Ichtus6Sábado passado fui palestrar em um retiro de líderes de cerca de 40 igrejas batistas em São João de Meriti (RJ). Era ainda cedo e um irmão heroicamente se despencou de longe para me pegar em casa e me levar ao sítio onde aconteceria o evento. Estávamos no carro, a caminho do encontro, quando tivemos o susto: bem ao nosso lado ocorreu uma batida entre dois automóveis. Confesso que não entendo nada de marcas de carro, só sei que um era vermelho e o outro, verde. O verde dobrou mal uma esquina e acertou o vermelho na parte de trás. Com o susto do estrondo, olhei para o lado e vi que o carro atingido tinha diversos produtos cristãos colados na traseira: adesivos com versículos bíblicos e, bem no lugar da batida, um daqueles peixes de plástico prateado que reproduzem o símbolo primitivo de Jesus (o Ichtus). Paramos para ver se alguém tinha se machucado e vimos que os dois motoristas saíram ilesos da colisão. Foi quando o pior aconteceu.
.
O que ocorre quando alguém bate no carro de um cristão? Que reação você espera do dono do automóvel? Confesso que, na minha ingenuidade, suponho que um servo de Cristo vai manter o domínio próprio (que é virtude do fruto do Espírito), vai pacificar (o que fará dele um bem-aventurado), conversará com o proprietário do outro veículo de forma mansa (mansidão também faz parte do furto do Espírito), será cuidadoso na escolha das palavras (Mateus 12.36 – “Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo”), tudo o que falar será no sentido de resolver de forma civilizada o incidente (Provérbios 15.1 – “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira”) e resolverá tudo com amabilidade (Tiago 1.19 – “Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar”).
.
Ichtus3Bem, isso era o que eu imaginava. Mas o que vi foi algo completamente diferente. O dono do carro cheio de adesivos cristãos já saltou falando os palavrões mais interessantes que ouvi em toda minha vida. Pense nos piores que você conhece. Pois foram exatamente esses que o irmão falou. E mais: enquanto o motorista aparentemente não cristão que bateu em seu carro veio com tranquilidade conversar, o servo de Jesus saltou de seu banco com uma atitude que me fez pensar que daria um tiro no outro – ou pelo menos sairia no braço. Ou seja: o mano chegou pronto para a briga.
.
Não ficamos no local por muito mais. Mas ainda tive tempo suficiente de ver o amado irmão dizer montes de impropérios contra o pobre cidadão que teve o azar de bater nele, o que me fez lembrar um lutador de UFC “cristão”. Ou seja: mais agressividade impossível. Fui embora conversando com Wagner, meu anfitrião, sobre o testemunho público que nós, crentes em Jesus, temos dado para o mundo.
.
Ichtus1A colisão foi bem em cima do Ichtus de plástico, ou seja, não tinha como qualquer pessoa que estivesse por ali não ver que aquele homem transtornado era frequentador de uma igreja evangélica, os adesivos denunciavam. E todos viram a reação agressiva do mano. O não cristão até tentou apaziguar a fúria desbocada do irmão em Cristo, mas só recebeu de volta pedradas, acusações, ofensas e ameaças.
.
Belo testemunho. Se eu fosse aquele rapaz, pensaria que todos os evangélicos são desbocados, agressivos, descontrolados, belicosos. Em outras palavras: o que há de pior entre os homens. Isso me conduziu a uma profunda reflexão sobre como tem sido nosso exemplo ante a sociedade. Temos sido sal da terra e luz do mundo? Ou temos vivido um evangelho todo trocado, como sal do mundo e luz da terra – do tipo “parece mas não é”? Pois, se for o caso, se todos agirmos como aquele homem, para nada mais prestamos senão para ser lançados fora e pisados pelos homens. (Mt 5.13).
.
Comportamento é uma coisa interessante, pois ele revela muito sobre a pessoa que se esconde por trás da máscara de crente. Nunca me esqueço de uma vez em que estava andando quando vi uma irmã em um ponto de ônibus. Caminhei contente em direção a ela para saudá-la, quando vi que fez sinal para um ônibus – que a ignorou e passou direto. A irmã, que não tinha me visto, gritou um palavrão para o motorista, questionando a moralidade da pobre mãe daquele indivíduo. Constrangido, me desviei e segui meu caminho sem que ela percebesse que eu tinha testemunhado aquela cena, para não envergonhá-la.
.
Ichtus4Nossa pregação é inútil se nosso exemplo pessoal contraria o evangelho. Quando cometi meus piores pecados ocultos dei graças a Deus por ninguém ter visto, pois senão o Senhor teria sido vituperado pelo meu péssimo testemunho. Claro que o fato de muitos de meus pecados não terem se tornado notórios não os justificam em nada nem os tornam menos graves, mas, se há algum consolo, é que pelo menos Jesus e sua Igreja não foram envergonhados pelo meu comportamento horrível. Temos a responsabilidade, como cristãos, de dar exemplo em todo momento. Se vamos à igreja, damos glória a Deus e aleluia, mas nos comportamos como os mais mundanos dos mundanos, nos tornamos vergonha para o evangelho e não refletimos a luz de Cristo. Se defendemos valores bíblicos mas fazemos isso em rede nacional de TV aos berros, com agressividade e arrogância, em absolutamente nada estamos lutando pela causa do Senhor, o exaltando ou proclamando, mas sim traindo Jesus. Pregar o evangelho sempre deve ser feito com mansidão. Sempre. Pois nosso tom de voz e o amor em nosso olhar falam muito mais alto do que qualquer palavra que pronunciemos. Afirmar no Jornal Nacional que “só o Senhor é Deus” enquanto se dá um murro na cara de alguém glorifica Jesus?
.
“Ah, pelo menos o evangelho foi pregado”, muitos justificam. E eu pergunto: foi mesmo?
.
Nenhum de nós é perfeito. Eu e você pecamos e escorregamos muitas vezes por dia. Todo dia. Mas temos o dever de nos empenharmos ao máximo para viver aquilo em que cremos. Ainda mais diante do mundo. Costumo dizer que Deus não espera de nós perfeição, pois ele sabe que nunca seremos perfeitos. Mas ele espera, na verdade, o máximo possível de esforço para alcançar a perfeição. Porque isso sim é possível.
.
Ichtus5Se baterem no seu carro, meu irmão, minha irmã, trate quem bateu com amor. Ele não fez de propósito – creio eu. Se alguém te ofender, não devolva mal com mal (Rm 12). Se te passarem para trás, ande a segunda milha (Mt 5.39-41). Dar a outra face não é ser frouxo nem banana, é ser crente. Pois, se não formos diferentes do mundo, em que somos diferentes do mundo? Se agimos como mundanos somos apenas mundanos que frequentam uma igreja. Ser cristãos exige de nós caminharmos na direção oposta do que todos caminham, nadar correnteza acima, trafegar pela contramão do mundo. Temos de ser ETs – pois realmente somos alienígenas, peregrinos em terra estranha.
.
É fundamental que demos o exemplo para o mundo. Em palavras, ações e reações. E isso exige de nós esforço, pois o velho homem tem uma capacidade impressionante de pôr a nova criatura para escanteio. Ser sal e luz exige que façamos as coisas ao contrário do que nossa natureza humana determina. Porque, se não o fizermos, a única coisa que dirá que somos cristãos – para o mundo e também para Deus - serão os adesivos evangélicos na traseira de nossos carros.
.
Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício
About these ads
Comentários
  1. HP disse:

    Ah que benção de leitura!

    É por aí mesmo. Precisamos sair da Teoria e irmos para a Prática.

    Ser “cristão” dentro da igreja com Bíblia na mão é fácil. Ser Cristão no meio do pecado, daí a coisa é diferente.

    Sabe, Maurício, esses dias meditei neste tema sobre ser “Sal do mundo”. Você pode jogar sal numa carne, numa salada, num copo de água. Ele transforma o lugar aonde ele foi jogado, mudando o sabor.

    Ele tem essa propriedade de alterar o seu redor, mas o sal não pode ser alterado. Se o sal for alterado, ele perde a única propriedade que ele tem. Daí só resta jogar fora.

    Que Cristo continue tendo misericórdia de nós, fazendo-nos Sal deste mundo!

    Abraço, brother.
    Henrique

    • Oi, Henrique,
      .
      fico feliz que o texto tr tocou, mano.
      .
      Não é fácil, mas Jesus nunca prometeu que seria, não é? Salguemos e iluminemos, para fazer a diferença.
      .
      Abraço, querido, no amor de Cristo,
      mz

  2. Alessandra (Lelê) disse:

    Mauricio,
    Em todas as vezes que me encontro em uma situação para perder a cabeça, sempre me faço a pergunta:
    - Como Deus agiria no meu lugar?
    Para não ter atitudes que vão contra ao evangelho e as coisas que Deus deixou como regra para nós.
    Normalmente dá certo. E tb tenho uma vatangem, pois não sou uma pessoa que gosta de brigar, e por sinal detesto briga!
    Mas o que me deixa mais estarrecida é saber como essas pessoas conseguem dormir tranquilas e levantar as mãos para agradecer a Deus alguma coisa! :-o
    Com eterno carinho e admiração,
    Lelê

    • Oi, minha amiga,
      .
      ah, Lelê… eu me pergunto como eu consigo dormir à noite, sendo esse vasinho tão torto e rachado. Que bom que Deus me livra de mim mesmo de vez em quando e me mostra a cruz. É isso que devolve meu sono…
      .
      Sentimos sua falta e do Séju ontem, viu? Só não te liguei porque o facefofoca entregou direitinho onde você esteve. :) Mas vocês fazem falta.
      .
      Um beijo carinhoso pros dois, no amor maior que nos une,
      mz

  3. isabelle disse:

    Bom dia Zágari
    tudo bem ?

    Nesse caso específico, graças a Deus, posso dizer que dei um bom testemunho, apesar de que ela não sabia que eu era crente, eu não gosto desses adesivos, justamente por isso, você pode causar um erro no trânsito, às vezes, sem querer e o outro motorista dizer ‘ ah lá, só podia ser crente’. O mundo julga sem piedade, então acho que não precisamos demonstrar que somos crentes através de adesivos, mas de testemunho de vida. Mas, é minha opinião particular.

    O que gostaria mesmo é de perguntar uma coisinha :

    Nesses dois casos, do acidente e da irmãzinha no ponto de ônibus que ambos proferiram palavras não-mencionáveis por um discípulo, não seria o caso de nós presenciando essa situação exortar ou mesmo envergonhar o irmão com nossa presença ? Não seria esse o meio
    de Deus usarmo-nos para corrigir aquele irmão ?

    Um abraço e uma semana abençoada para ti

    • Olá, Isabelle,
      .
      fico feliz pelo teu testemunho de vida, mana.
      .
      Sou totalmente contra envergonhar qualquer pessoa por um pecado cometido. A exortação tem que ser feita sempre com amor e em particular, longe dos olhos das demais.
      .
      Sei o que a Bíblia diz sobre a exortação em publico, mas penso que isso se aplica a casos extremos, mas muito extremos. Pois a lei do amor deve reger nossa vida.
      .
      E o objetivo sempre deve ser levar vidas ao arrependimento. A Cristo.
      .
      Obrigado pelo carinho de tuas palavras, Deus te abençoe muito,
      mz

  4. Luiz Fernando disse:

    Jesus tem misericórdia! Mauricio, lendo este post percebo que 80% de chance eu ter a mesma reaçao deste cidadao cristao, é comprovado. Mas sigo tentando, acredito que é possivel. Deus opera ainda, tenho certeza. Sei que sou todo errado, só o sangue de Cristo para me purificar, mas ontem a noite no culto percebi, a tamanha hipocrisia que há. Pessoas que pegam o microfone senta o cajado na igreja: “irmaos, voces que passam pelo seu irmao e nao o cumprimentam e viram a cara para ele, Deus nao esta se agradando! Deus quer concerto e bla bla bla bla” e o povo: “aleluia gloria Deus!” com a sequencia de rajada de linguas estranhas, pula, roda, sapateia. Mas ao largar o microfone, vai embora e nem fala com ninguem. sabe, Mauricio, Deus me perdoe, estamos muito preocupados em vestes, oferta, quem dá ou nao dá o dizimo, quem se veste bem ou tem um sapato furado, em contruir templos(a minha denominaçao vai inaugurar mais uma congreçao na proxima sexta-feira). Mas tem gente doente dentro da igreja, doente emocional e espiritualmente, gente que precisa de amparo, de abraço, carinho e amor. É so vitoria, vitoria, vitoria, vitoria, vitoria e vitoria, “reteté”, revelaiada. Deus sabe que eu sou uma pessima pessoa para falar isso. Eu sei que o foco tem que ser em Jesus, mas eu entendo o porque de muitos irmaos desviarem do caminho do Senhor. Um irmao fala de amor ao proximo dentro da igreja, lá fora o outro irmao brincando, pergunta: ” irmao, voce tem carteira para dirigir essa vã? o referido irmao que havia acabado de pregar sobre o amor tira um bolo de dinheiro do bolso e mostra para todos levantando a mao para alto: “aqui minha carteira de motorista”. Que Jesus tenha misericordia de nós, de mim principalmente.

    • Luiz, oi,
      .
      o que posso dizer, mano, é: faça a sua parte. Se você conseguir mudar o que Deus deseja que você mude em si já terá realizado um feito de gigantescas proporções. Ore pelos outros e concentre-se em si e Jesus. O resto o Senhor fará.
      .
      Abraço grande, no amor de Cristo,
      mz

  5. Marco Juric disse:

    Bom dia Zágari!

    Cara, confesso que uma de minhas dificuldades é manter a calma no trânsito. Nunca cheguei aos impropérios mencionados, mas que já gritei bastante, ah isso sim. Ultimamente (uns 3 anos) tenho me policiado mais e percebo que tenho melhorado bastante. Hoje mesmo, ao dar passagem a um veículo numa transversal, o sujeito “brasileiríssimo” ainda foi pela contramão e, ao ter feito uma manobra errada, deu ré e quase me acertou. O cara ainda me abre os braços e esbraveja como se eu estivesse errado. No meu ímpeto carnal, também já abri os braços (como quem diz: -o que foi?), mas logo me recolhi e não falei nada. Minha adorável esposa sempre me diz pra ficar calmo e não discutir…sábias palavras. E semelhantemente ao que você disse sobre ninguém ter vistos os seus piores pecados, ainda bem que não tenho adesivos cristãos no meu carro, pois Lucas 17:1 nos alerta sobre algo semelhante.
    Na contínua perseverança de Lucas 21:19,

    Paz!

    p.s. não se preocupe com a carona…rssssss

    • Oi, Marco,
      .
      fiquei feliz pelo que você escreveu: “e não falei nada”. Isso é maturidade espiritual, mano.
      .
      Rs, pode deixar, se o motorista se comportar a carona é bem-vinda.
      .
      Abraço, queridão, no amor do Senhor,
      mz

  6. Rodrigo disse:

    Olá Mauricio,
    Aconteceu algo muito semelhante comigo em fevereiro. Aliás eu me identifiquei muito com a história. Estavamos eu e minha esposa que está grávida de seis meses em um retorno daqueles bem chatos de entrar que na primeira bracha tme que acelerar se não nao passa. Pois bem fiz isso e o farol ficou amarelo logo na sequencia, visando o bem estar de uma amada e da minha filha no ventre dela não avancei o amarelo e um cara com o carro da firma bateu na minha traseira. Foi a melhor experiência com Cristo do ano até agora.
    Foi extremamente dificil e com muita ajuda do Espirito que eu, mesmo com o cara estando errado, paguei metade do conserto dele, em nome da paz e da mansidão pois o rapaz ficou bem exaltado alegando que a culpa era minha. Confesso que depois que tomei a decisão minha vontade era sumir e não pagar coisa nehuma para um cara grosso e mal educado que me ameaçou fisicamente com minha esposa gravida do lado. Desejei que ele se desse mal por conta da injustiça. Foi ai que o Espirito me atropelou. E a segunda milha? e a outra face? Quantas faces Jesus deu por você naquela cruz para voce ser salvo dos seus pecados? 300 reias do conserto do carro pagam isso?

    Me humilhei perante Deus e pedi perdão pela minha ingratidão e desejos malignos a aquela pessoa. Hoje estou com meu carro batido, bem abaixo do peixinho, e toda vez que eu olho o amassado lembro de como Deus é bom para mim.

    Abraços,

    Rodrigo

  7. Jacy disse:

    Oiii meu querido mano, Maurício!

    De fato, o bom testemunho em tempo integral é algo muito sério. Lendo seu relato, lembrei-me de dois fatos curiosos que vivenciei ontem mesmo e que cabe nesta reflexão. Durante o dia ouvi de um cristão que não come isso ou aquilo por considerar imundo “biblicamente” falando e ao mesmo tempo criticando os irmãos que o fazem. Mais tarde soube por alguém não cristão que esta mesma pessoa dirige e ainda não tem a carteira de motorista. ok! Depois presenciei também uma calorosa discussão entre uma pessoa não-cristã e um “crente” na porta da igreja, ambos exaltados porque o irmão por pouco não atropela o homem. Enfim, não sou ninguém pra julgar, sou só uma pecadora como todos nós, mas resolvi compartilhar essas duas situações para que nos sirva de sinal, alerta de que somos como um farol neste mundo e que as pessoas esperam que sejamos luz. E quando não iluminamos através de nossas ações, torna-se muito confusa e obscura a mensagem que sai de nossas bocas.

    Paz e um forte abraço, Maurício!

  8. solange disse:

    Bom dia ,Mauricio .!

    Veja só,todos os dias temos que tirar lições,dos fatos que nos ocorrem ,e ver o quanto precisamos melhorar ,sermos CRISTÃOS verdadeiros.Uma curta experiencia quero te contar.Ontem uma amiga e seu filho fizeram a gentileza de irem a minha casa para me buscar junto com minha netinha de 4 anos para irmos ao culto da noite,o filho entrou para me chamar e quando estavamos saindo no corredor ,pois moro em casa de fundos,ele bate o portão na minha cara e diz volta correndo,que estão roubando meu carro e minha mãe está lá dentro.Protegeu a mim ,minha neta, e lá foram eles desenfreados…..liguei igreja……enfim a igreja entrou em oração…..após longa espera ,do nada ,disse ela: abandonaram-na após intensas ameaças de morte,não levaram nada,nem o carro e ela saiu ilesa…..Conclusão após isso tudo, sabe o que a irmã sequestrada me pede ??????? Porfavor quando for orar ,agradeça a DEUS pelas nossas vidas ,mais não deixe de interceder e orar por aqueles rapazes que me levaram ,eles estão precisando de JESUS……
    É tremendo não é ?????? A irmã acaba de ser sequestrada,roubada,ameaçada,e transborda de amor assim……
    Só a misericórdia de DEUS……como preciso ser quebrantada……….
    Abraços querido irmão….que este singelo testemunho sirva de exemplo de uma verdadeira cristã que deu minha querida amiga.
    Solange

    • Oi, Solange,
      .
      quando crescer quero ser como essa irmã. Que Deus nos livre de nós mesmos.
      .
      Obrigado por compartilhar essa dura porém linda experiência.
      .
      Deus te abençoe muito,
      mz

  9. Esse post me levou a refletir muito, pois é algo que eu peço muito a Deus: mansidão. Sou falho nesse sentido, até devido aos maus exemplos que vivenciei na própria igreja. Sabe Maurício, eu espero muito estar errado, mas a grande maioria das minhas queixas são por causa da igreja. Nossa… como é difícil chegar ao céu. Ontem um conhecido contou-me um relato de algo que aconteceu entre ele e o pastor dele; eu já não gostava do pastor dele, depois do que ouvi passei a ter nojo do cidadão. Algo parecido com o relatado no post, em relação a falta de amor. Me pergunto como alguém que diz levar o nome de Cristo age de forma tão contrária ao que Ele ensinou? Realmente não somos perfeitos, mas o nível da situação está ficando insuportável. Cada dia mais os evangélicos me dão nos nervos. Só Jesus na causa…

    • Olá, mano querido,
      .
      sabe, eu penso que situações como essas devem nos impulsionar a olhar cada vez mais para nós mesmos e nossas falhas. Pois, se não podemos mudar os outros, se começarmos mudando aquilo que está ruim em nós já estaremos colaborando imensamente para o reino de Deus. É por isso que minha oração tem sido sempre que Deus mude em mim o que precisa ser mudado e que eu veja os demais com misericórdia, por saber o quanto eu mesmo estou longe da perfeição.
      .
      Igreja é um aglomerado de pecadores, mano. Nós entre eles. É por isso que a graça é maravilhosa: realiza as coisas apesar de nós. É o segredo.
      .
      Abraço, queridão, no amor de Cristo,
      mz

  10. andreia disse:

    É Mauricio, vc tocou no ponto da questão…. que luz temos ( os cristãos) sido?? que sabor estamos dando a esse mundo que jaz do maligno?? que diferença de conduta temos tido??? e o pior, QUE BÍBLIA O MUNDO ESTÁ LENDO ATRAVES DE NÓS???

    Que o Espirito Santo venha a cada dia nos trazer um “incomodo” para não sermos pedra de tropeço….

    Mais uma vez, EXCELENTE reflexão,

    Que o óleo da Unção não te falte,

    Paz em cristo para vc e familia amada,

    Andreia Araujo

    • Oi, Andreia,
      .
      penso às vezes que a Bíblia que o mundo tem lido por nosso intermédio é a desatualizada.
      .
      Obrigado pelo carinho perene!
      .
      Beijo fraterno a toda a familia, na paz do Mestre,
      mz

  11. Felipe Rosa disse:

    Misericórdia!
    Logo quando você vem pra minha terra, presencia uma cena dessa!

    Já passei pelos dois momentos: o de me segurar e o de explodir!
    Digo que em nada me aproveitou explodir.
    Hoje já não reagiria da mesma maneira, seria mais calmo e manteria a fúria dominada.

    • Olá, Felipe,
      .
      o acidente foi em Botafogo, mano, fique tranquilo rs.
      .
      Fico feliz de saber que você está amadurecendo na fé, mano, com domínio próprio e paciência. Todos nós vivemos esse mal.
      .
      Abraço carinhoso, no amor de Cristo,
      mz

  12. Luciana da Silva de Paiva disse:

    suas palavras vieram ao encontro de algumas coisa que tenho visto ultimamente e fiquei feliz por fazer parte desta pequena quantidade de ETS a paz

  13. Deborah disse:

    Meu querido, amigo. Que saudade eu estava de ler seus textos. Sei que vc não é perfeito e que em algumas coisas não concordamos, mas a sua lucidez me faz bem.

    Em meio a tanta loucura cristã destilada na internet, não sei se me entristeço mais com os neo pentecostais, com os teólogos da prosperidade, com os liberais, ou com os novos reformados.

    Quanta falta de sobriedade e lucidez. Em compensação, quanta sobriedade, lucidez e alegria encontro por aqui.

    Obrigada! Que o Senhor te abençoe.
    Abraços, mano.

  14. Victor disse:

    Meu querido irmão Maurício, que Deus continue iluminando suas palavras.
    Se possível, eu gostaria de ter seu e-mail, estou precisando conversar com alguém sábio.
    Estou desesperado.
    Fique na paz de Cristo!

  15. Jose Junior disse:

    Graça e paz nobre Maurício!

    Meu irmão…
    É só pela graça mesmo, viu!
    A menção de que devemos ser”ETs” foi inspiradora.
    Ajuda a levar a muita meditação!

    Abraço fraterno meu amigo,
    José.

  16. Marcelo de Andrade disse:

    Maurício, te agradeço muito pelo tapa na cara que você me deu através desse texto. Costumo dizer que sou o resultado da mistura de coisa ruim com o que não presta: português com espanhol (puro sangue quente). Só mesmo a gloriosa graça p’ra me trazer de volta à consciência.

    Que o Senhor Deus continue a abençoar a ti e tua família, em Nome de Jesus!

    Marcelo de Andrade

    • Oi, Marcelo,
      .
      não me agradeça, querido, agradeça ao Senhor. É ele quem sabe onde precisamos apertar nossos parafusos.
      .
      Abraço grande, com bênçãos redobradas sobre sua vida,
      mz

  17. jose mateus disse:

    meu irmão infeliz, mente são muitos chamados e poucos vão ser escolhidos

  18. Rodrigo disse:

    Paz amado irmão,

    Mais uma excelente reflexão, parabéns.

    É como eu costumo dizer: “A igreja precisa ser igreja fora da igreja”.
    Abraço,

    Deus abençoe.

    No amor de Jesus,

    R

  19. silas disse:

    ” Quem é você, longe do altar?
    o que Deus vai ver, quando te sondar?
    Quem é você, além de um domingo?
    Depois das luzes, do discurso e da Máscara?
    quem é você? Quando ninguém vê? quem é Você?

    Gosto muito dessa música e se encaixa perfeitamente nesse con texto…

    Temos que fazer a diferença nesse mundo enquanto podemos…

    Fik na paz mano!

  20. silas disse:

    Contexto é junto… kkk foi mal!!! dei espaço sem querer :P

  21. isac disse:

    Irmáo Maurizio, posso te chamar de Grande Amigo!?
    irmáo Deus possa te usar mais e mais.. que texto confrontante..

    Ser cristãos exige de nós caminharmos na direção oposta do que todos caminham, nadar correnteza acima, trafegar pela contramão do mundo.

    • Salve, Isac, tudo bem?
      .
      Mano, pode me chamar do que quiser, até de miserável pecador :)
      .
      Obrigado pela oração, querido, é preciosa.
      .
      Deus te abençõe muito, queridão,
      mz

  22. Lourayne Natiely disse:

    Mano Maurício, ótima reflexão, disse tudo, não tenho nem o que comentar, fui muito impactada com essa palavra, pois é nisso que Deus tem me confrontado muito, como de fato tenho vivido, e glória a Deus tenho tentado aprender mais e viver mais da palavra de Deus, e uma frase que sempre escuto lá na igreja dos pastores, dos meus líderes, é mais ou menos assim Viva a palavra e se precise fale! Então, que as nossas atitudes já reflitam o evangelho, que nem precisemos de palavras, adesivos ou camisas.

    Abraçãão Maurício, que Deus continue te usando grandemente para falar aos nosso corações!
    Beijoos no amor infinito de Cristo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s