Deus muda o temperamento ou só o caráter? (Reflexão em áudio)

Publicado: 24/09/2015 em APENAS em áudio, Fruto do Espírito
Tags:, , , , , , , ,

Se você não conseguir visualizar o player, pode clicar AQUI para ouvir a reflexão
na home page do blog APENAS ou AQUI para ouvir no YouTube.

.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

.
O fim do sofrimento_Banner APENAS
Clicando nas imagens acima e abaixo você vai à loja virtual da livraria Saraiva

Perdaototal_Banner Blog Apenas

Anúncios
comentários
  1. Paloma de Carvalho S Crapis disse:

    Não consegui ouvir o áudio nem no you tube nem no canal do blog. Uma pena!

  2. zejuno disse:

    Bom dia Mauricio.

    Sua reflexão veio ao encontro a uma situação que vivencio no momento.

    Ja comentei aqui que sofro de um transtorno mental, incurável, humanamente falando.
    Desde que fui diagnosticado (mas sintomático ha décadas), ouvi muitas palavras de afronta contra a minha pessoa, no que tange personalidade, temperamento, postura, convivência, etc.

    E como sou de família evangélica pentecostal, deveria ser simples para mim, afirmam eles e outros, que bastaria que eu acreditasse no milagre de Deus em minha vida, e amem. Que Jesus pode todas as coisas, que eu não posso aceitar isso, não posso aquilo, e…

    Baseiam-se em passagens que voce citou, de Gálatas 6, do Filho Pródigo, Zaqueu, Jōao, o filho do Trovão, etc.

    Dentre alguns dos sintomas que sofro, tem a alteração de temperamento, humor, compulsão, timidez, falastrão. Da pra entender porque o fruto seria ideal para mim, né?

    Se estou sob mau humor…”ah, o fruto do Espirito é alegria”, isso não é ser cristão;
    Se estou compulsivo, hiperativo… “ah, o fruto do Espirito é domingo proprio”, isso é anti-cristao;
    Se sinto-me timido…”mas Jesus não chama os tímidos, covardes”, voce precisa nascer em Cristo;
    Se sinto-me agressivo, impaciente… “Jesus era manso, um cordeiro”, clame por Ele que voce…

    Ultimamente… Tem muitas pessoas que falam do que não entendem, não sentem, não tem convivência.

    Voce entende o que é sofrer dor, devido a fibromialgia.
    Meu pai entende quem sofre de hipertensão, arritmia.
    Eu entendo quem ja viveu em drogas, prostituição, homossexualismo…
    Minha filha, adolescente, entende diabéticos tipo 1…

    O que nós temos em comum? Ja ouvimos que se crermos, Jesus nos cura.

    Imagine a frustração por não conseguirmos ser como Ele, ou recebermos Sua cura.

    “Nao oramos corretamente… nao temos fe… ainda não nascemos de novo!”

    Complicado Mauricio, complicado.

    Abraco,
    Jose.

  3. Elisangela Ferreira disse:

    Kkkk, confesso que não imaginava sua voz assim, tão acostumada à somente ler seus posts.
    Simples e prática reflexão; antigamente ou até pouco tempo eu usava a justificativa dizendo:eu sou sanguínea, não tenho paciência.Até que o Espírito Santo começou a me icomodar e estou buscando ter mansidão,mais do que nunca.Paz!

  4. Eduardo Araújo disse:

    Muito bom. Fico feliz por vc ter superado a dúvida sobre os áudios, o próximo passo são vídeos também, porque não? Vc está totalmente certo… Mas mesmo concordando com isso tudo, orando por esse propósito, continuamos carnais e nos pegamos muitas vezes no rio da carnalidade e só a misericórdia de Deus para nos tirar do poço profundo do sentimento de culpa e, às vezes, até do desespero por conseguirmos avançar, muitas vezes, tão pouco. Mas creio que Ele está vendo nossos esforços para trilhar o Caminho, Abcs e siga em frente…..os dons da cultura do Homem, dado por Deus, nos aproxima mesmo nas maiores distâncias….

  5. Nadia Malta disse:

    Que Palavra tão verdadeira e oportuna, meu irmão! Que o Senhor continue a abençoá-lo lindamente!

  6. Teller disse:

    Maurício , sabe me dizer se existe mesmo esse negócio de “dar liberdade para Deus agir na sua vida” ?
    Temos essa capacidade de “deixar Deus fazer algo” mesmo que seja na nossa vida? Pra mim n faz sentido isso , mas posso estar errado e gostaria da sua opinião.

    • Oi, Teller,
      .
      mano, Deus é soberano e faz o que ele quer, quando quer, do modo que quer. Há na Bíblia algumas passagens que mostram certas limitações nas ações de Deus, como no episódio em que Jesus vai a sua cidade e não realiza muitos milagres, “por causa da incredulidade” de seus conterrâneos: “Quando acabou de contar essas parábolas, Jesus saiu dali. 54 Chegando à sua cidade, começou a ensinar o povo na sinagoga. Todos ficaram admirados e perguntavam: “De onde lhe vêm esta sabedoria e estes poderes miraculosos? 55 Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas? 56 Não estão conosco todas as suas irmãs? De onde, pois, ele obteve todas essas coisas?” 57 E ficavam escandalizados por causa dele. Mas Jesus lhes disse: “Só em sua própria terra e em sua própria casa é que um profeta não tem honra”. 58 E não realizou muitos milagres ali, por causa da incredulidade deles” (Mt 13.53-58).
      .
      Há quem diga que Jesus se impôs limitações, para mostrar as consequências da incredulidade. Outros dizem que ele “precisa” de fé para operar. Eu fico com a primeira opção. O que creio é que Deus estabelece, dentro de sua onipotência, algumas condições para que ele aja. Não que ele não possa agir, mas penso que ele estabelece esses limites por vontade própria. Então, não, não creio que possamos impedir Deus de fazer qualquer coisa em nossa vida. Se ele quer, ele faz.
      .
      Abraço, mano, Deus te abençoe,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s