Inimigo de nossas almas1Ele é mau. Sua natureza o faz agir diariamente contra nós. Ninguém tem maior capacidade de nos prejudicar do que ele. Seus pensamentos constantemente vão contra aquilo que é puro e bom. Suas ações cotidianamente sabotam nossa santidade. Ele é o grande responsável por cada um dos pecados que cometemos. Ele é o maior adversário de cada cristão na luta diária para ser fiel a Deus. Ele é o inimigo de nossas almas. Você sabe de quem estou falando. Sabe, não sabe? Então diga o nome dele em voz alta. Não se preocupe, ele não vai mordê-lo. Pode dizer.

Já disse?

Pois bem, se você disse “Satanás”, lamento, não é essa a resposta. O nome que deveria ter dito é… o seu próprio. Porque o maior inimigo de sua alma é você mesmo.

Para muitos o que acabei de dizer pode soar estranho. Mas, se você achava que seu grande adversário era o Diabo, está na hora de reconsiderar. Por uma simples razão: embora tente constantemente influenciá-lo, ele não obriga você a fazer absolutamente nada. Você faz porque decide fazer.

Inimigo de nossas almas2Vamos pensar em Adão e Eva. A serpente obrigou um dos dois a comer o fruto proibido? Não, não obrigou. Do mesmo modo que, em nossos dias, o Diabo não nos obriga a cometer nenhum pecado. O que ele fez com o primeiro casal e o que faz hoje é exatamente a mesma coisa: sedução. Satanás não força ninguém a nada, ele apenas sugere. Sussurra. Mostra possibilidades. Incentiva. Usa toda a sua lábia para fazermos o que ele quer. Mente que não haverá consequências. Mas quem toma a decisão de pecar somos eu e você. A única circunstância em que o Diabo obriga um ser humano a algo é na possessão demoníaca. Como não é o seu caso, não existe nada que Satanás possa levá-lo a fazer, contra a sua vontade, se você não consentir.

A verdade é que todas as vezes em que eu pequei, o fiz por decisão própria. Eu escolhi pecar. Tinha as duas possibilidades, o “sim” e o “não”, mas optei pelo “sim”. A responsabilidade por cada pecado da minha vida é  minha, o que me torna a pessoa com maior potencial de prejudicar a mim mesmo. Evidentemente, o Diabo tem um importante papel nessa equação. A ação dele é simbolicamente parecida com aquilo que você já viu em alguns desenhos animados, em que o personagem fica com um demoniozinho perto da orelha, ouvindo incentivos para fazer algo. Na vida real, os demônios só têm poder para fazer isto: tentar seduzir as pessoas para que pequem. O espírito maligno sugere: “Faça”. Mas quem faz… é você.

Inimigo de nossas almas3Paulo falou sobre isso. “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço” (Rm 7.19). Note que ele não diz “o mal que não quero o Diabo me obriga a fazer”: Paulo assume a responsabilidade. Ficar pondo a culpa em Satanás por todas as coisas ruins que fazemos cria um grande problema para nós. Pois, se terceirizamos a culpa de nossas transgressões, acabaremos, como Pilatos, crendo que estamos com as mãos limpas porque as lavamos. “Eu fiz porque o Diabo me obrigou”, podemos dizer. Só que essa não é uma afirmação bíblica. Seria leviandade pôr a culpa de nossos erros em alguém que, por mais que tente de todo jeito fazer que pequemos, não tem poder nenhum de nos fazer pecar.

Eu peco porque decido pecar. Todos os meus pecados são responsabilidade minha. Eu é que darei contas de cada pensamento, palavra e ação que puser em prática. O mesmo se aplica a cada pessoa do planeta. Peço a Deus que essa percepção nos leve a tomar mais cuidado a cada nova tentação que atravessar nosso caminho.

Inimigo de nossas almas4Ah, sim, não quero que essa realidade deixe você triste. É uma verdade que não deve nos abater, mas sim nos deixar alertas, vigilantes, precavidos – atentos aos sussurros sedutores de Satanás e às nossas próprias atitudes. E uma boa notícia, de que você nunca deve se esquecer: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1Jo 1.9). Jesus morreu na cruz para perdoar cada uma das suas transgressões. O sangue dele repousa sobre você. E não há nada que o Diabo possa fazer com relação a isso.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício

Anúncios
comentários
  1. Bianca disse:

    Bom dia Maurício. Exatamente estava nessa manhã lutando contra o meu inimigo, quando fui presenteada por esse texto rico em sabedoria divina. Em Cristo Jesus somos mais que vencedores. Um dia abençoado.

    • Oi, Bianca,
      .
      espero que de algum modo o texto a tenha fortalecido nessa luta. Que o Senhor te sustenha sempre e te dê ânimo para a caminhada.
      .
      Abraço pra ti, na paz de Deus,
      mz

  2. jose severino filho jose severino disse:

    Você leva a serio o essa mensagem? como você esse assunto? você tem se aprofundado e refletido com profundidade e mergulhado no oceano do discernimento das duas grandezas. Esse inimigo sabe como funciona a mente e até o que gostamos de ver, ouvir e pensar. Você já se perguntou quem eu sou? isto é seu homem interior? é bom muito bom, de quando em quando mergulhar para dentro do nosso eu e ver como está o nosso mundo interior. Deus é Bom Date: Thu, 8 May 2014 10:01:37 +0000 To: prjsfilho@hotmail.com

  3. Vanessa disse:

    A realidade que nós precisamos manter em mente sempre!

    Excelente texto, desses que nos confrontam. Eu, particularmente prefiro ler textos assim, que nos tira de nosso conforto, da santidade maquiada, e nos leva a refletir. É importante que venhamos estar refletindo constantemente, o desafio de tomar a cruz própria cruz e seguir ao Mestre tem que ser um compromisso diário. Uma transformação diária.

    Entender que o impostor em nós é o nosso EU, nos ensina a tomar decisões, nos ensina a não transferir culpas e a ser responsáveis por nossos atos.

    Isso é muito importante, edificar a vida do próximo.

    Obrigada Espírito Santo, obrigada também ao usado, abençoado Maurício Zágari.

    • Olá, Vanessa,
      .
      Fico feliz por esse santo confronto. Que o autoconhecimento, à luz da Bíblia, sempre nos leve a ver e rever quem somos e quem Deus deseja que sejamos. O bom combate é, acima de tudo, contra o pecado que habita em nós.
      .
      Um abraço, na paz de Deus,
      mz

  4. José disse:

    A paz do Senhor Jesus, nobre amigo Maurício.

    Mano, mas e o lance de Satanás ter o poder de peneirar o cristão?

    Eu sempre filosofei o seguinte: se realmente o Diabo não tivesse o “poder” de nos “induzir” a pecar de uma forma quase que “irresistível” então porque existiria tantos pecadores “ativos” no mundo?

    Não estou falando de sermos percadores natos, conforme Paulo cita em Romanos 3:23, mas de pecarmos porque somos… pecadores por excelência.

    Entendo que a “Graça Irresistível” pode sobrepujar qualquer resistência do homem, mas… há um mal natural neste que o controla e o faz pecar mesmo que ele não queira.

    Atos dos Apóstolos descreve que alguns homens tem o coração duro e resisti ao Espírito, e Jesus menciona que tais pecadores zelam por satisfazer os desejos de seu pai, o Diabo.

    Não estou afirmando que o Diabo é o culpado a fim de nos isentar, mas o mundo somente tornou-se um caos, por causa dele.

    Jesus afirmou que rogaria a Deus para que “a fé dele não desfalecesse”, mas não diz que ele seria impedido de “pecar” contra Deus.

    Se apenas bastasse a gente dizer: “não, não quero pecar”, ou “ah, sim, vou pecar”… mano… tudo seria bem diferente do que é hoje.

    Realmente Paulo assumiu sua culpa, mas mesmo ele, o grande apóstolo, não conseguiu resistir a algumas tentações para pecar.

    Se não for Deus em nossas vidas, perecemos. É somente pela ação do Espírito Santo e nada mais. Claro o cristão faz sua parte, mas somente haverá sucesso enquanto o Espírito interceder, gemer, controlar. É a nossa sinapse espiritual entre nós e Deus. E isso pode ser desfeito. O próprio homem pode interromper, pode entristecer…

    A Bíblia nos ensina que muitos homens bons não queriam pecar… mas pecaram.
    E foi somente porque eles decidiram pecar? Não. Também a mesma Bíblia demonstra vários homens que tiveram a chance de pecar, tinham tudo para pecar… mas escolheram não pecar.

    Concordo que em muitas ações conseguimos com eficacia resistir ao mau e fazer o bem, mas podem haver momentos que agir assim não tem como ser evitado pelo homem, exceto com a ajuda do Espírito Santo em seu favor. Claro, permitindo ele em seu coração que isso aconteça, mas sabemos nós que até mesmo isso é obra do Espírito.

    E porque tudo isso acontece?
    Seria somente por falta de fé do homem, o porque o poder de Satanás é grande mesmo?

    Somos ovelhas… que quando guiadas pelo Bom Pastor, vamos às águas tranquilas, mas que quando não estamos sob sua tutela, passamos por vales assombrosos… mesmo contra nossa vontade.

    Há pessoas que pecam deliberadamente, que tem coração duro e resistem a Deus, mas também tem gente boa que não queria fazer o mal, mas fez…

    Que Deus nos seja propício.
    Somente aqueles que estão em Cristo conseguirão chegar aos Céus.

    Abraço fraterno,

    José.

    • Oi, José,
      .
      meu entendimento bíblico me faz crer que o Diabo por alguém na “peneira” é fazer o que fez com Jó: debaixo da permissão de Deus, causou-lhe muitas aflições. Mas, se você prestar atenção, “Em tudo isso Jó não pecou com seus lábios” (Jó 2.10). Repare que embora tenha cirandado com Jó, Satanás não conseguiu fazê-lo pecar.
      .
      É exatamente pela natureza má do homem que o Diabo encontra terreno fértil para semear. E, se deixamos, ele colhe frutos da maldade. Mas ele não tem poder de fazer esses frutos crescerem por si só.
      .
      Não é uma questão de apenas dizer “não quero pecar”. Mas a terceirização da responsabilidade acaba nos tornando eternos acusadores do Diabo, quando quem comeu a fruta proibida não foi ele. Fomos nós. A consciência de nosso papel decisório no pecado nos leva a uma maior vigilância e a um cuidado redobrado. Ignorá-lo mantém nossas defesas abaixadas.
      .
      O poder de Satanás é limitado. Ele não faz nada que Deus não permita. E podemos “resistir ao Diabo e ele fugirá de nós” (Tg 4.7) não por nossas próprias forças, mas pela ação da graça de Deus em nossa vida.
      .
      Eu diria que absolutamente todos nós cometemos o mal que não queríamos – diariamente. Por isso precisamos estar em Cristo, sempre, para termos forças suficientes para resistir à tentação. E que Deus nos livre do mal!
      .
      Grande abraço, na paz de Cristo,
      mz

  5. Fabio Cardoso disse:

    Oi Mauricio,
    Fiquei aliviado quando li o 3º parágrafo.
    É isso ai mesmo, ele é um vendedor fascinante. Mas, quem decide a compra somos nós.

  6. Denis Oliveira disse:

    Ótimoa reflexão, devemos estar atentos, vigiar e orar para não cair nas ciladas que o inimigo nos impõe a frente.

    Parabéns, que Deus continue lhe usando grandiosamente.

    • Oi, Denis,
      .
      obrigado pelas palavras gentis. De fato, esse é o caminho: saber quem de fato é o inimigo para poder se defender bem.
      .
      Abraço, mano, Deus o abençoe muito,
      mz

  7. […] O inimigo de nossas almas. […]

  8. hericson mendes disse:

    e isso ai mauricio;temos que parar de tentar achar culpado para os nossos proprios erros ;pois eles sao de nossa total responsabilidade,Deus o abençoe hoje e sempre.

  9. Vanessa disse:

    Zágari,

    Gostaria de dar uma sugestão, ou pedir uma.

    Gostaria de saber mais sobre o Calvinismo, Calvinismo do séc. XXI, Calvinismo relacionado a igreja evangélica, Igreja Anglicana, nomes como John Piper, Augustus Nicodemus e Lewis.

    Me desculpe importunar com esses assuntos, mas é que tudo o que aprendi sobre esses assuntos nos meus 21 anos, foi no Ensino Médio, muito superficial, com um professor ateu. Nunca estudei teologia, faço direito, então se eu pudesse ter a sua contribuição, já que vi em seus textos os nomes citados à cima.

    O único que conheço e assisto frequentemente é John Piper, e termino de ver seus vídeos profundamente reflexiva. Os outros não conheço ao certo.

    Fiz algumas pesquisas na internet mas não entendi nada, e já que você é um estudioso na área da teologia, peço a sua ajuda, se possível. Ou me sugira algo que eu possa compreender melhor.
    Desculpe a ignorância. Obrigada desde já.

  10. Neia disse:

    Mano Maurício ,
    Eu tb creio que somente pela graça de Deus podemos vencer as tentações e precisamos ser confrontados mesmo, devemos assumir que nós fazemos as nossas próprios escolhas o bem e o mal existe o diabo está ao nosso derredor nos seduzindo pq ele conhece e sabe as nossas fraquezas e vai usar isso pra nos levar a pecar por isso a biblia diz vigiai e vigiar vem até antes de orar pq não oramos o tempo todo mas a vigilância deve ser constante.
    Vigiai e orai para não cairdes em tentação, pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca
    (Mt 26, 41)
    Que o cuidado o amor e a capacitação que vem de Cristo possam ser constante na sua vida pq para o nosso Deus vc vale mais que o mundo inteiro .
    Jesus te abençoe e sua preciosa família tb. Obrigado por compartilhar esse abençoado post.
    Neia 😀

    • Olá, Neia,
      .
      fico feliz pela tua percepção, mana. Obrigado pela tua oração tão valiosa, sou grato pelo carinho.
      .
      Abraço para você e os seus, Deus os abençoe muito,
      mz

  11. Andrea Melo disse:

    Simplesmente perfeito…

  12. Mensagem muito forte. Realmente a decisao de pecar ou nao e’ minha. Temos que tomar atitude….

  13. Camila disse:

    Olá Mauricio, desculpe comentar algo que não tem nada a ver com o texto. Sei que tem muitos leitores e gostaria de ter a sua ajuda, se não for incomodo, na divulgação deste abaixo-assinado: https://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/camara-dos-deputados-do-brasil-presid%C3%AAncia-da-republica-autoescola-gratuita-para-pessoas-de-baixa-renda-ou-elimina%C3%A7%C3%A3o-da-obrigatoriedade-em-cursos-de-autoescolas

    Desde já agradeço a atenção.

    Abç

    Camila

  14. Ana Paula disse:

    Caro irmão, como é bom saber que o Diabo não pode nos forçar a nada, Deus é muito bom e soberano! Pena que nem sempre conseguimos perseverar no caminho reto. Lendo seu texto vejo como é difícil as pessoas se humilharem admitindo os seus erros, pois ninguém gosta de se humilhar, na hora do desespero vão colocar a culpa em alguém ou se esconder atrás do amor de Deus achando que o Senhor não vai fazer nada.
    Eu li em algum artigo em que você cita a frase “preferir os outros em honra” da bíblia. Confesso que eu não entendo direito o significado dessa frase mas seria tipo “respeitar”?
    Grande abraço!!

    • Olá, Ana,
      .
      fico contente que o texto tocou você e a convidou à reflexão. Entendo que preferir noutro em honra é priorizar os interesses do próximo. Que, se você parar para pensar, é o que Jesus fez: sendo Deus, esvaziou-se e sacrificou-se pelo bem de milhões de indivíduos.
      .
      Abraço fraterno, na paz de Deus,
      mz

  15. Edina Oliveira disse:

    Bom dia meu irmão,

    Isso é tão sério e a gente não leva a sério. Na hora que vem a tentação para pecar a gente arruma tantas justificativas, desculpas, pensa que Deus entende porque fazemos aquilo e acabamos fazendo, nos enganando a nós mesmos.
    Por que então, só depois que a gente peca, que já satisfez aquilo que queria é que a “ficha cai”? Penso que falta domínio próprio, e para isso devemos orar mais, jejuar mais, fugir mais das sutilezas do diabo, pois graças a Deus, ele não tem nenhum poder sobre nós.
    Enfim, ter mais amor pelo Senhor que nos amou tanto e se entregou por nós.

    Deus te abençoe!!!

    • Olá, Edina,
      .
      verdade, minha irmã, a questão é muito séria. Temos a natureza pecaminosa, em luta constante contra nós mesmos. Só em Deus temos o perdão e a restauração.
      .
      Deus a abençoe em dobro e a toda a família,
      mz

  16. Veridiane disse:

    É uma das formas de expressar o amor de Deus, é se doar e revelar um pouco da grandiosa graça de Deus por nós.

  17. marcojuric disse:

    Bom dia Zágari!!!!!!

    Cara, pode até achar que é “zueira”, mas logo na primeira frase (Ele é mau) eu já saquei quem era o sujeito e a linha da mensagem…rssss
    E o versículo que imediatamente me veio à mente foi Gn. 4:7.
    Concordo plenamente.
    Obrigado por nos abençoar a cada texto!!!!!

    Abração amigão!

    GBY!

    Marco Juric

  18. Dalva Loureiro disse:

    verdade, verdade, verdade…

  19. pereira disse:

    eu estava quase me entregando a pornografia m de novo mas em nome dejesus vou vencer e dizer nao ao pecado.

  20. Elton disse:

    Olá.. vi essa resposta é achei interessante!!
    Mais a questão é…vc disse q ele fica em nosso ouvido nos tentando a seduzir certo?
    Então quer dizer q ele tem o poder de falar com o ser humano?
    A gente pode houvir ele então isso q vc quiz dizer ?
    Valeu saudações!

    • Sim, Elton, a sedução de Satanás é em nosso íntimo, acima de tudo. Mas ele tem a capacidade de falar a viva voz, como fez com Cristo no deserto. Se ele consegue se disfarçar até de anjo de luz, tem essa capacidade.
      .
      Abraço fraterno,
      mz
      facebook.com/mauriciozagariescritor

      • Elton disse:

        Certo entendi.. ele se passa por voz viva ..como por exemplo uma alma vivente pra nos enganar e a nós induzir correto? Como fez com Cristo no deserto Ok? Passou por um ser vivente ..tipo um corpo e a tentou a seduzir!? interessante esse valeu Amigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s