pecado 1Será que existe algum pecado que seja pior do que todos os outros? Que seja mais terrível, abominável, repulsivo e condenador? Que seja mais grave, que ofenda mais a Deus, que gere consequências espirituais mais destrutivas que os demais? Entre todos os tipos e variações de pecado haveria um que superasse todos os outros quanto a sua peçonha? Assassinato? Adultério? Idolatria? Soberba? Ganância? Mentira? Suborno? Desonra a pai e mãe? Cobiça? Semear contenda entre os irmãos? São muitas as possibilidades. Claro que não incluímos neste raciocínio a blasfêmia contra o Espírito Santo, pelo fato de que essa é uma transgressão sem perdão. “Em verdade vos digo que tudo será perdoado aos filhos dos homens: os pecados e as blasfêmias que proferirem. Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não tem perdão para sempre, visto que é réu de pecado eterno” (Mc 3.28-29). Logo, a blasfêmia contra o Espírito Santo é uma categoria totalmente à parte, que não entra no nosso raciocínio. Mas e quanto a todos os outros milhares de tipos de pecados, algum é pior do que os outros?

Sim. Há um pecado absolutamente devastador. Um pecado terrível e assassino. Que está acima de qualquer outro na escala de horror. Se você não sabe qual é, anote: o pior de todos é o pecado sem arrependimento. Qualquer que seja.

pecado 2Jesus não encarnou para condenar, ele se fez homem precisamente para salvar. Jesus é o “Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (Jo 1.29). A meta de Cristo ao subir à cruz era conduzir pecadores ao arrependimento e, assim, possibilitar o perdão de milhões de vidas. Deus tem um enorme prazer no arrependimento: “Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento” (Lc 15.7). Essa percepção é absolutamente transformadora e libertadora, e explico por quê: muita gente acredita, por mil razões diferentes, que Deus não perdoará seu pecado, embora esteja verdadeiramente arrependida de seu erro. Quem pensa assim ainda não alcançou a compreensão, infelizmente, de que o perdão mediante o arrependimento é exatamente o motivo que levou Jesus a despir-se de sua glória para entrar no mundo como um de nós, sofrer e morrer na cruz.

Não falo isso só por teoria: eu mesmo já fiz parte desse grupo. Por um bom tempo vivi com o terrível peso de culpa por enxergar minha enorme pecaminosidade após a conversão, já conhecendo a Verdade. E percebi que aquele era um sentimento que muitos e muitos de meus irmãos e irmãs em Cristo experimentavam: não se enxergavam dignos do perdão de Deus, por terem pecado sendo já cristãos, justificados e chamados pela graça. Foi quando resolvi mergulhar nas Escrituras para compreender com a maior profundidade possível o que elas dizem sobre o processo pecado-perdão-restauração. Foram meses de leitura, estudo e reflexão. Por fim, acredito que consegui compreender com clareza a realidade que envolve essa dinâmica e, consequentemente, passei a ver como existem multidões de cristãos assolados desnecessariamente pela culpa. São homens e mulheres arrependidos, que abandonaram o pecado que outrora cometeram, não querem mais cometê-lo e, ainda assim, se veem culpados e esmagados pelo peso de um pecado que já não pesa sobre eles.

Foi a compreensão das verdades bíblicas acerca dessa realidade que me libertou das garras da culpa. E se você vive uma enorme culpa por algum pecado que cometeu e acha que não há perdão para você, saiba que basta cumprir o que a Palavra de Deus estipula e você será totalmente liberto desse fardo. O arrependimento é o primeiro passo, como disse Pedro: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados” (At 3.19). Esse arrependimento não pode ser produzido por vontade humana, é o Espírito Santo quem nos convence do pecado. Portanto, se você está arrependido, saiba que é Deus agindo com o intuito de perdoá-lo.

Após o arrependimento, vem a confissão. É hora de abrir o coração e confessar a Deus seu pecado, sem desculpas, sem subterfúgios; mas com transparência e sinceridade. “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1Jo 1.9). Em seguida, é preciso deixar a prática desse pecado, o que significa estabelecer o firme propósito de não mais cometê-lo. “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (Pv 28.13).

pecado 3Uma vez que você tenha passado pelo processo de arrependimento, confissão e abandono, o perdão total vem sobre a sua vida. Você será livre. Todo fardo de culpa será lançado no fundo do mar. Deus te abraçará e dirá, sorrindo, que nenhuma condenação há para aqueles que estão em Cristo Jesus. E, então, feito alvo, mais que a neve, você deve continuar sua caminhada de fé, inocentado do pior pecado de todos. A partir daí, seu papel é ajudar quem está achatado pelo peso da culpa, ensinando o caminho do perdão total mediante o arrependimento. E, para aqueles que não se arrependeram ainda, deve pregar o arrependimento e interceder por sua vida, para que, mediante a sua proclamação do evangelho e a ação do Espírito Santo, tais pessoas encontrem a paz, o perdão e a restauração.

Seja um agente em favor do arrependimento. Ao fazer isso, você pode ser o canal para que Deus apague uma multidão de pecados.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari <facebook.com/mauriciozagariescritor >

Perdaototal_Banner Blog Apenas

 

Anúncios
comentários
  1. jonan gregorio da silva disse:

    Prezado Pr, gostei muito dessa mensagem,a bracos. JONAN

    • Louvo a Deus por isso, Jonan.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Cristo,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

      • Daniel disse:

        Mas eu paro de praticar tal pecado , e então me arrependo? ou eu me arrependo antes e paro de praticar o pecado?
        E se a pessoa n consegue se arrepender verdadeiramente?

      • Daniel, olá,
        .
        o arrependimento precede o abandona. Só se consegue deixar um pecado se há arrependimento prévio de o estar praticando. É importante saber que o arrependimento é obra do Espírito Santo, que nos convence “do pecado, da justiça e do juízo”. Por isso, se a pessoa não consegue se arrepender verdadeiramente, deve ir a Deus em oração, jejuns e estudo das Escrituras, na esperança de que será transformado pelo poder de Deus.
        .
        Abraço, na paz de Cristo,
        mz

  2. jairovivian207ja disse:

    Pr. é possível(permitido) imprimir seus comentários? Pq são a luz do Todo Poderoso, e podem ser compartilhado em ocasiões que necessitem de um maior entendimento. Deus abençõe

    • Olá, Jairo,
      .
      claro, fique à vontade para compartilhar. Se posso dar uma sugestão, há leitores do blog que assinaram o mesmo e recebem os posts por email. Com isso fica mais fácil encaminhá-los a outras pessoas ou mesmo arquivá-los em uma pasta no seu computador. Se desejar, é só inserir seu endereço de email no espaço que há na barra à esquerda do blog. Talvez isso o ajude.
      .
      Abraço, Deus te abençoe muito,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  3. solange vieira disse:

    Olá Mauricio !
    Ah irmão, o mais dificl após o arrependimento e confissão dos pecados, é sem dúvida para mim o se perdoar, mesmo sendo perdoado por Deus, a luta contra nossa culpa é árdua, dói, mesmo pq todo pecado gera a morte,literalmente falando ,e as consequências são muitas vezes desastrosas e não ficamos isentas dela, e assim só com muita perseverança e graça do Senhor,conseguimos nos libertar e nos perdoar. Mesmo porque se eu não conseguir me perdoar,como conseguirei perdoar alguém ,não é mesmo assim ? .
    Ah se não fosse o perdão e amor do Pai.!!!!
    Abraços.

    • Olá, Solange,
      .
      perdoar-se exige uma consciência acerca do que a Bíblia diz sobre quem é culpado e quem é perdoado. Se Deus te perdoou, não faz o menor sentido você não se perdoar. Tenha paz, minha irmã.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Cristo,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  4. Daniel disse:

    Olá Maurício .
    E quando a pessoa ja foi restaurada mas depois de um tempo voltou às práticas do pecado , no entanto agora ela conhece a verdade e sabe que está desagradando a Deus, confessa e perde perdão mas não deixa a prática no momento , isso é pq ela não se arrependeu?Então o que fazer?

    • Olá, Daniel,
      .
      o que diferencia arrependimento de remorso é exatamente isto: quem está arrependido foge da prática do pecado. Remorso é estar desagradado do que se fez, sem, porém, uma mudança real de atitudes. Para que haja perdão é preciso se arrepender, confessar e estabelecer o firme propósito de não mais cometer aquele pecado.
      .
      O que se deve fazer é buscar abandonar o pecado em questão. Se você tiver dificuldades, recomendo que procure seu pastor e peça orientações e conselhos a ele, ok?
      .
      Abraço fraterno, na paz de nosso Deus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  5. Luiz Fernando disse:

    Muito edificante, Maurício. Tomo para mim as palavras do apóstolo Paulo: Romanos: 7. 24. “Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? 25. Graças a Deus, por Jesus Cristo nosso Senhor! De modo que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.” Só a graça, só a graça…

    Gostaria de deixar este vídeo para ti e para os meus irmãos. Talvez já o tenham assistido, não sei. Porém sinto-me na vontade de compartilha-lo. Muito lindo e trata de uma história que figura o que Deus fez por nós, quando estávamos ainda mortos em nosso pecados. Simboliza para mim a grande importância, que nós temos para Ele, mesmo nós sendo terríveis pecadores, Ele nos amou e nos ama até a Sua vinda. Se for muito incomodo gostaria que assistisse.

    Grande abraço na paz.

    https://m.youtube.com/watch?v=kpYiv63_-5U&hl=pt&gl=BR&client=mv-google

  6. Ana Paula disse:

    Oi Mauricio.

    Eu fui criada no evangelho, sempre vivi uma vida em comunhão com Deus. Quando me casei gostava muito de leituras sobre relacionamentos e familia. Meu marido também criado no evangelho, musico da igreja. Estou casada com ele há 15 anos. Sempre o respeitei muito. Ele tem uma personalidade um pouco difícil de se lhe dar, tanto que muitas pessoas não gostavam muito do seu jeito agressivo, soberbo (ele se engradece muito sobre o conhecimento que ele tem), as coisas tinham que ser do jeito dele, mas Mauricio o que mas me deixava triste era o fato dele não ter controle em admirar mulheres, ele olhava na minha frente e sempre que eu iria questiona-lo ele falava que não olhava, minha familia já tinha percebido isso e algumas pessoas também. Isso sempre me destruiu, mas sei (acho que sei) que ele nunca me traiu. Há 2 anos atrás tivemos um problema de questão familiar e ele acabou descontando em mim sua raiva. Orava bastante para que ele liberasse o perdão para algumas pessoas da familia que tinham nos machucado, eu já não me preocupava mais com o que fizeram conosco, queria muito viver feliz com minha familia, mas ele sempre com rancor no coração falava sobre o assunto. Aí, Mauricio foi que satanás aproveitou da minha carência de esposa, onde tinha um marido stressado (em casa, no trânsito), rancoroso e aquele probleminha que me atormentava (meu marido admirando outras mulheres), eu já tinha pego ele olhando pornografia no computador de madrugada, vi no seu celular uma foto de uma mulher semi nua, e quando eu descobri ele me pediu mil desculpas, fiquei muito chateada, mas perdoei consegui esquecer esses fatos. Nesse tempo eu acabei me envolvendo com um rapaz, estava muito triste com meu esposo e um pouco carente, e não estou falando sexualmente e sim de um amigo, companheiro, alguem alegre. Acabei caindo no abismo, deixei de lado meus valores, dignidade, familia e principalmente entristeci meu Deus. Me arrependo amargamente, confessei para Deus e para meu marido, pedi perdão pra Deus e para ele, e tenho certeza que Deus me perdoou, se eu pudesse voltar ao tempo jamais cairia neste pecado, isso já tem 1 ano, hoje eu vivo com muita vergonha da minha familia e algumas pessoas que sabem, inclusive o meu pastor que eu pedi ajuda, mas não tive retorno. Vivo amargurada e humilhada, pois todos os dias durante esse 1 ano meu marido me humilha, dizendo palavrão pra mim, fala com a minha filha que tem apenas 8 anos o que eu fiz, me acusa o tempo todo, e eu tento ser melhor esposa pra ele, me sujeito algumas humilhações, tenho orado e jejuado muito. Desabafei com ele algumas coisas que eu não gostava do que ele fazia comigo e ele simplesmente confirmou que olha pra mulheres e me diz que o que eu fiz é pior do que todos os pecados. Algumas pessoas que sabem (inclusive a familia dele), me diz pra eu me separar porque nenhuma pessoa merece viver sendo humilhada todos os dias, trazendo todos os dias para o presente o meu pecado do passado, mas eu não consigo me separar dele, acredito que Deus pode restaurar, mas confesso que às vezes não consigo ficar ao lado dele. Conclusão, Mauricio: eu pequei, me arrependi grandemente, o gosto do pecado é horrível, confessei ao meu Deus, Ele me perdoou, quero viver muito melhor pra Deus e pra minha familia, mas estou presa com meu pecado, pois não tenho o perdão do meu esposo e sou humilhada todos os dias. O que eu faço? me dá uma orientação POR FAVOR!!!!! Sei que você é um homem muito usado por Deus, e preciso de ajuda. Me perdoe pelo grande texto, precisava desabafar. Abraços

    • Ana, olá,
      .
      fico muito triste pelo que você me contou. Há muitas questões na sua história, muitos pontos que precisam ser cuidados, e a pessoa ideal para isso é o seu pastor. Fico arrasado de saber que seu pastor não a ajudou, isso não existe. Não vejo o divorcio como saída. Acredito na restauração que vem de Deus. Seu marido precisa entender o que significa perdão, ele visivelmente está doente de alma. Seria muito bom se você e, principalmente, ele pudessem ler o “Perdão Total – Um livro para quem não se perdoa e para quem não consegue perdoar”, para que você não carregue fardos de culpa e, especialmente, para que entenda que o comportamento dele é inaceitável. Se você se arrependeu e deixou o pecado, está perdoada e toda acusação posterior não vem de Deus, mas do Inimigo. Ninguém pode oprimir quem Deus já perdoou. Penso que você precisa orar, buscar aconselhamento e, se for o caso, procurar outro pastor, que verdadeiramente apascente sua vida e contribua para a restauração de seu lar. Você precisa de cuidados presenciais e não à distância.
      .
      A boa notícia é que Deus quer e pode restaurar o seu lar. Mas para isso será preciso que todos os envolvidos se esforcem. Busque auxilio pastoral e, se puder, leia o livro, que, acredito, trará alívio para sua vida e orientação a seu esposo.
      .
      Oro por você, minha irmã, e pela sua família. Um abraço fraterno, na paz do Mestre,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

      • Ana Paula disse:

        Poxa Mauricio, muito obrigada pelas suas palavras, elas me confortam…. Já comprei o seu livro e estou começando a ler (é fantástico). Como eu te falei meu pastor não nos deu nenhum apoio, nem no momento de relacionamento conjugal e nem quando em janeiro deste ano (2015) eu grávida de 6 meses, tive uma pré eclâmpsia, minha filhinha (Elise) nasceu e Deus a levou com 7 dias de vida. Deus tem me refinado muito durante essas tempestades. Tenho buscado muito apoio do Pastor da minha vida (meu Deus). Sabe Mauricio, eu tenho obtido Dele muito consolo, força, paz e esperança de que tudo isso vai mudar. Tenho aprendido muito com meu Deus, através de muita oração e jejum. E agora através do seu livro (que é uma benção). Deus tem tratado muito comigo, sei que é muito importante um aconselhamento pastoral, como não conseguimos, Deus tem me dado a oportunidade de estar mais perto Dele. Tenho fé que testemunharei dos milagres de Deus na minha vida e de minha família.
        Obrigada pelas orações. São elas que movem a mão de Deus.
        Um grande abraço,
        Ana Paula

      • Fico feliz, Ana Paula, e oro ao Senhor por sua vida e a de sua família. Siga firme, não esmoreça, Deus permanece com seu olhar sobre a tua vida.
        .
        Abraço fraterno, no amor que nos une,
        mz
        facebook.com/mauriciozagariescritor

  7. Mateus disse:

    É um trecho do Perdão Total? rs. Li nele você dizendo que o pior pecado é aquele que não tem arrependimento, por isso assimilei com o texto. Creio que há pecados que trazem maiores consequências do que outros. E no que diz respeito a pecado maior que outro, eu não sei o que dizer, rs, embora me lembro de você ter dito em seu livro que isso não existi.
    Abraço, mano.

    • Olá, Mateus,
      .
      sim, querido, não há pecado mais pecado do que outro pecado. O que trato neste texto não é sobre classes de pecado, mas sobre a necessidade de arrependimento, usando licença poética. Um conceito não exclui o outro, percebe?
      .
      Abraço, mano, Deus te abençoe,
      mz

  8. Ângela disse:

    Precioso irmão Maurício, boa noite. Escrevo pra dizer que, apesar de não registrar comentários, leio todos os seus artigos, os quais recebo por email há um bom tempo. São incrivelmente edificantes! Louvo a Deus por sua vida, pedindo sempre que Ele continue te dando sabedoria e discernimento. Meu muito obrigada por ser sempre tão fiel às Escrituras. Como precisamos disso! Grande abraço.

    • Olá, Ângela,
      .
      louvo a Deus por os textos que compartilho pelo APENAS edificarem sua vida, muito obrigado pela sua tão importante oração.
      .
      Abraço carinhoso, no amor do nosso Deus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  9. Fabio Cardoso disse:

    Olá Maurício ,

    Por isso Davi mesmo tendo cometido pecados não aceitos socialmente, foi considerado um homem segundo o coração de DEUS.
    Davi arrependeu-se e livrou-se do pior peso. O peso da culpa e da condenação.

    Maurício, fique na paz, abraço !

  10. Franciely disse:

    Bom dia Mauricio, tenho sido atormentada com o fato de achar que blasfemei contra o espirito Santo, desacrediteei de tudo, e questionei a Deus, e pensei coisas a seu respeito não muito boas :(, não sei mais o que fazer com relação a isso, o medo tem me consumido de uma forma horrivel, medo de estar condenada, de não ter perdão, medo de tudo, parece que pra mim acabou tudo não ha mais solução pra minha vida…

    • Olá, Franciely,
      .
      amada, reproduzo aqui um trecho do meu livro “Perdão total: um livro para quem não se perdoa e para quem não consegue perdoar”, em que trato do assunto. Espero que as informações te esclareçam e tranquilizem:
      .
      “Só um pecado é imperdoável
      Eu lhes asseguro que todos os pecados e blasfêmias dos homens lhes serão perdoados, mas quem blasfemar contra o Espírito Santo nunca terá perdão: é culpado de pecado eterno.Marcos 3.28-29
      .
      Entre todas as inúmeras maneiras de pecar, existe uma e somente uma para a qual a Bíblia nos diz que não há perdão: a blasfêmia contra o Espírito Santo. Esse pecado enche de pavor muitas pessoas: “Meu Deus, eu falei tal coisa, será que blasfemei contra o Espírito Santo?”.Para responder isso, precisamos entender o que exatamente significa blasfemar contra o Espírito de Deus. O curioso é que, em geral, quem entra em crise por acreditar que cometeu essa blasfêmia é justamente quem não o fez. Entenda: quem blasfema contra o Espírito Santo jamais se arrepende e, portanto, nunca entraria em crise achando que a cometeu. E por quê? Ora, se essa pessoa se torna imune ao perdão, jamais se sentirá arrependida de seus pecados, visto que quem toca no coração e denuncia a transgressão é o próprio Espírito Santo (Jo 16.8). E, pare para pensar, como ele levaria alguém a se arrepender e pedir perdão de algo que não tem perdão? Simplesmente não faria sentido. Então, se há arrependimento, logicamente é porque não houve blasfêmia contra o Espírito de Deus. Qualquer pessoa que pense ter blasfemado contra ele mas se arrependeu precisa compreender que, na realidade, não blasfemou. Pois, caso contrário, não estaria arrependido.Quando Jesus faz essa afirmação acerca do pecado imperdoável, os fariseus acabaram de acusá-lo de expulsar demônios pelo poder de Satanás (Mc 3.22). O que ele está dizendo a eles é que blasfemar contra o Espírito Santo significa acusar Deus de atuar em nome de Satanás — isto é, eles rejeitam a revelação que o Espírito faz de Jesus.”
      .
      Abraço fraterno, Deus a abençoe muito,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

      • Franciely disse:

        obrigado Mauricio,

        comprei o seu livro semana passada, mais não tinha noção que conheceria esse blog e que ele era feito pelo autor do livro que comprei rsrs, estou lendo ele e é bem explicativo…… agente complica muitoo a Deus, quando na verdade é simples porém não facil….obrigado pela explicação, estou num estado tão critico que a palavra Blasfemia me deixa fora de mim, mais estou pedindo a Deus me ajude.

      • Olá, Franciely,
        .
        Deus te ama e cuida de você até nos detalhes. Se você teme ter blasfemado é porque não blasfemou, fique em paz.
        .
        Abraço fraterno, na paz do alto,
        mz
        facebook.com/mauriciozagariescritor

  11. Antonio c Toledo disse:

    Boa noite Mauricio.Estou muito preocupado, porque a mais ou menos 13 anos fui traido pela minha esposa,e agora nao consigo perdoa-la eu digo a ela q a perdoei mais no fundo nao e verdade, por este motivo cobiço todas a mulheres que vejo ja fiquei com outra mulher mais nao fiquei satisfeito tenho vontade de ficar com outras e nao arrependo.Na verdade me sinto mau com isto na verdade eu sou um mentiroso trato bem minha esposa, mais queria estar com outra.A estou meio que namorando uma moça sem sexo.Me ajude por favor.brigado.

  12. claudia disse:

    Eu comecei a pouco na palavra de deus . E sei que é errado fumar… Já pedi ao meu pastor ajuda,ele fez uma reza por mim pelo meu vicio, tive 4dias sem fumar mas a vontade era tao grande que comecei denovo. Será que deus me vai desculpas deste pecado tao difícil de abandonar ?

    • Claudia,
      .
      recomendo que leia o livro “Perdão total” (editora Mundo Cristão). Será esclarecedor para você.
      .
      Abraço fraterno,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s