amor 2Deus é amor. Amar é o maior mandamento. Se falássemos a língua dos homens e dos anjos mas não tivéssemos amor, nada seríamos. Foi porque Deus amou o mundo que deu seu Filho para morrer por aqueles que viriam a crer nele. De Gênesis a Apocalipse encontramos na Bíblia a realidade de que é absolutamente impensável cogitar o cristianismo sem incluir o amor em tudo o que fazemos. Devemos, por isso, sempre considerar se estamos de fato vivendo o evangelho com o amor verdadeiramente bíblico. Pois, caso falte o amor em nossos pensamentos, ações e atitudes, devemos repensar radicalmente a maneira como temos vivido a fé. 

É o amor pelos que estão a caminho do abismo que nos leva a pregar o evangelho. É o amor pelos recém-convertidos que nos faz investir tempo, esforço e paciência em discipulá-los. É o amor que impulsiona aqueles que foram escolhidos por Deus como mestres a devotar-se a lecionar, para o amadurecimento dos santos. Se não for por amor a Deus e ao próximo, é ridiculamente inútil estudar teologia. Se não for para agir movido pelo mais profundo amor, os dons não servem para nada. 

O amor leva os cristãos verdadeiros a praticar a caridade e a filantropia. É o amor que leva os filhos de Deus a lutar pelos mais pobres, pelos desamparados, pelos desassistidos. Qualquer ação em benefício do próximo que não seja motivada por amor não tem nada a ver com Cristo: é mero ativismo. 

O amor nos faz tolerar os diferentes. É somente impulsionados pelo amor que conseguimos estender o perdão sincero e libertador. É apenas por causa do mais cristalino amor que temos a capacidade de não devolver mal com mal e de nos humilharmos diante dos que nos fazem as piores maldades. Só o amor nos faz capazes de negar a nós mesmos, renunciar aos nossos instintos mais primitivos e agir com total abnegação diante das situações mais adversas. 

O amor apaga o ódio, suprime o egoísmo, vence a agressividade, dissolve a amargura, nos leva ao joelho, nos conduz ao arrependimento das transgressões. É porque muito amamos que perdoados são os nossos muitos pecados. O amor arrefece a ira, semeia a paz, conduz ao entendimento, desfaz inimizades, gera a reconciliação. O amor é esperança. O amor é força para continuar. O amor é vida. 

Quem não ama torna-se amargurado, arrogante, intragável. Sem amor, todos são uma ameaça em potencial até que se prove o contrário. A falta de amor cria abismos entre seres humanos e forma misantropos e alienados. A ausência do amor gera monstros egoístas, ambiciosos e interesseiros, indivíduos de cenho carregado, olhar pesado e sorriso escasso. Quem não ama se desumaniza. Quem não ama se afasta do ideal de humanidade estabelecido pelo Criador. Quem não ama se distancia do Altíssimo. Quem não ama torna-se digno de pena. 

Sim, o amor é mais do que um santo remédio: é um remédio santo. Um remédio para nossas dores, amarguras e tristezas, para a solidão e o abatimento. O amor salva vidas. O amor gera vidas. O amor é Deus se fazendo presente em nossa existência. Amar é experimentar um lampejo da divindade. 

O amor verdadeiro, bíblico, não é o dos contos de fadas, bobo, pueril e parnasiano. É amor que nasce da razão, viceja na emoção e frutifica na forma de ações. É maduro e sólido, demonstrado por atitudes consequentes e com resultados reais. O amor que nasce em Deus e deságua em nós não é invisível e idealizado: é concreto, transformador e sempre gera resultados sensoriais. O amor verdadeiro não para no coração, não acaba em nós mesmos e muito menos cabe em nós. 

Ah, se vivêssemos de fato o amor como Deus o criou! Seríamos menos ego e muito mais oferta. Seríamos menos vaidade e muito mais abnegação. Seríamos menos horríveis e muito mais admiráveis. 

Ame, meu irmão, minha irmã. Mas antes aprenda o que é amar. Aprenda na Escritura o que é de fato o verdadeiro amor de Cristo, e não aquilo que você supõe que é ou que filmes e contos de fadas tentam te convencer que é. Perceba que o amor real dá a vida pelo próximo e prefere o outro em honra. Amor custa, e custa caro. Mas, sabe… no final das contas, você descobre que valeu a pena. 

Ame. Ame com o coração. Ame com a razão. Ame com as atitudes. E aí você estará amando como o Senhor o criou para amar. E só amando com todas as fibras do seu ser e com toda a força de sua alma você glorifica a Deus. 

Ame bem. E ame sempre. 

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

.
O fim do sofrimento_Banner APENAS
Clicando nas imagens acima e abaixo você vai à loja virtual da livraria Saraiva

Perdaototal_Banner Blog Apenas

Anúncios
comentários
  1. Thiago Brunet disse:

    Um dos melhores devocionais já escritos, na minha opinião. Texto simples sem rebuscamentos teológicos, porém profundo. Assim como o evangelho de Cristo.

    Deus o abençoe, sempre.

    Date: Wed, 4 Nov 2015 10:01:12 +0000 To: thiagobrunet7@hotmail.com

    • Oi, Thiago,
      .
      fico feliz que o texto falou ao teu coração. Essa é a linha que procuro seguir: profundidade no conteúdo e simplicidade na forma.
      .
      Abraço fraterno, na paz do alto,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  2. Sergy disse:

    Muito bom esse pensamento, me fez refletir sobre o tipo de pessoa q tenho sido, e sinceramente se pararmos para nos observar, veremos q não vivemos o amor em sua essência.
    Parabéns pela reflexão Maurício.

  3. Mauricio meu amado irmão! Sinto grande gozo em poder deixar minha pequena participação nesse lugar de fé e direcionamento. Grata sou ao eterno por ainda existirem os que se importam com a verdade. Confesso que não conhecia seu blog, e o descobri hoje, quando estudava sobre perdão.(Inclusive repostei você no meu blog). Maravilhada… Tenho uma admiração indescritível pelos que escrevem com inspiração e eu oro a Deus para que um dia eu possa ser um desses canais através da escrita. Deus seja louvado!!! Me alegro nesta manhã pela tua vida e me inspiro através dela. Obrigada por se deixar ser um canal de benção pra minha vida. Paz.

    • Olá, Amanda,
      .
      muito obrigado pelas palavras carinhosas, mana, peço a Deus que frutifique seus dons e talento, para a glória dele.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Deus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  4. elainecandida disse:

    Acho que você está amando…
    .
    =]
    .
    O amor de Deus na sua vida e nas suas palavras.
    “Isto vem do Senhor, e por isso estamos alegres!” (Sl 118.23)
    .
    Que o Eterno continue falando conosco através de você.
    .
    Nele, que é todo amor.
    .
    Elaine Cândida

    • Olá, Elaine,
      .
      felizmente Deus mantém acesa em mim a chama do amor pelo meu semelhante. Que dádiva maior pode haver?
      .
      Abraço fraterno, na paz indispensável,
      mz

  5. andreia disse:

    olá mano grata por uma reflexação tão edificante…..

    que o óleo da unção seja derramado sobre ti a cada dia..

    com muuuito carinhoe orações

    Andreia Araujo

  6. Paulo Guilherme disse:

    Deus continue te abençoando. Precisava muito ler isso.

  7. Greize disse:

    Olá .Não sabia em que post escrever escolhi este .Pois amor tem a ver com perdão .Quero deixar um breve testemunho .Eu liberei perdão a uma pessoa e fui curada na alma .Não apagou da memória ,mas hj falo o nome vejo sobre e não sinto nada.Explico tive uma doença autoimune que me fez perder audição ,uso aparelho auditivo ,não é a mesma coisa .Na época o Otorrino não sabia como lidar ,pois é rara .Até aí tudo bem ,mas ele foi ficando cruel .Dizendo que não trata de “corzinha emocional ,nem urucubaca”.Qual médico diz isso ?E fez e falou várias coisas cruéis .Na época eu não fiquei nisso e sim em cuidar da minha saúde .Mas depois que fui melhorando toda vez que lembrava dele vinha um sentimento de rancor .E eu nunca senti isso por ninguém ,nunca tive problema com perdão .Não por ser perfeita ,mas não tinha passado nada parecido .Orei liberei perdão ,mas foi num
    Momento de fragilidade .Depois foi n momento de reunião de oração ,emocionalismo .Li tudo sobre perdão e sabia que era Decisão .Mas como é fácil falar ,mas fazer é outra coisa …após ler vários livros ,o último foi o seu perdão total .Procurei ajuda de uma psicóloga cristã .E ela me disse Decida.Eu dizia não estou sentindo nada.Ela respondeu não é para sentir e para fazer.Ai entendi o que é Fé Racional.Pois bem quero passar por uma cirurgia chamada Implante coclear ,que pode ajudar a melhorar minha audição ,não curar.Para isso tinha que resolver a pendência .Enviei e-mail para o profissional .Em um domingo ,depois de 1 mês de resistência.Ele nunca responde e-mails.Então pensei pronto enviei .Se ele vai ver só Deus sabe .Mas para minha surpresa .Após a sessão com a psicóloga Cristã .eu saindo do prédio .Recebo a repara dele .Fiquei em choque .Ele disse que nunca esqueceu do meu caso .Que sempre alerta os alunos deles citando meu caso.Claro que ele não pede desculpas ,mas o final foi assim :”me disponho a fazer a cirurgia e farei o possível e impossível para vc ter uma melhor qualidade de vida auditiva .Choqye total .Desde o dia que enviei o e-mail mesmo eu não antes de ele responder eu me sentia livre .Depois então me senti curada .Sim perdoar não é fácil …Mas vejo que eu é que fui curada .Não sei se vou operar com ele .Seria uma ironia da vida ..mas quem sabe .Deus me encha de amor e coragem .Obrigada seu blog contribuiu muito para meu processo de cura .Era breve relato mas vi que foi textão .risos.Não esperem sentir Nada .Decisao não se sente se faz .Eu penso ,como pude demorar tanto ,mas tudo tem seu tempo .Só não deixemos esticar demais .Gde abraço

    • Fico muito feliz por você ter tomado a decisão de perdoar e ter tomado a iniciativa de contatar o medico. Esse é o caminho, Greize, fico feliz.
      .
      Deus te abençoe muito e restaure a sua qualidade de vida auditiva. Em oração,
      mz

  8. paulo silva disse:

    Olá Zágari

    É assim mesmo que tem que ser. Só não é tão simples como o texto faz parecer. Amar não está ao alcance de uma decisão, ou estalar os dedos como se estivesse ligando um botão de start e… está feito! Vejo muitas pessoas concordarem com o que alguém disse e não fazer absolutamente nada em sintonia com aquilo, mas ao contrário. Se alguém sente dor naturalmente fica deprimido. Se é devido a um problema crônico, alguns com esforço aprendem a conviver com ela sem que isto venha a estragar a sua vida. Outros na mesma situação, tem nisto um motivo para uma constante amargura. Logo, difícil será amar a si mesmo, que dirá a outrem! Conheço uma pessoa que é frustrada e não entende (tem os seus motivos para tal) porque isto lhe aconteceu. Então, não espera se realizar, aliás sabe que não lhe é mais possível. Mas apesar disto quer que outros consigam a sua vitória. A dor que sente é tão degradante que não deseja o mesmo nem para os que não lhe querem bem. Esta pessoa não se odeia, mas perdeu a admiração por si mesmo, a gana, o ânimo. Não tem mais sonhos, apenas objetivos que necessários são para que prossiga a vida sem piora. Da sua própria e dos seus. Ok, não tem muito a ver com a ideia da postagem. Abri um parenteses muito grande para argumentar sobre a dificuldade real da aplicabilidade (em alguns casos), mas que está ausente no texto. Posso concordar que não é algo que necessariamente deveria estar inserido nele. Portanto, fique a vontade para não manter este comentário se entender inconveniente.

    Abraço. Fique em paz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s