Todo mundo já deparou com ele em algum momento da vida. Seus dentes são pontiagudos, o pelo é eriçado, as garras são ameaçadoras. Ele mete medo, sim, e nos deixa impotentes diante de sua musculatura amedrontadora. A maior fonte do terror que ele provoca é a ciência de nossa incapacidade de vencê-lo pelas próprias forças. Por isso, ele nos abate, deprime, assola, maltrata. Estou me referindo a uma das bestas-feras mais malignas que já caminharam sobre a face da terra: o impossível.

O impossível é aquilo que desejamos ardentemente ou precisamos desesperadamente mas está fora do alcance da mão. É o emprego inalcançável, a cura da doença intratável, a situação insustentável, o caminho intransitável. É o café que nunca tomaremos, a fruta que não comeremos, o salto que não daremos, as asas que jamais abriremos. O impossível é sádico e ri de nossa dor. Por isso, dia após dia esfrega em nossa cara quão impotentes somos diante dele.

O impossível é agressivo. Ele machuca e não escolhe ocasião para isso. Está sempre nos lembrando de que está ali, de olhar sarcástico e uivo agudo, impedindo nosso sonho de se realizar. Quando damos um passo para fugir e sair de seu alcance, ele salta com energia e se põe no caminho. Ele obstaculiza. Ele é impeditivo. E se diverte com isso.

Clicando na imagem acima você vai para a livraria virtual Amazon

Tento mutar o impossível, interferir em seu DNA, reconfigurar seus genes. Quero que ele abra brechas e se torne mais maleável. Faço o que posso para enfraquecê-lo. Por vezes, tenho a sensação de que estou logrando êxito, mas, subitamente, ele cai na gargalhada e joga na minha cara que continua tão impossível como sempre foi. Pior: ele ressurge com mais força, trazendo novos fatos, impondo mais obstáculos, enchendo o caminho de armadilhas, arrancando qualquer chance minha de vitória. Sim, o impossível constantemente nos humilha com seu olhar arrogante, lançado do lugar mais alto do pódio.

Sou homem, limitado, defeituoso. Não tenho como vencer o impossível. Ele é terrível. Há anos me dá esperanças, joga iscas, se faz de morto. Em seu sadismo, observa com olhos semicerrados meu sorriso de esperança, posando de carniça, até que, quando estou prestes a soltar o brado de vitória, ele salta, às gargalhadas, e fica ali, com a boca arreganhada, rolando de rir de mim, exalando seu hálito fétido.

Clicando na imagem acima você vai para a livraria virtual Amazon

Você enfrenta o impossível? Talvez há anos, como eu? Você o conhece bem e já sentiu a força de seus murros? Então sabe como esse minotauro age, lançando-nos para o centro do labirinto tão logo vemos a saída. Ele gosta de nos fazer de Sísifo. Maldito assassino de esperanças! Ele se alimenta de nossa angústia, decepção, tristeza e dor. E se hidrata com nossas lágrimas.

É… não tenho forças para enfrentar sozinho o impossível. Há anos e anos ele me esfrega isso na cara. Até porque o impossível conta com aliados poderosos, fortes e sagazes, como o tempo, a vida, decisões erradas, atitudes impensadas, soluções que não solucionam, a acomodação e o conformismo besta. Nada mais resta a fazer, a não ser tocar a vida, um dia difícil após o outro, uma pasmaceira após a outra, respirando, comendo e bebendo, numa rotina atroz.

Clicando na imagem acima você vai para a livraria virtual Amazon

Porém, é no meio desse oceano lamacento de impossibilidades que chega um homem de sorriso no rosto, olhar maroto e abraço amigo. Ele senta ao nosso lado, puxa conversa, enxuga nossas lágrimas e passa o braço ao redor de nossos ombros. Desabafamos. Pomos o lodo da angústia para fora. Ele ouve, atento e em silêncio, com olhar de íntima compaixão. Quando chegamos àquele paroxismo da fraqueza em que não temos mais forças para dizer nem mais um ai, ele puxa do bolso algo embrulhado num humilde papel de presente e nos estende.

– Abre. – ele diz – É pra você.

Lentamente, descerramos o laço, abrimos o pacote e vemos, ali, diante de nossos olhos, o grande antídoto contra o veneno do impossível. O elixir que dá forças para continuar. O alimento que nos dá energia para mais um dia. O impossível olha de longe e solta um urro de horror. Pois ele sabe que aquele homem de mãos machucadas nos deu de presente nada menos que o seu pior inimigo, algoz, carrasco e executor.

.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

Clicando na imagem acima você vai para a livraria virtual Amazon

BNJC_arte para blog APENAS

comentários
  1. Ana Ursula disse:

    Graça e paz meu irmão, que texto renovador e esperançoso era o que eu precisava hoje. Deus tem usado seus textos pra falar ao meu coração essa não é a primeira vez e creio que não será a última, desejo que nosso SENHOR continue a te usar mais e mais. Obrigada meu irmão, fica com Deus.

    • Ola, Ana, tudo bem?
      .
      Fico grato a Deus por ele usar as coisinhas que escrevo para tocar tua vida. Muito obrigado pela tua oração, preciso muito dela.
      .
      Abraço fraterno pra ti,
      mz

  2. Alessandra Figueredo disse:

    “O impossível é agressivo. Ele machuca e não escolhe ocasião para isso. Está sempre nos lembrando de que está ali, de olhar sarcástico e uivo agudo, impedindo nosso sonho de se realizar. Quando damos um passo para fugir e sair de seu alcance, ele salta com energia e se põe no caminho. Ele obstaculiza. Ele é impeditivo. E se diverte com isso.”

    Sim, tudo o que vc escreveu é a mais absoluta verdade! O impossível é agressivo e machuca muito!
    E como dói, dói demais. Dilacera em cortes profundos, bem devagar para que possamos sentir cada camada do coração esvair pelo vazio.
    Dói, dói e dói muito!

    • Oi, Lelê,
      .
      verdade, minha amiga, e você sabe muito bem disso, né? Felizmente, a linha mais importante do texto – inclusive, para a sua vida – é a última. Duas letrinhas que fazem toda a diferença.
      .
      Um beijo no teu coração,
      mz

  3. jorgecarvalhodf disse:

    Glorias a Deus pelo texto e inspiração! Que Deus continue te usando para transmitir o amor de Deus de forma tão lúdica e abençoadora!

  4. Daniel disse:

    Que texto bonito.

  5. jani disse:

    Boa Tarde, Graça e Paz de Deus.
    Tenho lido seus blogs e são renovadores, este por exemplo falou muito ao meu coração, pois, parece que vivemos um evangelho de super heróis e não de seres humanos.
    Somos afrontados sim, e sentimos dores e muitas vezes incapaz de resolver o que nós afronta. Mas temos em quem descansar e confiar.
    Que Deus lhe abençoe.
    Abraços
    Jani

    • Oi, Jani, tudo bem?
      .
      fico grato a Deus por ele falar ao teu coração pelas coisinhas que escrevo. O evangelho tem de se basear na transparência e na verdade, e não em pretensas perfeições e irrealidades. Que Ele nos ajude a viver de forma cristalina e assumindo nossas fragilidades.
      .
      Abraço fraterno,
      mz

  6. Natanael C Silva disse:

    Que texto maravilhoso! Pela graça de Deus (sei que sabe disso), vc se superou. Faz com que a gente veja a nossa vida se descortinando em instantes, e a luta feroz que travamos contra esse inimigo. Felizmente temos JESUS. 1 João 5:4, diz:
    Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.
    Abraços

    • Oi, Natanael, tudo joinha?
      .
      Deus é bom e sua misericórdia dura para sempre. Que ele me ajude a escrever sempre aquilo que fala aos corações. Ore por mim, mano, preciso muito da luz do Espírito para abençoar meus irmãos pelas reflexões que compartilho.
      .
      Abraço fraterno,
      mz

  7. Soraia disse:

    Obrigada pelo texto, Maurício.
    Creio que faz dias que ando olhando apenas para o impossível. Realmente tem sido muito cansativo e pesado. Oro por mais fé. Que Deus continue te abençoando!

    • Olá, Soraia,
      .
      a intenção do texto é precisamente essa, querida: mostrar que devemos pôr o foco não no impossível, mas naquele que nos dá fé e esperança. Peço a Ele que lhe dê paz e ânimo nos momentos mais difíceis.
      .
      Abraço fraterno,
      mz

  8. Eder Lima disse:

    Paz, meu irmão.
    Que texto comovente e profundo!
    Compartilhei pra vários amigos.
    Que Deus continue te usando!

    Eder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s