O que Deus quer da minha vida?

Publicado: 01/07/2011 em Amor, Amor ao próximo, Espiritualidade, Igreja dos nossos dias, Pecado, Pessoal

O que Deus quer da minha vida? Não faço a menor ideia. Mas eu sei muito bem o que EU quero. E eu quero tantas coisas da vida! São muitas, mas vale a pena ler até o final.

Quero ter muito dinheiro. Quero ter carro do ano. Quero ter uma boa casa, com campo de futebol, piscina, sauna e churrasqueira. Quero um apartamento de cobertura com ofurô e salão de jogos. Quero uma casa de campo. Quero passar finais de semana em pousadas frequentadas por artistas em Búzios. Quero ter boas roupas, ternos impecáveis, vestidos deslumbrantes que atraiam todos os olhares. Quero sapatos italianos. Quero ter joias. Quero ter ouro. Quero ter pedras preciosas. Quero uma poltrona que faça massagem. Quero uma TV com muitas, mas muitas polegadas. Quero TV a cabo. Quero high definition.  Quero Blue-ray. Quero um Wii. Quero um Xbox. Quero um Playstation. Quero um sistema de som que estoure meus tímpanos. Quero muitas músicas em mp3. Quero um home theater.  Quero uma guitarra Gibson. Quero uma bateria Pearl. Quero uma internet de banda larga e o melhor notebook do mercado. Quero um iPhone de última geração. Quero um ipad de última geração. Quero um kindle. Quero uma bolsa Louis Vuitton. Quero estar na moda. Quero ir aos restaurantes da moda. Quero os pratos mais caros. Quero um iate. Quero viajar pelo mundo. Quero o mundo aos meus pés. Quero ser famoso. Quero ser reconhecido na rua. Quero dar autógrafos. Quero passar na frente da fila. Quero ser convidado às festas mais badaladas. Quero minhas fotos nas revistas e meu rosto na televisão. Quero ser entrevistado. Quero ser bajulado. Quero ser idolatrado pelas multidões. Quero ser um pop star. Quero ser um músico famoso. Quero brilhar nos palcos. Quero ter meu rosto em outdoors. Quero gravar videoclipes. Quero gravar comerciais. Quero ganhar prêmios, honrarias e comendas. Quero ser chamado de “doutor”. Quero ter um cargo que me dê status na minha igreja. Quero ter muitas oportunidades na minha igreja. Quero pregar como ninguém, pra ser muito elogiado ao final de cada culto. Quero profetizar. Quero ser admirado como o profetão da minha igreja. Quero dar um dízimo alto para o pastor me tratar muito bem. Quero ter um relógio Rolex. Quero um tênis Nike. Quero muitos tênis Nike. Quero ser invejado. Quero ter talento. Quero ser aclamado. Quero deixar um legado. Quero ter um jatinho particular. Quero malhar na academia mais cara. Quero ter um corpo sarado. Quero chamar a atenção. Quero ter um corte de cabelo fashion. Quero ter animais de estimação que me confiram status. Quero lançar livros com meu nome. Quero ser considerado inteligente. Quero ter motorista particular. Quero ir aos melhores cirurgiões plásticos. Quero trabalhar na maior multinacional. Quero ter um salário nababesco. Quero viajar três vezes por ano à Europa. Quero esquiar em Bariloche. Quero um casaco de pele bem caro. Quero ser recebido pelo presidente. Quero morar no melhor bairro. Quero ter amigos lindos e inteligentes. Quero apresentar um programa de TV. Quero ser uma celebridade. Quero ir ao BBB e ganhar o prêmio máximo. Quero depois posar na Playboy e faturar muito. Quero que ninguém seja melhor do que eu. Quero ir à Copa do Mundo. Quero ir às Olimpiadas. Quero ir a shows de camarote VIP. Quero ganhar cadeira cativa no Maracanã e camarote no Teatro Municipal. Quero mesa central no Cirque de Soleil. Quero passar semanas nos spas das estrelas. Quero geladeira frost free. Quero aprender a surfar pra tirar onda. Quero jogar bem futebol pra sempre ser o primeiro a ser escolhido no time. Quero tirar as melhores notas na escola. Quero fazer os melhores cursos. Quero ter um carro conversivel e um off-road. Quero ter uma moto Harley-Davidson. Quero ser rico. Quero ser podre de rico. Quero ser milionário. Quero conquistar o mundo. Quero ser amado e venerado por todos. Quero ser o máximo! Quero ter o máximo! Quero erguer meu trono acima das estrelas de Deus e me assentar no monte da assembleia, no ponto mais elevado do monte santo.

Aí esta semana vi um mendigo sentado no chão imundo de uma rua imunda no Largo do Machado, no Rio de Janeiro. Meu impulso inicial, lógico, foi fingir que não o vi, mas, motivado por alguma razão maior do que eu, parei, dei meia-volta e me agachei ao seu lado. Era um senhor de uns sessenta anos, barbudo, vestido de roupas cor de sujeira e com um cheiro muito, mas muito ruim. Ele estranhou eu ter me abaixado e arregalou os olhos, ajeitando-se um pouco no chão com os cotovelos. Eu me voltei para ele e perguntei:

– Desculpe incomodar, mas eu gostaria de ajudá-lo. O senhor quer algo?

Ele me olhou por alguns segundos, ainda um pouco atônito, piscou algumas vezes e respondeu com uma voz desbotada:

– Quero. Quero que as pessoas vejam que eu existo.

Passei algum tempo conversando com ele. E ele tem nome: é Juraci. Me contou um pouco da sua história de vida. Ficamos uma meia hora conversando. Ao final, paguei a ele um lanche e dei o endereço de uma igreja que sei que ajuda a ressocializar população de rua. Quando me despedi, ele agradeceu a comida sem me olhar nos olhos, acredito que por vergonha ou pelo pouco de dignidade a que ele ainda se atribuía, e me disse uma última frase antes que eu seguisse meu rumo:

– Mas sabe o que eu queria mesmo, seu Mauricio? Eu queria era voltar a ser gente.

Aquela resposta fez com que a única coisa que eu quisesse naquele momento fosse morrer de vergonha por tudo o que eu quero na vida.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

comentários
  1. Natalie Minczuk disse:

    Uma bela bofetada no rosto de todos nós… vergonha por tudo que eu quero na vida [2]

  2. Patrícia disse:

    Meu Deus,que mundo é esse em que vivemos?
    Que tipo de gente temos nos tornado?
    Quando vamos parar de dar mais valor para as coisas em detrimento das pessoas?
    ???
    Tentando responder,tentando me mover…
    Em Cristo que nos une,

    Patrícia.

  3. Prezado Mauricio, a paz do Senhor. Nunca tinha lido um texto tão completo quanto este. Vc elenca cada um dos desejos mais sublimes do ser humano. Praticamente não deixa escapar nenhum, talvez os mais sórdidos e indecentes que passam por algumas mentes poluidas e descrentes. Seu elenco vai fazer refletir a cada um, pois cada um de nós tem esse desejo. Posso até dizer não me encaixar em um ou outro item, mais com certeza outros verdadeiramente eu posso dizer que almejo.
    Maurício. De fato, o que nos falta as vezes diariamente é tão simples: desejar a Deus. desejamos, carros, casas, reconhecimento, etc, mas não desejamos o que pode nos deixar mais cheios de vida, de amor, de compaixão, que é Cristo. Falamos diversas vezes ao dia “Ai, meu Deus…”, “Senhor, ajuda-me…”, mas quantas vezes nosso clamor é verdadeiro? Quantas dessas vezes realmente quizemos que Deus estivesse ao nosso lado nos socorrendo? Em um outro de seus post, tive a oportunidade de dizer que falta ainda ao homem, mais intimidade com Deus. Ler a bíblia ou conhecê-la de cor e salteado, não é garantia dessa intimidade. É preciso se estar com ELE, levar ELE junto de sí, é não desviar d`ELE o seu olhar. E como isso é tão dificil, afinal o mundo me diz que tenho de estar na moda, comer os pratos mais caros, ter um iate, viajar pelo mundo, ser convidado para as festas mais badaladas, ser chamado de “doutor”, ter um cargo que me dê status na minha igreja (e como vejo isso na minha igreja), pregar como ninguém, pra ser elogiado ao final de cada culto, etc. Ora, ora, ora… como nós humanos somos vermezinhos. Nos contetamos com tão pouco. Com o que irá nos satisfazer apenas por um momento e não rogamos por um amor que vai nos satisfazer pela vida inteira.
    Maurício, outro dia passava eu pela rua e vi uma cena qse igual a que me descreveste. Um irmão estava abaixado ao lado de um outro, menos favorecido e orava junto d´ele, com ele. Isso me fez lembrar um episódio de minha vida que me deu tanta satisfação. Em uma rua que passo diariamente, certa vez um pedinte me bateu ao vidro. Abri, entreguei-lhe uma moeda e junto dela um desses folhetos com mensagens cristãs.(tenho sempre em meu carro e não deixo de fazer isso). O homem agradeceu e fui-me embora. Passados algumas semanas, novamente o meu caminho cruzou o daquele homem. Ao me abordar no sinal, mais uma vez peguei uma moeda e um folheto. Qual foi minha surpresa que ele me reconheceu, mesmo tendo como fato o tempo do primeiro encontro e o número de veículos que passam por aquela avenida diarimente. Ao lhe entregar, ele sorriu e me disse que guardava com ele e lia todos os dias o folheto que havia lhe entregado. Como prova, ele me mostrou o papel, já amassado com marcas do seu manuseio constante. E antes que eu pudesse lhe dizer que “Deus o abençoe”, ele me agradeceu por aquilo pois a cada leitura ele se sentia mais amado por Deus e me pediu mais alguns para distribuir entre os “colegas” da rua. Peguei um bolo que tinha no carro, entreguei e ele saiu todo sorridente. Mauricio, um simples papel mudou a vida daquele homem, um papel trouxe a ele mais felicidade que qualquer moedinha do mundo. Porque raios agora eu vou querar um jatinho ou ter o reconhecimento por ter um curso superior? Eu quero é encher meu porta-luvas de papeis que levem esperança e falem de amor a tantos que D´Ele precisam.
    Maurício, desculpa esse post, mas não tinha outra maneira de partilhar contigo esse meu momento. Minha igreja hoje celebra a memória do Sagrado Coração de Jesus. Que Este Coração, d´onde jorrou sangue e agua, faça o seu coração sempre manso, humilde e sereno, como o Coração do Nosso Jesus. Deus o abençoe e guarde.
    PAX.

    • Mano, o teu relato me emocionou. Obrigado por compartilhar. Sim, uma formiguinha pode mudar todo um monte de lugar, se Cristo estiver com ela.
      Um ósculo santo, no amor do que amou os pequeninos.

    • Bianca Dias disse:

      José Augusto, Que Deus lhe dê muita sabedoria e estratégias para evangelizar, me comoveu seu depoimento, permaneça firme na rocha com o nosso Deus!!!

      A Paz de Cristo!!!!

  4. Alex Costa disse:

    É verdade meu caro irmão Maurício, será que o que queremos pra nossa vida é realmente o mais importante, excelente reflexão.

    Fica o convite pra meu último post: Escravo ou livre? http://t.co/bHg0Ehl

    Mas não responda antes de ler,a resposta pode não ser a mais óbvia hehe

    Um abraço

    Alex Costa

  5. Paulo Ricassio disse:

    Graça e Paz!

    Fiquei tocado pela mensagem, de fato, como muitas vezes somos tão ambiciosos quanto a tantas coisas que perecem, mais a realidade é que o que precisamos mesmo é recuperar nossa DIGNIDADE! lamentável que enquanto estamos tão preocupados em nos satisfazer o mundo perece em nossa volta. Oremos para que Deus cure nossa nação.

    Um forte abraço amigo, Deus te abençoe.

  6. Elton Morais disse:

    Vergonha por tudo que eu quero na vida [3]. Sem mais palavras.

  7. Silvia disse:

    Sua mensagem é bem atual. O retrato de nossa sociedade que se preocupa em ter. Somos bombardeados com anúncios que mostram diariamente que temos que ter. Trabalhamos para pagar coisas que às vezes, não precisamos, e nessa loucura esquecemos de ser. Esquecemos que Deus nos deu o manual para sermos mais que vencedores, da vida abundante, da caminhada com Ele, que implica em amar aos outros, comprometer-se com Ele, e na medida que nos doamos, somos preenchidos de uma existencia de significado, diferente de ter coisas para preencher uma vida vazia.

  8. Carlos disse:

    Pode até parecer falso, mas quando eu achava que deus existia assim como Jesus Cristo, eu so pedia uma coisa pra minha vida, era saúde, muita saúde, pra poder continuar trabalhando para cuidar da filha, porque sei que ele vai precisar de mim até os últimos dias da minha vida.

    Quando eu era jovem nunca tive medo da morte, fazia coisas sem me preocupar com as consequências, só que depois que me casei e tive as minha filhas passei a me preocupar mais com ela, não que eu tenha medo do inferno isso já é passado e não me atormenta mais, é o medo de alguém não conseguir cuidar da mesma forma que eu cuido, sem contar a minha esposa é claro! afinal! mãe é mãe.

    Agora eu não preciso pedir nada a ninguém, o que eu tenho que fazer é somente cuidar de mim, fazer as coisas certas e não me meter em confusões, porque sei que o mundo é violento, se possível ajudar a quem precise, coisa que eu nunca neguei.

    Então é isso, vivo a minha vida e procuro ser feliz, o que vem depois é fruto do meu trabalho e esforço, nada mais.

    Um grande abraço a todos e felicidades também.

  9. Eu não quero mais nada!

    Que vergonha!

  10. Gloria disse:

    É, Maurício… Convivi e ainda convivo com pessoas muito simples, que mal sabem ler, mas valorizam e agradecem a Deus pelo pouco que têm e não vão à Igreja para pedir carro, ou bens materiais, pelo contrário, ainda ajudam os que estão em situações mais difíceis. Com essas pessoas eu aprendi muito mais do que com os livros, com os professores da Faculdade, com teólogos ou filósofos de plantão (não quero dizer que não os valorizo, pelo contrário, os respeito e admiro muito), porque essas pessoas não criaram teorias e me mandaram praticar, elas praticam a sua fé, a cada dia, com seus erros e virtudes. Elas reconhecem que nada são e que dependem de Deus, de verdade. Parabéns pelo seu texto. Foi, na minha humilde opinião, o melhor texto que li no seu blog. que Deus o abençoe e oriente em tudo! Graça e Paz!

    • Obrigado, amada. Tb tive o privilegio de conhecer pessoas assim. Mestres da vida e professores do fruto do Espirito. Sou grato a Deus por cada um. Juraci é um deles. Paz nAquele que nos une.

  11. Amado irmão Maurício:
    Não creio que querer o “melhor dessa terra”, seja pernicioso ou devamos nos envergonhar por querer algo melhor para nossas vidas ou dar o melhor que pudermos aos nossos filhos.
    É lógico que sei que seu texto é para nos mostrar que muitos estão só buscando coisas materiais ao avesso daquilo que Deus quer de nós verdadeiramente.
    Deus quer poucas coisas de nós: Que amemos a Ele em primeiro lugar e ao nosso próximo como a nós mesmos; que preguemos o evangelho a toda criatura e nos preparemos para sua vinda, sendo o melhor ser humano que pudermos, buscando as coisaas do alto; e também que tenhamos consciência de que fomos criados para louvar e engrandecer Seu Santo Nome por toda eternidade! Isso, de carro zero ou não.(rs)
    Um grande abraço dessa que ama ler seus textos; ja sei que serei sempre aabençoada e aprenderei um pouco mais com cada um deles. Agradeço a Deus todos os dias por sua vida e da sua linda família!
    Soraya Barros

  12. Regina disse:

    Tenho um amigo que foi pras ruas; tinha tudo – família, bens, filhas, muitos dos tantos quereres que vc enumerou. Mas, um dia, largou a igreja, abandonou a fé, a vida, o caminho, todos os quereres, e foi pras ruas. Virou mendigo, enlouqueceu. Soubemos que foi, finalmente, resgatado por um amigo, que tb é cristão, e que, enfim, conseguiu o que ninguém mais; está internado, em tratamento físico e espiritual. Foi (e é ainda) uma dor inimaginável para quem o ama e não conseguiu faze-lo voltar à vida… Há inúmeras explicações e causas para uma pessoa deixar tudo e mendigar, mas é sempre dolorido para quem fica do outro lado. Muitas vezes o resgate dessas pessoas é quase impossível, mas fica para o Deus do Impossível fazer o que não podemos.

    A gente percebe que muitas pessoas tem medo de olhar nos olhos deles e enxergar, porque certamente verão o que não querem – a futilidade de tantos quereres, que são o avesso da vida no Caminho que Jesus apontou pra nós. Eu mesma, muitas vezes não quis olhar meu amigo quando ele enlouquecidamente gritava nas ruas, mas era a dor daquela impotência momentânea, porque ele não queria ajuda de jeito algum. Quem atende ao chamado de Deus não consegue ignorar a dor do outro!

    Mauricio Mauricio, como Deus ama você!!!! Abençoadas sejam suas palavras, abençoado seja, cada vez mais, seu talento que você dedica tão inteiramente às coisas de Deus.

    Quero deixar pra você um louvor que, por acaso, estava ouvindo ao ler seu belíssimo texto: “Take You Back” (Jeremy Camp).

    Abraços

    • Regina, obrigado por marejar meus olhos e compartilhar. Deus é bom por pôr pessoas como
      vc na minha trajetória, pois por suas palavras posso refletir e tentar ser melhor. Beijo e paz.

  13. Alessandra Figueredo disse:

    Vergonha por tudo o que quero na vida (4) Que belo soco no estomago!

  14. André Neves disse:

    Será que nós estamos mesmo sendo mais “gente” com todos esses nossos desejos egoístas constantemente ocupando a nossa “lista de objetivos”, “metas” ou “pedidos para Deus”, do que o Juraci (nome da minha mãe, veja só), que não pensa em nada disto?

    Acho que é mais gente aquele que só deseja “voltar a ser gente” (já o sendo), do que nós, tão ocupados e perdidos com coisas inúteis, querendo e empreendendo nossas forças para conquistar o supérfluo, enquanto ao nosso semelhante falta o ESSENCIAL.

    Mais um texto seu, Maurício, que me causa lágrimas de emoção no final de sua leitura. Obrigado por me fazer pensar… E repensar…

    Um abraço!

    André Neves (filho da Juracy… rs)

    • Mais uma vez, amigo Andre, é bom saber que meus pensamentos encontraram morada no teu coração. Que as lagrimas levem à (nossa) ação. Um beijo na dona Juracy, Deus siga abençoando todos vcs.

  15. Iranilde Fernandes disse:

    Chorei, preciso me libertar do meu egoísmo.
    Shalom! Deus continue te usando.

  16. liseyliz disse:

    Envergonhada! Não quero mais nada.
    Obrigada por compartilhar, por abrir nossos olhos para ver o que realmente importa.
    Deus, A tua graça me basta!!

  17. Vanessa disse:

    Oi Maurício ! Excelente texto ! Vim aqui para parabenizá-lo, não somente pelos artigos escritos com grande sabedoria, mas também pelos livros da série Geração Ação ! Acabei de ler o livro ‘O Mistério de Cruz das almas’, fiquei tão empolgada com a leitura que não conseguia parar de ler , comecei e já terminei de ler o livro hoje !!! Edificante e ao mesmo empolgante, a cada página eu me interessava mais pela leitura !!!

    Que a graça de Deus continue abundante sobre você. Que sua vida com Deus e o talento que o Senhor te deu continuem gerando mais e mais livros e artigos para a edificação de outros irmãos.

    Parabéns… Toda a Glória seja dada ao Senhor !

    Um Domingo abençoado,
    para você e sua família.

    • Obrigado por suas palavras, Vanessa, são carinhos como esse que nos motivam a continuar em frente, levando a Palavra do Mestre como formiguinhas a quem pudermos alcançar.
      Se ‘O Mistério de Cruz das Almas’ e os outros livros da série te tocaram, divulgue! Não têm fins lucrativos, foram feitos para abençoar e edificar mesmo. E, por favor, ore por mim, pois a editora já encomendou o quarto livro da série para publicação em 2012 e preciso de iluminação do Espírito para escrever uma história que venha a tocar corações.

      Muito obrigado pelo seu afeto e pela comunhão.

      Graça, beijo e paz, no amor dAquele que nos une.

  18. […] O que Deus quer da minha vida? […]

  19. cajeron disse:

    Não tem o que comentar. Apenas para dizer que li. Obrigada pelo texto.

  20. Eliana disse:

    Mais uma vez sendo abençoada por um post desse blog.

    Que o Senhor continue te usando, amado. A cada texto que leio, me surpreendo mais! Esse blog de fato glorifica o nome de Deus e edifica as nossas vidas!

  21. Marcelo Freitas disse:

    A mana ali em cima, liseyliz, há quase 7 meses atrás, tirou as palavras da minha boca agora =D “A minha Graça te basta.”. Isso é o que tenho ouvido quando busco acumular ferrugens.

    Acho que ainda nos falta atender ao chamado do Senhor para ver as coisas de Cima. Segundo a visão dEle mesmo (ou o mais semelhante possível). Enxergarmos que aqueles que chamamos de “ricos”, sem Deus, nada tem. Que ouro e prata hão de passar. Que toda essa trancalharia há de dar testemunho contra aqueles que as buscam em primeiro lugar. Que só Vive aquele que está em Cristo Jesus; caso contrário, é apenas um zumbi, corpo que se mexe sem Vida.

    Chega de atribuir o título de “ser” para aqueles que, em verdade, não “são”. Quem vive debaixo de marquises pode, sim, ser mais Rico que muitos ricos. Um cego pode Ver melhor que muitos que pensam ver. Um surdo pode Ouvir, em alto e inconfundível som, a Voz que muitos não ouvem. Diante dessas coisas, pergunto: Quem é o pobre? Quem é o cego? Quem é o surdo? Está verdadeiramente vivo, ou já cheira mal? Quem é o desconhecido? Quem é o desamparado? Quem é o manco, ou o aleijado? Quem é você?

    Continue dando TUDO que você tem a quem nada tem, mano (: Como Pedro em Atos 1, que reputou o ouro e a prata como esterco, mas Cristo como o ganho.

    P.S.: Enquanto lia, lembrei muito de uma música que eu costumava ouvir do Nickelback, chamada “Rockstar”. Não é “gospel”, mas faz você parar pra pensar em tudo isso =]

    nEle, que mesmo sem parecer e nem formosura pro homem, fez-Se, pra mim, o Tesouro mais lindo.

  22. Jacy disse:

    Quero também ser mais gente: “gente que ama gente”!

    Abraços, Maurício!

  23. Leonardo Ferreira disse:

    Muda nossa maneira de pensar

  24. Bianca Dias disse:

    Engraçado Mauricio, que pedimos mais do que agradecemos, como se Deus fosse um gênio que existisse só para realizar nossos desejos……..não dá né…..até porque pedimos para atender nossos interesses pessoais que muitas das vezes não é o melhor para nós, por isso devemos saber pedir e se for da vontade dele, com certeza ele irá nos abençoar …..

    Deus abençoe a sua família!!!

  25. TONEY FONTES disse:

    Olá Maurício, faltou helicóptero na sua lista de desejos…rs
    Abs

  26. TONEY FONTES disse:

    Desculpa ter mandado a resposta separado, mas no final do seu post, vc coloca a seguinte frase: “Quero erguer meu trono acima das estrelas de Deus e me assentar no monte da assembleia, no ponto mais elevado do monte santo.”
    Se não me engano esse foi o desejo de Satanaz, não é mesmo? E qd eu li pensei que vc fosse falar algo sobre isso, mas vi que vc não falou… minha pergunta: é pq colocou essa citação do rei de Tiro junto com as coisas que vc deseja?
    Abçs

    • Toney,
      No contexto do post, os desejos expressos não necessariamente são meus, mas representam os anseios dos homens de nossos dias. A escolha por essa citação foi uma forma de demonstrar como muitos querem na verdade o mesmo que Satanás quis: glória, poder e suas consequências. Explicado?
      Abraço, querido, na paz do Mestre.

      • TONEY FONTES disse:

        Ta certo meu irmão, a nossa carne deseja “O melhor dessa terra” mas o nosso espírito não deseja nada dela, não é mesmo?
        Nosso mestre Jesus, que não teve nada e abriu mão de tudo que poderia ter, deu exemplo de humildade ao entrar em Jerusalém montado num burrinho, porque nos que somos servos, vamos querer ter mais do que ele? Parece que as vzs ignoramos algumas palavras dEle, quando elas veem de encontro aquilo que desejamos….

      • Exato, Toney.
        Deus te abençoe!

  27. […] 19. O que Deus quer da minha vida? […]

  28. […] O que Deus quer da minha vida? […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s