Foto1Tenho pensado muito sobre fotografias. Já reparou como ninguém fotografa momentos tristes? Você já viu alguém ficar tirando fotos em velórios, registrando o instante em que recebeu zero na prova, compartilhando no Instagram a imagem do pai em coma no hospital ou fazendo álbum de fotos dos piores momentos da festa de aniversário? Se eu pego uma câmera e aponto para você, qual é sua reação imediata? Deixe ver se acertei: dar um sorriso. O dia pode estar um inferno, mas se alguém vira uma lente em sua direção… você mostra logo os dentes. Depois do clique, seu rosto volta ao normal e aquela cara de felicidade obrigatória desmonta em um segundo. Curioso isso. Alguma vez já parou para refletir por que temos essa obrigação inconsciente de mostrar para o mundo como somos inevitavelmente felizes e irremediavelmente sorridentes?

Pegue por exemplo um álbum de fotos (ainda existe isso fora do computador?)  da vida de alguém. Se você folhear da primeira à última página vai jurar que a existência daquela pessoa foi um desfile interminável de bons momentos. Sempre sorrindo. Quando a foto é em grupo, todos juntam as cabeças e… sorrisos transbordam. Pelo menos até o fotógrafo falar “pronto”. Aí aqueles rostos perenemente sorridentes vão se lembrar da conta Foto2a pagar, do desemprego, do casamento infeliz, da dor de cabeça que não passa, do namorado que te trocou por outra, da rotina, do tédio, da depressão, da crise do petróleo, do aquecimento global, do apocalipse maia! Em outras palavras; sorrisos em fotos muitas e muitas vezes não significam nada. Não representam uma felicidade real. São um mero hábito, uma formalidade. São fachadas pintadas com o único objetivo de deixar para a posteridade a impressão de que você é e sempre foi feliz.

Mas… por quê? Por que temos a obrigação de ser felizes 24 horas por dia, sete dias por semana? Curiosamente, a infelicidade é vista como uma derrota pessoal. Demonstrar para os outros que a felicidade foi ali e já volta parece uma falha de caráter. E somos tão despreparados para lidar com nossas próprias infelicidades que também não sabemos como lidar com a infelicidade dos outros – por isso há tantos infelizes sem consolo nas igrejas. O despreparo é generalizado. Se você está triste, repare que a maioria das pessoas não vai te abraçar em silêncio ou chorar com você, mas dizer frases feitas que tentam impor felicidade: “Que isso, levanta esse astral!”, “Tá triste por que, a vitória é tua!”, “Não reclama de barriga cheia, pensa nas criancinhas da Etiópia que estão morrendo de fome”, “Fica assim não, rapaz, bola pra frente, ânimo!”. Palavras, palavras e palavras… que de fato nessas horas não servem de nada – ninguém fica feliz de repente só porque alguém chegou e disse “Não fica triste não”.

Foto3Repare que Jesus não gastava muitas palavras para consolar: ele agia para gerar consolo. O Mestre, “movendo-se de íntima compaixão”, empatizava com os infelizes, chorava com eles e não fazia nenhuma questão de dizer “chora não, vai passar”. Pois Ele era “um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima” (Is 53.3). Jesus não forjava uma falsa felicidade. Em Mateus 26, vemos o Mestre, em um momento de extrema infelicidade, dizer no Getsêmani a Pedro e aos dois filhos de Zebedeu, entristecido e angustiado: “A minha alma está profundamente triste até à morte”. Meu Deus… que declaração! De uma honestidade e transparência que em nossos dias seria considerada vinda de um derrotado, um fracassado, um ser de segunda classe: jamais de um servo de Deus, pois, afinal, somos mais do que vencedores! Sorria, você é filho do Rei! Sim, mas… o unigênito Filho do Rei chorou de compaixão da infelicidade dos que estavam junto ao sepulcro de Lázaro e viveu sua própria infelicidade na agonia do cálice que beberia em sua plenitude: seu sorriso de agonia era banhado pelo suor de sangue que emoldurava aquele rosto de amor.

“A minha alma está profundamente triste até à morte”. Uau. Que tapa na cara da nossa obrigação de parecer sempre feliz.

Foto4Podemos considerar que a Bíblia é o álbum de fotografias de Jesus de Nazaré. Nela estão registrados os principais momentos da vida do Cordeiro de Deus. Mas, ao contrário dos nossos álbuns humanos, Ele não tentou nunca simular uma felicidade inextinguível, uma vida de alegria todo dia. No álbum de fotos de Jesus vemos sim momentos felizes, como a festa de casamento em Caná, seus muitos encontros com seus amigos, sua entrada triunfal em Jerusalém. Mas esse álbum é também o registro de sua humilhação. O vemos cuspido. O vemos apanhando com chibatas. O vemos sendo esbofeteado. O vemos sendo ofendido e caluniado. O vemos nu. Com sua pele sangrenta totalmente exposta numa cruz, os genitais à mostra, sem ter como cobrir sua vergonha porque suas mãos estavam cravadas na madeira. Não, o álbum de fotos do Pão da Vida não teve nunca a intenção de simular uma felicidade interminável e onipresente, mas sim a intenção de desnudar a verdade da Verdade, para que nós mesmos possamos desnudar a nossa verdade. Ante os homens e ante o Pai. Seja ela de felicidade ou infelicidade. Que lição para seres que sentem-se na obrigação de estar sempre aparentando felicidade!

Não simule uma existência paradisíaca e extraordinariamente feliz, meu irmão, minha irmã. Celebre sim e muito os momentos bons e alegres, isso é importante. Diria até que é vital. Mas nunca perca a honestidade de reconhecer seus períodos de infelicidade, pois eles são lamentavelmente muito preciosos. Eles moldam nosso caráter, nos fazem refletir, nos levam a mudar de rumo, nos dão a humildade de chegar em oração a Deus e confessar que só nele temos felicidade acima de qualquer circunstância.

Meu desejo sincero é que no álbum de fotografias da sua  vida haja mais fotos de sorrisos do que de lágrimas. Desde que os sorrisos sejam sinceros – a mera contração de músculos do rosto não atesta um coração sorridente. Mas, se as lágrimas vierem, não as esconda por trás de um sorriso forçado e obrigado. Fotografe-as na sua lembrança para nunca se esquecer delas. Quem só quer se lembrar dos momentos felizes está abrindo mão da sua verdade enquanto homem. Assuma seus momentos infelizes. Deixe-os desempenhar seu papel em sua vida. E jamais se esqueça deles – pelo contrário, ponha-os na melhor moldura que puder.

Foto5No Jardim das Oliveiras, o coração de Jesus se encheu de infelicidade. No caminho do Calvário, o coração de Jesus se encheu de infelicidade. Suspenso na cruz, o coração de Jesus se encheu de infelicidade. Só que, mais à frente, depois do calvário e da crucificação, houve uma sepultura vazia. Lembre-se que o pão e o vinho são uma foto dessa sepultura. São a lembrança honestamente sorridente da vitória eterna. E é a foto desse sepulcro que nos garante uma felicidade que durará para sempre, a partir do momento em que dermos nosso primeiro passo na eternidade. E é por isso que, creio eu, no Céu não haverá fotografias: pois lá não precisaremos simular uma felicidade aparente. Lá, a felicidade não dependerá de a demonstrarmos. Na eternidade, a felicidade simplesmente é. A presença de Deus descartará no Céu o que será inútil, como revela Apocalipse 21: não haverá templo algum, pois o Senhor Deus todo-poderoso e o Cordeiro são o seu templo.  Tampouco haverá sol nem lua, pois a glória de Deus será a luz do Céu – e o Cordeiro, a sua candeia.  Suas portas jamais se fecharão de dia, pois ali não haverá noite.

Sim, creio que no Céu não haverá fotos, pois serão desnecessárias num lugar em que as melhores lembranças que pudermos ter da vida terrena não deixarão saudades e onde caminharemos ao lado de um Deus que enxugará dos nossos olhos toda lágrima. E lá não haverá mais morte. Nem tristeza. Nem choro. Nem dor.

Só felicidade.

Paz a todos vocês que estão em Cristo
Maurício

About these ads
comentários
  1. Muito bom o texto! Particularmente adoro fotografar e sempre me questiono sobre o sorriso forjado e o que realmente o coração das pessoas naquele momento está sentindo. Nem sempre são sorrisos alegres, as vezes é apenas uma forma de mascarar a tristeza e o sofrimento… e sim, que tenhamos todos o exemplo de Jesus, nosso Rei e Salvador. Abraços

    • Olá, meu irmão (desculpe, não vi seu nome rs),
      .
      que bom que o texto veio ao encontro da tua experiência, mano. Que isso nos traga saudáveis reflexões.
      .
      Deus te abençoe muito,
      mz

  2. Beth disse:

    Interessante… Por que é exatamente isso que acontece, mas ao que se deve esse desejo e necessidade de ser feliz e parecer feliz? É como soubéssemos que temos a obrigação de ser feliz ou que realmente poderíamos ser felizes. Sempre tem aquela pergunta: você é feliz? Os comentários: estou a busca da minha felicidade, a indagação eterna: o que é a felicidade? Tá vendo como esse assunto incomoda o ser humano? Ele sabe que a felicidade existe mas não consegue vivê-la plenamente. Até por que não pode. Acredito que só vamos vivenciar a felicidade de fato, quando chegarmos ao ceu. Eu comparo essa obsessão pela felicidade, à busca pela eternidade. A eternidade é outro anseio do homem. No fundo ele sabe que nasceu para ser eterno, só não tem muita noção de como colocar isso em prática (os que não conhecem Deus). Acho que Deus colocou esse desejo pela felicidade suprema e pela eternidade no coração do homem, porque o ser humano foi feito para ser eterno e feliz, se não fosse por sua natureza caída.

    Um excelete texto, Maurício. Como sempre!

    Deus te abençôe!

    • Oi, Beth,
      .
      Obrigado pelo carinho. E obrigado pela rica e ponderada reflexão: sem saber vc escreveu um compendio filosófico.
      .
      Creio que Deus quer que tenhamos paz. Mas não necessariamente felicidade terrena. São coisas diferentes, que confundimos com frequência.
      .
      E é o que vc disse: felicidade plena só no Céu, mas, como a queremos pra já e não a alcançamos… ficamos infelizes.
      .
      Abraço e Deus te abençoe muito,
      mz

  3. Juliana disse:

    Como sempre, mais um artigo com o conteúdo genuíno e extremamente bíblico! Obrigada irmão por dividir suas reflexões conosco! Que Deus continue te revelando muito mais e te dando entendimento segundo o espirito santo!
    A paz do Senhor seja contigo sempre!

    • Oi, Juliana, tudo bem?
      .
      Obrigado pela bondade de suas palavras, agradeço ao Senhor por ter falado com você por esse texto.
      .
      Abraço com carinho, na graça de Cristo,
      mz

  4. solange disse:

    Bom dia ,querido Maurício !
    Magnifico post,critico e sensível, já ouvi de muitos irmãos, o Cristão que tem o SENHOR no coração,passa por tribulações e tristezas porém o semblante nele nunca fica triste,fico á pensar como conseguem ,porque sou tão transparente em meus momentos e emoções,que chega a ser engraçado,meu Pastor olha pra mim e diz ,tudo bem com a Senhora ? quando eu respondo que sim, ele ri e diz depois vamos conversar (rsrsrsrs)conhece sua ovelha e sabe que não estou nada bem,é melhor do que me dizer outra coisa robotizada.
    Incrivel como só em parar para me ouvir e me abraçar,sinto-me consolada e amparada,as vezes simplismente ao falar: ore a DEUS e peça ao Espirito Santo para fazer o que tu não podes.
    Ainda bem que não gosto de fotografias.

    É sempre agrádavel poder compartilhar experiências neste blog.

    A Paz de Cristo querido irmão.
    Solange

    • Solange, olá,
      .
      é interessante como o triunfalismo nos leva a ser… mentirosos. Pois o que se considera talvez falta de murmuração é na verdade uma inverdade que destoa completamente do que Jesus disse, das confissões de Paulo nas epístolas e, em ultima analise, da verdade do Reino de Deus. Temos que assumir quem somos e como somos, lançando tudo isso para a cruz e carregando os fardos uns dos outros. Mas, se não sabemos de verdade como estamos, como sabemos que há um fardo a ser carregado, não é?
      .
      Deus te abençoe muito,
      mz

  5. cinaranmoraes disse:

    Fui muito abençoada com estas palavras. Eu realmente estava precisando ler isso. Muito obrigada! Que Deus continue abençoando a sua vida e a da sua família ricamente.

  6. Graça e paz irmão Mauricio!

    Mais uma vez parabéns! Seus textos refletem muito bem os aspectos da alma de muitos, inclusive a minha, e por isso sempre tenho prazer em lê-los!
    Muito boa essa reflexão sobre como encaramos os momentos de nossas vidas e como precisamos fingir o tempo todo e pra todos. Nem sempre estamos bem, mas na sociedade triunfalista que vivemos não podemos demonstrar nossos momentos de miséria da alma! Vejo isso principalmente em redes sociais por ai a fora!
    Fui muito abençoado meu irmão! Gostaria muito de ver algum texto seu sobre sinceridade, ou sobre a importância de sermos sempre sinceros com Deus e com nos mesmos!
    Um forte abraço e Deus abençoe.

    Aaahh espero você aqui em Campina Grande para a Consciência Cristã! Você vem né?

    • Salve, querido, tudo bem?
      .
      Infelizmente não irei a Campina Grande, pois desde que deixei de trabalhar na ICNV estou sem emprego e, por isso, sem recursos. Fico triste de não poder rever os irmãos, mas Deus tem seu tempo e seu propósito.
      .
      Sobre o texto, obrigado pelas suas gentis palavras, querido, bendigo o Senhor por usá-lo para falar ao teu coração.
      .
      Um abraço apertado, no amor de Jesus,
      mz

  7. Luiz Fernando disse:

    Que palavra de consolo, meu irmão.
    Olha, não é nada facil passar por situações de sofrimento. Não tem como tomar um remedio que dor do coração, como se fosse para dor de cabeça. A dor, a angústia do coração, é semelhante a alguém que te esfaquea por dentro lentamente, não existe uma forma de parar, pois é interna. Você tenta se distrair fazendo alguma coisa, vendo TV, fazendo algo. Mas de repente volta as lembranças da infelicidade, dos momentos que lhe causa essa dor. Somente o tempo e Deus pode curar. Logo voce quer que chegue a hora de ir dormir, para que pelo menos durante 6 ou 8 horas voce aparentemente esqueça dessa situação de sofrimento. Mas aí voce acorda, e o primeiro pensamento? A dor. Me lembra a letra de um hino: “o sol já se pôs e a dor não se foi, o que é que eu vou fazer?”. Durante o dia vc ler, medita em outras coisas, por um periodo de tempo até esquece até da dor, porem só um stop, lá está a sensação da faca sendo introduzida em seu coração, lentamente. Solidão, impaciência, ansiedade e desgosto, tomam conta de seu coração e mente, em seguida surge o desespero. Daí voce corre para o seu quarto, ajoelha sem saber o que falar, e chora, chora se abraçando para simbolizar um consolo, pois parece que ninguém o entende, que ninguém tem um pingo se quer de empatia.
    Passar por isso não é nada facil, mas aprendo com isso tudo, que a esperança não pode ser em coisas terrenas, num todo, mas sim na vida eterna. Lá é a garantia, verdadeira, de felicidade. Aprendo também a abater minha arrogância e exaltar a humildade. Aprendo que não sou melhor do que Jesus, mas como servo e amigo, irei passar pelas as mesmas situações e sofrimento.
    Este texto me trouxe esperança e consolo, e reflexão.
    A paz, amado, Deus o abençoe.

    • Salve, Luiz!
      .
      Me alegra que o texto trouxe consolo a sua vida, querido. E que dizer das tuas palavras? Nada do que eu diga significariam nada. Apenas estendo meu abraço de alma, me solidarizando contigo, mano. Que o aprendizado console de algum modo o teu coração. Oro por ti, em amor.
      .
      Na paz que excede todo o entendimento, te desejo a graça do que te ama sem limites,
      mz

  8. Alessandra (Lelê) disse:

    Maurício,
    Eu sou uma pessoa que não gosto de passar impressões falsas sob o meu íntimo.
    Por conta das fatalidades da vida eu tenho muitos motivos para ficar chorando pelas perdas e até pelo o que não me foi dado nem a chance de experimentar. Mas sou uma pessoa q sempre vejo o lado bom das coisas. O meu sorriso é sempre verdadeiro msm quando estou chorando por dentro. E isso não é questão de maldade muito menos de falsidade, e sim de dar força as pessoas que estão ao meu redor. As vezes elas precisam muito mais do meu sorriso d q da minha dor e lamentação.
    Eu tb não sorrio por qq razão. Há momentos de dor, de aflição e o momento de luto. Que não combinam nem um pouco com um sorriso nios lábios!
    Saudade da família!
    Com carinho e admiração,
    Lelê

    • Oi, Lelê,
      .
      é uma boa razão para você sorrir, querida. Vivamos nossa sinceridade, e que ela seja sempre humanizante, jamais o contrário.
      .
      Beijo grande em ti, Sergio e toda a familia,
      mz

  9. andreia disse:

    Que palavras realmente inspiradas pelo Senhor, mano!!!!!!!!!!! hoje mesmo coloquei uma postagem que diz exatamente isso que vc postou…. ter autos e baixos, faz parte do ser humano….lamentável a saude emocional de que SEMPRE diz tá TUDO ÓTIMO…..

    Gloria `Deus por ensinamentos/exemplo como este que vc está dando… como nós cristãos precisamos de ter isso refrescado em nossas mentes e corações, pois realmente somos BOMBARDEADOS pelo sempre SORRIR, NUNCA CHORAR……

    Que o óleo da Unção não te falte,

    Bjs mil para amada familia,

    Andreia Araujo

    • Olá, Andréia!
      .
      estamos em sintonia, que bom saber que o Espírito fala a corações diferentes em momentos iguais.
      .
      Penso que temos que viver a verdade de nossas almas, segundo Jesus nos ensinou. A simulação de estados de espírito forjados leva a uma igreja que não ampara e não vive o amor ao próximo, simplesmente porque não vê a dor que existe ao redor e não sabe lidar com ela, não é?
      .
      Que Deus nos ajude a viver em sinceridade, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.
      .
      Beijo grande a ti e a toda a familia, na paz de Cristo,
      mz

  10. Alexandre NObre disse:

    E ae Maurício, td em paz?
    Mano, é engraçado esse negócio de aparência … veja só … eu tenho um semblante sério, tipo carrancudo, um amigo diz que tenho cara de “espanta paquera” … rsrsrsr …. mas enfim, isso porque eu realmente sou mais fechado, introvertido, e muitas pessoas me perguntam: “vc tá bravo?”, ou “vc ta triste?” … não se pode “não sorrir” … realmente parece uma ditadura da felicidade. Sempre defendi que não preciso sorrir o tempo todo para estar em paz, e que muitas vezes a tristeza opera mais paz do que a alegria sem razão …
    Parabéns pelo post … que o Senhor abençoe sua semana!!
    Seu irmão,
    Alexandre

    • Oi, Alexandre!
      .
      É exatamente isso que você disse, a ditadura da felicidade. Já ouvi pessoas condenarem veementemente irmãos por estarem tristes ou deprimidos e isso sempre doeu em meu coração. Sejamos sinceros em tudo.
      .
      Deus o abençoe, mano, com graça e paz,
      mz

  11. Jose Gad disse:

    Graça e paz, nobre amigo.
    Texto legitimamente único e atual.
    Essa “necessidade” que muitos de nós temos de mostrar que estamos “sempre bem na fita” faz com que algumas pessoas vivam frustradas, sem nunca encontrar o que procura.
    Com isso se faz uso de qualquer trampolim para “projetar a boa imagem, de alguém que esta feliz”: um carro novo, uma casa, um i_AlgumaCoisa, a lipo, o biceps… enfim.
    Que Deus seja propício a nós, pecadores.
    Maravilhosa graça seja contigo e sua família.
    Abraço fraterno,
    José.

    • Salve, Jose!
      .
      Você tocou num ponto importante: a ditadura da felicidade leva à preminência da aparência. Dá o que pensar.
      .
      A graça seja contigo e os teus também, mano. No amor de Cristo,
      mz

  12. Fred Gaze disse:

    Graça e Paz

    Refletindo sobre o seu texto, penso que o ser humano, em geral, mais do que aparentar a felicidade quer mostrar para o mundo que jamais “pode” ficar triste. Há essa “necessidade” de não mostrar a nudez da alma, de não transparecer que é falho, que comete erros, que peca. O homem quer esconder seu pecado e isso vem desde Adão. É uma das faces orgulho e da soberba. “Não posso aparentar a tristeza da minha alma, o que os outros vão dizer?”. E com isso, vivemos fingindo que não carecemos do amor de Deus.

    Ao negarmos a tristeza, doutrinamos nosso exterior a negar também o cansaço e a opressão. Logo, nessa máscara de abastança, não podemos nos aproximar de Jesus, que nos convida a buscá-Lo nesses momentos, cujo Amor e infinita bondade estão prontos para nos fornecer o alívio.

    O remédio contra o pecado começa pelo arrependimento. Para tanto, é necessário primeiramente, reconhecer o erro, ver que está no caminho errado e correr para Aquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida.

    • Oi, Fred,
      .
      é isso mesmo, mano, há uma imposição social para nos mostrarmos eternamente felizes. Creio que porque a tristeza está, no insconsciente coletivo, associada a fracasso. Pois, afinal, pessoas realizadas são felizes!, dizem. E isso nos impõe a eterna infelicidade de agir como não somos para agradar o meio. Que bom é poder, como Jesus, se alegrar e chorar. É libertador ser autêntico.
      Mas, infelizmente, muitos não estão preparados para essa autenticidade e não sabem lidar com ela.
      .
      Abraço, mano, no amor de Cristo,
      mz

  13. Débora Sara disse:

    Olá, Maurício!
    Como é bom ler algo sobre isto. A bíblia mesmo fala sobre o tema, ‘melhor é ir a uma casa onde há luto do que em uma casa em festa.’… As pessoas tem esta ideia fajuta que temos que rir e ser felizes o tempo todo, mas o quão bom é ser consolado pelo Pai…
    Seu texto falou ao meu coração, principalmente porque muitas vezes não entendemos a dor do próximo e usamos de palavras em vez da compaixão… Que Deus mude minha maneira de pensar e agir a respeito deste assunto.
    Deus te abençoe!

    • Oi, Débora,
      .
      fico feliz que o texto provocou essa reflexão, mana. Que Deus sempre te leve a agir não conforme os clichês sociais, mas conforme o coração de uma cristã verdadeira.
      .
      Deus te abençoe muito, com graça e amor,
      mz

  14. Teresa Mesquita disse:

    Paz Zágari,

    Texto maravilhoso. É muito difícil ser autentico nos dias atuais, as pessoas estão cada vez mais robotizados e egoístas. E infelizmente em nosso meio parece que essa ditadura é ainda pior, pois somos filhos rei, né?Parece até que Jesus viveu o tempo todo sorrindo. Melhor ser você mesmo, mostrar quem é mesmo que os outros julguem.

    Concordo com o Alexandre quando disse: Sempre defendi que não preciso sorrir o tempo todo para estar em paz, e que muitas vezes a tristeza opera mais paz do que a alegria sem razão …

    Mais uma vez parabéns pelo post!!

    Abraço meu irmão.

    • Oi, Teresa,
      .
      obrigado pelo carinho de suas palavras.
      .
      Robotizadas: esse é o termo. Condicionadas a comportamentos pré-estabelecidos. Só que a falta da espontaneidade e do preparo gera distanciamento do humano e, em ultima instancia, desamor.
      .
      Abraço, mana, Deus abençoe você e sua família,
      mz

  15. Robson Cardoso disse:

    Maravilhoso texto!

  16. Cilene disse:

    Texto sábio.
    Concordo plenamente que muitas vezes forçamos ser felizes, preocupamos mais com a aparência do que com o verdadeiro sentimento.
    Porém busquemos não nos conformarmos com a infelicidade, creio eu, que motivo de tantas depressões. Quem se acomoda na tristeza, nem tão cedo encontrará a Alegria (Jesus Cristo).
    Deus abençoe!

    • Olá, Cilene,
      .
      creio que não é questão de se acomodar na infelicidade, mas de compreendê-la e saber sua importância em nossa caminhada cristã.
      .
      E, historicamente, se você for ver a vida de muitos nomes da História do Cristianismo, perceberá que não foram poucos que encontraram Jesus em meio a muita tristeza.
      .
      Deus a abençoe muito, com seu amor e sua graça,
      mz

  17. Ola meu amigo ざがり さん , espero que esteja bem…

    A verdadeira felicidade…

    Quando Jesus viu aquelas multidões, subiu um monte e sentou-se. Os seus discípulos chegaram perto dele, e ele começou a ensiná-los.
    A verdadeira felicidade

    Jesus disse:
    — Felizes as pessoas que sabem que são
    espiritualmente pobres,
    pois o Reino do Céu é delas.
    — Felizes as pessoas que choram,
    pois Deus as consolará.
    — Felizes as pessoas humildes,
    pois receberão o que Deus
    tem prometido.
    — Felizes as pessoas que têm fome e sede
    de fazer a vontade de Deus,
    pois ele as deixará
    completamente satisfeitas.
    — Felizes as pessoas que têm misericórdia
    dos outros,
    pois Deus terá misericórdia delas.
    — Felizes as pessoas que têm o coração puro,
    pois elas verão a Deus.
    — Felizes as pessoas que trabalham pela paz,
    pois Deus as tratará como seus filhos.
    — Felizes as pessoas que sofrem perseguições
    por fazerem a vontade de Deus,
    pois o Reino do Céu é delas.
    — Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês por serem meus seguidores. Fiquem alegres e felizes, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês. Porque foi assim mesmo que perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.

    Gostaria muito que este ensino fosse aplicado na igreja que sou membro.
    Gostaria que os cabeções da (s) igreja (instituição) fossem como Jesus, que ensinava !
    Gostaria de ser entendido e não taxado de crítico, mesmo sabendo que tenho um SENSO crítico. Gostaria de ver mais de Jesus na igreja e menos do homem.
    Gostaria de fazer algo para ajudar as pessoas a conseguir ; pensar, enxergar,ouvir e amar.
    Gostaria de ser útil e não objeto.

    Amigo tem uma banda (Palavrantiga) que você já deve ter ouvido, tem uma letra que diz assim…

    Sobre o mesmo chão está o Muro
    E o Lado de lá, que você esqueceu
    Meu chão é o mundo

    Tem dois lados em guerra
    Meu mundo é este chão
    Onde você cresceu e eu também

    Ao Redor de muitos
    Me apontaram as cercas e os muros
    Eu quis o caminho, Roguei pela vida

    E vou subvertendo o mundo
    Amando a esperança que salta os muros
    e brinca arteira com tua criança, a fé ‘ta na vida

    Sobre o mesmo chão
    Bem dentro do mundo
    A banda passou
    O amor se espalhando
    Ainda está sobre o Mesmo Chão

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=pSUKrVMUaRg

    Meu desabafo aqui é por me identificar com os textos, sendo assim, com você Zagari .
    Cara que Jesus poça sempre seu norte. E para nos você alguém que possa ajudar as pessoas encontrarem o norte. Paz

    • É, Rodrigo san, o que fizemos com o Evangelho de Cristo, não?
      .
      Chorar, orar, perseverar, amar. Esse é o ar que devemos respirar.
      .
      Abraço, mano. Que o Sol da justiça brilhe sempre na terra do sol nascente,
      mz

  18. Rogerio Lázaro disse:

    Em se tratando de felicidade versus infelicidade esse sempre foi o meu entendimento. Pena que a maioria das pessoas vive em mundo de ilusão (mesmo os auto declarados filhos de DEUS) e prefere classificar esse entendimento de pensamento fracassado/pessimista/derrotista…
    Mesmo sendo um entendimento realista, sensato, coerente e, acima de tudo, condizente com a Revelação das revelações!

    No amor dAquele, cuja paz excede todo entendimento!

    • Oi, Rogério,
      .
      você tocou no ponto essencial: é bíblico. Ao longo da historia da Igreja sempre houve essa compreensão. De algumas poucas décadas é que o triunfalismo roubou do Evangelho esse componente indissociável da mensagem da Cruz. Sinal dos tempos.
      .
      Abraço, mano, Deus te abençoe,
      mz

  19. Jean disse:

    Graça e paz,amado Zágari!

    É incrível depois de ler este texto lembrar-me do ocorrido há 2 semanas atrás..
    estou num processo de adaptação à uma nova realidade familiar e meu filho percebendo minha fisionomia de apreensão me questionou na lata..

    -Pai,por que vc está assim?

    Assim como?..

    -Vc está estranho,meio estressado…

    Não é nada não filho..

    -Ah pai..fala a verdade..você tá estranho sim..se anima vai..

    Como Deus usa as crianças pra dar um tapa na cara de nossa falsa felicidade,de nossa interpretação mesquinha de estado de felicidade contínua!!..

    E falando em fotografias,eu ja trabalhei em eventos de gente rica,da alta sociedade carioca,que dava espanto ver os fotógrafos juntarem pessoas tão opostas com um sorriso no rosto para saírem nas colunas sociais..e depois do click,ambas saíam cada uma pro seus lados,visivelmente contrariadas…é o marketing da felicidade,ainda que falsa….

  20. Foi bom ter lido isso. Eu sinto tanta, mas tanta tristeza que eu chego a me desesperar. E de fato, tudo que eu ouço é um “tu é feliz e não sabe, tu tem carro, casa…” como se isso preenchesse o coração da gente. Eu espero que Deus tenha misericórdia de mim e me ajude a sair dessa lida que eu vivo, pois se Ele não fizer um milagre na minha vida não resta mais nada para mim.

    • Ô, mano…fico triste de saber disso. Receba meu abraço e meu carinho. Não sei qual a razão da tua tristeza, mas nessas horas o que me consola é saber que Cristo é conosco todos os dias, até a consumação do século. A esperança da eternidade também é o que dá forças nesses momentos de angustia e dor.
      .
      Sabe, Klelber, em meio a tudo o que você disse, me chamou a atenção em especial a questão de preencher o coração. De tudo o que pode encher nosso coração para nos trazer paz só a presença de Jesus é capaz de fazer isso de um modo pleno. Quem já experimentou o vazio e depois o teve preenchido por Cristo sabe o que é e a diferença que faz. E acredite: é possível.
      .
      Oro por ti, mano, para que esse milagre aconteça. O milagre de uma vida preenchida pelo Espirito de Deus. Pois, quando isso ocorre, todo o resto é resto.
      .
      Te abraço, querida, na esperança de uma ação divina na tua vida.
      Deus te abençoe muito,
      mz

      • Obrigado pelas palavras e pela oração. Deus sabe que preciso muito. Queria poder encontrar na igreja alguém com sua sabedoria… Eu espero que Deus seja misericordioso comigo. Deus te abençôe.

      • Mano Klelber,
        .
        há nas igrejas muitos bem mais sábios que eu. Só é preciso encontrá-los. E creia: se tem algo que transborda em Deus é a sua misericórdia. Ele não se esqueceu de você não, querido. Leia o Salmo 139, ali você verá verdades importantes sobre a sua relação com Deus que podem te trazer paz.
        .
        Um abraço, Klelber, nesse amor que nos une,
        mz

  21. Luiz Fernando disse:

    ola, amado. a faz de Cristo.
    gostaria de tirar um pequena dúvida. Tem um cidadão dizendo, que a palavra “Shekinah” é referente a uma deusa pagã, isso tem fundamento? Pois referem-se a esta palavra como a “Gloria de Deus”, gostaria de saber, que significado tem esta palavra e se realmente o que esse moço diz tem fundamento, ou simplesmente é mais uma das muitas heresias existente.
    abraços, amado. A paz de Cristo.

  22. Belo texto Mauricio.. parei pra pensar e refletir nisso que vc falou, que é uma grande verdade,
    ninguém tira foto de momentos tristes, mas todos temos esses momentos e tentamos esconder , mas Jesus disse: Bem aventurado os que choram porque serão consolados mt.5: 4, e joão 16:33.

    Desculpe não comentar em todos os posts pq estou na maior correria aqui, mas sempre estou no site lendo todos.!

    A Paz irmão ! Deus abençoe sempre.!

  23. Fábio Costa disse:

    Cumprimento a todos com a paz do Senhor! (Esta é pra fazer você Maurício, rever alguma fotografia..srsr)

    Meu caro irmão Maurício, estou aqui deliciando-me com seu texto. Como sempre muito edificante. Na verdade ao ler seus textos agente vai experimentando um monte coisas. Somos confrontados, indagados, fortalecidos e convidados a contextualizar tudo. Glórias a Deus!

    Ontem eu estava no circulo de oração com algumas irmãs, e elas me deram oportunidade para dar uma palavra. Fui ler o texto de Neemias.

    Sucedeu, pois, no mês de Nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes, que estava posto vinho diante dele, e eu peguei o vinho e o dei ao rei; porém eu nunca estivera triste diante dele.
    E o rei me disse: Por que está triste o teu rosto, pois não estás doente? Não é isto senão tristeza de coração; então temi sobremaneira.
    E disse ao rei: Viva o rei para sempre! Como não estaria triste o meu rosto, estando a cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e tendo sido consumidas as suas portas a fogo?
    Neemias 2:1-3

    Não tinha lido ainda este seu texto e abordei exatamente o mesmo tema. Com base na sinceridade de Neemias em reconhecer que estava acometido por um momento angustiante e triste em sua vida, refletimos sobre o estar triste que na verdade é diferente de ser triste. Muito gostoso perceber e sentir a sintonia proporcionada pelo Espirito de Deus. A Ele toda glória!

    Agradeço a oportunidade em nome de Jesus

  24. Lucas disse:

    Que bençao! Falou profundamente ao meu coraçao.

  25. Eliana disse:

    Sem palavras, Maurício. Estou ajudando um adolescente em depressão e o texto veio em boa hora. Deus sempre te usando! Obrigada!

    • Um gesto que condiz com você, minha amiga.
      .
      Louvo a Deus por um textinho daque estar ajudando nesse processe.
      .
      Beijo grande em ti e no Brainer, nesse amor que vem do alto,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s