou o tipo de pessoa que fica pulando de galho e galho, e porque tenho conseguido me isolar destas coisas, procurando não ter comunhão com elas. Sei que não é exatamente o que Jesus pregou, mas não vejo muita solução para isso. Não pretendo ficar pereguinando pela cidade atrás de uma igreja decente, pois pelos testemunhos que tenho ouvido de outros conhecidos, a podridão tem feito parte de muitas denominações. Precisamos lutar para preservar nossa “igreja interior”, pois as que estão ao nosso redor estão se deteriorando. Acredito hoje, que a maior responsável pela apostasia no mundo, é a própria igreja (as muitas falsas que estão por aí). Que o senhor Jesus nos ajude a sobreviver no meio de tudo isso e não perder a fé. É por isso que oro sempre. Tenho muito receio de não aguentar e sair e não conseguir mais voltar por medo de passar por tudo isso de novo.

  52. Ge disse:

    Sou nova convertida mas voltei a fazer coisas antigas, como beber ás vezes entre outras coisas. Sei que estou errada e sou condenada todos os dias por minha própria consciência, mas nada me deixa mais triste do que escutar os julgamentos alheios, ás pessoas sempre me dizem: você prega a palavra mas é pecadora esta em pecado. Cheguei a esta pagina logo após um desses julgamentos porque estou em pecado mas não consigo me estabilizar. Peço orações por mim.
    Gostei muito do texto, parece que foi um balsamo do Espirito Santo para me consolar.

    • Ge, olá,
      .
      eu recomendaria que você procurasse o seu pastor e pedisse aconselhamento. Se você não está conseguindo deixar pecados para trás, precisa de amparo. Procure seu pastor, ok?
      .
      Abraço fraterno,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  53. Jandira disse:

    Maravilhoso, fiquei muito feliz com esse Post, penso muitas pessoas deveriam ler e refletir, sobre alguns abusos de liderança e irmãozinho, com pele de cordeiro. Quê tem feito muito estrago na vida de pessoas, que precisam de amor carinho e alguém que caminhe com elas.
    Parabéns, me sinto aliviada.

  54. Divino disse:

    1 João: 2. 19. Saíram dentre nós, mas não eram dos nossos; porque, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; mas todos eles saíram para que se manifestasse que não são dos nossos. – Bíblia JFA Offline PRO

    Jesus é maior que todos erros humanos, aquele que ficar firme até o fim será salvo.

    • Divino,
      .
      acredito que você entenda de hermenêutica bíblica. Por isso, sabe que usar um texto bíblico fora de seu contexto é uma violência às Escrituras. O texto de 1Jo 2.19 se refere especificamente aos gnósticos que estavam no meio da igreja à época de João e contra quem o apóstolo escreve sua epístola. Não tem absolutamente nada a ver com pessoas que foram feridas nas nossas igrejas hoje. E, cá entre nós, irmão, usar esse texto fora de contexto para atacar pessoas que já foram feridas na igreja é, além de má teologia, bastante desumano.
      Graça e amor, irmão.
      .
      Abraço fraterno,
      mz

  55. pranselmomelo disse:

    Perdão. Mas achei a exegese feira da frase sofrível. Não sei de onde você tirou a maioria das conclusões que mencionou aqui.

    • Anselmo,
      .
      está perdoado. Até porque não fiz nenhuma exegese no texto, não sei de onde o irmão tirou isso. Recomendo que procure estudar o significado de exegese.
      Quanto a não saber de onde tirei, recomendo que comece a ler a Bíblia e lá descobrirá.
      .
      Abraço fraterno,
      mz

      • pranselmomelo disse:

        Querido. A exegese que me referi foi a do fato de você ter feito uma leitura ou interpretação equivocada do sentido do texto. Talvez antes de dar sua réplica, teria sido mais útil procurar saber se de fato preciso do seu conselho,(não conheço um teólogo que não saiba o que significa “exegese”), como também acho desnecessário você dizer para um pastor ir ler a Bíblia. Na verdade o que eu acho é que você ficou doido por alguém vir aqui discordar de você, ficou com o orgulho ferido. Quem publica textos em um blog deveria aprender a lidar melhor com as críticas ou com quem discorda de seu posicionamento. Lembre-se, você não é o dono da verdade.

      • Querido,
        .
        se o que você chama de exegese é interpretação de texto, deveria ter chamado de “interpretação de texto” e não de “exegese”. Ou não?
        .
        Você precisa do meu conselho tanto quanto preciso do seu, pode ter total e absoluta certeza disso.
        .
        Orgulho ferido? Não se preocupe, querido, não seria alguém que se dirige às pessoas como você que faria isso. Alias, é nesse tom que você se dirige a quem pastoreia? Se for, faz todo sentido voce defender a frase que deu origem a esta postagem. Falemos com grosseria e sem nenhum tato com as pessoas e, se elas partirem, é porque nunca conheceram Cristo… Que beleza. Excelente blindagem para pastores que acham que podem tratar as pessoas como bem entendem.
        .
        O problema, querido, não é discordarem de mim. Se você percorrer meu blog verá montes e montes de discordâncias. Porém, são feitas com gentileza e não com tanta deselegância. Surreal um pastor se expressar dessa maneira. Que exemplo.
        .
        Ah, e obrigado por me lembrar que eu não sou dono da verdade. Preciso te lembrar do mesmo?

  56. achei maravilhoso com voce explanou o assunto, pois estou ha um tempo fora da congregaçao das testemunhas de jeova, por motivos pessoais pedi para sair da comgregaçao, e como vc deve saber, nenhum membro pode falar comigo! fui tambem muinto magoada pelos irmaos a que eu esperava ser como uma familia! mas os seus comentarios mostrou-me com tanto eu como eles somos escravos da imperfeiçao! portanto cabe pricipalmente a mim, qua amo e acredito em jesus perdoa-los e em vez de julgar e ficar ofendida, amadurecer na fe e seguir adiante. pretendo voltat a organizaçao de deus, sendo mais humana e menos critica! que deus abençoe atodos!.

    • Não sabia disso, Antonia. Quando um testemunha de Jeová deixa a congregação os demais não podem lhe dirigir palavra? Meu Deus, onde está o amor? Estou chocado. Que o Senhor a abençoe muito e mais.

  57. KATIELLY WALESKA disse:

    A SANTA PAZ DE DEUS IRMÃO, DEUS TE DEU A SABEDORIA E DEIXOU SUA PALAVRA PARA ENTENDER QUE SÓ O AMOR IMPORTA A DEUS E SOMENTE ELE TEM O PODER PARA JULGAR SEUS FILHOS QUE MESMO PECADORES AINDA PERMANECEM SENDO TÃO AMADOS E PERDOADOS PELA MISERICÓRDIA DE DEUS. DEUS O ABENÇOE IRMÃO.

  58. Taís disse:

    Dizer que quem reproduz essa frase não é um bom Cristão, não é Cristão de coração ou não segue os ensinamentos de Jesus, é o mesmo ou ainda pior que dizer aos que se desviaram que eles nunca estiveram na igreja por causa de Jesus. Não encontrei a diferença quanto ao ato de ferir o outro.

  59. Patricia disse:

    gente… se vamos a igreja é claro que é por Jesus então porque sair por causa de algum erro humano… em nem uma igreja encontrará mil maravilhas sempre verá em alguma algo de errado então penso assim fico onde Deus me colocou e lá ele me dará a vitória… se la for humilhado com certeza serei exaltado na hora certa, que devemos é espera e confiar no Senhor onde nos colocou la irá nos honrar…eu creio assim! essa minha opinião a esse respeito

  60. Também já havia pensado nisso. Saí de uma igreja por causa de pessoas e tenho certeza que fui pra lá por causa do Senhor.

  61. Márcia Maria Rodrigues disse:

    Pastor eu passo por essa experiencia eu e meu marido e meus 3 filhos decepcionamos com as normas das igrejas hoje em dia,so tem mercenários,pastores e líder que se preocupam so com o dinheiro e com as ovelhas de vdd não estão nem ai,passei por essa experiencia horrivel.o pastor que eu frequentava so queria mostrar ao presidente números de batizados na igreja,ficou no pé dos meus dois filhos adolescentes para batizar para mostrar ao líder q a igreja dele estava “PODENDO”,meu marido sem condições de dar dizimo,foi obrigado da com um tapinha nas costa,aquilo deixou meu marido com raiva,e ele decidiu sair daquela igreja de mercenários,pior que é uma igreja bem tradicional,mas faz 2 anos que buscamos Deus em nosso lar e confesso n sinto nem falta de ir a igreja,até porque a igreja sou pastor!onde eu ia era templo de tijolos,sustentada por bando de mercenários!

    Antigamente os pastores vivia para pastorar ovelhas,hoje tem pastor para pastorar dinheiro,que vergonha!

  62. Wagner Bruno da Fonseca disse:

    Podem dizer que eu saí porque não sou cristão,mas eu saí porque lá dentro,ou até fora não encontrei nenhum cristao,pois se existisse eu não teria saído.

  63. Marcelo disse:

    Paz, vivi na pele o uso dessa frase ao deixar um ministério. Concordo que cada caso é um caso, mas na verdade muitos usam essa frase para justificar erros e omissões de algumas lideranças. Infelizmente em alguns lugares jogos de poder e interesse tem prevalecido, é bonito dizer que a igreja é de Cristo mas em alguns lugares a igreja é de alguém ou de seu grupo, isso é histórico e muitos reformadores foram excluídos e até mortos. Minha pergunta é se somos obrigados a ficar num lugar aonde estamos sendo massacrados? Creio que é preciso ter maturidade para não sair de qualquer jeito mas tambem creio que é tolice viver num lugar onde não se é edificado, outro fato é que essa frase da publicação soa como tom arrogante pois alguem que foi atras de um irmão que se afasta da igreja não diria isso. Pra completar o pensamento lembro daquele jargão de muitos líderes quando perdem membros: Se sair um Deus manda dez. Será isso o certo a se falar ?

  64. Cleber Vinci Ribeiro disse:

    E se um membro está saindo por um ato de rebeldia em desacordo com uma advertência. Levando outras pessoas a tomarem a mesma postura em função de suas ideias. Ou melhor sem nenhum motivo aparente tomou as dores de outra pessoa e em função disso resolveu a não vir mais aos cultos e solicita um atendimento pastoral para comunicar sua saída é levando outras pessoas a fazerem o mesmo em função da sua postura.

    • Cleber, olá,
      .
      cada caso precisa ser visto individualmente. De modo geral, qualquer membro tem direito de deixar de congregar em uma igreja, se discordar do que ocorre ali. Se alguém o ouve e decide sair junto, é um direito individual. Ninguém é obrigado a ficar em uma congregação contra sua vontade.
      .
      Abraço fraterno,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  65. Lawanda Araújo disse:

    Esse post me ajudou muito, é muito sincero e verdadeiro. Ensina-nos qual o verdadeiro sentido de sermos cristãos, pois estou passando por uma situação muito semelhante, e estou sendo muito julgada pelo que acredito ser o certo a se fazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s