Se Deus é bom por que Ele permite a dor? Por que o Deus que é amor permite tanto sofrimento, até entre seus filhos? Essa é a pergunta que não quer calar e que tem levado inclusive ao surgimento de heresias, como a Teologia Relacional, inventada para tentar explicar essa aparente contradição. Quanto e quantos de nós já não passamos por situações de dor – seja física, moral, emocional ou de qualquer outro tipo – e questionamos o Senhor sobre nossa condição? Isso já aconteceu comigo e certamente também com você. Pois bem: eu tenho uma teoria. É claro que nem todos os casos se encaixam nela, mas acredito que muitos sim. Creio que o Senhor nos deixa passar pelo “vale”, como diz o jargão, para que no futuro possamos auxiliar outras pessoas que por sua vez venham a atravessar o mesmo “vale”. Em outras palavras, penso que Deus autoriza a dor para que mais à frente possamos usar a experiência advinda desse sofrimento com o objetivo de ajudar o próximo que esteja vivendo aquilo que já vivemos. E, nesse ajudar, tanto quem ajuda quanto quem é ajudado desenvolve, fortalece e solidifica muito seu relacionamento com Cristo.

Como já contei aqui no APENAS, sofro de uma doença chamada fibromialgia, que me faz sentir dor 24 horas por dia, 7 dias por semana, há 16 anos. Não tem cura e impede que desempenhemos uma série de atividades, como digitar no computador, dirigir, carregar muito peso, fazer exercícios, praticar esportes e outras mais. E é uma doença cruel, pois não aparece em nenhum exame (seu diagnóstico é clínico) e muitas pessoas não entendem ou mesmo não acreditam que a sua dor, a sua prostração e a indisposição para fazer qualquer coisa sejam fruto de uma moléstia invisível: simplesmente te rotulam de preguiçoso, exagerado ou coisa parecida. Desde 1996 esse mal ocupa cada músculo e tendão do meu corpo. De lá para cá tenho buscado alternativas tecnológicas que me permitam viver e peço a Deus constantemente que, se for da vontade dEle, venha a me sarar. Se não o fizer, o glorificarei do mesmo jeito – meu amor pelo Senhor independe de me curar ou não.

Contei esse relato no post E quando Deus não cura – Parte 1/2, já há alguns meses. Não pretendia voltar ao assunto, pois não gosto de ficar falando sobre esse problema – simplesmente porque falar não adianta nada. Mas recentemente recebi pelo Facebook o testemunho de uma irmã, que me pediu para não divulgar seu nome, que leu sobre a minha experiência e isso de certo modo tocou sua vida. Conversamos a respeito e, com a autorização dela, compartilho o que ela me escreveu, com um único intuito: mostrar que, se você está passando por um momento de dor ou de sofrimento, em vez de se lamuriar pode usar sua experiência no futuro para ajudar alguém que venha a cruzar seu caminho enquanto enfrenta uma situação parecida com a sua. Assim, sua dor pode vir a abençoar muitos.

Em seu relato, a irmã E.D. tece alguns elogios a mim, mas deixo bem claro que tenho plena ciência de que toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do Pai das Luzes, logo, não reproduzo os mesmos com nenhum intento de me exaltar, senão com o de glorificar ao Senhor pelo que Ele fez na vida dessa irmã por meio do sofrimento que o Soberano me permite passar. E que, espelhado na experiência dela, meu irmão, minha irmã, você possa usar o seu sofrimento, e aquilo que com ele aprender, para a glória do Criador do Universo e para ajudar o seu próximo. Passo então a palavra a E.D.:

“Zágari, bom dia!

Talvez você tenha se perguntado: por que essa jovem do Maranhão me adicionou no Facebook? Quero rapidamente compartilhar contigo de que forma DEUS te usou pra me abençoar. Me chamo E.D., tenho 31 anos, casada, sem filhos, crente em Cristo Jesus, da igreja X.

Agora, onde você entra nisso tudo? Vou contar…

Sempre fui muito ativa, criativa, motivada e dedicada. Aos 24 anos comecei a sentir fortes dores nas costas, tórax, falta de ar e desânimo para realizar coisas simples. Depois essas dores se intensificaram e foi então que resolvi procurar auxílio médico. Para minha surpresa, nada aparecia nos exames. Foi então que, além da dor física, comecei a sofrer emocionalmente, pois caí em descrédito com minha família, amigos, esposo, no trabalho. Você deve saber a que me refiro: É isso sim! Fibromialgia. Fui diagnosticada formalmente somente este ano, pois até então eu não queria aceitar que tinha isso e infelizmente procurei os médicos errados e não atualizados a respeito do assunto. Por isso, tentei sufocar o assunto o máximo que pude!

Ao ser questionada, sempre tentava explicar às pessoas o que eu sentia. Mas como explicar o invisível? Tive depressão e síndrome do pânico, por ter a plena convicção de que ia morrer de tanta dor. E o pior: ninguém me entendia. De ativa passei a ser instável emocionalmente por conta das dores.

Foi aí que comecei a me ferir e me magoar com as pessoas. Não vou pormenorizar aqui o que vivi, mas, para você ter noção, até na igreja sofri preconceito. Bem, semana passada, ao acordar (SEM FORÇAS PARA TRABALHAR), não quis falar com DEUS. Simplesmente pensei: ‘Não vou falar com DEUS sobre esse assunto mais, tudo o que gostaria era de ser curada disso, ter uma vida normal como as pessoas normais que estudam e trabalham. Mas DEUS parece não ver minha disposição em querer muito isso’. Saí de casa decidida a deixar tudo: cargos na igreja, trabalho, toda e qualquer atividade e me isolar como uma ostra. Há dias em que só quero ter o direito de ficar no meu canto, sem falar com ninguém, ou mesmo sem explicar por que alguém tão comunicativa e brincalhona como eu não quer falar. Como esse direito eu não tenho, porque preciso me relacionar, decidi que em casa, bem fechadinha, poderia sentir dor e não ter que forçar sorrisos ou passar por alguém lábil!

Foi aí que na Internet, procurando artigos sobre fibromialgia, não sei como fui parar no teu blog. E, ao ver o artigo “E quando Deus não cura? – Parte 1/2”, o título me chamou a atenção. Na medida em que fui lendo, comecei a chorar. Pois, ao descrever tudo o que você sentia, fui tomada por uma empatia muito grande. Me reportei à minha vida. Vendo suas competências técnicas, sua disposição em levar o Evangelho a sério, vendo que trata-se de alguém que é de uma igreja genuinamente cristã, dei crédito ao que estava diante de mim e continuei a ler. Pois bem: o fato é que aquele post foi um bálsamo para minha vida. Não fui curada da doença, mas mudei minha percepção dela. De verdade!

Vi também que DEUS sempre quer nos ensinar e que eu preciso entender isso na prática, pois essa é a forma pedagógica de DEUS. Às vezes somos crentes meramente teóricos. Infelizmente alguns, como eu, até que passem pela vivência prática das lutas, são muitíssimo teóricos. Eu realmente pensei: ‘Se o Zágari consegue administrar esse problema, se consegue ser feliz apesar de tudo isso, talvez eu também consiga e me torne uma crente valorosa, piedosa. Meu caráter, vida, ações, tudo pode mudar, DEUS pode usar isso para moldar características em mim que até eu vejo e condeno’.

Esse texto enorme é para que saibas: você foi benção em minha vida apesar de suas limitações. E eu quero ser benção na vida de outros também – apesar das minhas. Certa vez li uma frase que dizia que DEUS não está tão interessado em mudar as circunstâncias do nossos meio como está em mudar as pessoas. É isso mesmo. Hoje estou com muita dor aqui no trabalho, mas com esperança de que tudo acabará bem.

Obrigada por chegar até o fim dessa mensagem e pela tolerância em me ‘escutar’.

Que DEUS em Cristo o abençoe!

E.D.

PS: Também fiz um trato com DEUS, de falar sobre o assunto com outras pessoas somente quando houver extrema necessidade. E de só falar para Ele minha dores. Pois só Ele me entenderá na totalidade!”

E aqui acaba o testemunho de E.D. Não preciso dizer que o li com lágrimas nos olhos. Olhei para trás, para os 16 anos de dor, e orei ao Senhor: “É, Deus… já serviu para alguma coisa”.

Jó sofreu demais. E até hoje, mais de 5 mil anos após ele ter caminhado sobre a terra, milhares e milhares de pessoas são abençoadas com seu testemunho de vida. E quero deixar essa reflexão a você, meu irmão, minha irmã: a coisa está difícil? Está doendo? O sofrimento está demais? Então cogite a possibilidade de Deus estar permitindo você passar por tudo isso para que mais à frente você ajude E.D.s que vão cruzar o teu caminho – vivendo dificuldades, com dores e sofrendo demais. Certamente, enquanto Jó raspava suas feridas ele não imaginava que sua história iria pelos milênios à frente ajudar tantos. Como a irmã Ruth Martins, que passou por uma experiência terrível mas espiritualmente enriquecedora, como relata em seu livro Há benefícios na dor (foto).

E você, será que consegue imaginar o que Deus tem preparado pelos anos à frente como fruto da sua dor? Se não consegue, não se preocupe: Ele sabe. O Onisciente sabe direitinho por que você está enfrentando essa luta tão difícil. E Ele está contigo todos os dias, até a consumação dos séculos – mesmo quando caem as lágrimas mais amargas.

Um beijo especial para E.D., que está suportando essa leve e momentânea tribulação sabendo que o que a espera é um grande peso de glória eterna.

E paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício
.

comentários
  1. muriel disse:

    Graça e paz Mauricio.
    Nem sei oq falar desse post.Essa semana fiz essa pergunta pra Deus.
    Sou m~se de dois meninos e faço de td para nao ve los sofrerem,quando eles estão com dor ou doentes a dor que sinto é bem maior do que a deles.
    Estou passando pelo “vale” a mais de um mes.
    Meu irmao foi assaltado e mesmo entregando td deram um tiro na suas costas,ele ficou internado 27 dias lutando pela vida,em um unico momento de lucidez ele aceitou Jesus,pois apesar de conhecer a palavra nunca tinha declarado Jesus como seu salvador.
    Esse 27 dias foram os piores da minha vida,a dor na minha alma era tão grande que eu sentia dor em td meu corpo.Chorei,clamei,supliquei…mas nada adiantou Deus levou ,meu irmao.
    E nesse momento me senti traida por Deus,pois a palavra que vinha pra ,mim, era sempre de vitoria e de benção.Fiquei assim uns dois dias.Foi quando me tranquei no quarto e chorei,chorei nao consegui dizer uma so palavra,depois de horas chorando fui me acalmando e Deus começou a me tratar e a principalmente me consolar.
    E eu permiti que meu Pai amado me mostrasse muitas coisas uma dela,foi que meu irmao como o ladrao que foi crucificado ao lado de Jesus o aceitou e ainda disse seja feita a tua vontade Deus.Praticamente se entregando nas mãos do Pai.
    A dor ainda é grande,a saudade é tanta que nem sei explicar.Mas sei que Deus vai me consolar e um dia estarei com meu irmão na gloria.
    A paz a tds!!

    • Olá, Muriel, graça e paz,
      .
      nessas horas não há o que dizer. Deus é Deus e Deus é bom. Bendito seja o nome do Senhor. Apenas te abraço e desejo que a dor do luto se transforme logo numa doce e gostosa saudade, lembranças dos momentos bons, até que Jesus promova o reencontro de vocês.
      .
      Não sei se vc chegou a ver esse vido, mas talvez ele te ajude:
      https://apenas1.wordpress.com/2012/03/25/o-perfeito-louvor-nas-piores-horas-da-vida/
      Em um momento de muita dor também escrevi este post, que é duro e verdadeiro, mas em seu último parágrafo traz uma linda resposta:
      https://apenas1.wordpress.com/2012/03/23/como-lidar-com-perdas/
      .
      Que vc e sua familia recebam meu abraço, meu afeto e meu amor. E no dia em que, pela graça, estivermos na glória, faço questão que vc me apresente seu irmão para eu dar um abraço apertado nele.
      .
      Na paz que excede todo o entendimento,
      Mauricio

      • muriel disse:

        Obrigada querido amigo!!!
        Tenho a certeza que Deus esta transformando a dor em saudades,e que logo a tristeza vai passar.
        O que me consola é saber que um dia ainda vou encontra lo.
        Jesus disse que iria para o pai mas não nos deixaria só,que enviaria o consolador.E é esse consolador que tem me dado a paz e o consolo que preciso.

      • Amem, Muriel, muito me alegra que vc tenha essas certezas no coração.
        Agora é esperar e desfutar do consolo até o dia do reencontro.
        Deus a abençoe muito, te abraço no amor do Senhor.

  2. Alexandre disse:

    A paz do Senhor meu irmão!! Bom poder estar aqui novamente. Melhor ainda é mais uma vez poder participar, não apenas das suas, mas das aflições de alguns irmãos (como a irmã E. D.). E como todo post teu acaba me impactando de alguma forma, inclusive por algumas similaridades, não poderia deixar de comentar esse. Sei que será um comentário longo, mas não se preocupe se não puder responde-lo…entendo sua correria.
    Meu irmão, quando você escreveu nesse post “Creio que o Senhor nos deixa passar pelo “vale”, como diz o jargão, para que no futuro possamos auxiliar outras pessoas que por sua vez venham a atravessar o mesmo vale” senti uma alegria grande, pois aconteceu comigo tbem. Com 21 anos aproximadamente comecei a sofrer com uma doença chamada “fobia social”. Não vou detalha-la aqui, mas assim como muitas doenças da mente, essa me fez sofrer. Assim como vc corria de um lado para outro tentando “ser curado”. Mas nada aconteceu. Comecei meu tratamento, tomei medicamento por 7 anos no total, fui dopado para a faculdade, pois o meu medo social era imenso. Me perguntei, e perguntei a Deus o porquê disso tudo…queria apenas morrer. Mas um dia, depois de muito esquadrinhar sobre como estava minha vida… depois de anos…eu entendi, pela iluminação do Esp. Sto que de alguma forma Ele estava me moldando, me preparando. Depois de 9 anos em que tive o diagnóstico da Fobia, e já um pouco melhor, já não tomava mais remédios, conheci um jovem que me confidenciou que estava sofrendo do mesmo mal. Nem preciso te contar o que aconteceu neh? Assim como vc, percebi que tudo, os 7 anos de tratamento e agora as seqüelas que ainda restam, tudo valeu a pena. Tentei ajudar esse jovem como pude. Enqto eu ainda tomava um medicamento contra tremor nas mãos, num culto em que eu estava pregando (faço isso raras vezes, ainda por causa de algumas seqüelas da fobia) eu disse pra igreja que eu tomava sim medicamento há 7 anos, mas que esse medicamento poderia me acompanhar por toda a vida, se essa fosse a vontade de Deus, mas que lá no céu ele não entraria comigo…alí seria liberto e como vc mesmo disse (no post “E quando Deus não cura), eu tbem “Estou ciente de que na eternidade, que é o que importa, tudo isso terá passado. É uma breve e momentânea tribulação, que redundará em grande peso de glória”. Glória a Deus pelo que passei, glória a Deus pela sua vida. Me emociono em lembrar de tudo…e poder compartilhar. A cura total da minha Fobia e da sua fibromialgia pode estar longe, mas quando entrarmos na Cidade Santa pelas portas, entraremos sem dor (fibromialgia) e sem medo (fobia social)!!! Um abraço forte… obrigado por compartilhar!!!

  3. Ruthi Lima disse:

    “…Ele está contigo todos os dias, até a consumação dos séculos – mesmo quando caem as lágrimas mais amargas.”

    Obrigada Deus, por esta Presença constante, mesmo quando minha fé se torna inconstante.

    Zágari,
    Que a Sabedoria do Alto seja sempre derramada sob tua vida.
    Nunca te deixes bajular por palavras de homens.
    Segue firme na proclamação da Verdade em meio as mentiras deste mundo.
    Que Cristo seja Teu Centro,
    Que Ele seja Teu Tudo,
    Sempre.

    Paz.

  4. Genilda Silva disse:

    Ninguém quer sentir dor, ou sofrer, mas Deus tem propósitos mesmo nessas horas difíceis. Acho que o mais difícil é entendermos o propósito de Deus, mergulhados que estamos num mundo que prega um evangelho que condena o sofrimento. Não é assim que a Bíblia ensina.
    Quando penso na dor, nos sofrimentos diários me lembro dessa palavra:
    “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente.”2 Coríntios 4:17
    Palavra confortadora.

  5. Marco Juric disse:

    Bom dia Zágari!!

    Realmente maravilhoso como Deus opera e usa quem Ele quer e como Ele quer.
    Que E.D. seja uma benção assim como você tem sido em nossas vidas.

    Abração!!!!

  6. Katia Miranda disse:

    Esse tema é tão amplo, eu gostaria de discorrer sobre tantas reflexões que fiz enquanto lia o post, mas falarei sobre o que primeiro me vêm à mente. “Em TUDO dai graças”.O Senhor permite sofrimentos para que possamos também ver as bênçãos que recebemos.Ele, e somente Ele, é nosso galardoador. A propósito, sofro de hipotireoidismo, uma condição que me deixa às vezes sem força ou ânimo algum.

    • Kati, minha irmã,
      exatamente isso: em tudo dai graças. Deus é Deus e Deus é bom. Bendito seja o Seu nome.
      Que Ele te dê força, consolo e amor nos teus momentos de sofrimento, sabendo que um dia ele cessará. Até lá combatemos o bom combate.
      Abraço apertado e que Deus te dê paz a cada dia da sua jornada.

  7. Vicente Neto disse:

    Maurício o mais difícil no meio evangélico é encontrar justamento o amor, a coisa que mais se prega no meio.

    • Oi, Vicente.
      Há muito. Infelizmente muitos não o encontram. Sempre oro a Deus que me dê amigos, pois é por meio deles que muitas vezes receberemos esse amor. E olha…às vezes Deus me surpreende e o amor vem de quem menos espero.
      Mas não desanime, ainda há muitos de coração bom. Bem-aventurado é quem os encontra.
      Abraço, querido, na paz e no amor do Senhor.

  8. Lelê (Alessandra) disse:

    Maurício,
    A carta da E.D é realmente emocionante!
    Eu, como vc já sabe, não sinto dor nos meus músculos e sim dor no meu coração. Quando o meu pé simplismente para, sem motivo aparente, me impedindo de andar. O meu pé me trai muitas muitas vezes. E ele só volta quando ele quer, literalmente!
    Muitas vezes eu sinto muita raiva de não conseguir dominar um músculo. Por tantas vezes eu tive vontade de cortar ele fora, para que eu pudesse andar de muletas. Pois só assim, só EU poderia ter controle dos meus músculos!
    Eu, por muitas vezes, sinto muita raiva de mim. Mas esse sentimento sempre é passageiro. Afinal eu também só tenho motivos para dar glória a Deus por toda a misericórdia que Ele tem comigo!
    Obrigada por mais esse lindo testemunho q Deus é mesmo bom demais!
    Com carinho para a familia toda,
    Lele

    • Verdade, Lelê, E.D. me emocionou.
      Nas horas em que esses pensamentos vierem, querida, faça como eu: lembre-se do quanto vc avançou e não do quanto vc ainda não conseguiu. Lembre-se quando apenas ouvia e não conseguia se mexer, de quando disseram que não ia andar… e veja quão grande é o amor do Senhor por ti ao te permitir caminhar, servir, dirigir…
      Você é uma inspiração na minha vida. Tenha certeza que o teu testemunho já me deu forças muitas vezes, sem que vc nem ao menos saiba.
      Beijo, minha amiga.

  9. glauciagodoi disse:

    A Paz, meu querido!
    Como vale a pena servir ao Senhor em meio a dor, quem diria que algum dia encontraríamos êxito nessas palavras?? Que bom sabermos em quem temos crido! Parabéns mais uma vez!!!
    Beijos meu amigo!

  10. Beto Antero disse:

    Gosto muito da canção “Espinhos” do Grupo Logos

    Senhor Jesus eu não entendo o espinho,
    Mas se a cruz é o Fim deste caminho,
    Dá-me mais graça,
    Não sou maior que meu Senhor
    Apenas servo sou,
    Apenas servo e nada mais.

    Se as pontas aguçadas da coroa
    Te feriram ó cabeça
    Eu que sou corpo
    Parte do teu corpo,
    Não devo reclamar.

  11. Jacy disse:

    Maurício, com lágrimas nos olhos li este post. Maravilhosa Graça! Inconparável e inexplicável! Que traz bálsamo e alívio ao doente mesmo em meio a dor, em meio ao choro. Dores de todas as nuances, física ou emocional, só deleitando-se Nele conseguimos vislumbrar o que de fato é cura, é liberdade. Somente Nele. Sou suspeita para falar sobre você e este blog, rsrs, não é a toa que quando estou cambaleante venho aqui no Apenas ou importuno você no facebook, que, sempre solicito, se deixa usar por Deus e em poucas palavras e muita atenção revela sua preocupação pelas vidas, pelo outro. São 16 anos marcado por dores e uma eternidade marcada pelo seu testemunho e zelo pelo evangelho. Me alegro pela minha conterrânea do relato! Maurício, Deus te abençoe e te sare! Meu desejo sincero. 🙂

    • Jacy,
      vc e Marcus moram no meu coração. Nunca importunam.
      Obrigado por suas palavras tão carinhosas. Família de fé serve para isso: levarmos os fardos uns dos outros.
      Que bom que encontras palavras de alento no APENAS, que bom que temos quem “importunar” em busca de carinho e um ombro amigo.
      Oro por vcs. E obrigado pelo desejo, que tomo como oração.
      Beijo e paz!

  12. Evangelista disse:

    A paz do Senhor Jesus.

    Provai e veja que o Senhor é bom.

    Olá Maurício!

    Penso que vitória do cristão está sim no fato de Jesus ter sido curiciicado e ressuscitado por muitos. Essa atitude voluntária de Jesus trouxe à humanidade a salvação. Sim, trouxe o perdão de fato, ou seja, no reino espiritual, essa obra está à disposição, mas que precisa se tornar uma realidade, uma experiência pessoal.
    Então, por meio dessa graça de Deus, o ser humano pode se chegar a Deus, ouvindo a palavra, a pregação, lendo a bíblia, e assim, o Espírito de Deus lhe traz essa graça no coração, na alma revelando Jesus, iluminando a palavra, convencendo a pessoa de que a bíblia faz sentido, que a palavra de Deus é a verdade.
    Ao sermos iluminado de que precisamos de perdão, e confessamos nossa condição, então é entregue ao ser humano a vitória do cristão que é a salvação em Cristo Jesus.
    Mas, note que foi preciso a pessoa se aproximar da palavra, da pregação. Houve cooperação. A pessoa ouviu a voz de Deus, a voz da fé de Deus e recebeu o poder de ser tornar filho do Altíssimo.
    A pessoa provou do amor de Deus em Cristo Jesus, e recebeu autoridade para invocar o nome de Jesus para expulsar os demônios, curar os enfermos, para receber o batismo no Espírito Santo. Ela foi autorizada a pregar o evangelho a toda criatura. E os custos dessa missão é bancado pela provisão de Deus. As despesas do cristão vem da casa do rei, dos tesouros do ceú.
    Há provisão, proteção, conservação, santificação, edificação, sabedoria nessa graça de Deus em Cristo. Fomos salvos com a força do senhor e sua alegria. O reino, Jesus foi nos dado.
    É o Espírito de Deus que nos instrui em toda verdade. Esse é o segredo da graça de Deus.
    O sofrimento é permitido por Deus para que nós em Cristo Jesus, sejamos sarados. O pecado é permitido por Deus, mas em Cristo Jesus podemos o dominar, rejeitá-lo. Esse princípio de renunciar a doença, o pecado, ou seus frutos, os demônios, dever ser praticado, combatido pela palavra de Deus, e o nome de Jesus que é por onde recebemos a graça, o poder para efetivar as bençãos de Deus em Cristo. A aliança do cristão está respaldada no nome de Jesus.
    Está escrito: Pedi para que a vossa alegria se cumpra. E tudo quanto pedires em meu nome Eu o farei para glória de Deus.
    Devemos, sim, ver os desertos, as doenças, o sofrimento como um bom motivo de provarmos a bondade de Deus que nos deu condições por meio da graça liberada pela sua soberania, de sermos bem sucedidos nessa busca, nessa esperança de querer alcançar a benção. Na verdade, a benção nos alcança quando entendemos o amor de Deus com mais clareza.
    Pela liberação, unção, esse conhecimento de Deus em Cristo sobre nossa saúde é que provamos a bondade de Deus.
    Está escrito: Se Deus não negou Jesus como não nos dará com ele todas as coisas.
    Que coisas? Tudo aquilo que a bilbia nos promete, como diz as escrituras. A bíblia é Jesus, a palavra de Deus. Por essa palavra viemos a existir, vivemos e nos movemos. Somos sarados, somos sutentados. Tudo coopera a nosso favor, para o bem dos que são iluminados pelo Consolador.
    Quando somos firmados, fortalecidos nessa perspectiva, nesa viva esperança, todos os dons de Deus são manifestos. E não nos falta nenhum dom, presente, graça em Cristo Jesus. O justo viverá da fé em Cristo, que vem por Ele. Essa é a vitoria que vence o mundo.
    Deus permite o sofrimento, mas essa condição não faz parte da boa vontade de Deus para seus filhos.
    Está escrito: Qual o filho que pedindo pão, o pai lhe dará pedra, ou escorpião?
    O amor de Deus em Cristo Jesus não nos deixará perecer. Grandes coisas fez o Senhor por nós, em Cristo Jesus, por isso, estamos alegres. Devemos nos alegrar, pois a noite é passada e o dia é chegado.
    Que a luz de Deus, seu conhecimento, sua sabedoria, sua unção nos direcione ao encontro da benção. Ela quer nos alcançar.

    Deus abençoe a todos em nome de Jesus.

  13. Libia Lampa disse:

    Querido Zágari, Deus é misericordioso, por isso estamos aqui!!!
    todas as manhãs busco uma palavra de conforto neste blog,
    Deus te abençõe, continuamos…
    uma abraço
    sua irmã Líbia

  14. laura costa disse:

    Nossa meu irmão, tremenda palavra, estou muto feliz de ouvir estas palavras que confortam e nos dão esperança, pra continuar na luta, sabe, eu também tenho passado por muitas lutas, pois cuido da minha mãe com Alzheimer a mais de nove anos e não é fácil, vi minha mãe parar de falar, de andar, passar a usar fraldas e comer na mamadeira, enfrentei um divorcio bem complicado, e ainda tenho que resolver a vida do meu irmão, que se encontra com alguns problemas de saúde á anos,e eu sou a única que posso ajudá-lo, porque quem o fazia antes era minha mãe, mas tenho enfrentado tudo com fé, porque se não fosse Deus, eu teria desabado.
    Ele me enviou uma pessoa pra cuidar da minha mãe e me ajudar, pois estava muito complicado sozinha e graças a Deus ela se dedica com amor a este trabalho que pra ela é uma missão!
    Então diante de tudo isso, tenho visto o quanto Deus é soberano, porque nunca me desampara, tem dias que tenho vontade de correr, e muitas noites me derramo em lágrimas, mas sempre o Senhor renova minhas forças, porque a única certeza que tenho é que ele não me abandonou, e sei que tudo coopera para o nosso bem.
    Tenho muitos sonhos, mas, estou tentando investir e fazer algo na minha vida, pois tive que parar de trabalhar pra tomar conta da minha mãe e tudo em casa, mas vejo que o tempo ta passando e não consigo ver que direção tomar profissionalmente, ainda me sinto perdida e insegura quanto ao meu futuro, sabe já estou com 39 anos, e fico pensando que passo devo dar, estas coisas realmente mexem com a minha mente e fico um pouco atribulada, tenho medo de ficar tanto tempo longe da minha mãe, por isso fico neste impasse, não gosto de ter medo, mas as vezes é tão forte que me paralisa e não consigo sair de casa.
    creio que este testemunho , esta palavra veio me fortalecer, e espero em Deus que Ele me ajude a passar por este vale e me tornar mais forte, porque sei que apesar de tudo isso, encontro forças pra visitar pessoas e ajudar em suas dificuldades, porque assim como eu elas precisam de apoio, então que Deus continue te abençoando e te usando para sua glória!!

    fica na paz, meu querido irmão, vc é uma benção!!

    • Laura,
      houve um homem de Deus que viveu séculos atrás, chamado João da Cruz, que falou sobre “a noite escura da alma”. Muitas vezes nós a atravessamos. Dificil até imaginar a situação pela qual vc passa, mas imagino quantas vezes tua alma atravessou uma noite escura. A boa notícia é que após toda noite vem um alvorecer. No nosso caso, ele chama-se Jesus de Nazaré.
      .
      Oro e choro por ti, minha irmã, na esperança de que o Senhor venha a abreviar tua dor.
      .
      Que a graça do Altíssimo, que nos basta, repouse sempre sobre a tua vida, como um cobertor de amor e de fé. Ele está contigo todos os dias, até a consumação do século.
      .
      A paz que excede todo entendimento seja contigo e em ti.

  15. Eliana disse:

    Fiquei uma semana sem entrar no Apenas por falta de tempo e senti muita falta.
    Que testemunho lindo.
    É, Maurício, creio que aquele post da cura foi um bálsamo para muita gente. Mais do que vc imagina. E me lembro que um dia te agradeci por seus ensinamentos, sua ajuda, paciência e vc me respondeu o que fala nesse post, para fazer isso pelos outros. E ajudar ao próximo que passasse por alguma dor que eu já houvesse passado ou superado. Sempre me lembro disso.
    Que o Senhor abençoe essa irmã que testemunhou e também a sua vida. Louvo a Deus pelos dois.

    • Ô, Eliana, de que adiantaria escrever só pra me promover ou por vaidade, não é?
      Se uma vida é tocada pelo que escrevemos já valeu a pena as horas de sono a menos para criar cada post.
      Obrigado pelo carinho, vc e seu marido moram num lugar especial do nosso coração.
      Passe adiante o amor que recebe.
      Passe adiante a dor que te machuca.
      Passe adiante tudo o que Cristo te ensinou e te deu – de bom ou de bom (pois o mal que Deus permite é para nosso bem).
      Isso é ser cristão.
      Beijo grande, amiga.

  16. Vinícius disse:

    Boa noite Maurício. O que eu quero dizer não é nada sobre esse post em específico, quero apenas agradecer a Deus pela sua vida, pois através dela sou muito “ajudado” (existe essa palavra?) sou um dependente químico restaurado pela própria mão de Deus, ex presidiário, ex morador de rua, ex pior filho e irmão do mundo e ex muita coisa ruim que um ser humano pode ser…. enfim, hoje sou um atual “homem normal”, ansiando desesperadamente conhecer mais a Deus, ao Espírito Santo, as coisas do reino… me converti a pouco mais de dois anos e sinto como se patinasse sem sair do lugar, vejo minha família inteira cega diante dos fatos, nem se lembram mais de tudo que fiz na vida, de tudo que fiz eles passarem e assim ficou fácil não ver a tremenda transformação que Cristo fez na minha vida.
    Pais separados, irmão e mãe depressivos, pai alcoólatra e doente, irmão adicto, irmã lésbica, e eu no meio disso tudo sem saber o que dizer, o que fazer…. estou muito triste pq não sou ousado, corajoso o suficiente, humilde, grato, obediente, etc, para me esforçar mais e mais nos assuntos da fé para crescer e poder plantar uma semente de verdade em seus corações para que possa ser regada pelo Espírito Santo.
    O que eu quero saber é do meu próprio grito, da minha vontade, da minha necessidade e eles eu deixo pra depois, qnd eu for forte na fé e com um impor de mãos tudo se resolverá….
    Os hábitos nascidos durante minha adicção ativa parecem estar enraizados em meu interior, o orgulho, o egoísmo, o egocentrismo,,,, é tudo tão difícil de deixar para trás, é sem querer, é natural ser assim, para mim, pelo menos.
    É isso, acho que é mais um desabafo, vendo um filho de Deus tão envolvido com o Pai tive a sensação de liberdade, de não ser julgado.
    Obrigado pelo seu blog, continuarei lendo sempre que possível, faz muito bem para mim.
    Shalom.

    • Salve, Vinicius, meu irmão!
      muito, muito obrigado pela ação de graças.
      Sobre o passado, mano, Deus o lançou no mar do esquecimento e, mediante teu sincero arrependimento, já te perdoou. Peço a Deus que vc tb tenha se perdoado.
      Busque o Senhor, querido, em oração e leitura da Biblia, especialmente. Mas também lendo bons livros. Publiquei há um tempo a lista dos 10 livros que considero a cesta básica da fé. Recomendo a leitura, vai te dar força e conhecimento sobre as coisas do Reino:
      https://apenas1.wordpress.com/2012/03/07/os-10-melhores-livros-cristaos/
      Desabafar é bom, querido, não te julgo. Mas te recomendo: busque ao Senhor. Cuide da tua alma. Busque a intimidade do Pai. Pecar todos pecamos, mas precisamos nos aproximar do Senhor.
      O que passou, passou. Olhe pra frente. É lá que está a Cruz.
      Deus te abençoe, querido, seja sempre bem-vindo ao APENAS. Enquanto puder te edificar, conte comigo.
      Na paz que excede todo entendimento.

  17. Bendito servo de Cristo,Maurício,vc é do Senhor!
    A sua energia para viver e força vem do Altíssimo que te ama.
    Tem o Deus de amor no seu coração,caminhando contigo,tb com esta jovem que deu o testemunho e todas as ovelhinhas que pertencem ao Senhor aqui no Brasil e ouros países.
    Jesus vê as lágrimas,acolhe,abraça com grande amor e consola com a Sua boa presença de paz.Ajuda divina e proteção.
    Ele é Soberano e Leal na vida de todos os Seus filhinhos e filhinhas.
    Para a dor e sofrimento possui a solução.Basta um agir do Senhor para tudo transformar. Milagre.Cura.Prosseguir,confiando no Senhor até o fim.Orar,clamar,suplicar e aguardar no Senhor.Louvá-LO.
    Como relatei em um post seu,sofro com doença de Crohn.Tenho vida com Ele,vivo para o Senhor,dedicando-me em serví-Lo.Mesmo sentindo dor devido a situação,não deixo de orar e louvar.Amo Jesus e interceder pelas pessoas.Ajudar,orar e escrever uma boa palavra para as pessoas é comigo mesma.Sei que é dom para a Glória dEle.O Senhor dá força e passo para os outros a força que recebo.Pode acreditar que na oração peço primeiro pela cura dos outros e depois pela minha.
    Há anos atrás o Senhor colocou no meu coração para louvá-LO todos os dias com sete (é o número da perfeição de Deus) louvores e assim tenho feito.A oração pela manhã,a tarde e a noite,canto louvores (21).O Espírito Santo coloca na minha mente o que quer que cante.O Senhor alegra o coração.Presença da Luz do Senhor.
    O galardão de cada um de nós é grande.Vamos louvar.
    Fé,força,coragem e perseverança.
    Deus é Perfeito no operar.Tempo do Senhor.
    É muito bom ter o Senhor da vida para sempre conosco!
    Um dia dores e sofrimentos passarão.Jesus vem nos buscar,a Sua Igreja amada.Maranata! Ora vem Senhor Jesus.Vida eterna no céu de Luz da Glória do Senhor!
    Face a face com o Rei!Aleluia!
    “Sete vezes no dia te louvo pelos juízos da tua justiça” (Salmo 119:164).Amém.
    Graças a Deus!
    Paz meu irmão e minhas orações,Luciana. 🙂

    • Luciana, graça e paz!
      Obrigado por suas palavras sempre gentis.
      Seu testemunho apenas reforça que em tudo devemos dar graças ao Altíssimo. Que Ele te abrace 7, 70, 770 vezes por dia! (:
      Abraço forte, na paz de Cristo e que Deus te agracie com a verdadeira vitória do cristão!

  18. Cristina Fonseca disse:

    Bom dia. Como sempre, seus posts me tocam profundamente. E coincidentemente, este último vem ao encontro de um livro que o pastor da minha igreja (Comunidade Evangélica Jesus Vive, na Tijuca) lançará nesta sexta-feira e que se chama :” Porque tenho de sofrer?”, de Roberto Caputo. Desculpe a propaganda, mas acho que será muito útil a quem precisa, pois o Pr.Beto pensa da mesma forma que vc em muitos aspectos. Inclusive qdo descobri seu blog, lembrei das pregações dele e até o recomendei a ele.
    A propósito, minha mãe tem fibromialgia, mas fez um tratamento medicamentoso que a deixou sem dores, leva uma vida normal. Se te interessar, te passo o nome do médico.
    Paz !!!

    • Oi, Cristina,
      fico feliz que minhas palavrinhas alcançam e abraçam teu coração.
      Não tem problema nenhum em divulgar o livro do seu pastor, se vem para edificar a Igreja tenho prazer de abrir o espaço.
      Sim, se vc puder indicar o médico e, se possivel, dizer quais medicamentos ela toma, fico grato. Será que são os mesmos que eu tomo?
      Obrigado, te sou grato.
      Na paz do Mestre.

      • Cristina Fonseca disse:

        O nome do médico é Sergio Rozenfeld, atende no CREB (Centro de Reumatologia e Ortopedia de Botafogo), na Voluntários da pátria. Ela tomava uma fórmula, que continha antidepressivo (fluoxetina), antiinflamatório e outros medicamentos que ela não lembra. Ela não toma mais nada há muito tempo (2-3anos) e não sente mais dor. Espero que vc consiga também. Boa sorte !

      • Obrigado, Cristina, muito gentil.
        Deus abençoe vc e sua mãe.

  19. Júnior disse:

    Estava mt triste pela solidão pela qual passo antes de ler este maravilhoso post, Deus de fato e trouxe aqui no seu blog hj, já não suportava mais tanto solidão, pq isto, exatamente isto tem me custado ser declaradamente cristão e querer buscar a Cristo em verdade, tanto fora qt dentro da igreja e ao msm tempo q enfrento dificuldade familiares e mts que colocam td “em xeque”, apanho pq me afundo num abismo de inferioridade e tristeza por toda rejeição e por ser considerado herege,e ao passo que vejo mts dos meus amigos felizes, não por inveja, mas contemplo a minha situação e me dói ainda mais, e mt difícil ser rejeitado pela jovens da sua igreja e na escola por “ser de Deus demais” e não querer deixar a Cristo, em nenhuma hipótese, ás vezes penso que estou condenado, como mt dos profetas a viver sozinho, e se quero trabalhar ainda mais do q já trabalho pelo bem da glória do Senhor. Realmente, só o espírito de Deus, como diversas vezes fez, pode me consolar enquanto choro…..td oq possa dizer já foi dito e nd pode expressar como isso foi remediante para minha vida, e só Deus, de fato, para nos compreender e sentir nossa dor na sua totalidade

    • Junior, meu irmão,
      receba meu abraço e meu carinho. Não posso imaginar o que vc vive, mas fica nítido que suas lutas são grandes. Escorar-se em Cristo é a única saída, mano. Olhar para a cruz e não para os outros e nem para nós mesmos.
      Oro por vc e pelo teu coração, para que as tristezas que te abatem não o derrubem. As pedradas vêm, mas se conseguirmos ficar de pé até o fim teremos a herança.
      Que Deus te abençoe e te guarde muito, com a paz que excede todo o entendimento.

  20. katia machay disse:

    Ola Mauricio, li este post e o testemunho de E.D. mas infelizmente nao consegui ler todos os comentarios, li a metade talvez, e todos muito edificantes. As respostas a esse post ta parecendo mais lugar de testemunhos, e isso tb é bom pq vai servir de bençãos a outros q podem estar passando por problemas semelhantes. Ontem passamos por uma situação de doença da mente (depressao, bipolaridade e sindrome do panico) com uma pessoa. A mente dessa pessoa nao quer mudar (ela é crente) ela diz q nao consegue, faz tratamento psiquiatrico, toma alguns medicamentos… mas acredito q nada vai acontecer se nao houver uma tomada de posição, nao sei… O sofrimento é ENORME parece q nao vai ter fim, o choro é terrivelmente forte a alegria tb qdo vem, vem ao extremo, tudo é exagerado! Nao sei como Deus vai resolver isso, nós so oramos e aguardamos no Senhor. Nao sei qual o pior, se dor fisica ou dor mental. Abraço pra vc e sua familia. No amor de Cristo.

    • Olá, Katia,
      de fato, muitos são os que sofrem. Precisamos nos agarrar à cruz e fazer o que está ao nosso alcance para ajudar o próximo.
      No caminho encontramos muitas pessoas más, que não entendem a realidade que vivemos e fazem o que podem para piorar a situação, mas os cristãos de coração sincero e bom são como copos d´agua no deserto. Que sejamos destes.
      Abraço grande, na paz de Cristo.

  21. Alfredo Pintarelli disse:

    Minha mulher foi diagnosticada com fibromialgia, em meados de 2009. Ela, que sempre foi uma pessoa muito ativa, por vezes, passava o dia na cama em completa estafa. Foram prescritos remédios que, por um lado, amenizavam as dores mas, por outro, aumentavam a prostração.
    Orou muito ao Senhor que lhe mostrasse um lenitivo para seu sofrimento.
    Muitas horas pesquisou na internet na busca por uma resposta.
    Encontrou um tratamento alternativo que reforça o sistema imunológico.
    Ao mesmo tempo faz sessões semanais de acupuntura e pilates.
    Resultado: Faz mais de um ano que não toma qualquer medicamento para fibromialgia. Suas dores foram bastante amenizadas permitindo que tenha uma vida (quase) normal. O Senão é por conta de experimentar alguma fadiga se passa muito tempo em pé.
    Penso que posso te ajudar.

    Fica com Deus.

    • Glória a Deus pela vida e a recuperação da sua esposa, Alfredo.
      Todos os fibromiálgicos precisam de ajuda e as suas dicas certamente são úteis.
      Obrigado pelo carinho e a preocupação com o próximo, querido. O Senhor te recompense!

  22. Abraão disse:

    Muito obrigado por mais esse post Ir.Maurício,saiba que ler os seus artigos é sempre uma benção para mim!!!
    E esse foi de grande utilidade
    Fique na Paz do Senhor e que ELE lhe abençoe mais,e mais e mais!!hehe
    Abraços!!!

  23. José Luan disse:

    Olá, quero externar a você querido irmão Zágari o quanto estou maravilhado por mais esse post, e gostaria de em Cristo deixar um versículo da Palavra que se encontra em Romanos 8:18 “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”.
    Que o Senhor te dê a Força e a Inspiração de a cada dia continuar Firme e Forte.
    Um beijo e um abraçãoooo n’Aquele que nos Salvou e a paz a todo povo de Deus.

  24. Sueli Cajeron disse:

    Muito inspiradores seu texto e o testemunho de sua leitora. Eu nunca duvidei dessa verdade, de que nosso sofrimento tem objetivo de servir a alguém, além de nos ensinar, mas tenho experimentado a dificuldade em aceitar os que tenho passado, tanto físicos como emocionais, tanto na vida pessoal como na vida ministerial. Recentemente comecei a ler a trilogia de John Piper, “Os cisnes não estão silenciosos”, e tenho sido grandemente edificada ao rever os testemunhos de vida de homens como Wyclif, Paton, Judson, que enfrentaram dor física e emocional por amor do evangelho que pregaram e do Deus em que criam. Olhar para essas vidas tem me feito rever meus sentimentos diante do sofrer.
    Obrigada por seus textos, irmão.

    • Sueli,
      obrigado por suas palavras.
      Se me permite uma sugestão, já que vc gosta do Piper há um livro dele que pode te auxiliar muito neste momento: “O sorriso escondido de Deus”. É simplesmente de desmontar. E “O livro dos Mártires”, de John Foxxe. Prepare o lenço.
      Obrigado por me ler e por compartilhar, Sueli. Deus a abençoe.

  25. Às vezes eu leio esses testemunho e me sinto um inútil… Eu oro e peço a Deus pra que eu tenha alguma sabedoria, mas ao mesmo tempo me questiono se eu sou capaz de suportar algo assim. Eu também (graças a Deus) tenho algumas enfermidades que me incomodam, que muitas vezes o remédio não ajuda, mas nada se compara ao que tantas pessoas tem passado nesse mundo. antes de ler este post eu li o Evangelho 2.0, e fico pensando como eu vou achar um equilíbrio. Não é errado querer ser curado dessas enfermidades, mas eu sei que eu não vou ser curado de todas, e muitos dos meus irmãos também não serão. Acho que é nnosso espinho na carne. Mas, o que mais me entristece é minha incapacidade diante de tanta dor. Mas louvado seja o nome do Senhor que é Ele quem nós capacita através da Sua Palavra. Eu tenho me espelhado muito em ti, tenho levado este blog aos meus amigos e, eu acredito, Deus tem te usado muito como canal pra aliviar os fardos de muitos, assim como muitas vezes eu tenho me alegrado, tenho me emocionado, tenho sido confrontado lenda tuas palavras aqui. Eu tenho servido a Deus com muita dificuldade ultimamente, já faz alguns meses que não consigo frequentar a igreja, que não sinto comunhão e meu coração tem pesado por conta disso, mas Deus não tem me deixado sucumbir graças a esses oásis que encontro na caminhada, que tem me ajudado a matar um pouco da sede. Eu só posso agradecer a Deus pela tua vida. Deus te abençôe tremendamente. 🙂

    • Oi, Klelber,
      é, mano, a vida é difícil. Jesus nunca prometeu o contrário. Nossa vantagem é que Ele nos assegurou que estaria conosco todos os dias, até a consumação do século. Essa presença de Cristo é que nos impulsiona, nos conforta, nos traz alento e paz.
      Fico triste de saber das tuas dores e oro a Deus que você receba o alívio delas, pelo meio que for. E não se sinta inccapaz diante da dor: vc está vivo, não entregou os pontos e tem um potencial enorme de ajudar o próximo. Você é capaz sim, querido, e no tempo certo Deus vai deixar claro isso a você.
      Se minhas reflexões são bênção para alguns, louvo a Deus por pôr pensamentos em minha cabeça, de modo a compartilhar com os irmãos.
      Não se afaste da comunhão, Klelber. Uma boa e séria igreja pode te alimentar muito mais do que você imagina. E você, como todos nós, precisa disso. Se você está se sentindo fraco, não é hora de servir a Deus, mas de deixar Deus te renovar – sente-se nem que seja no último banco, mas não perca o maná que Deus tem pra ti. Aí sim você poderá voltar a servi-lo com integridade de suas forças.
      Eu que louvo a Deus pela tua vida. Não esmoreça. Entrega teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará.
      Te abraço apertado, meu irmão, no amor dAquele que nos une.

      • Olha, muito obrigado pelas tuas palavras. Realmente, eu sinto que é hora só de me alimentar, mas a cobrança pra estar a frente de algum trabalho é grande sabe, porque eu já estive. Mas vou seguir teu conselho com toda certeza… Não vou deixar meu lugar vazio. Deus te abençoe amado.

      • Amem, mano.
        Deus te capacite nessa jornada.

  26. Greize disse:

    O que dizer ao ler esse post, que o Senhor a console no seu colo, querida irmã E.D.Também luto contra uma doença auto-imune e tem dias que só a Graça.

    Mas eu participo, e acabei sendo a Administradora no Facebook, de grupo com pessoas que sofrem da mesma doença.E muitos chegam desesperados, assim como eu no começo trocamos informações, e quem diria eu dando conselhos a essas pessoas, dizendo eu passei por isso, vc tb vai conseguir, trocamos informações de remédios e médicos.No caso Reumatologistas.

    Só depois vi que Deus sabe de todas as coisas mesmo.Não somos alegres com a doença, e sim, queremos a cura, pois devemos clamar até o fim .Mas podemos, com a ajuda e misericórdia de Deus ajudar outras pessoas.Lembrando que:

    “Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo”. (1 Pedro 5:9).

    “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação,que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações.”
    (2 Coríntios 1:3-4).

    Fica na paz irmã,Zagári e todos que estão nessa luta.Uma pessoa da minha família foi curada de uma doença mortal.Deus é o Deus do impossível,mas que faz na hora DEle, aqui na terra ou no céu.

  27. Edson Moreira disse:

    Caro Maurício, penso que sua teoria, embora justificável, não se encaixa entre as mais “viris”, por assim dizer. E isso por uma razão muito simples…Se eu ou você sofrêssemos somente para que pudéssemos servir de amparo experimental para os que vão sofrer a mesma dor, não seria então melhor que Deus evitasse a referida dor para todos, ou seja, que jamais na história da humanidade alguém viesse a sofrer aquela dor?
    Veja, não estou, de forma alguma tentando afirmar que o mundo seria melhor sem experiencias dolorosas, ou que Deus deveria ter tido planos diferentes para sua coroa da criação. Muito pelo contrário! Entendo que a dor e/ou sofrimento são extrema e vitalmente necessários para o ser humano, e sem ela não seríamos o que somos. Afirmo apenas que sua tese só teria algum sentido somente dentro deste contexto, ou seja, já que não podemos evitar a dor e o sofrimento, pelo menos quem sofreu tem a oportunidade de ajudar quem está sofrendo, sem dúvida.
    Chuvas de bençãos recaiam sobre todos os de boa vontade!

    • Edson, graça e paz,
      importa lembrar que Deus criou a humanidade sem sofrimento. Sofremos como consequência do pecado.
      Quando falamos sobre a Bíblia não podemos trabalhar em cima do “não seria melhor”, mas sim em cima do que ela nos afirma. Senão torna-se especulação e não teologia. Não podemos argumentar em cima de um cenário possível, mas do que foi revelado.
      Espero ter respondido.
      Deus o abençoe.

      • leia disse:

        e uma pura verdade quem conhece a palavra sabe pq estamos aqui,e o motivo de DEUS permitir tais coisas sabe que a dor,o sofrimento nos levam mais perto de DEUS e da forma de poder ajudar alquem,que esteja passando pelo mesmo.jo como foi sitado e prova viva disso,se imaginasemos perder 10 filhos de uma so ves perder td e ainda ficar com uma doença como a dele,talves na ves de amarmos a DEUS iriamos odialo mas sabemos que temos que ser mais que vencedores pq DEUS FALOU,quem consequize chegar ate o fim consequeria a vitoria num contexto total tenhamos fe e fe gera obras e fe e obras a salvaçao.amem.

  28. leia disse:

    Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
    1 Coríntios 2:9,Jesus, porém, ao ouvir isto, disse: Esta enfermidade não é para a morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.
    João 11:4
    sao palavras que DEUS ME deu para o conforto de minhas dores eu ainda nao desisti pq amo o senhor jesus e td o que ele passou la na crus e maior do que as dores que eu passo aqui e o reino do senhor nao se compara a nada do que existe hoje eu espero no senhor dia a dia como ele me pedio.viver um dia de cada ves e sei que posso descansar no senhor amem.obrigado.tomos juntos nessa irmaos.leia cavalli fronza

  29. Bianca Dias disse:

    Mauricio onde está o texto que diz : Porque Deus permite o sofrimento??? pois eu tenho um amigo que é ateu e ele postou um vídeo sobre aquele último atentado da escola que 20 foram mortos por aquele aluno e ele ainda me confronta dizendo onde está Deus???

    A Paz!!

  30. Alynne disse:

    Quando li seu post eu chorei….
    Chorei porque quantas vezes reclamo por poucas coisas por qualquer que dura um dia ou menos..
    E você tem uma dor ah anos e tem se mostrado uma bençao,um soldado de cristo
    Deus nunca maior do que podemos carregar,
    Você eh muito amado por jesus , ele tem orgulho de vc prazer em vc filho amado.parabens muitos nao conseguem ser como vc e enfrentar os problemas e continuar com jesus. Vc eh um exemplo uma bençao para muitos 🙂

    • Olá, Alynne,
      .
      ô, minha irmã, não sou isso tudo não. Sou só um cano enferrujado por onde passa a água cristalina, essa sim de grande valor.
      .
      Mas obrigado pelo carinho das tuas palavras, você é bondosa.
      .
      Abraço fraterno pra ti, no amor de Jesus,
      mz

  31. Alynne disse:

    Deus tem grandes coisas pra tua vida
    Ele vaii te curar ele teama esta ai contigo e sempre vai estar
    Está chegandi o tempo da sua vitória voce foi PROVADO e APROVADO
    E vai leva muitas almas a cristo, vai ajudar as pessoas com sua experiencia e lá no céu vai ter galardoes. Tenho certeza eu creio nisso pra sua vida amado de jesus
    Jesus morreu por vc para te dar a cura a libertaçao etc… Tome posse ela eh sua. fike na paz em cristo vc pode todas as coisas e em cristo somos mais que vencedore ,
    SE VOCE CRER,TUDO EH POSSIVEL AO QUE CRER:) abraços continue assim vaso de honra. ❤

  32. LEIA disse:

    QUERO DEIXAR AQUI UM NOVO REMEDIO NAO A MUITO TEMPO NO MERCADO QUE AGE NO CENTRO DO NERVO CENTRAL TIRANDO A DOR DA FIBROMIALGIA.(ZIMBALTA ) DEUS COLOCO UM MEDICO EM MEU CAMINHO PARA ME ALIVIAR TALVES POR AQUILO QUE NAO CONSIGO ALCANÇAR COM MINHA FE.

  33. Marcelo disse:

    Deus criou uma erva que cura as dores da fibromialgia, chamasse Cannabis Sativa, mas graças a ignorância dos seres humanos ela foi demonizada e proibida no mundo todo.

    • Olá, Marcelo,
      .
      na verdade, não existe nenhum estudo que demonstre eficácia da maconha no tratamento da fibromialgia. Qualquer substância que promova torpor leva o paciente a sublimar a dor por alguns minutos, mas, assim que o efeito da droga passa, a dor volta. Há medicamentos mais eficazes nesse sentido, como o cloridrato de amitriptilina.
      .
      De qualquer modo, obrigado pela sua opinião.
      .
      Deus o abençoe,
      mz

  34. José Roberto disse:

    Deus permite tudo ao Cristão, menos o pior

  35. jorge disse:

    Eu vivi com uma mulher por 22 anos, quando a conheci ela era bem pobrezinha, vivia de caridade na casa de uma vizinha de meus falecidos pais, nos túltimos 3 anos de convivência ela começou a me tratar muito mal, começei a ficar doente e as vezes me sentia mal, ela ria e dizia “qual é o problema todo mundo morre um dia” eu confiava nela cegamente e ela tinha procuração de todos os meus negócios, amava ela muito, depois ela me rouboiu todos os meus bens (3 casas, um sitio que tinha até piscina, 56 mil da conta conjunta e o carro) e me abandonou, na miséria, velho e doente. Depois fiquei sabendo que ela envenenava minha comida aos poucos e que fazia altos feitiços tambem para mim morrer, como não morri mas o veneno deixou sequelas e fiquei doente, ela me abandonou após passar todos os bens pra terceiros, emnso o carro que eu tinha comprado no nome dela. Fiquei sabendo que ela me traia com rapazes jovens e viris, ela adora dinheiro e sexo. Agora me liga dizendo que “está transando com rapazes de pênis grande e não de um velho brocha que nem eu”, Passa no carro que era meu e buizina beijando homens que ela carrega. Vive me ligando e me humilhando, eu fiquei na miséria, era bem de vida e agora estou vivendo mas de caridade de alguns amigos. Ela vive me debochando e um dias desses passou agarrada num cara que foi meu caseiro no sítio. Comprou um apartamento chique e faz altas festanças, junta o mulherio e o macharedo, daí fazem as orgias e as vezes me ligam para mim ouvir o barulho, as vezes ela bota homem no telefone para me dizer que estão transando gostoso…Eu estou mal, me alimentando mal, naõ consigo dormir, ando bebendo, é um inferno o que se transformou a minha vida. Essa é minha história.. Eu que sempre fui muito religioso, senti que Deus tinha me abandonado e virei satânicois, fiz pacto com o Diabo. Minha vida só piorou, deixei claro que ia matar essa pessoa e todos que estivessem juntos com ela. Decisão! Mão foi uma simples ameça..Iria usar dois revolveres e ia matar tudo pela frente. Ela mudou de cidade, sentiu que a barra tinha pesado! Pesado mesmo,,, Agora pedi a Deus que me aceitasse de volta…Estou meio perdido e não sei se Deus me acolheu de volta. Sempre fui um homem bom, mas hoje sou extremamente perigoso! Estou mais calmo agora mas o perdão , isso eu nunca conseguirei ter…como funciona o mundo? Eu, as vezes, beijo o meu 38 carregado de balas exploisivas.. Mas renunciei a Satã , pedi que Deus me aceite de volta, implorei..Ela foi embora com um de seus amantes e está vivendo feliz… Eu ainda quero mata-la, mas não apenas ela, quero matar todos que ficaram do lado dela, que não acreditaram em mim… Deus faz essa vingança por mim? Ou ele é impotente como os satânicos me diziam? Já não conveso com os meus amios satânicos, acho que é tudo frouxo e não têm poder. Estou tentando voltar para Deus em quem sempre acreditei..Mas a vida é curta e de que me vale a vida assim? Vamos converssar? me diga alguma coisa…Peço pra Deus me dizer em sonho, mas ele nunca falou comigo…Satã também não. Será que nenhum deles existem??? ahcei isso aqui por acaso, me mandem e-mail

    • Jorge, olá,
      .
      meu irmão, fico muito triste com tudo o que está lhe acontecendo. Querido, aproxime-se de Deus, afaste-se das trevas e busque a paz. Procure perdoar, amar quem lhe fez mal e, assim, encontrar a paz de espírito. A sua felicidade não depende de que as pessoas que te fizeram mal fiquem em uma situação ruim. Fuja da violência, retorne ao caminho da bondade. Jesus ama você. Se você se arrepende dos pecados e decide não mais praticá-los Deus o perdoa sim, o acolhe em seus braços e te conduz pela mão. Lembre-se da parábola do filho pródigo: o Pai recebe de braços abertos quem abandonou o lar mas se arrependeu. Deixo para sua reflexão um trecho da Bíblia sagrada:
      .
      “Abençoem aqueles que os perseguem; abençoem, e não os amaldiçoem. Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram. Tenham uma mesma atitude uns para com os outros. Não sejam orgulhosos, mas estejam dispostos a associar-se a pessoas de posição inferior. Não sejam sábios aos seus próprios olhos. Não retribuam a ninguém mal por mal. Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos. Façam todo o possível para viver em paz com todos. Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: “Minha é a vingança; eu retribuirei”, diz o Senhor. Ao contrário: “Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Fazendo isso, você amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele”. Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.” (Romanos 12.14-22).
      .
      Oro a Deus por tua vida e peço ao Senhor que te dê a paz,
      mz

  36. galodoido disse:

    Deus permite a dor para castigar, se não houvesse dor, como seriam os castigos. ademais a dor te traz uma noção de sofrimento, assim pode te coagir a fugir do inferno.
    Dor é uma desgraça e deus as vezes é muito mau!!!

    • Na verdade, não, querido. Não há maldade em Deus. Se ele permite que sobrevenha o sofrimento na vida de alguém é para o bem. Se não fosse assim, poderíamos dizer que um pai que põe o filho de castigo o faz por ser mau e não por querer ver o filho de aperfeiçoando. E quem é pai sabe que essa ideia simplesmente não procede.
      .
      Um abraço,
      mz

  37. Zilda leitte disse:

    Eu nem tenho com quem falar sobre tantS dores .as veses sinto que vou morrer quando chego ao médico dizem que nao tenho nada.nao tenho mais vontade de ir ao médico e me sinto envergonhada de tanto me queixar de dor para meu marido.que é ate compreencivel comigo graças a deus .
    Eu me indentifiquei com tudo que vcs disseram e por isso resovi escrever .
    Hoje minha cabeça e o corpo todo doe estava procurando uma palavra de comforto na biblia e cheguei aqui.nao sei como lidar com isso choro muito sozinha por ser as veses impaciente com meus filhos que tanto amoe por nao saber o que acontece comigo .faz 7 anos que uma medica deduziu que eu pudesse ter fibromialgia mas nem eu entendo como os outros vao enteder uma coisa que nao é detectada em nehum exame ?? Faço tudo mesmo com dor e peço a deus que me deixe viver para criar os meus filhos ..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s