boneca 1Sei que confessar isso não fará bem à minha imagem de machão brasileiro, mas a verdade é que eu brinco com bonecas. Tudo bem que não é uma atividade solitária ou espontânea: eu só brinco com bonecas, panelinhas, cozinhas de plástico e afins quando minha filha me chama para isso. Como amo brincar com ela, perco todos os pudores masculinos e me torno a voz e a alma da Dudinha, da Lalá, da Giulia, da Bailarina, da Branca de Neve e de muitas outras bonecas que fazem parte do universo lúdico da minha pequenininha. Recentemente, em uma dessas brincadeiras, eu me peguei reparando um aspecto que não havia notado antes: bonecas são perfeitas. Já percebeu que nenhum fabricante faz bonecas de pessoas com problemas genéticos, obesas, deficientes ou amputadas? Quando esse pensamento invadiu minha mente, me fiz uma pergunta que pode soar bem sui generis: por que não se fabricam bonecos de pessoas que fujam dos padrões da chamada “normalidade”, como… anões? Isso mesmo, poderia haver, por exemplo, uma boneca da Princesa Elsa, de Frozen, retratada com um dos 200 tipos de nanismo já identificados pela medicina. Após alguma reflexão, acredito que a resposta a essa pergunta inusitada fala muito sobre como nós, seres humanos, somos.

Em princípio, você pode achar bizarro o meu questionamento. “Ora, Zágari, é óbvio que ninguém fabrica bonecos de anões!”. Bem, na verdade não é algo tão óbvio assim, se levarmos em conta a estimativa de que existem cerca de 175 mil anões sobre a face da terra – um número expressivo de seres humanos. Poderíamos ir além: que tal as fábricas de brinquedos lançarem uma linha de bonecos com deficiências visuais? “Zágari, para, tá ficando doido?!”. Bem… pesquisas da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que existem no planeta cerca de 75 milhões de pessoas cegas e mais de 225 milhões de portadores de baixa visão, isto é, incapazes de desempenhar grande número de tarefas cotidianas devido à deficiência visual. E poderíamos seguir adiante, mostrando como a população da terra é composta por pessoas cheias de deficiências, disfunções e problemas. Eu mesmo sofro de fibromialgia, síndrome que, acredita-se, afeta 5% da população mundial – nada menos de 350 milhões de pessoas, quase o dobro do número de habitantes do Brasil.

O que isso mostra? Que dos 7 bilhões de habitantes dessa esfera flutuante em que vivemos, a maioria tem algo que as torna “imperfeitas”. No entanto, as bonecas são todas perfeitas. Barbie não tem uma única celulite, imagino que nem mau hálito deva ter. Ken, seu companheiro apolíneo, tem os dentes brancos, sem tártaro algum, não sofre de dores nas costas e imaginá-lo calvo seria uma heresia. A Giulia, uma boneca quase anatomicamente perfeita de uma neném, é loirinha, com olhos azuis, rechonchudinha e nunca experimentou desidratação, diarreia, viroses ou alergias. Que dizer, então, da Branca de Neve, essa musa morena das passarelas, que desconhece o que seja miopia, hérnia de disco, obesidade, intolerância a lactose ou lúpus. Bonecas são perfeitas: essa é a constatação e ponto final.

A pergunta é: por quê?

masks 1Por que quando o ser humano tem a possibilidade de brincar de Deus e fabricar à sua imagem e semelhança pequenos seres humanos de plástico, látex, pano e borracha, escolhe fabricar logo indivíduos sem nenhuma falha, incólumes, esplendorosos, algo como Adão e Eva antes da Queda? A resposta é simples: não gostamos de nossas imperfeições. Bem… até aí tudo bem, eu não gosto mesmo dos pecados que cometo, assim como o apóstolo Paulo também reconheceu que fazia o mal que não queria e não ficava nada feliz por isso. Mas a coisa vai além de “não gostar”: nós buscamos sempre esconder as nossas imperfeições. E esse é o xis da questão.

Eu e você apreciamos nos apresentar da melhor forma possível. Ressaltamos nossas qualidades e tentamos esconder do mundo nossos erros e fraquezas. Recentemente andou rolando pelas redes sociais uma corrente de mulheres que se desafiavam a publicar fotos sem “make” (maquiagem), como se isso fosse uma tarefa terrivelmente desafiadora. Ou seja: mostrar que elas são quem são foi considerado um desafio, uma ousadia, uma quebra de paradigma. Que percepção interessante! Fato: escondemos ao máximo quem na realidade somos. Não confessamos que soltamos pum, tiramos meleca e cheiramos mal sem a ajuda de produtos químicos como perfumes e desodorantes. A humanidade busca sempre ocultar o que tem de pior.

E até aqui só falei de questões físicas. Mas, para o evangelho, o que mais importa não é o corpo, é o coração.

maks 2O ponto é que Cristo nos desafia a sermos transparentes, sinceros, honestos. A abrirmos o peito e confessarmos a Deus o que há de mais negro, pútrido e fétido em nossa alma, em nossos pensamentos e atos, em nossas palavras e omissões. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1Jo 1.9). “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (Pv 28.13). Sim, Deus nos chama para a absoluta transparência. Se tentarmos esconder quem somos, estaremos incorrendo naquilo que Cristo criticou nos fariseus: hipocrisia. Falsidade. A tentativa de nos apresentarmos como super-humanos, algo que jamais seremos; é mentira, pura e simples.

Reconheçamos nossas falibilidades, meu irmão, minha irmã. Esse é o único caminho para o perdão e a restauração. E, além disso, não fingir uma aparente ultrassantidade serve de exemplo para os que nos cercam, que se tornarão mais honestos consigo mesmos e com os demais. Por que fingir ser quem você não é? Por que se fazer de mais santo do que de fato é? Seja quem sua alma é e não quem você deseja que o mundo veja que você é. Pois a proposta de viver de máscaras nos remete ao pensamento do filósofo Maquiavel em sua obra clássica O Príncipe: “O importante não é quem você é, mas quem os outros pensam que você é”. O que, do ponto de vista bíblico, é o oposto do que Jesus deseja.

cruzPermita-me fazer uma pergunta: se você fosse fazer um boneco de si mesmo, como ele seria? O meu teria barriga grande, pele oleosa, fibromialgia, pé cavo, cabelos brancos nascendo em profusão, pernas arqueadas; isso só para falar do exterior. Se fabricassem bonecos que se pudesse apertar um botão nas costas e ele revelasse o que vai dentro do coração, o meu seria chato, egoísta, pedante, mau, depravado… um ser humano completo, típico espécime da era pós-adâmica. Meu irmão, minha irmã, somente o reconhecimento diante de Deus de quem nós verdadeiramente somos faz de nós cristãos autênticos, do tipo que não tem coragem de olhar para o céu, mas que bate no peito e diz: “Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador…” (Lc 18.13). Encare de frente quem você é. Assuma suas falhas. Pois, se o fizer, terá dado o primeiro passo para que Deus enxergue além delas e veja não as suas sombras, mas a luz do Cordeiro. Jesus tomou sobre si, na cruz, toda a sua maldade. E, se, em vez de escondê-la, você a reconhecer, confessar e lançá-la sobre essa mesma cruz… as portas da graça estarão abertas para você.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício Zágari < facebook.com/mauriciozagariescritor >

Perdaototal_Banner Blog Apenas

Anúncios
comentários
  1. Bruno A Maciel disse:

    Cara, que imperfeição mais linda o seu texto!

    Deus continue te abençoando e me fazendo pensar.

  2. andreia disse:

    paz mano…. essa MARAVILHOSA postagem me lembrou um livro da editora betania muito bom chamado Quem é voce quando ninguem está olhando…. … infelizmente a editora fechou….. mas recomendaria esse otimo material que tem muito a ver com sua excelente postagem….. infelizmente essa DIABÓLICA ditadura de beleza/comportamento invade nossos arraiais tbm… e se não praticarmos Rom 12;2 DIARIAMENTE…. a coisa fica muuiiito …. mas muuuito feia….literalmente…

    Que o óleo da unção seja derramado sobre ti a cada dia…

    Com orações por ti e amadíssima familia

    Andreia Araujo

    • Oi, Andreia,
      .
      obrigado pelo carinho e as orações de sempre! Só pelo titulo já deu vontade de ler o livro rs. Você tem toda razão, vivemos imersos num mundo de aparências )físicas e espirituais) que, se deixarmos, nos levam na força da correnteza. Que Deus nos ajude.
      .
      Abraço fraterno a você e toda a família, na paz do nosso Deus,
      mz

  3. marcojuric disse:

    Bom dia Zágari!

    Muito TOP!!!

    Abração mano!!

    MJ

  4. Jacy. disse:

    A paz, Maurício!

    Concordo plenamente com sua percepção a respeito de sermos transparentes conosco mesmos e com os demais. Quando assumimos nossa humanidade pecaminosa por natureza, não consentindo com ela, pelo contrário, mas reconhecendo que só em Jesus somos verdadeiramente limpos, estendemos também aos que nos rodeiam essa visão de que não somos melhores e nem super humanos por andarmos com Deus, mas fomos alcançados, como eles podem ser também, pela Graça redentora do Cristo.

    Deus o abençoe e aos seus. Que em 2015 o Senhor continue a estender sua mão de amor e misericórdia sobre você e o use ainda mais em favor do Reino. Você é uma benção e agradeço a Deus por isso. 🙂

    • Oi, Jacy,
      .
      obrigado por compartilhar suas percepções e, também, pela intercessão. Sou grato a Deus por caminhar pelo universo virtual com irmãos e irmãs tão carinhosos como você. Desejo a você o mesmo que suas gentis palavras me desejam e que 2015 seja um ano de graça abundante na sua vida.
      .
      Um feliz ano-novo para você e Marcus, Jesus lhes seja propício,
      mz

  5. solange vieira disse:

    Olá Mauirico !
    Incrivel como este post ,vem concatenar com o meu amanhecer,após meu devocional diário ,li uma mensagem que muito me fez refletir, queremos estar na presença de Deus sem imperfeições, inteiro, parece que se mostrarmos nossa sujeira,nossas fraquezas nossas partes doentes deixaremos de ter o amor e olha o que li.

    “Você não precisa ganhar o amor de Deus . Você já o tem. Ele vê o pior de você e ainda lhe ama. Seus pecados de amanhã e falhas do futuro não O surpreenderão; Ele os vê agora. Todos os dias e obras da sua vida já passaram diante dos olhos dele já foram calculados na decisão dele

    “Ele(DEUS) lhe conhece melhor do que você mesmo, e já chegou a um veredito: Ele ainda lhe ama! Nenhuma descoberta O desiludirá. Nenhuma rebelião O fará desistir. Ele O ama com um amor eterno. O amor de Deus – fiel, que nunca acaba.” Max Lucado.

    Confesso que busco ser melhor do que sou,mas estou aprendendo que melhor mesmo é ser sincera e reconhecer que preciso mudar muito e ser eu mesma chatinha,intolerante muitas vezes,
    mas com um coração quebrantado e aberto para deixar Deus fazer o que ele quiser, da forma que quiser.
    Aff ,hoje desencantei a falar de mim…… chatinha eu!!!
    Desculpe é que veio de encontro aos meus pensamentos e minhas buscas.
    Que o Espirito Santo te de muita paciencia.

    A Paz.

    • Olá, Solange,
      .
      só posso me alegrar por o texto ter vindo ao encontro do teu momento. Deus fala de modos inesperados e essa é uma das belezas da voz do Senhor.
      .
      Abraço carinhoso pra ti, um ano-novo na presença de nosso Senhor,
      mz

  6. Jacy. disse:

    Amém! Obrigada, por tudo! 🙂

  7. Ana Paula disse:

    Oi Maurício, confesso que meus olhos brilharam quando vi as barbies no seu blog,rsrsrs, eu adoro barbies.
    Lendo o seu texto, pensei em uma coisa que infelizmente acontece: nem sempre conseguimos encarar as nossas falhas de frente, sempre vamos tentar esconder. Isso é tão ruim e vergonhoso que às vezes tenho até vergonha de orar pedindo perdão, achando que eu sou uma cara de pau aos olhos do Senhor! Nesse momento surge o desânimo e a incerteza da minha salvação. É triste isso mas nem sempre consigo lutar contra esses meus pensamentos. Só o Senhor para dar encorajamento na fé.

    Maurício, que o Senhor continue te dando sabedoria e te iluminando!
    Abraços e um frutífero ano novo!

    • Oi, Ana, tudo bem?
      .
      Não há nenhum motivo para você não orar pedindo perdão. Muito menos para questionar sua salvação. Por favor, não entenda isso como propaganda, não é, mas acredito que seria muito proveitoso a você, diante do que expôs, se procurasse ler meu mais recente livro, “Perdão Total”. Nele abordo detalhadamente essa questão é mostro por que você não deve se culpar por algo que Deus já perdoou. Fica a sugestão, se achar que deve.
      .
      Muito obrigado pelos votos, você é muito gentil. Desejo a você o mesmo é muito mais!
      .
      Abraço fratwrno, na paz do nosso Deus,
      mz

      • Ana Paula disse:

        Olá Maurício, eu amei a sugestão. Com certeza eu estou errada por pensar daquele jeito, mas como eu disse, é dificil às vezes lutar contra tais pensamentos e incertezas. Mas eu gostei da sugestão. Abração pra você, fique com Deus.

  8. anobre77 disse:

    Olá mano, como foi o Natal? Espero que bem.
    Boa comparação. Sabe mano, eu quando era bem mais novo trabalhei em uma casa em que eu pintava imagens (de gesso) de santos católicos e imagens diversas. Dentre essas tinha algumas de anjo e nós sempre as pintávamos com pele clara, olhos azuis e cabelos loiros. Um dia minha patroa e eu conversamos e decidimos que iríamos fazer um anjinho negro. E fizemos … no começo alguns clientes acharam diferentes e até compraram, mas depois a venda desses anjinhos parou. Ninguém gosta muito de imagens imperfeitas, e acho que é a partir disso que temos tanta dificuldade de amar o diferente. Mas aprendo a cada dia, e hoje com esse texto um pouco mais, sobre essa tolerância, afinal meu boneco será igualmente feio assim como na sua descrição.
    Sempre agradeço pelo seus textos, são especiais pra mim. Um abraço e que 2015 seja um ano muito abençoado pra você e pra sua família!!

    • Salve, Alexandre,
      .
      creio que é isso mesmo, reconhecer e expôr o pior de si é sempre difícil e raro. Que estejamos sempre entre a minoria.
      .
      Obrigado pelas palavras e os votos, desejo a você um ano igualmente abençoado. Grande abraço, no amor de Jesus,
      mz

  9. Mateus disse:

    Maurício, agradeço por ter sido abençoado pelo seu blog e pelo seu livro Perdão Total em 2014. O seu trabalho no Senhor não é em vão, meu irmão, pois através de você Deus abençoa a muitos. Que em 2015 você possa continuar firme nesse trabalho espiritual que gera resultados para a glória de Deus.

    “Eu te encorajo solenemente, na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, por ocasião da sua manifestação pessoal e mediante seu Reino: Prega a Palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e encoraja com toda paciência e sã doutrina.” (2 Timóteo 4:1-2)

    “Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como a chuva serôdia que rega a terra.”
    (Oseias 6:3-4)

  10. Monaliza disse:

    Oi Mauricio, Paz do Senhor!

    Amo o cuidado de Deus comigo e as pessoas que Ele usa para falar ao meu <3. Seus "posts" sempre vem de encontro com minhas necessidades e áreas que o Espirito Santo quer tratar, mas essa em especial foi muito forte. Ontem acordei mal por certas coisas terem acontecidos, e todos os dias acordo colocando um louvor, orando e depois lendo a biblia, mas ontem estava tão dificil que senti vergonha em ter que pedir perdão pelo mesmo pecado- queria pedir, mas me sentia um lixo- foi quando Deus falou fortemente comigo e testificou em I Samuel 12 demonstrando sua grande e eterna misericórdia com Israel (comigo). E hoje lendo tudo isso completou de forma maravilhosa o que se iniciou ontem.
    Não sei mais o que escrever, porque foi muito bom pra mim e me edificou muito. Só queria ser grata a Deus por nenhum momento desistir de mim e depois a você por ser um vaso imperfeito que opera maravilhas por meio do agir de Deus…

    Grande abraço!

    • Olá, Monaliza,
      .
      desculpe a demora em responder, tirei férias e viajei e ainda estou sanando as pendências. Perdoe-me, sim?
      .
      Louvo a Deus por os posts que escrevo falarem ao teu coração. Ele é bom, mana, e cuida daqueles que são seus. Não tenha vergonha de pedir perdão, só porque já errou diversas vezes. Não sei se você teve acesso ao livro que escrevi sobre o assunto (“Perdão Total”), mas, se teve, sabe que a Bíblia nos liberta dessa vergonha. Tenha paz.
      .
      Abraço fraterno, na paz e no amor de Jesus,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

  11. Jonathan disse:

    Olá Mauricio, poderia me ajuda a esclarecer algumas duvidas, sei que não tem nada a ver com o tema acima!

    Gosto de uma garota da igreja, somos amigos a uns 2 anos, porém a uns 6 meses estamos bem íntimos (saímos juntos pra igreja, pizzaria, na casa de outros amigos. As pessoas que nos vem pensam que estamos namorando, mas não estamos. Acho que já fomos abordados nesses nossos encontros uma 6 vezes e indagados se namorávamos, ela sempre sorria e dizia que não, que também não se importava o que as pessoas pensassem de nós. Sendo assim, começou a nascer em mim um sentimento bom por ela e gostaria de ir além da nossa amizade para um relacionamento mais profundo e durador. Sou solteiro e ela também. Sou o tipo de homem que a trato super bem, atencioso, carinhoso, bom, agradável, gosto de agradar, faço favores gratuitos, estou sempre disponível a ser doce para com ela mais do que ele deve ser, tento impressioná-la, quando saímos eu sempre pago, busco ela em casa e devolvo, escuto os lamentos dela, segredos, até escuto ela dizer que está apaixonada por outros rapazes e ela ainda me pede conselho se deve ou não namorar. Como isso doí. Ela não sabe que gosto dela, também tenho medo de contar. Nas duas últimas vezes que disse para minhas amigas que gostavam delas, fui rejeitado, deram varias desculpas como: “não quer estragar a amizade”. SEMPRE ACONTECE ISSO, INCRÍVEL!
    Conversei com uma amigo (não crente) ele me disse que o meu problema é que eu estou na friend zone (refere-se a uma situação onde uma pessoa deseja entrar em um relacionamento romântico, enquanto a outra não). Ele me disse que homem não nasceu pra ser amiguinho de mulher e que enquanto eu ficar sendo o “amiguinho bonzinho”, o homem não foi feito para ser amiguinho de mulheres, ou para lhes fazer favores gratuitos, mas para prover proteção e segurança a elas, que ela nunca vai me dar o merecido valor. Isso que ele me disse a principio me pareceu verdades, porque essas garota nunca demostrou nenhum tipo de carinho por mim.Esse amigo falou pra eu comprar um livro: O CÓDIGO DA ATRAÇÃO, e usar esse livro pra conquistar essa minha amiga, mas não sei se é certo fazer isso para conquista-lá, até porque esse livro não é um livro cristão. Desculpa o desabafo.
    Hoje em dia é muito difícil encontrar uma mulher de Deus que queira algo serio, e quando acha, a mulher quer um cara perfeito( alto, loiro, olhos azuis, que tenha carro, bom emprego, fiel e etc).

    Então na sua opinião como cristão: friend zone existe? O homem que é muito amigo de uma mulher nunca conseguira conquista-lá?
    Devo utilizar de métodos de sedução para conquistar a pessoa que gosto ou agir naturalmente?
    Será que minha amizade não está sendo totalmente sincera para com ela ao ter esse sentimento em mim?

    Se puder me ajudar a esclarecer essas duvidas, ficarei muito grato!

    • Jonathan, olá,
      .
      vamos por partes: o livro “O código da atração” é um livro herético, que contraria a fé cristã. Logo, recomendo que não o leia. Essencialmente, o que ele propõe é que, se você deseja muito alguma coisa, ela virá até você. Isso é Nova Era pura, rejeite esses ensinamentos.
      .
      Sobre a friend zone, nunca tinha ouvido o termo, mas, sim, há muitos casos de amigos em que um se envolve e o outro não. Acredito que todo namoro deva começar em uma amizade. O problema é que se ela não sente por você o mesmo você vai sofrer continuamente. Meu conselho imediato seria que você conversasse com essa jovem e dissesse a ela que sente o que sente mas que, por saber que ela não corresponde, vai se afastar dela, pois a proximidade está te fazendo mal. A partir daí veja como ela reage.
      .
      Tenho 43 anos, mano, e minha experiência me mostra que, se ela de fato não nutre o mesmo sentimento que você, essa amizade não tem futuro. Então ore, abra o coração mas sem esperar que ela corresponda. Diga-lhe abertamente que você sabe que ela não gosta de você como você dela e por isso precisa se afastar. Dói, mas é melhor cortar isso de uma vez do que postergar.
      .
      Espero ter ajudado, mano. Abraço fraterno, na paz de Deus,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s