John PiperTodo cristão que se preza sabe quem é John Piper e já leu alguns de seus livros. Não é seu caso? Então corra e leia!  Pois bem, não escrevo para fazer propaganda dos livros de Piper, embora faria com todo prazer. Pois bem, passei a semana inteira na 27a Conferência Teológica da Editora Fiel, na qual ele era o preletor mais esperado. Fui com expectativa. Primeiro porque esse pastor, escritor e conferencista polêmico prega Bíblia. E Bíblia pura, sem firulas ou meias-palavras  Para quem está exausto de estar cercado de tanto cristianismo raso, seria a oportunidade de ouvir alguém que tem dito o que realmente importa em se tratando de fé cristã, alguém que não acha que a expressão “ortodoxia bíblica” é palavrão. Que prega o epicentro da fé, o tutano do cristianismo. Já tinha notado isso ao entrevistá-lo para a revista Cristianismo Hoje e ao ouvir muitas de suas pregações. Mas nada substitui o “ao vivo”.

Tive a oportunidade, como editor do programa de rádio Mosaico Cristão e do APENAS, de participar de uma entrevista coletiva para um grupo selecionado de poucas pessoas. Não vou dizer tudo o que ele falou, você poderá ouvir a entrevista na íntegra, com 30 minutos de duração, no dia 16/10, no Mosaico Cristão (horários e link para ouvir via web estão no twitter, pelo @Mosaico_Cristao), com perguntas minhas, do Pr. Renato Vargens (@Renatovargens), Vinicius (do blog Voltemos ao Evangelho – @voltemos), a turma do blog iPródigo (@iprodigo) e outros blogueiros e repórteres amigos.

Mas, no pouco tempo em que estivemos na mesma sala pude ver um homem pequeno, de baixa estatura, que fala como um gigante. Afinal, um cara que tem coragem de peitar as heresias e pôr o dedo na cara delas deveria ser um sujeito parrudão. Não foi o que vi. Conheci um baixinho mirradinho mas que, quando abre a boca, o que saem são pérolas e mais pérolas bíblicas. Tudo coerente. Numa época em que Missão Integral está na crista da onda, ele tem o peito de dizer que temos de ajudar sim o pobre, mas que de nada adianta ajudá-lo se depois ele vai passar a eternidade no inferno. Que diz que Teologia da Prosperidade é antibíblica e cruel. Que Teologia Relacional é fazer Deus deixar de ser Deus. Na linguagem do Nordeste, Piper se mostrou ser um “sujeito-homem”. Pois diz o que tem de ser dito. Ele não é arrogante: é bíblico e faz isso de forma incisiva.

Certa vez vi uma twitcam em que um grupo de jovens cristãos emergentes (que recentemente racharam com sua igreja original e agora convregam num local onde até cesta de basquete no salão tem) o acusavam de “não ter amor”, pela forma como fala. Nada mais distante da realidade. Vi ali puro amor… pela santidade  e a soberania de Deus.

O que ouvi sair daqueles lábios foi Evangelho puro. Foi “você é pecador, arrependa-se e entregue-se a Cristo, para a glória dEle”. A mensagem de Jesus.  Não ouvi projetos sociais que não ecoarão pela eternidade. Não ouvi bobagens sobre o amor de Deus ditas em frases poéticas. Não ouvi nenhuma vontade de agradar quem quer que seja exceto Jesus. Saí de meu encontro com Piper com a certeza de que ainda há os que percebem que cristianismo é sobre a eternidade ao lado de Cristo. Tem pouco ou quase nada a ver com esta vida, que a Biblia diz que é “como um sopro” ou “como uma neblina”.

Não o idolatro. Não o tenho como quarto membro da Trindade. Vejo nele um homem falho como eu e você. Mas meu encontro com John Piper confirmou uma certeza que eu já tinha: o Evangelho e Jesus não precisam de mais pregadores da prosperidade, de marxismo cristão, de ativismos em nome de Cristo, de universalistas, de poetas que dizem que Deus não está no controle, de gente que ataca a igreja institucional achando que esta fazendo uma grande coisa. Tudo isso, como disse Paulo, “considero como esterco”. Basta de igrejas e pastores moderninhos que querem “ganhar” a juventude usando roupa da moda, cabelo estiloso e indo a shows de Ozzy Osbourne.

Imagino Cristo olhando isso tudo e dizendo “não entenderam nada”.

Sai do encontro com John Piper com a certeza de que Jesus quer mais Johns Pipers. Homens e mulheres que não têm vergonha de proclamar as Escrituras, doa a quem doer. Homens como Augustus Nicodemos Lopes, Franklin Ferreira, Paul Washer. Pois são esses que vão pregar o que Cristo pregou, que vão pôr Jesus e não o homem no centro de tudo e, acima de qualquer coisa cumprirão a missão de Deus e a razão da criação do homem: a GLÓRIA DE DEUS.

Ah sim, já ia me esquecendo de dizer qual foi a minha grande decepção. A grande decepção sou eu. Foi perceber o quanto estou longe do que deveria ser. Meu conhecimento teológico é pequeno. Minha ousadia ao proclamar o Evangelho é pífia. O que tenho feito para glorificar Deus tem sido muito pouco. Meu encontro com John Piper foi um despertamento: está na hora de começar a fazer alguma coisa. Fazer mais.  É o mínimo que posso fazer por Aquele que me chamou das trevas para sua maravilhosa luz. E você? O que tem feito para a glória de Deus além de gritar “glória a Deus!” durante cultos dominicais? Acho que Piper tem feito mais que issso. Que eu possa fazer também, com cada inspiração de meus pulmões, cada palavra que saia de meus lábios e cada ação que minhas mãos executem.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

O fim do sofrimento_Banner APENAS
Clicando nas imagens acima e abaixo você vai à loja virtual da editora Mundo Cristão.

Perdaototal_Banner Blog Apenas

Clicando na imagem abaixo você vai à loja virtual da editora Anno Domini.

 
.

Anúncios
comentários
  1. Izínia disse:

    Olá Maurício…já havia assistido vários vídeos com Jonh Piper e estava agora também assistindo a conferência e tenho a mesma sensação que você: preciso de muuuito mais para glorificar a Deus. Mas creio que com a graça do Pai e a busca diária e incessante APENAS da Bíblia iremos crescer e agradar cada vez mais Aquele que nos predestinou para adoção de filhos. Espero poder participar da próxima conferência e o convido para vir em Dezembro para a que será realizada na ICNV de Campina Grande.
    Deus continue te abençoando!

  2. Janise Dantas disse:

    Se você está decepcionado nem vou dizer como estou depois de acompanhar as palestras…

    Sabe aquele “negócio” da mosca do cavalo bandido?? Pois é, estou bem pior…

  3. Mais uma vez, parabenizo-lhe pelo post,Zagari!
    Fui conduzida a uma grande reflexão através deste. Que Deus continue usando tua vida,pois sem duvidas, você tem sido canal de bênçãos a muitos.
    Precisamos de cristãos assim, que de fato exponham sem medo algum a verdade e o poder do Evangelho de Cristo.
    Fiquei no ‘gostinho’ da 27ª Conferência Fiel,rsrs.

    Jesus te abençoe, abraço.

    • Ô, Danni, vc é mto gentil.
      Que bom que minhas palavrinhas te levaram à reflexão. Ganhei o dia.
      Bênçãos todos somos, cada um do seu jeito, ne?

      Obrigado pela honra da visita.

      Um beijo grande, no amor dAquele que nos une.

  4. rafael disse:

    Amém meu irmão!!!
    espero que essa decepção atinja mais pessoas como me atingiu!!!
    estamo juntos nessa luta!!!

    Deus abençoe!!!

    Continue escrevendo e eu continuo lendo!!!1

    Paz

  5. Marise disse:

    Boa noite, paz! Comentar o quê? Vc disse tudo o que gostaria de dizer… principalmente no último parágrafo. Que o Senhor tenha misericórdia de nós e abra os nossos ouvidos espirituais, o que produz atitudes corretas diante do Pai. DTA.

  6. Lucas disse:

    Não consigo entender o que faz um homem escrever um texto desse tamanho pra ficar elogiando um pregador que faz o minimo do minimo…..que é pregar o evangelho.
    Esse final foi extremamente patético…homens sem personalidade como você, fazem homens como ele se decepcionarem cada vez mais, amigo se espelhe em Jesus, use esse espaço e fale de Jesus, homens não merecem, quer ajudar o John e seus outros idolos fale de Jesus diminua eles e Jesus apareça. seja fã de Jesus, homens são todos iguais debaixo da mesma graça, você pode me dizer que disse isso nessa babação ai acima, mas se fosse verdade não teria escreto nada. um grande abraço!

    • Lucas,

      apesar do seu tom ofensivo, vou te responder. Não merecia, mas vou.

      No mundo de hoje, onde vc encontra legiões de “pregadores” que pregam tudo menos o Evangelho, encontrar alguém que o faça com clareza e excelência a meu ver é digno de destaque. Eu o elogio sim e com honras, pois é um cara que prega o que tem que ser pregado. E precisamos chamar a atenção para os poucos que há como ele para que aqueles que estão encantados, por exemplo, com os pregadores da prosperidade ou do oceano de outras heresias que estão por aí voltem seus ouvidos para uma boca de onde o real Evangelho é proclamado. Pena que vc não consegue entender isso, como afirmou, já que é algo algo tão evidente no Brasil de nossos dias.

      Você não me conhece, não sabe quem eu sou ou o que faço. Então vc me chamar de “homem sem personalidade” é no mínimo uma ofensa desnecessária, antibíblica e que não tem nada a ver com Jesus. Desculpe, Lucas, mas a forma com que vc se dirigiu a mim não tem nada a ver com o que Jesus nos ensinoumuito menos com a graça de Deus.

      Mas tudo bem, se o final foi patético, eu o reproduzo aqui: “Meu encontro com John Piper foi um despertamento: está na hora de começar a fazer alguma coisa. Fazer mais. É o mínimo que posso fazer por Aquele que me chamou das trevas para sua maravilhosa luz. E você? O que tem feito para a glória de Deus além de gritar “glória a Deus!” durante cultos dominicais? Acho que Piper tem feito mais que issso. Que eu possa fazer também, com cada inpiração de meus pulmões, cada palavra que saia de meus lábios e cada ação que minhas mãos executem.”. —- Então vc acha patético ser inspirado por um pregador que proclama a Palavra de Deus para se aproximar mais de Deus? Sinceramente, não há nem o que comentar, pois isso é a essência da pregação: chamar o pecador mais para perto de Cristo. Se você acha isso patético, caro, sugiro que você leia mais a Biblia.

      Eu me espelho em Jesus. Mas Jesus deixou suas palavras e seu exemplo registrados num livro que pessoas como Piper e outros conseguem traduzir bem.

      John Piper não é meu idolo, como deixei bem claro no post (vc ao menos o leu?). É um bom cristão, um irmão na fé que tem feito muito pelo Reino e que com suas palavras tocou meu coração e me fez olhar mais ainda para Jesus. E o que ele pregou, camarada, foi sobre a glória de Deus – justamente nós diminuirmos e Ele crescer. Vc ao menos ouviu as mensagens dele para criticar com tanta veemência?

      Se vc considera o que eu disse “babação”, imagino o que vc pensa de Hebreus 11 então… elogiar bons homens de Deus, homens honrados e que combatem o bom combate não é babação, Lucas. É algo que chama-se honra. É bíblico tomar bons exemplos, que nos sirvam de modelo. Jesus mesmo fez isso, por exemplo, ao elogiar seu primo em Mt 11.28a: “Digo-lhes a verdade: Entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista”. Então, mano, menos…

      E, com todo o respeito, Lucas, o que eu escrevo ou não não compete a vc dizer. Vc tem seu blog e lá vc pode falar mal de qualquer ser humano que quiser. De mim, do rei Davi, do apóstolo Paulo, de Agostinho, Lutero ou qualquer outro ser humano desimportante. No meu blog eu glorifico Cristo (que é a tônica geral do post, aliás), mas dou honra a quem tem honra.

      Outra coisa, mano: no Sermão do Monte, Jesus diz: “Toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons”. Em Gálatas 5.22,23, vc vê o fruto do Espírito, que inclui paz, amabilidade, bondade e mansidão. E nada isso, meu caro, vc vá me perdoar, está presente no que vc me escreveu. Pelo contrário, me chamar de “homem sem personalidade” e depois me desejar um grande abraço, tem um nome, algo sobre o qual Jesus falou muito sobre os fariseus: hipocrisia.

      Deus o abençoe.

      • Tati disse:

        Oi, Maurício,
        Quanto a conhecer Piper ou não me tornaria uma cristã mais politicamente correta e antenada, não sei se posso concordar com você. Até porque começei ouvir os sermões dele há pouco tempo. Sem intenção de debates ou certo ou errado,por simples desejo de conhecer melhor o tema, gostaria de saber sua opinião, e até me indicar alguma leitura a respeito do assunto, pois dois vídeos dele me chamaram atenção. Em um ele fala sobre a eleição. Como é Deus quem escolheu desde o iníco os eleitos e portanto, a fé em em Jesus Cristo, não alteraria em nada quem pode ou não ser salvo. No outro ele fala de prováveis colegas de outras religiões que podemos ter e como é necessário prear o evangelho, prear a Cristo para que ele tenham salvação e não vão para o inferno. Minha pergunta é: se Deus é quem escolhe quem vai participar o Reino, por que eu tenho que me preocupar me pregar o evangelho e até morrer pelo evangelho,se de uma maneira ou outra, os escolhidos irão ouvir a voz de Deus ? E para quê o sacrifício de Jesus se desde o início houve a separação dos eleitos, independente de sua vida de pecado ?

      • Táti, olá,
        A doutrina da Eleição é muito amplo para eu responder num espaço como este. Importa esclarecer o seguinte: há base bíblica para tanto (leia em especial Ef 1 e Rm 9). Também ao longo da História da Igreja se acreditou muito mais nela do que no chamado Arminianismo, que atribui ao homem a capacidade de escolher crer ou não. Só para vc ter uma ideia, Paulo, Agostinho, Lutero, Calvino, Spurgeon, George Whitefield e dezenas de outros grandes nomes da nossa história creram na doutrina da eleição. Para se aprofundar no tema sugiro a leitura do livro “Eleição”, de Charles Spurgeon, que vc encontra na internet por menos de R$ 7,00.
        Sobre o que vc perguntou, em poucas palavras a doutrina da eleicao diz:
        – Jesus teve que morrer porque se não morresse ninguém teria acesso à eternidade. Mesmo eleito, nenhum ser humano por si só seria capaz de pagar o preço da salvação. Então essa doutrina defende que Jesus morreu para que os eleitos pudessem cumprir aquilo para que foram eleitos.
        – Pela doutrina da eleição vc tem que pregar pq, de outro modo, como os eleitos ouviriam sobre o Evangelho? É como alguém que passa no vestibular e a universidade lhe concede uma bolsa. Ele já ganhou a bolsa, é dele, foi concedida de graça a ele. Mas se ninguém for até o tal e lhe disser que ele ganhou a bolsa e precisa ir à universidade assinar os documentos necessários, como ele desfeutará da mesma? Compreende? É um exemplo grosseiro, mas creio que traduz bem a sua duvida.
        Deus o abençoe muito,
        mz

      • m.a.de aquino disse:

        ola,concordo e apoio sua iniciativa de criar esse espaço para divulgaçao de jonh piper;algo bastante interessante aconteceu comigo antes de conhecer jonh;um pastor meu conhecido,em suas pregaçoes sempre falava desse jonh,e, eu ironizava.ele era o unico pr qe sempre usava algo qe piper tinha dito;porqe geralmente os pastores de verdade eles falam mt em spurgeon,jonh wesley e etc,mas eu nao sabia qe jonh piper tem a mesma linha de pensamento qe eu mantenho sobre determinados assuntos.tou mt feliz de ter encontrado este espaço;qem dera outros crentes de verdade qe dizem amar as escrituras comessassem a criar espaço como este e falar sobre os herois da fe.tds os crentes teriam uma noçao clara do qe realmente é ser crente,e,ai eles saberiam se defender dos ataqes de satanas e das trilhoes heresias qe ha dentro das igrejas ditas evangelicas.Mauricio,aqui vai o meu encorajamento a vc,nao tente revidar ou responder a alguns comentarios aideticos qe viram de tds as partes.continue divulgando jonh por onde vc for,sabemos intrissicamente qe o nosso pais bem como o do proprio jonh precisam saber de sua existencia.pois,Deus tem mt a realizar ainda neste seculo corrompido e moribundo atravez de jonh.espero um dia esta perto ou apenas ve-lo,porqe Deus tem honrado a Homens como esse.isso qe digo nao a intento dentro de mim como idolatria,e,se a intento como idolatria Deus me julgue por isso.Pregadores como esse tem qe ser conhecido dos hereges mesmo e,de td aqele qe estam manipulando a alma do povo.Deus te abençoe,rica e abundantemente.fuiiiiiiiiiiiiii

      • Olá, mano,
        obrigado pelo incentivo. Enquanto Deus desejar estarei cumprindo sua vontade e proclama do a Boa Palavra, agradando mais a Deus do que aos homens.
        Abraço, querido, na paz do nosso Mestre,
        mz

  7. Ceiça Persi disse:

    Paz do Senhor Maurício.
    Amei, todo maravilhoso!
    Meu pecado: Inveja de vocês que tiveram esse privilégio.
    Minha alegria: Seguir o seu blog para ler um pouco do que não tive a oportunidade de ouvir.
    Tenho me colocado à disposição de Deus para o que Ele quiser que eu faça, como disse o profeta Isaías “Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem irá por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.” [Is 6:8].
    Deus te abençoe.

  8. […] Fonte: https://apenas1.wordpress.com/2011/10/06/minha-grande-decepcao-com-john-piper/ […]

  9. marcojuric disse:

    Anseio por ouvi-lo no próximo dia 09/10 aqui no Rio. E suas palavras Zágari, só fizeram aumentar esse desejo.

    God bless you!

  10. Lelê disse:

    Mauricio,
    Eu imagino como vc deve ter se sentido, pois às vezes é assim msm que me sinto quando me dou conta de que podia ter feito muito mais.
    Eu tenho obrigação de proclamar o evangelho, puro e simplismente a todos que me cercam e por muitas vezes eu me calo.
    Proclamar o amor Dele a simplismente todos que convivem comigo, mas sou falha e às vezes eu não falo nada! Dou somente o meu testemunho com a minha maneira de viver. O que pode soar como falsidade e até pieguisse!
    Sim, precisamos de mais Jonhs Pipers, mais Mauricios Zagari, Walter McAlisters. Não devemos ficar acanhados em proclamar a verdade, pois essa verdade um dia vencerá!
    Obrigada!
    Bjss

  11. Carlos disse:

    Por mais que você se esforce jamais conseguirá agradar a um amigo imaginário chamado Jesus. Os deuses em que acredita, Javé, Jesus e o espírito santo são apenas frutos da imaginação humana introduzida em sua mente em que você acredita até hoje.

    Sinceramente eu não consigo compreender essa necessidade de se acreditar em deuses, se a única coisa que esses deuses fazem é somente consolar aqueles que o acreditam, mas é um consolo mental.

    De uma certa forma as vezes é até benéfica, mas você se torna escravo da sua própria imaginação.

    Einstein certa vez disse:
    Um raciocínio lógico leva você de A a B. A imaginação leva você a qualquer lugar que você quiser

    • Carlos,
      esse meu “amigo imaginário” me chamou para si, para me amar e convivermos. Nossos papos são otimos! Ele me ajuda e eu gosto
      de glorificá-lo pois é para isso que fui criado. Essa minha “imaginação” (eu chamaria de “oração”) me conduz à presença diaria de Jesus de Nazaré e não há outro lugar em que eu prefira estar.

      Que o Deus que criou os céus e a terra te abençoe, querido Carlos. Até aquele grande e terrível dia em que todo joelho se dobrará e toda língua confessar que Jesus Cristo é o Semhor. Receba meu abraço afetuoso e apertado.

    • Jupiacir disse:

      Obs.: Eistein era Judeu, Cria em JAVÉ e disse que amava estudar o universo, pq via a grandeza de DEUS qdo o fazia…

      É apenas uma mera observação. Eu respeito suas crenças, ou falta delas.

      • Desculpe, Jupiacir, não entendi seu comentário.

      • Jupiacir B. Bagno disse:

        Não sei como este comentário veio parar aqui!! ele foi feito em outra postagem. O assunto não tinha absolutamente NADA a ver com isso. Peço desculpas, mas realmente creio que houve um problema com o site.

  12. Bom dia Mano,

    Pra ser sincera a primeira vez q vi uma pregação de John Piper fiquei realmente mto impactada. Pensei assim: Como em quase 20 anos de convertida ninguém nunca me disse isso?
    Verdadeiramente Jesus não precisa de “homens grandes”, famosos, q falam pra multidões. Ele precisa de pequeninos q proclamam a verdadeira essência de sua soberana vontade, e, no conceito dEle, esses são Grandes Homens =)
    Poucos versículos “conhecidos” da Biblia tem as palavras “Deus deseja” ou ” o Pai procura”, mas tem um q deveria ser mais executado do q mencionado: Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem”, (João 4: 23). Esse verso é mto profundo e as entrelinhas dele falam mais que as linhas. Deus procura, e se Ele tem q procurar significa q não é uma coisa mto facil de achar, são raros pq são verdadeiros.
    Que sejamos como o Pai deseja *—*

    Bjs e paz no amor do Papai 😉

    • Oi, Re,
      essa é uma boa razão para se ler bons autores e ouvir bons pregadores. Piper, Dallas Willard, C.S.Lewiz, Augustus Nicodemus, Walter McAlister e outro. Leia “O fim de uma era”, “Cristianismo puro e simples”, “A renovação do
      coração”, “A celebração d disciplina”, entre outros grandes livros, de ótimos autores. Fica
      a dica.

      Beijo e paz!

  13. Drik's disse:

    Já começo pedindo perdão pelo enorme comentário… se preferir não aceite… só leia (se tiver paciencia) rsrs

    Assisti a Conferência essa semana (na medida do possível), e a caminho do trabalho pra casa em um dos dias comentei com meu esposo o quanto somos rasos quando se fala de Bíblia, o quanto somos rasos na nossa vida Cristã. Quando vemos pessoas como Piper, Nicodemus, Olyott, nos sentimos tão pequenos e looonge daquilo que Deus quer.

    Piper é sim um Grande Homem de Deus, mas quero aqui com todo respeito falar de Zágari. Pq não? Nem o Conheço, quem sabe um dia? (quem sabe em novembro que estarei na Cidade Maravilhosa?). Mas vi seu nome em algum lugar e entrei nesse blog, então pude ver quantas pessoas te admiram (não babam, como vi no twitter. rsrs), veem em voce um Grande Homem de Deus sim, falho, mas que prega o Evangelho de Jesus, com verdade, coerência e que vai contra os “modismos da igreja”.
    Nasci e cresci num lar cristão, e pude ver uma Igreja que buscava a Deus, que pregava Bíblia, que respeitava as autoridades, que não se envolvia com o meio político, nela havia o Temor do Senhor. Pude conhecer muitos pastores sérios que amavam o rebanho e realmente sabiam o que era pastorear. Aprendi, mesmo com tantos “legalismos” a amar Servir a Deus, amar a casa de Deus e de repente tudo começou a mudar. Então, não existia mais autoridades, pastores agora, são só amigos das ovelhas, não PASTORES. De repente a Igreja devia ter Homens de Deus na Política, afinal, qual a alternativa de mudança? De Repente dízimo não era mais Bíblico e a liturgia, a instituição, tudo isso era do diabo… Igreja somos nós, pra que paredes? Deus não habita em templos, habita em nós e a Igreja foi Banalizada….

    Que Bagunça! Que Baderna! Na Igreja? Não! Dentro de mim (na igreja tb). Orei… Chorei muuuuuuuitas vezes, pois sabia pq sabia que não era aquilo que Deus tinha pra mim. Então depois de algum tempo a Confusão cessou… e comecei a dar Graças a Deus pelo meu alicerce…. Graças a Deus pelos meus pais por terem me levado a igreja e por terem ensinado o caminho em que eu devia andar. Graças a Deus pela minha vozinha, que já não está mais no nosso meio, que lia a Bíblia pra mim quando era criança e fazia os cultos domésticos. Graças a Deus pelos meu líderes e Pastores que não me deixaram desistir. Graças a Deus pelas pessoas que já tive a oportunidade de auxiliar liderando, que me desafiavam a sempre querer mais. Graças a Deus por Zágari que com todas as coisas que já li, que já vi comentar e que já me falou em tão pouco tempo foi responsável pela organização de mtos dos meus pensamentos, de mta coisa na minha alma e me fez despertar, para o que é Bíblico e correto. Meu desejo é tb mais que gritar “glória a Deus!” durante cultos. “Que eu possa fazer também, com cada inpiração de meus pulmões, cada palavra que saia de meus lábios e cada ação que minhas mãos executem.” E agradecer a cada dia pelos “Pipers” da minha vida.

    Talvez vc não se sinta um “Piper”, mas tenho certeza, que pra muitos vc o é. E que continue sendo a cada dia…

    Fica aqui a minha admiração e respeito.
    Com amor
    Adriana

    • Adriana,

      que testemunho lindo!

      Quanto a mim… que minha vida e minhas palavras sirvam para cumprir a missão de Deus e do homem: glorificar Deus.

      Beijo carinhoso, espero que vc e seu marido venham sim ao Rio para comungarmos em amor.

  14. Anna Barros disse:

    Bom texto! Que a necessidade de glorificar a Deus seja crescente em seu viver.

    Em Cristo,
    Anninha Barros
    http://www.anninhabarros.wordpress.com

  15. Graça e paz Mauricio.
    Publiquei o seu texto em meu blog e um rapaz deixou um comentário achando que eu era o autor do texto, por isso estou lhe pasando o que ele escreveu para que você possa lhe responder. Segue o comentário abaixo.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

    Leonardo disse…

    Caro Mauricio,
    realmente concordo que o Piper é um grande pregador. Entretanto, no seu texto, quando senhor divaga sobre “missão integral”, notei um argumento um tanto que dicotômico. É certo que nós, como reformados, não devemos coadunar com esta teologia da “missão integral” que está na moda, pois ela também é dicotômica, ao enfatiza em demasia a ação social em detrimento da evangelização. Entretanto, meu caro Maurício, para nós reformados não existe este “trade-off”entre ação social e evangelização, pois nós pregamos o Senhorio de Cristo sobre todas as áreas da vida. O nosso objetivo não é simplesmente salvar almas do inferno, mas trabalharmos como igreja e cristão, para que a Glória de Deus seja manifesta em todas as áreas da vida humana, seja na ação social, na economia, na política, nas artes, na educação e etc, e para que tudo isto ocorra é óbvio que entra a evangelização e a pregação da Palavra. Um exemplo claro do que estou afirmando foram as ações de Calvino em Genebra.
    Estou fazendo este comentário, pois me preocupo bastante com a cosmovisão obtusa e reducionista que nós brasileiros e americanos temos.
    Escuta esta pregração do Rev. Augustus Nicodemus, ela expressa exatamente a verdadeira cosmovisão reformada calvinista. Segue o link: http://mp3.monergismo.com/index.php/joomlaorg/sermon/11-cosmovisao-calvinista-seus-fundamentos-e-desdobramentos

    Um grande abraço!

    • Pr. Silas, graça e paz!

      obrigado pelo feedback. O irmão deu o credito de autoria e do link do APENAS? Isso evitaria a confusão.

      Sobre o comentário do irmão, por favor lhe responda em meu nome: “Amado irmão, fico feliz com sua preocupação com a sã doutrina. Siga assim, na teoria e na prática. No amor de Cristo, que nos une na mesma missão, seu servo Mauricio Zágari (blog APENAS)”.

      A paz seja com os irmãos

  16. Melina. disse:

    “Que eu possa fazer também, com cada inpiração de meus pulmões, cada palavra que saia de meus lábios e cada ação que minhas mãos executem.”

    Amém!

  17. Joezer Barros disse:

    Cara, o título do post me deixou preocupado(um início de frustração, pois acompanho seus textos e me preocupei com você “ter se decepcionado com o Piper”, risos), mas depois que li o texto me senti aliviado. Não Idolatro o Piper, como você também disse, mas ele é com certeza um referencial de Cristianismo autêntico, além de influenciar muitas pessoas, inclusive eu.
    Paz

  18. Ótimo artigo! John Piper, Paul Washer, C.S. Lewis, Stuart Ollyott… Uma vida com Cristo, um deleite nEle que visivelmente frutifica, e nós ouvintes também aproveitamos desses frutos. Uma parte creio que você já faz: colocar em prática o “pouco” que sabe para edificar outros irmãos! Existem os Maurícios, os Vinícius e outros que não escondem seu dom e edificam a Igreja. Deus te abençoe! E que Ele nos ajude a entregarmos dia após dia nossas decisões e vontades, para servimos melhor a Ele e, consequentemente, nossos irmãos.

    Vale a pena lembrar: “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimentos do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da ESTATURA COMPLETA DE CRISTO; Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, CRISTO.”
    Efésios 4.13-14

    A melhor palavra é aquela colocada em prática. Glórias a Deus!

  19. Paty disse:

    Olha na verdade nem sei como começar isso…mas estou engasgada…na verdade nem é um comentario pertinente ao assunto em questao…
    considero como um desabafo e se preferir nao aceitar este, fique avontade…
    e preciso falar o que estou sentindo agora. Comecei a conhecer opinioes
    diferentes das minhas(ou ideias que se tornaram minhas, mas por um fato social do que qualquer outra coisa)
    atraves de uma amiga. Uma das ideias que comecei a conhecer foi a sua Zágari, e confesso que muitas coisas
    me confrontaram como confrontam ate hoje. Aprendi a minha vida inteira que “musica do mundo” e “musica secular” por exemplo
    sao as mesmas coisas e tudo do diabo, aprendi a olhar mais para os problemas que acontecem fora da igreja quando
    o problema maior esta dentro dela e inumeras outras coisas que acredito que nao sao dilemas que só eu passe.
    O que me perturba tanto (inclusive me fez chorar hoje) é a confusao que virou a minha cabeça, nao sei me explicar direito, nao
    agora , mas nao sei se oro por uma mudança no meio cristao ou apenas peço forças por acreditar que as coisas só irao piorar
    (já que estamos no fim dos tempos) nao sei, sei que começar a olhar pra tudo que acontece hoje no nosso meio me fez ficar assim.
    Talvez você nao esteja me entendendo e quem sabe eu nao estou conseguindo me expressar mas a excencia deste texto é apenas
    meu desabafo…sinto que preciso me encontrar. Acho que preciso conhecer mais né?! rs
    Muito obrigada por ter lido e que Deus continue te abençoando

    • Querida Paty, irmã amada, filha dileta do Sehor,

      o que me parece é que vc está galgando um novo degrau no amadurecimento da sua fé. Deixando o leite espiritual e passando para o alimento sólido. Eu tenho uma neném de 9 meses e qdo isso aconteceu ela teve muita colica, dores horriveis. É o que vejo em vc. Vc saiu de uma caverna e a luz do Sol está te causando desconforto.

      Se isso te consola, das ideias que me foram ensinadas nos meus 4 primeiros anos de fé muitas mudaram radicalmente. A gente aprende, né? Cresce, amadurece, LÊ BONS LIVROS (caps proposital), ouve coisas que antes não sabia e vai crescendo no relacionamento com Deus.

      Se vc estudar Historia da Igreja verá que confusão na Igreja sempre houve. A Igreja primitiva, então, era uma bagunça só, cada um cria numa coisa diferente, até que a Igreja institucionalizou-se, os concílios começaram a definir a ortodoxia e foi ficando claro o que era Cristianismo e o que era heresia. O problema é que por pura ignorância histórica hoje muitos acham que a Igreja institucional é um mal em vez de uma âncora sólida e cada um vai pra um lado, faz o que quer e gera essa confusão que vc vive.

      Pra ser prático, eu posso indicar bons escritores e articulistas da fé, que vc pode ler e ouvir e assim conhecer a fé genuína: Augustus Nicodemus Lopes, Walter McAlister, Paul Washer, John Piper, C.S. Lewis, Franklin Ferreira, Dallas Willard, Richard Foster e outros. Esqueça esa turma da TV, esqueça os famosos, esqueça os que buscam reinventar à fé com movimentos como Igreja emergente, Missão Integral (que tem muito de marxismo ttravestido de cristianismo), Teologia da Prosperidade, Confissão Positiva e essas coisas que tiram nosso foco do que é fundamental na fé: a glória de Deus, nossa intimidade com Ele, uma vida de disciplinas espirituais, o amor ao próximo.

      Não sei se ajudei. Se precisar conversar mais estou sempre aqui.

      Beijo, querida, que o Príncipe da Paz te dê graça e ilumine tua mente.

      • Deborah disse:

        Puxa! Venho me sentindo igual a Paty. Realmente dói. Te confunde… mas como Papai é bom. Ele tem me aberto os olhos há alguns anos. Comecei a despertar. Ainda estou em processo de reabilitação, mas como tem sido gostoso conhecer Deus como Ele é. Sem superstições, amuletos, e outras “macumbinhas” cristãs. Mas ainda dói. É um mundo de crenças caindo abaixo como um edifício indo ao chão para dar lugar para algo novo, lindo e verdadeiro.

        Bjos, Paty, fique firme!!

        P.S. Eu o admiro, Maurício e glorifico a Deus pela sua vida! Conheço um pregador que diz: “A glória é de Deus, mas a alegria é nossa”. Quem não se alegra ao ser usado por Papai?

      • Amem, Deborah.
        Toda demolição é traumática. Mas depois que a reconstrução acontece… ah, como é lindo ver tudo novo e as paredes pintadas de branco!
        Deus te agracie com a verdadeira vitória do cristão!

  20. Sérgio Müller disse:

    Olá Maurício,
    Mais uma vez parabéns pelo texto. Confesso que quando li o título “Minha grande decepção com John Piper” eu gelei….rs,rs,rs,rs. Pensei comigo: era só o que faltava: mais um escândalo envolvendo mais um servo de Deus.
    Ainda bem que já nas primeiras linha pude perceber que não era nada disso, e mais uma vez você nos abençoou com um texto brilhante, que nos motiva a pensar, e, PRINCIPALMENTE, agir!
    Que o Espírito Santo continue sempre te iluminando, te dê sabedoria e o mantenha com esse coração humilde e tão maravilhoso, amando ao Senhor e o Sua Igreja.
    Abração!
    Pr. Sérgio Müller

    • Obrigado, Reverendo. Interceda por esse maninho aqui, pra que minhas reflexões continuem abençoando e que nunca saiam do foco: a glória de Deus.

      Abraço forte, na paz do Senhor.

  21. Alex Nascimento disse:

    E ae meu amigo td bem?
    Concordo John Piper é bom pregador, não se põe no lugar de Deus e prega realmente o Evangelho puro e simples de Jesus. E voce amigão, nao fica muito atras não, suas reflexões expostas aqui auxiliam muita gente na caminhada com Deus.
    Um forte abraço

  22. Mauricio eu coloquei o link indicando a fonte como eu sempre faço, não sei porque ele não observou isso, mas o Paulo Fagundes já respondeu ao Leonardo.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

  23. Leonardo disse:

    “O nosso objetivo não é simplesmente salvar almas do inferno, mas trabalharmos como igreja e cristão, para que a Glória de Deus seja manifesta em todas as áreas da vida humana, seja na ação social, na economia, na política, nas artes, na educação e etc, e para que tudo isto ocorra é óbvio que entra a evangelização e a pregação da Palavra.”

    “pois me preocupo bastante com a cosmovisão obtusa e reducionista que nós brasileiros e americanos temos.”

    Devemos nos preocupar sim com a visão obtusa e reducionista que temos, mas como podemos chamar o ato de salvar almas do inferno como se fosse algo de menos importância? Quando você diz que: “O nosso objetivo não é simplesmente salvar almas do inferno”. A pouco tempo atrás participei com empenho de uma ação social na minha igreja, mas discordo de uma querida irmã que participava da ação social que disse que “o evangelho para ela é isso”. Não meu irmão, o evangelho para mim não é isso, mas é muito mais do que isso! Podemos fazer tudo isto de forma que o nome de Deus seja glorificado e de maneira que o seu amor esteja refletido em nós, mas o evangelho é muito mais do que querer tornar este mundo melhor em todas as áreas que você citou, o evangelho é você viver de uma forma que as pessoas tenham esperança no porvir e não neste mundo.

    Jesus sempre ensinava e falava primeiro as palavras de vida eterna que é o mais importante e é o pão da vida e que salva o pecador, depois então é que dava o alimento para o corpo físico, nós que que ficamos invertendo as prioridades.

    Ajudar aos pobres e fazer a diferença na sociedade pode demonstrar amor pela obra de Deus, mas não coloca estas coisas em pé de igualdade com o milagre que acontece quando um pecador é resgatado e passa a glorificar o nome do Senhor Jesus por toda a sua vida. Portanto essas coisas como a ação social, economia, política, artes, educação e etc, não se comparam a evangelização e o trabalho para ganhar almas feito em nós pelo Espírito Santo. Acontece que na verdade fugimos da nossa responsabilidade com relação ao ide que foi dado por Jesus e ficamos fazendo pouco caso daquilo que temos de mais precioso e que precisamos proclamar aos quatro cantos deste mundo, que é a nossa salvação.

    http://tomeasuacruzesigame.blogspot.com/

  24. Luciana Mira disse:

    Ótima abordagem com um tema com duplo sentido, chamado atenção das pessoas a lerem seu texto.

    Deus te abençõe.

  25. Sobre o que ouvi e vi:

    1 Vi um homem pregar a Palavra com paixão.
    2 Vi sim amor em suas palavras.
    3 No dia da primeira pregação dele dormir com muitos questionamentos, e o principal é minha motivação em querer servir a Deus.
    4 “A grande decepção sou eu. Foi perceber o quanto estou longe do que deveria ser. Meu conhecimento teológico é pequeno.”

  26. Giz disse:

    Irmão, deixe-me apenas entender alguns pontos que eu me perdi. Qual são as bobagens sobre o amor de Deus? Essa estar entre elas: “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho para morrer por nós”
    Também não entendi a parte do “gritar glória a Deus”, julga que devemos fazer a obra de Deus, mas se expressarmos a glória dEle?
    Não me leve a mal, mas é realmente algumas dúvidas que me ocorreram quando li seu texto.
    Deus te abençoe e te cubra de muita sabedoria e discernimento.

    • Giz, minha amada irmã,

      obrigado por escrever.

      As “bobagens sobre o amor de Deus” se referem a heresias que vêm sendo pregadas, como a Teologia Relacional, que diz que Deus não esta no controle das tragedias pq “ama demais pra permitir um tsunami”, por exemplo. Ou o univerallismo, que diz que no fim ninguem ira pro inferno. Esclarecido?

      Sobre a parte da gloria, não há nada contra dar glorias verbais a Deus. O que disse é que só falar mas não fazer nada de nada adianta. Entendido?

      Espero ter tirado suas dúvidas. Deus te abençoe, querida.

  27. Gabriel Mendes disse:

    Antes de dormir peça perdão por ter escrito C.S.Lewiz.

    HAHAHA, Abraço!!

  28. Anderson Fontes disse:

    Já falou tudo irmão. Não tenho palavras para complementar o que vc disse!!!

  29. Tom Alvim disse:

    Excelente texto. Parabéns e que Deus continue a abençoá-lo!

  30. Cesar Boiatto disse:

    Acho que vc não deveria ficar decepcionado consigo mesmo, já que o sacrifício de Cristo foi eficaz para você da mesma forma que foi para John Piper. Cada pessoa é única, e Deus prova isso através do amor manifestado através de Cristo.

    O apóstolo João escreveu que o amor consiste em que Deus nos amou primeiro.
    A manifestação da Graça não está sujeita ao nosso desempenho. Não devemos cair na tentação de enxergar uns mais favorecidos do que outros.

    Além disso, Cristo veio para os doentes. Os sãos não precisam de médico. Acredito que John Piper se coloca na posição de dependência todos os dias, e assim Deus dá graça a ele.
    Se a sua decepção te levar a uma percepção cada vez mais profunda do Amor, com certeza, Deus será louvado em sua vida.

    SOLI DEO GLORIA

    • Obrigado pelas palavras, Cesar.
      Mas no dia em que eu me conformar comigo mesmo serei como uma bicicleta em que paramos de pedalar: caio pro lado rsrs
      Tenho que seguir pedalando sempre.

      Um abraço apertado, obrigado pela honra da visita ao APENAS e pelo carinho.

  31. Vector Clausewitz disse:

    Carlos,

    Dado que Deus está no campo da filosofia, não no da ciência, ninguém declara a inexistência de Deus sem, antes, querer, inconscientemente, que Ele não exista. Para fugir Dele e do que a existência Dele, e tua incapacidade de acreditar mais outros fatores, pode implicar.

    Deus te abençoe. E, como disse o Piper, arrependa-se dos seus pecados e aceite a Cristo como salvador, pois o relativismo moral e cultural do materialismo jamais salvou, ou vai salvar, as pessoas.

  32. Mônica Penedo disse:

    Maravilhoso Deus, que nos dá oportunidade de saber que ainda existe homens como John PIPer entre outros,que dizem com palavras simples, o que corações só sabem expressar em lágrimas.O Deus que continua incessantemente a procura de homens e mulheres,que vivem para sua glória nos ache fazendo assim.

  33. Olá Maurício. Muito bom. Concordo plenamente com as suas palavras e observações. Grande abraço.

  34. fabio coutinho disse:

    Rapaz, parabens, quando li o título pensei: Ué, será que é alguém querendo pegar carona na onda do pipper, e ser do contra só para ter seus 15 minutos de fama?, mas quando comecei ler o seu artigo, percebi o que o irmão estava dizendo, de fato, como estamos longe de ser um pipper, pior ainda, se não temos conseguido ser igual este irmão, quanto mais sememlhantes a Cristo? minha oração diária é que Deus use de sua misericórida dia a dia, para que minha vida possa refletir a beleza de Cristo. Bom artigo, Deus te abenço

  35. RENE disse:

    Bom meu nome é RenÊ e gostaria só de falar poucas palavras; o problema de esxistirem homens como esses é o seguinte só mostram o quanto vivemos a nossa fé de forma raza, a grande questao é que ainda hoje sabemos disso, as palavras de Jesus criamos desculpas Mateus 6 é prova disso e amenos que venhamos a considerar de forma real o que a Biblia diz Pipers, Washers,Wilkersons,Tozers e muitos outros vao continuar nos incomodando e nos dizendo tendo olhos nao vem; tendo ouvidos nao ouvem. Nao tenho intençao de ferir ninguem estou falando de mim mesmo…

  36. Teresa Mesquita disse:

    A paz de Jesus Zágari!!

    Assiste pela net algumas pregações da coferência que foi excelente, pena não ter assistido a de Piper e outros..Mas, refletindo em suas palavras, acredito que quando nos deparamos com pessoas que a única preocupação é pregar o evangelho, sempre nos decepcionamos conosco, pois vemos que perdemos tempo com pequenas coisas. Na igreja que congrego, no mês passado, esteve conosco 2 missionárias testemunhando de suas jornadas pelo mundo e fiquei olhando como somos pequenos e muitas vezes achamos que fazemos tanto e na realidade não fazemos nada. Me senti perto de dois anjos de Deus (sem idolatrias e alienação), mas foi o que senti nos poucos minutos que pude sentar e ouví-las falando sobre a dificuldade de viver o puro evangelho. Uma delas relatou com grande tristeza que as vezes achava que tinha algo errado com ela, pois seu coração estava triste demais com a realidade de nossas igrejas, em não se evangelizar mais, em não orar mais, em não olhar para missões e cumprir o ide de Cristo..Que Deus abençoes sua vida e que tenha misericórdia de todos nós!!

    Abraço pra ti!!

    Teresa Mesquita

    • A questão, Teresa, não sao as pessoas: é a palavra que elas proclamam.

      Algumas têm o dom de fazer suas palavras encharcarem nossa alma. E aí, pronto. Nos sentimos como somos: míseros e pecadores.

      Deus a abençoe, um beijo e a paz de Cristo.

  37. Mauricio,

    Será que temos representantes da palavra de Deus aqui no Brasil semelhante a John Piper, C.S.Lewis entre outros que você mesmo citou?

    É dificil, mais creio que sim… Às vezes esses Johns e Lewiss estão escondidos das mídias, mais se nós formos nos hospitais ali estão eles, se formos nos presídios ali também estão, se formos nas praças públicas eles estão lá pregando.

    Estes são servos lapitados, forjados na fornalha e provado como ouro. São esses que de vez por outra vejo. mas são raros… e a cada dia está mais raro…

    Pelo texto amigão. Abraços e a Paz.

    • Hubner,
      eu conheço pelo menos um: Walter McAlister, líder da Igreja Cristã Nova Vida.
      Sugiro a vc a leitura de seu livro “O fim de uma era”, que literalmente mudou minha vida: abandonei meu trabalho secular e hoje trabalho com ele.
      Vc encontra o livro, se interessar, pelo 0800-701-3490.
      Leia e depois me diga se estou errado.
      Deus o abençoe, querido, na paz e no amor que nos unem

  38. Rick Denham disse:

    Deus e glorioso! Como Diretor da Fiel e um privilegio servir ao seu ministério com estas conferências . Suas palavras nos encoraja !

    • Rick,
      é uma honra receber um comentário seu em meu humilde blog. A Conferência deste ano foi a melhor a que fui em minha vida (e já fui a várias). Vc e sua equipe estão de parabéns pela primorosa organização, pela escolha perfeita dos preletores e por terem proporcionado a nós, congressistas, momentos de tanta edificação. Saí muito bem alimentado na alma (cheguei em casa 1,5 kg mais pesado rsrs).
      Só tenho a lhe agradecer.
      Se precisar de algo da editora Anno Domini ou da Igreja Cristã Nova Vida, onde sou respectivamente Editor e Diretor de Comunicação, atuando ao lado do Bispo Walter McAlister, por favor fique à vontade.
      Saiba que amamos o trabalho que a Fiel faz e você, como o homem de frente, merece palmas por todo o resultado. Bravo!

      Seu servo, em Cristo,
      Mauricio Zágari

  39. simone disse:

    Puxa Maurício,hoje ministrei a lição da EBD,mas cheguei em casa pensando que eu poderia ter falado mais verdades e ter feito mais,em relação a obra de Deus e a vida cristã,agora leio este artigo teu que voçê diz que voçê é a decepção aí eu me enquadrei também neste perfil,diante destes homens de Deus que confrontam com o pecado e a corrupção.Que Deus possa ter misericórdia de mim e me ajudar,pois eu não quero permanecer nesta situação.Grande abraço e que Deus nos dê sabedoria,direção e intrepidez e é claro a revelação da sua Palavra.A paz.

  40. Vanessa disse:

    Zágari, meu caro, confesso que qdo vi o título do post temi lê-lo.. rsrs.. de verdade.. mas prossegui, que alívio!! Homens como este que pregam o evangelho puro, que são íntegros, que se mantêm fiéis à Palavra de Deus (sem acréscimos ou distorções), devem sim ser honrados e divulgados.. tem muita heresia sendo oferecida por aí.
    Li um comentário sobre elogiar um pregador que faz o mínimo do mínimo, que é pregar o evangelho. O problema é quando o ‘mínimo’, como ele disse, torna-se o ‘raro’ né. Curioso (e triste) que o amor dele por Jesus não o fez em nada parecido com Jesus ao escrever o comentário.
    Mas é isso.. prossigamos em conhecer o Senhor!! Paz!

    • Vanessa,
      ignore o irmão que fez o comentário infeliz. Temos que levar com a graça que ele não teve.
      Piper tem sido um instrumento nas mãos de Deus e o honremos como tal. Não passa de um homem, mas um homem que tem cumprido bem o ide.

      Um beijo e paz.

  41. Norma disse:

    Oi, Mauricio! Gostei do seu texto!

    Que nós continuemos assim, bem decepcionados conosco, mas vibrando de alegria com dons como os que Deus deu a Piper!

    Abraço!

  42. Paty disse:

    Olá

    muito obrigada pela resposta…uffa, nao estou enlouquecendo…rs…vou ler sim os livros dos autores que me indicou. Nao sei como vc consegue acertar tanto nas suas respostas mas continue assim vc está fazendo a diferença… depois se puder queria que me indicasse os melhores livros desses autores pra eu começar ler por eles(uma amiga ja me deu dica de alguns) por hora é só… mais uma vez muito obrigada

    • Paty,
      me alegro por poder ser util. Algumas dicas de leitura, na ordem em que penso que vc deveria ler:
      Walter McAlister – “O fim de uma era” (sou suspeito, pois sou o editor. Mas foi o livro que mudou minha vida e sei que vai te fazer mto bem. Vc pode pedir à editora pelo 0800-701-3490)
      C.S. Lewis – “Cristianismo puro e simples”
      Dallas Willard – “A renovação do coração” (essencial)
      Richard Foster – “A Celebração da Disciplina”.

      Pra começar aí vc já tem leitura pra uns 2 ou 3 meses. Depois me fala que te indico outros livros, ok?

      Beijo grande e que a PAZ de Cristo habite teu coração.

  43. CARO AMIGO, A PRIMEIRA VEZ Q LIR SOBRE JOHN, FOI A 5 OU 6 DIAS ATRAS, UM COMENTARIO SOBRE A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE. NAÕ DEIXEI E NAÕ DEIXAREI DE SER CRISTAÕ VERDADEIRO POR NAÕ CONHECELO ANTES, MAS REALMENTE O MEIO EVANGELICO TA CARENTE DE PREGADORES COMPROMETIDO COM A CRUZ DE CRISTO PAZ A TODOS.

  44. Mauricio,

    Você quase “me pegou” irmão… fiquei imaginando que tipo de decepção seria, hehehe.

    Deus te abençoe

  45. Pianista disse:

    Gostei muito do texto, mas o que vc quis dizer com “marxismo cristão”?

    • Obrigado, querido.
      Marxismo cristão é a ideologia que usa os conceitos bíblicos para tentar convencer cristãos de que ideias marxistas são cristãs.
      Como Agostinho tentou cristianizar Platão e Tomás de Aquino, Aristóteles, hoje muitos tentam cristianizar ideias marxistas.
      O que, naturalmente, é um equívoco e um desvio da fé.
      Deus o abençoe!

  46. Maurício, estive na 27a Conferencia como voluntário recepcionando todos os + – 2.220 pastores, líderes e mulheres, e o que eu ouvia de comentários a respeito dos conferencistas não é brincadeira. Os comentários sobre o Piper eram que se decepcionaram, porque esperavam mais dele. Eu pensei: Mais do que aquilo que ele expôs? Misericórdia! O pouco que ouvi, entre um apertão de mao e outro, um olhar no crachá e impedindo entradas de pessoas sem o mesmo, foi sufciciente pra compreender o que você escreveu aí. Parabéns. Conheci pessoalmente o bispo Walter e disse que gostava muito das pregações do bispo Roberto, quando vivo. Acompanho, quando posso, o MC e não sabia que voce editava o programa. Tenho uma web-rádio também e gostaria de incluir conteudos como o MC. Trouxe o MP3 das palestras e estou, sempre as 22h, tocando as palestras da Conferencia e exatamente nesta semana estou tocando as palestras do Piper. Deus te abençoe. Pr. Norberto – http://www.tele-fe.com

    • Reverendo,
      que alegria receber sua visita. O ser humano é assim mesmo, pena que não puderam compreender a profundidade do que foi pregado. A nós, que recebemos a palavra com entendimento, foi o que escrevi no posto.
      Sim, eu sou o editor, redator e um dos locutores do Mosaico Cristão, espero que vc seja abençoado por ele.
      Vou procurar ouvir sua rádio.
      Vou pedir autorização ao Bispo Walter e, em ele liberando, vc pode reproduzir como quiser o MC, ok? Estarei com ele 2a feira (ele está em viagem) e conversarei sobre isso.
      Um forte abraço, é um prazer conhecer mais um irmão em Cristo que aprecia a fé genuína e cristalina.
      Na paz do Mestre,
      Mauricio Zágari

  47. Maurício, que benção ser abençoada por você atráves das palavras de John Piper, é bom olharmos para nossas mazelas e percebermos que ainda temos retribuído muito pouco ao sacrifício do Cordeiro, que Ele possa colher as Glórias de vidas que se dispõem a estar no Seu Altar fazendo a Sua Vontade!
    Deus te abençõe amado!!!
    Beijos, Gláucia

  48. […] Mauricio Zágari Compartilhe >> […]

  49. Eliana disse:

    É, amado, nosso meio está carente de homens como John Piper.

    Tbm tenho sentido esse despertamento de que preciso fazer muito mais.

    Mas, preciso te contar uma coisa. Sabe essa decepção consigo mesmo que vc narrou no último parágrafo? Eu senti essa mesma decepção comigo mesma ao conhecer seu blog, ler seus textos, as suas respostas aos comentários, etc…

    Tbm creio que devemos dar honra a quem merece honra. A quem anuncia Jesus como a Bíblia apresenta e enfrenta as heresias. E isso sem idolatria. Por isso, incluo vc na lista dos Jonhs Pipers da minha vida. Vc tem me ensinado mto, tem sido exemplo! Exemplo de querer olhar mais para Jesus, de amar o próximo, de ser humilde.

    Eu cresci no Evangelho e acho que hoje em dia as coisas estão muito diferentes. Além do crescimento das heresias, mtos líderes de hj buscam apenas as honras de ser um líder. Não há discipulado. Não há compromisso. Não ensinam a importância da leitura de livros sérios. Não ensinam as disciplinas espirituais. Abusa-se da graça de Deus para se pecar deliberadamente. Evangélicos famosos na tv viram motivo para comemoração, mesmo que não haja anunciação do verdadeiro evangelho e que nenhuma alma tenha sido alcançada em decorrência de suas “apresentações”. Muitos anunciam muito mais sua vida pessoal do que o evangelho.

    Um dia, uma amiga minha a quem eu estava evangelizando, me disse que ouviu uma pastora famosa na tv (a quem ela admirava e eu tbm) dizer que cada um caminha na luz que tem. E era verdade o que ela disse ter assistido, eu tbm havia assistido à essa cena. Aquilo bastou para minha amiga pensar que cada um caminha na luz q tem (como se não houvesse um ÚNICO CAMINHO – Jesus) e que, independente do que vc crer, mesmo que vc faça algo errado, se sua intenção não era negar a Deus, vc será salvo. Que estrago. E, até hoje, estou tentando consertar isso, mas está realmente difícil. Como não parecer legalista?

    Sabe, embora nunca tenha compartilhado de tantas heresias, eu estava me acomodando, amado. E lendo livros errados, sob indicação de pessoas erradas. Livros que me senti mal ao ler, pq não passaram no exame das Escrituras. Mas louvado seja o nosso Senhor que praticamente “gritou” para que eu acordasse. E Ele usou a sua vida para isso. Isso me faz glorificar ainda mais a Deus, ver como Ele é soberano. Usar de um blog na internet, de uma pessoa que eu nunca havia ouvido falar que existia, para me aproximar mais dEle e focar naquilo que realmente importa. Resgatar o valor das disciplinas espirituais. E por tudo que leio aqui, verifico que vc não abençoa apenas a minha vida, mas a de muitos irmãos.

    Louvo a Deus e agradeço a vc, irmão. Continue essa benção.

    Que o Senhor te capacite a continuar e te sustente a cada dia, porque não é fácil escancarar a verdade e dar apoio a muitos, como vc faz aqui nesse blog.

    A paz do Senhor Jesus.

  50. Ediel C. da Silva disse:

    Conheço muito material da editora Fiel, conheço alguns livros de Pipper, que são maravilhosos.
    Infelizmente a palavra de verdade, ou da Verdade dói, e dói muito. Jesus ao falar, realizar o que Ele de fato sabia e a Ele era comum, os fariseus e os escribas juntamente aos sacerdotes o chamaram de endemoninhado, o que esperar em nossos dias também? Não foi o próprio Jesus quem disse: “…que os discípulos não são maiores que o seu mestre”? Ora! Penso em todos os ataques como bônus que temos antes da vida eterna.
    Acho meu caro, que todos nós, pregadores da Palavra temos que urgentemente a despeito dessa “decepção”, trabalharmos enquanto é dia, antes que a noite venha e que ninguém possa trabalhar, e aí sim, se torne verdadeiramente em verdadeira decepção. Deus nos dê verdadeiro despertar e nos ajude a enfrentar os verdugos que enfrentam a verdade que liberta.
    busquemos em todo tempo ser verdadeiro pregadores, combatentes dos bons combates, mesmo em fim de carreira, mas nunca deixando a fé.
    Ediel C. Silva
    Pastor em Itaporanga

  51. Maria Cláudia Reis disse:

    Gosto do Zagari. Mas tenho minhas dúvidas quanto ao Piper.
    O conteúdo do texto de Mauricio, sei que não é o objetivo dele, pode gerar um comodismo nas ações de evangelismo e distanciá-las de uma teologia da missão integral. Corremos o risco de compreender que o nosso papel é apenas oferecer com palavras Jesus e o Evangelho como resposta para perguntas que não estão sendo feitas. “Jesus é a repsosta.” Sim, mas qual foi mesmo a pergunta, hem? Propagação do Evangelho deve ser contextualizada com as dores, os dramas e as principais questões do nosso tempo. Corremos o risco de ficarmos do alto de uma torre de marfim proclamando arrependimento sem nos aproximarmos e dialogarmos com o pecador, como Jesus fez com a Samaritana. O prio de tudo, achando que estamos cumprindo a nossa missão, que, até onde sei, é a de ir pelo mundo…

    Abração, querido Maurício!
    Maria Cláudia Reis – Niterói

    • Oi, Maria! Falei de vc hoje com um professor da Escola de Pastores, veja você!
      Vejo que vc é adepta da Missao Integral, o que explica sua posição.
      Só não concordo que a missão da Igreja é a Grande Comissão. Sua missão é a glória de Deus. O homem é salvo para a glória de Deus. A Igreja existe para glorificar Deus.
      Isso em nada gera comodismo nas ações de evangelismo. É como dizer que “os calvinistas não evangelizam por crerem na eleição”, é um equivoco de logica – e não os estou defendendo ou acusando. Não vejo por aí. As palavras de Cristo foram claras na Grande Comissão: ir e fazer discípulos. Para quê? Para glorificar a Deus e um dia estar com Ele na eternidade.
      Esta vida, diz a Bíblia, é como “um sopro”, “uma neblina”. Já a eternidade é a eternidade, é o que importa. Aqui somos peregrinos. Lá seremos residentes. Pôr o passeio acima de nossa casa não me parece a proposta bíblica.
      Temos que nos aproximar do pecador sim e proclamar sim, mas com vistas ao Céu. Essa é a proposta da Bíblia.
      É como vejo.

      Abraço, querida, saudades de vc no twitter.
      A paz que excede todo o entendimento,
      Mauricio

  52. Paulo Silva disse:

    A respeito de John Piper, não li livro algum. Mas acessei vários vídeos e gostei muito do que ouvi exceto um assunto, do qual também é defensor o citado Paul Washer. Deste também não li nenhuma obra, mas também o conheci por vídeo. Confesso que não aceito bem a chamada eleição incondicional, defendida por ambos. Tudo o que já ouvi a respeito não foi o suficiente para me convencer. Há na Bíblia muito mais a desconsiderar para aceitá la do que o contrário. Porém, sempre estou aberto ao diálogo e à possibilidade de mudar de ideia. Recentemente acessei um vídeo, onde um rapaz ávido por entender a maneira correta de servir a Deus, interroga Paul Washer sobre o assunto em questão. Diante aos argumentos do rapaz, Washer tentou convencê lo dizendo: “Entenda que o homem é mal. Portanto se Deus resolvesse abrir as portas do inferno e enviar a todos sem exceção, estaria agindo com toda a justiça. Contudo, poderia fazer tal ou por sua misericórdia e graça, escolher incondicionalmente e de antemão alguns indivíduos para serem salvos. E assim o fez.” Ok quero deixar claro que entendo que as boas obras não seriam suficientes para salvar o homem, não fosse a graça em Jesus, nosso Senhor. Mas não consigo aceitar que o homem em geral seja mal a ponto de que ainda que de tudo se arrependa e faça todo o sacrifício possível, não possa alcançar a misericórdia de Deus para ser salvo. Creio que se neste debate para apoiar o que penso, dissesse que Deus ao criar todas as coisas disse que era bom, porém, após criar o homem, disse que era “muito bom”. Poderia eu ouvir em contrapartida o argumento que isto fora antes de nele entrar o pecado, através da serpente. Daí o homem se tornou mal! Veja bem, se eu aceitar isto como justificativa, teria que concordar que o mal que no homem entrara em razão da queda, é maior que o “bem” oriundo da essência do próprio Deus, inserido no homem quando na criação deste. E sinceramente, não vejo como concordar com isso. Eu costumo dizer que o homem é capaz de realizar o que há de melhor, mas também o pior possível. Adimito ser realmente um paradoxo. Existem exemplos extremos nos dois extremos. Homens que em sua trajetória deixaram suas marcas no mundo. È conflitante saber que homens que se dedicam a estudar, se consagrar, buscar intimidade e pagar um alto preço para chegarem se a Deus, possam ter divergências. Sobretudo em assuntos tão relevantes. Claro que todos nós temos que buscar conhecer a Deus e a sua palavra. Porém, é comum nos apoiarmos nas considerações de homens que atingiram um patamar bem superior ao nosso. Contudo, isto fica complicado. Creio que devido à relevância de tal assunto, poderia dizer até que perigoso. Bençãos de Deus para a tua vida.

    • Paulo, saudações em Cristo,
      .
      Obrigado pelo seu comentário, é ótimo dialogar com pessoas como vc, que falam como uma cristão, com educação e discordância com respeito.
      .
      Sobre a doutrina da Eleição, que Piper e Washer defendem, existe uma excelente literatura a respeito. Você pode ler, por exemplo, “Eleição”, de Charles Spurgeon (na web compra por R$ 6,90), pode ler Romanos 9 e Efésios 1 e ler ainda a excelente série de posts sobre o assunto que Walter McAlister postou recentemente em seu blog: http://www.waltermcalister.com.br. Além, é claro, das “Institutas” de Calvino, a obra-referência sobre o assunto.
      .
      Eu, que fui convertido por Jesus numa igreja arminiana (que não crê na doutrina da Eleição Incondicional), entendo perfeitamente a sua dificuldade. A questão é que se a salvação é pela graça, mediante a fé e não vem de nós – é dom de Deus, fica interessante a discussão. Repare: o que precisamos para ser salvos são duas coisas: graça e fé. E a Bíblia diz que quem concede ambos é Deus. Onde entra o homem aí? Além disso, se a Bíblia diz que estamos “mortos em nossas transgrssões e pecados”…como um morto pode tomar uma decisão?
      .
      O arminianismo, doutrina que dá ao homem o poder de decisão sobre sua salvação, tem menos de 500 anos. A Igreja tem 2.000, só no período neotestamentário.
      .
      Sobre o que você falou do bem de Deus antes da queda ser suplantado pelo mal que entrou no homem após a queda, eu levantaria uma questão: como explicar então a vinda de Cristo? Para que Ele precisaria ir ao madeiro se esse mal não fosse uma condição espiritual de total afastamento de Deus? Então sim, precisamos aceitar que o mal gerado pela queda foi tão grande que foi preciso o Cordeiro morrer para isso. Tanto é assim que aqueles que não recebem Cristo vão para onde?
      .
      Eu diria que o homem em geral não é mau. Ele é péssimo! rsrs. Há 7 bilhões de pessoas no planeta. Absolutamente todas elas pecam (desobedecem Deus) todo santo dia, dia após dia. Isso não é ser mau? Então a conclusão é que a humanidade está caida, destituida da gloria de Deus. Está epiritualmente podre e precisa de Cristo.
      .
      Comece lendo Romanos 9 e Efésios 1. Depois que essas passagens tiverem feito um nó na sua cabeça (rsrs) vá para os posts de Walter McAlister. Em seguida leia o livro do Spurgeon, que é simples, curto e excelente. A partir daí, comece a ler literaturas mais polpudas. Na leitura está a resposta, querido, esqueça os videos do Youtube.
      .
      Sei que é um assunto dificil e controverso. Mas se entendemos que todos pecamos e destituidos estamos da graça de Deus, a justiça de Deus nos deixaria ir todos ao inferno. Sua decisão de salvar nem que fosse uma única alma já seria um gesto de amor. E esse gesto se traduziu na encarnação do Verbo, conforme Jo 3.16.
      .
      Eu sei, seu cérebro vai fritar pensando nisso. Mas quando comprendemos que Deus é incompreensível, aquilo que não tem sentido humano deve ser compreendido como um bebê de 1 ano que recebe aulas de física quântica. Como explicar que Deus amou Jacó e aborreceu Esaú? Não tem sentido humano.
      .
      A resposta é: Deus é soberano. Ele faz o que quer, como quer e quem somos nós para questioná-lo?.
      .
      Deus o abençoe com a verdadeira vitória do cristão!

  53. […] https://apenas1.wordpress.com/ Share this:TwitterFacebookGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. ▶ Nenhuma resposta /* 0) { jQuery('#comments').show('', change_location()); jQuery('#showcomments a .closed').css('display', 'none'); jQuery('#showcomments a .open').css('display', 'inline'); return true; } else { jQuery('#comments').hide(''); jQuery('#showcomments a .closed').css('display', 'inline'); jQuery('#showcomments a .open').css('display', 'none'); return false; } } jQuery('#showcomments a').click(function(){ if(jQuery('#comments').css('display') == 'none') { self.location.href = '#comments'; check_location(); } else { check_location('hide'); } }); function change_location() { self.location.href = '#comments'; } }); /* ]]> */ […]

  54. […] 20. Minha grande decepção com John Piper […]

  55. […] Minha grande decepção com John Piper […]

  56. Lourayne Natiely disse:

    Olá Maurício, amééém que essa decepção também possa atingir mais pessoas, como também me atingiu, que você continue sim pregando o evangelho de Deus, com o único objetivo de agradar a Ele, pois só Ele merece honra glória e louvor, continue assim sendo essa voz que clama, por um verdadeiro evangelho, continue escrevendo esses seus posts que com certeza abençoa muitas pessoas como também me abençoa, que as vezes deixo de fazer visitas por conta das atividades do dia-a-dia, mais que sempre apareço e volto a ler e sou muito impactada!
    Deus abençoe grandemente!
    Abraçãão!

  57. Rose Anne de Britto e Silva disse:

    Boa Noite!
    É preciso que se levantem mais homens de Deus Como Pipper wash e tantos outros que pregam o evangelho verdadeiro, a conduta , ética, moral e os valores cristão tão escassos hoje no meio evangelico e nos fazem pensar que o evamgelho não é brincadeira é coisa séria , precisamos de mais pessoas como João Batista no nosso meio que teve a coragem de chegar para Herodes e confrontá-lo com seu pecado mesmo sabendo que isto poderia lhe custar a vida.
    Quando olho para os homens do passado como Noé , Elias , Estevão e Jesus vejo o quanto sou mesquinha e egoísta, pois eles eram homens que não estavam preocupados com nada deste mundo e sim agradar a Deus homens dos quais o mundo não era digno, vejo que ainda tenho muito que aprender com eles e com a própria Bíblia.
    Quando me converti eu brincava muito não levava Jesus nem sua palavra e suas coisas a sério, até que uma irmã em cristo me emprestou para ouvir um cd da Igreja universal do Reino de Deus onde tem um Hino composto pelo Bispo Marcelo Crivella que se chama Eira da Decisão, após ouvir este Hino o senhor me levou a Eira da Decisão e ai então parei de brincar e passei a levar Jesus a sério. Todos nós precsisamos ser levado a Eira da Decisão.

    Eira da Decisão
    Marcelo Crivella

    Meu irmão somos todos seara do nosso Deus
    Plantados nos Campos da terra, pelo tempo que ele nos deu
    Nesse longo caminho, pisando pedra e espinho
    cada um de nós é levado a eira da decisão
    Ai somos moídos , odiados, perseguidos
    Mas é na dor e perigo que a palha solta trigo
    Ai vem o vento frio da separação
    Que solta a palha pra longe e limpa a eira de Deus
    Meu Irmão seja trigo , não deixe o vento te levar
    Pois a palha lançada no fogo que nunca vai se apagar
    o Trigo de Deus permanece vence a perseguição da eira vai para o celeiro
    É tesouro de Deus e tem a salvação.

  58. isac disse:

    Irmão Mauricio Zágari! promeiramente quero dizer que estava com saudade, pois por motivo de trabalho não tive como esta me conectando no apenas! quero dizer que estou muito feliz nesse tempo em que estive sem conctar aqui, estive vendo os post a qual a muito tempo não tinha visto! e a partir dessa entrevista a piper, gostaria de saber se havera uma com nosso amigo e irmão paul Washer!!! ou sera surpresa!? fica na paz zágari! satisfação em postar aki meu comentário!

    • Salve, Isac!
      Obrigado pelas palavras generosas, mano.
      Não, não devo entrevistar Paul Washer, infelizmente. Mas certamente muita gente o entrevistará e poderemos sorver a boa seiva
      da Videira por suas palavras.
      Deus o abençoe, querido,
      mz

  59. Fernanda Sedícias Faria Neves disse:

    Jonh Piper me desperta um único sentimento… vergonha! Vergonha por eu ser como sou. O admiro muito e sou a favor do evangelho puro e simples. Parabéns, Maurício Zágari! Encontrei seu blog recentemente e adorei! Grande abraço.

  60. Lorival disse:

    Olá Maurício, conheci seu blog hoje e gostei, sou da opinião de que não temos que enfeitar o evangelho para o mundo aceitar, temos que como cristãos verdadeiros ter atitudes baseadas no autentico evangelho para mudar o mundo. Abraço fique na Paz.

  61. Ricardo Pinto disse:

    Amado Maurício, fiquei surpreso por vc declarar no ínicio a palavra “decepção”, mas ao longo do texto percebi e sua real angústia, quero lhe dizer e se for conforto para ti, eu me sinto as vezes assim como vc amado irmão. Mas não se desespere que Aquele que começou a boa obra vai terminá-la, estamos em construção, uns mais avançados outros (eu e vc) não. kkkk, DEUS é contigo, se tu uma benção.

    • Amem, Ricardo, temos de prosseguir para o alvo, sempre. Mas entre o arco e o alvo a flecha enfrenta a resistência do ar e isso exige esforço, foco e persistência. Que Jesus nos conduza!
      .
      Abraço fraterno, nEle,
      mz

      • Bruna disse:

        A sensibilidade à voz do Espírito faz isso! Que se diga de nós, pra honra e glória dEle, que somos santos homens e mulheres de DEUS!

  62. Fellipe disse:

    Ótima matéria, fico feliz em saber que existem homens comprometidos com a verdade. Evangelho a todo custo (No sentido de morrer pelo evangelho, não de vende-lo).
    Deus abençoe mais e mais a ti e a John Pipper.

  63. Zulmira Borges disse:

    Olá mano,

    Confesso para você, envergonhada , eu estou conhecendo John Piper, tem poucos meses, ah meu Deus por onde eu andava!? rsrs
    Fui conhecê-lo no Youtube e gostei.
    Meus olhos tem sido abertos, estou num processo doloroso, e espero que todo essa dor venha trazer crescimento e maturidade cristã.
    Eu estou vivendo dias em que achei melhor ler somente a bíblia, as cartas de Paulo principalmente, mas fui comprar uma bíblia nova, porque quando pego uma novinha, aí quero lê-la toda como se fosse a primeira vez, e não resisti em comprar um livro do John Piper “Em busca de Deus”, publicado anteriormente com o título “Teologia da alegria”.
    Você já leu? É provável que sim, então irmão…estou no capítulo 3 e, ou meu cérebro está atrofiado por falta de exercitá-lo, ou minha mente foi cauterizada pelo engano de tal forma, estou chocada!
    Ele escreveu : “Não deixe a paisagem, a poesia , e a música do seu relacionamento com Deus encolher e morrer. Você tem capacidade alegrar-se a tal ponto que nem imagina.”
    Eu me recuso a ficar do jeito que estou, mas irmão eu não sei como voltar a ter essa alegria de Deus queimando dentro de mim, e não estou falando de emoções não!
    Somente muita oração? Mas quando vou a presença do Pai, não sai nada de bom de dentro de mim, e em 25 anos de conversão, eu nunca estive assim…
    É estranho, mas eu não consigo mais ler os evangelhos com o coração de antes…uma irmã me perguntou se depois dessa “reforma” em mim, eu fiquei melhor ou pior, e minha resposta foi que quanto mais aprendo, pior me sinto, ah irmão percebe o nó que deu no meu cérebro?
    Se puder me entender, me ajude, porque eu não estou me entendendo.

    Até mais

    • Zulmira, oi,
      .
      Minha irmã, todo parto é doloroso. Uma nova Zulmira está nascendo, antigas crenças confrontadas, muita bagagem sendo descartada e moveis novos sendo postos na sala. É sempre difícil.
      .
      Nao ficou muito claro para mim por que esse amadurecimento tirou sua alegria. Eu penso que crescer e descobrir verdades que suplantam antigos enganos é motivo de jubilo. Por isso fiquei confuso quanto à razão de sua tristeza.
      .
      Se puder explicar um pouco melhor posso tentar ajudar, se puder.
      .
      Um abraço carinhoso, no amor daquele que é amor,
      mz

  64. Hadassa Valiati disse:

    Me sinto uma formiguinha perto dele. Ele é tudo que sempre quis ser… Incrivelmente inteligente. É a prova que cristão não tem que ser burro ou só guiado pelo Espírito, é nosso dever estudar e ser melhor em todos os requisitos acadêmicos. Ele é o cara!

    • Olá, Hadassa,
      .
      se me permite elaborar em cima do seu pensamento, eu diria que estudar sob a direção do Espirito é o melhor que há. Afinal, Jesus é o cara! Rsrs
      .
      Abraço carinhoso pra ti, na paz do alto,
      mz

  65. maria sousa disse:

    Gosto muito das pregações do Jhon Piper e fiquei muito feliz em ter a confirmação de quem esteve pessoalmente com ele .

  66. Ilza disse:

    Esse título chama mesmo a atenção. Um homem como Jhon, claro, pecador como nós, o que poderia decepcioná-lo? Tive que ler até o final para ver sua decepção, rsrsrs. Claro… minha decepção também. Também admiro muito Jhon Piper, fiquei contente em ver sua afirmação sobre ele. Deus o abençoe Maurício.

  67. Mariana Estevão disse:

    É isso aí! Eu sinceramente não o conheço, mas creio que as duas coisas devem caminhar lado a lado: Não adianta eu sair por aí para pregar Cristo e ignorar as demais necessidades da pessoa humana,do mesmo modo que Igreja que só dá assistência social mas não sai para falar de Cristo,acaba virando mais uma ONG! E quanto ao pregador, como Paulo diz em Romanos 13:7 “A quem honra, honra!”

  68. Ubiramani Venâncio disse:

    Pode dizer que não é idolatria,nem orgulho denominacional ou teológico

    ,mas o engraçado é que quando se trata de elogiar pregadores e homens de Deus que pregam a verdade com coragem,vocês sempre elogiam pregadores e teológos reformados e calvinistas.(no caso de Piper,um calvinista extremado).Então todos os pentecostais são rasos teologicamente?Todos os arminianos são hereges?Todo discipulo de Piper o exalta como pregador biblíco e corajoso?Mas o que dizer de David Wilkerson?O que dizer de Leonard Ravenhill?A.W.Tozer?Gordon Fee?Isso sem falar de Charles Finney,Jonh e Charles Wesley e tantos outros.Admiro Piper como pregador e homem de Deus,mas como teológo ele chega a ser mais calvinista que o próprio João Calvino.Ainda que ele tente sempre usar jargões calvinistas para tentar fazer parecer biblícas sua visão extremada da depravação,eleição e expiação limitada,nós esbarramos sempre nas mesmas contradições filosóficas que o calvinismo e Piper deixam sem respostas.Por isso o escutaria como pregador(embora nunca tenha visto uma mensagem sua completa),mas não leria nenhum de seus livros teológicos.Me perdoe o desabafo e a grosseria,mas estou cansado dessa idolatria na internet em torno de Jonh Piper e Paul Washer.Saibam que existem muitos lugares no mundo e no Brasil inclusive,onde pastores e missionários simples,sem a bagagem teológica e intelectual de Piper e Washer,estão abrindo mão de suas próprias vidas pra pregar e ”VIVER” a cruz.A diferença é que eles não escrevem livros nem estão na Internet.um abraço.

    • Olá, Ubiramani,
      .
      desculpe, mas fique confuso com seu comentário.
      .
      Não entendi quem é o “vocês” a quem você se refere. Nós quem, cristãos?
      .
      Também não entendi pq você diz que “nós” só elogiamos teólogos calvinistas. Elogio quem é digno de elogios, não tem nada a ver com ser calvinista.
      .
      Tampouco entendi a pergunta “todos os pentecostais são rasos”… Bem, até porque eu sou um pentecostal.
      .
      Também nao entendi o “arminianos são hereges”. Sugiro que você leia o post que publiquei aqui no APENAS chamado “Calvinismo X arminianismo”.
      .
      Não entendi, ainda, o que admirar Piper desqualifica Wilkerson, Tozer, Wesley… mano, onde você viu isso no meu texto???
      .
      Numa coisa você está certo: você foi grosseiro no seu comentário. O post descreve uma experiência pessoal com um irmão em Cristo que mostrou-se digno de elogio. Chamar isso de “idolatria” seria um pouco exagerado, não? Já elogiei no meu blog muitas pessoas, inclusive o papa Francisco, será que idolatro todos? Perdoe-me, mas seu comentário é despropositado.
      .
      O que o fato de haver pregadores simples no Brasil exclui o bom serviço que servos de Deus como Piper e Washer têm prestado para o reino? Não são atuações excludentes, mas que se somam. Todos são irmaos em Cristo, dando seu melhor por Deus e pela Igreja. Propor uma segmentação fere o principio de Corpo de Cristo.
      .
      Mano, eu recomendaria um pouco mais de temperança nas tuas palavras. Você julga, rotula e agride. Não é uma postura muito bonita. E me causa espanto você se opor tão ferozmente a alguém cujos livros e pregações nunca assistiu ou leu. Como se pode criticar alguém assim? Desqualificar livros lindos como “O sorriso escondido de Deus” pelo fato de o homem ser calvinista? Por favor…
      .
      Mano, espero que você reflita um pouco mais sobre as coisas que esta dizendo. Não há nada edificante no que diz e seu tom de voz está além do limite do amor cristão. Para entrar em um dialogo sempre é preciso ter, no mínimo, educação e cordialidade.
      .
      Que o Senhor abençoe tua vida,
      mz

      • Ubiramani Venâncio disse:

        querido,fui mal compreendido na minha intenção.Meu desejo não era rotular nem agredir.Talvez tenha sido infeliz na escolha das palavras,mas prefiro não responder para não criar ainda maior confusão.Se você se sentiu agredido,me perdoe.Deus te abençoe.

  69. Olá!
    Não conhecia o blog ainda, mas cheguei nele hoje exatamente com esse post.
    Eu amei, óbvio… E parece enviado por Deus 🙂 Semana passada eu e meu marido estávamos conversando sobre o John Piper… e hoje eu li o post que casava direitinho com o tema da nossa conversa.
    Mostrei pro marido e minha grande surpresa foi ver lágrimas de emoção na face dele…
    É meu querido… Suas palavras nos fazem querer estar perto desse minúsculo gigante, a quem admiramos muito!

    Obrigada pelo seu post maravilhoso! 😉

    • Olá, Camila,
      .
      Muito me alegro ao ler tuas palavras. Louvo a Deus por ter usado estas poucas linhas para edificar você e seu marido. Deus os abençoe muito.
      .
      No amor maior,
      mz

  70. Olá Mauricio,

    Sempre assisto as pregações de John Piper e a que mais me impressionou foi quando ele disse sobre os cristãos da igreja primitiva, que tinham todos os bens confiscados, eram perseguidos e ainda assim se sentiam extremamente felizes pois tinham plena “satisfação em Deus.” Essa mesma cena se repete na vida do irmão Yun e dos cristãos da China, agora de 1980 pra cá! ( a história do irmão Yun virou um livro: “O homem do céu” e ele visitou o Brasil e testemunhou em várias igrejas daqui em 2012).

    • Edina,
      .
      eu recomendaria que você lesse “O livro dos mártires”, de John Foxxe (editora Mundo Cristão). Creio que você vai gostar muito.
      .
      Abraço, no amor de Deus,
      mz

  71. Marina Venuto disse:

    Olá, Maurício! É possível me passar o contato do pastor John Piper? Também sou jornalista e gostaria de entrevistá-lo por e-mail. Desde já agradeço a atenção!

    • Olá, Marina,
      .
      infelizmente nao tenho o contato direto dele. Você pode tentar com o escritorio do Desiring God, nos EUA. O telefone é 1.888.346.4700.
      .
      Abraço, na paz,
      mz

  72. Luiza disse:

    Augustus Nicodemos Lopes, Franklin Ferreira, Paul Washer.

    Faço minhas as palavras do Cleyton

    “É ótimo vê brasileiros reconhecendo que esse Evagélio da Prosperidade é falso e guia vc para o tormento eterno… Jonh Piper é temente a Deus… Louvado seja o Senhor Jesus!!!”

    Eu estou muito decepcionada com esse evangelho da prosperidade onde se coloca Jesus como “servo”. Ganhei uma livro do meu cunhado a um bom tempo, mas agora resolvi ler. “As dez coisas que eu gostaria que Jesus nunca tivesse dito” de Victor Kuligin. No inicio pensei até em heresia, mas depois percebi o quanto suas palavras eram verdadeiras. Comecei a pesquisar até que cheguei a esse site.

  73. josé a teixeira disse:

    gloria s ao pai! mais um a real mensagem do evangelio de cristo a dvulgue

  74. walace lima disse:

    Glorias a Deus realmente me alegro em ver mais pessoas sinceras, e peço a ele que eu não me desvie nem para esquerda nem para direita, e acredito piamente que este evangelho que esses homens falam é o evangelho de Deus, mas exatamente por acreditar vejo o quanto estou longe dos propósitos de vida de Deus para mim, tenho medo de ser aquelas pessoas que acham o evangelho bonito mas tem medo de o seguirem, estou louco pra me entregar mas confesso tenho medo, eu esperava encontrar em nossas igrejas mensagens que nos encorajassem a isto, e não que dissessem exatamente o contrario como é pregado nas igrejas hoje( mas ainda creio que não são todas), que o senhor levante pessoas dispostas a morrer e perder TUDO em nome desse evangelho verdadeiro e que isto seja notável a todos pra incendiar a mim e a nossa nação…que Deus nos abençoe

  75. Jucelino disse:

    A Graça vai surpreender a muitos,
    O Amor triunfará sobre muitos,…eleitos,
    O Amor sempre vence! A Graça vai além destes comentários.
    Paz a todos

  76. SUELI disse:

    Nomes como Jonh Piper,Paul Washer,Augustus Nicodemus,nunca são nem sequer pronunciados dentro das igrejas,talvez na tentativa de evitar que esses homens tragam algum tipo de conhecimento que vá de encontro as teologias pregadas ali,infelizmente não se estudam as escrituras,apenas fazem a leitura diária como que um ato religioso e recitam-se versículos como se isso fosse uma demosntração de conhecimento bíblico;ledo engano.o povo não prossegue em conhecer as escrituras,e criticam tanto outras religiões.
    Que a luz divina brilhe sobre todas as mentes turbadas,esclarecendo trazendo a verdadeira redenção.

  77. Paula disse:

    Zágari, o Piper concorda com a ideia de predestinação, você tbm? Tem algo aqui no blog sobre esse assunto? Obrigada! 🙂

  78. Débora disse:

    Olá Maurício!
    Fico sempre encantada com a iniciativa de servos de Deus, de proclamarem o evangelho de uma maneira tão linda. Também gosto muito de ler e ouvir John Piper e gostaria de compartilhar o que me veio ao coração ao ler seu texto.
    Quando penso sobre a vida, sobre como está o mundo, sobre como as pessoas se comportam , sobre o sofrimento, a violência que tomou conta do coração humano, a falibilidade dos projetos humanos, nossa miséria, achando que somos ou podemos alguma coisa, me deparo com nossa fragilidade, falta de controle sobre nos mesmos, começa então a crescer dentro de mim uma descrença e falta de esperança que chega a doer.
    Sou então tomada por um sentimento de desespero, perco minha fé nas pessoas, nos meus sonhos e projetos, deixo apenas ir passando um dia após o outro. Perco a vontade e o desejo de me entregar a um relacionamento de verdade, em constituir uma família, porque vejo tantas pessoas sofrendo, solitárias e carentes mesmo dentro de um casamento.
    Em muitos desses momentos questiono a Deus, onde estás?, tens visto o sofrimento do mundo?, porque ? Porque?
    Então quando meu desespero já se torna incontrolável e a dor começa a ficar insuportável, sempre penso e sinto que posso me aninhar no colo de Deus, vou deixando as perguntas de lado e começo a ouvir um silêncio profundo mesmo em meio ao caos. Paro de falar, questionar, chorar e deixo que Ele sinta aquilo que está no mais profundo do meu ser. Nesse momento eu sinto sua presença de maneira tão indizível e maravilhosa que um sentimento de calma e quietude toma o lugar da dor e do sofrimento: então eu começo ouvi-lo a falar comigo.
    Mesmo sem entender o porque de muitas coisas, eu entrego tudo em suas mãos, porque lá no íntimo do meu ser eu sei que é o melhor lugar pra estar todas as coisas. E mesmo sem entender o porque eu sei e tenho certeza que Ele me ama, que Ele me conhece, que mesmo não valendo nada e não sendo nada, eu tenho valor para Ele, que Ele me conhece profundamente melhor do que eu mesma.
    Sei que de mim Ele tem cuidado, tem guardado, tem provido e tem falado comigo nos momentos que mais preciso Dele. Aprendi que em sua onisciência Deus sabe e conhece todas as coisas. Porém
    quando se trata de relacionamento, muita gente não conhece Deus e Deus não “conhece” muita gente.
    Pela minha experiência pequena de vida e relacionamento com Deus, eu sei que Ele sempre está disponível para qualquer que queira acesso direto a Ele, porque Jesus na cruz do calvário nos deu essa possibilidade. Está sempre de braços abertos e a espera de um olá Senhor, podemos conversar ?
    Isso é o que chamo de oração, diálogo com o pai, ter um momento de conversa íntima, um a sós com Ele, onde você possa se apresentar, contar seus medos, anseios, sonhos, projetos e mais, mesmo sabendo que Ele já sabe de tudo.
    As pessoas colocam muitos fardos, empecilhos, barreiras para se chegar a Deus, porém eu vejo tudo isso de uma forma tão simples. Precisamos de fé, precisamos de Deus, e a fé só virá se a exercitarmos, se buscarmos com toda nossa alma. É preciso ter uma atitude e chamar por Ele.
    Esperar e logo você o encontrara, e um relacionamento se iniciará. A medida que o buscarmos, Ele se revelará a nós e esse relacionamento irá crescer, florescer e frutificar, até você não ter mais dúvida alguma de que mesmo sem vê-lo, Ele existe e não é apenas o seu criador, mas seu melhor amigo, seu pai, seu salvador, a razão da sua vida, acima de pais, de um amor, de bens, de realizações pessoais, profissionais e tudo o mais que lhe é importante.
    O mundo se afastou de Deus, achando que sua ciência, sabedoria, seu poder estão acima de um ser superior, que mesmo permitindo o caos e a desordem tem o controle de tudo em suas mãos, porque é Ele quem mantém a vida. A auto suficiência, a vaidade o sentimento de poder e controle tomou conta do coração humano, e o homem cria argumentos e questionamentos para desmentir a existência de Deus. Miseráveis que são dignos de pena e dó, porque no fundo estão sem esperança e no desespero mais absoluto, e o pior, revoltados contra Deus, por não acharem respostas para suas dores e seu sofrimento. E como acharão, se se afastam e tornam-se hostis com aquele que pode lhes dar alívio e paz e fazê-los entender que em tudo Ele tem um propósito.
    Deus se revela a nós a medida que buscamos e ansiamos por isso, e nos ama com um amor incondicional.
    Então como o salmista, elevo os meus olhos para o alto e pergunto de onde me virá o socorro. O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra.
    Que Deus o abençoe, e renove sua fé a cada dia!
    Graça e Paz!

    Débora

    • Que bela reflexão, Débora! Fico muito feliz ao ler tantos pensamentos coerentes vindos de uma serva de Deus. Agradeço ao Senhor pela tua vida e peço a ele que siga te iluminando. Minha oração é que você nunca perca essa visão de Deus e que habite sempre na simplicidade do Cordeiro.
      .
      Um abraço fraterno, na paz do Mestre,
      mz

  79. Patricia disse:

    Às vezes você me faz sorrir 🙂

    “A grande decepção sou eu…” rsss

    Deus te abençoe! 😉
    bjos!

  80. becker disse:

    a reportagem é antiga.. mas o texto muito atual…. cada dia sinto mas vergonha desse evangelho medíocre que estamos vivendo… mas glória Deus que ainda existe homens e mulheres tentando viver a verdade do evangelho!! só cristo… mais nada!!

  81. Larissa disse:

    Como é bom encontrar ovelhas nesse mundo cheio de bodes.

  82. Maria Aurora disse:

    Não nos conhecemos, mas todos fazemos parte de uma família Real, de uma linhagem que procede do nosso amado Jesus. O acesso é restrito, pois estreita é a porta. Depois de ler o seu artigo, agradeci e orei ao Senhor por todos os irmãos de todo o mundo, os famosos como Nicodemus, Piper, Washer, além de outros. Mas também pelos irmãos dos quais nunca ouvimos falar, que vivem de forma comum em locais remotos do planeta. Devemos a meu ver, ser inflexíveis com a palavra de Deus, mas flexíveis nos outros aspectos da vida. O Senhor abençoe grandemente e que as suas palavras tenham poder, e alcancem corações para Jesus. Amém! Maria

  83. Maria Aurora disse:

    Não nos conhecemos, mas todos fazemos parte de uma família Real, de uma linhagem que procede do nosso amado Jesus. O acesso é restrito, pois estreita é a porta. Depois de ler o seu artigo, agradeci e orei ao Senhor por todos os irmãos de todo o mundo, os famosos como Nicodemus, Piper, Washer, além de outros. Mas também pelos irmãos dos quais nunca ouvimos falar, que vivem de forma comum em locais remotos do planeta. Devemos a meu ver, ser inflexíveis com a palavra de Deus, mas flexíveis nos outros aspectos da vida. O Senhor abençoe grandemente e que as suas palavras tenham poder, e alcancem corações para Jesus. Amém!

    Assunto, frase supostamente pronunciada por Piper:” ele tem o peito de dizer que temos de ajudar sim o pobre, mas que de nada adianta ajudá-lo se depois ele vai passar a eternidade no inferno. “Dar comida aos que não têm meios de se sustentarem é um acto de amor e depois a fé sem obras é morta e as obras confirmam a fé.Quem é convertido, nascido de novo, não vai de forma alguma esquecer os menos afortunados materialmente falando. Possivelmente Piper quis apenas reforçar uma ideia. Raciocinarmos e agirmos desta forma, seria absolutamente abominável para Deus, pois estaria em desacordo com a sua Palavra. A distinção entre pobres e ricos é já um mau indicio, para Deus não existem distinções. A conversão de pobres e também dos ricos a sua data, é-nos completamente desconhecida, portanto não faria sentido descriminar os pobres tendo como base a sua provável ou não provável conversão, realizada através de Jesus. Deus é soberano e é apenas ele que determina isso. Porque é que têm que ser os pobres a induzir a arrastar outros com eles para o inferno, os ricos não fazem isso? Muito haveria para dizer se desenvolvêssemos a frase supostamente proferida por Piper. Ouço sermões de John Piper, já ouvi bastantes, leio o que ele escreve, já assisti a debates a entrevistas onde ele é a figura de topo e devo dizer que nunca ouvi nada que se parecesse com isto, nem sequer imagino Piper a pronunciar aquela frase hedionda. Irmão, em temas desta natureza com o Senhor no centro, devemos ter tolerância zero. Mas infelizmente nas igrejas actuais já se instalou e parece que definitivamente a tolerância, o habito, a acomodação ao erro teológico, parece ser permitido proclamar heresias, abominações, que são pequenas frestas que todos nós devemos tapar, olhemos o exemplo de Neemias. Com amor em Jesus, e que mantenhamos o espírito de comunhão e união, não deixando no entanto que o erro prevaleça em nós, na igreja de Cristo Jesus. Amém

  84. Patricia Polo disse:

    Adorei o teu texto e a humildade em vc.

  85. Lucas disse:

    Nossa!!!! Inspirador ver pessoas assim! Não leve ao pé da letra, obviamente nao quero me idolatrar homens falhos!! Nao mesmo! Mas quero fazer parte deste grupo de homens… Quero ser mais um John Piper, mais um Paul Washer, mais um Augustus Nicodemos nesse mundo! Quero ser mais um Cristão comprometido com A Palavra, comprometido com Cristo! Louvado seja Deus! Tudo para a honra glória dEle!

  86. Eluiza disse:

    Amei tudo q foi escrito sobre o Pastor!
    Belas palavras… e creio no q vc escreveu. Maravilhoso quando encontramos homens q nos inspiram ao crescimento do evangelho.
    Muito bom esse impacto que o Pastor causou na sua vida… ja provei disso tambem ✋️😊! Deus te abencoe🙏

  87. Leticia disse:

    Formidável Maurício, concordo plenamente, texto inspirado pelo Espírito Santo. Que a Graça e a paz de Jesus seja sempre contigo.

  88. JANAINA disse:

    Que bênção! Deus é bom e sempre fala ao nosso coração. Gostaria de dizer que seu livro Confiança Inabalável é uma bênção e edificou demais a minha vida. Que o Senhor o abençoe grandemente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s