Medo1O medo está ali, depois da esquina, esperando para pular em nossas costas. A cada passo da vida, tememos. A cada dia, mais e mais medos se acumulam sobre nossa cabeça. Medo do desemprego. Medo da doença. Medo da escassez. Medo da depressão. Medo do abandono. Medo da solidão. Medo da dor. Medo do sofrimento. Medo de assaltantes. Medo da morte. Medo da vida. Medo do medo. Quem nunca sentiu medo que atire a primeira pedra. Ninguém gosta de sentir medo, mas é líquido e certo que ele virá. Será que há algo que possamos fazer? Será que saber que Jesus caminha conosco tem alguma influência?

Difícil, não é? As contas chegam, como não temer a falta de dinheiro? O médico faz aquela cara séria quando recebe o nosso exame, como não temer as dores que virão? O marido diz que precisam conversar, como não temer o divórcio que desponta no horizonte? O filho chega com as roupas cheirando a fumaça, como não temer que esteja dependente de algum vício? O medo está salivando, esperando a próxima situação difícil para gargalhar em nosso rosto com seu hálito fétido e cravar as unhas em nossa pele.

Medo2Diante do medo, um animal pode reagir de três maneiras diferentes: fugir, lutar ou paralisar. Se você foge, corre o risco de ser alcançado pelo problema. Se luta, pode perder o embate e sucumbir. Se paralisa, as mandíbulas se fecharão sobre você. Então o que fazer? Bem, veja por outro ângulo. Se foge, pode ser que consiga escapar. Se luta, pode ser que consiga vencer. E, se paralisa, pode ser que seja confundido com o ambiente e escape do ataque. Vemos, então, que cada reação pode gerar resultados diametralmente opostos. O que fazer?

Jesus enfatizou demais que não deveríamos ter medo. Os evangelhos listam 125 ordens que Cristo pronunciou. Dessas, 21 são “Não tenham medo”, “não temam”, “sejam corajosos” ou “tenham bom ânimo”. O segundo mandamento mais presente, que nos insta a amar a Deus e ao próximo, é mencionado oito vezes. Assim, a declaração que Jesus faz mais que qualquer outra é esta: não tenha medo. Acredito que ele sabia o que estava dizendo. Repare as palavras da vida:

“O Senhor é bom, um refúgio em tempos de angústia. Ele protege os que nele confiam” (Na 1.7).

“Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso pode dizer ao Senhor: ‘Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio’” (Sl 91.1-2)

“Descanse somente em Deus, ó minha alma; dele vem a minha esperança. Somente ele é a rocha que me salva; ele é a minha torre alta! Não serei abalado! A minha salvação e a minha honra de Deus dependem; ele é a minha rocha firme, o meu refúgio. Confie nele em todos os momentos, ó povo; derrame diante dele o coração, pois ele é o nosso refúgio” (Sl 62.5-8)

Medo3A verdade é que não importa se você foge, luta ou paralisa. O que importa é agir tendo Jesus ao seu lado, como seu refúgio, sua fortaleza, a esperança em todos os momentos. Pedro temeu e, por isso, começou a afundar nas águas bravias do mar da Galileia, até que uma mão divina o segurou e o puxou para fora do medo. “Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?” (Mt 14.30-31). Não duvide. Porque, se o medo puxa você para baixo, Jesus o sustém. Se o medo pula em suas costas, Jesus o arranca. Se os medos cravam as unhas em sua carne, Jesus os espanta. Jesus é segurança. Ele é o sorriso de conforto em meio à angústia. É a mão que nos ergue quando as pernas fraquejam. É o pão que sacia a fome. É a água que nos revigora no deserto. Jesus é a paz. Jesus é o porvir. Jesus é a resposta.

Você está sentindo medo neste exato momento? Está envolvido em uma situação sobre a qual não tem controle? As pedras voam em sua direção e você já sofre em antecipação ao impacto? A dor é grande? O que virá é incerto? Só vê sombras no futuro? Está com medo?

Então grite em um sussurro: “Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim…”. Ele ouve, meu irmão, minha irmã. O Criador dos céus e da terra sabe quem você é e cada segundo da sua vida está diante dos olhos do seu Salvador. Ele planejou sua vida, o semeou no ventre de sua mãe, formou o seu corpo, soprou fôlego em suas narinas, o tomou pela mão no berço, o conduziu pela vida, o amou intensamente a cada instante da sua jornada. Por que você acha que neste momento ele o abandonaria? Não. Ele conhece o seu medo. E ele diz: “Não tenha medo”. Não é uma frase feita, um jargão para fazê-lo relaxar sem a certeza de que o alívio virá. Jesus não faz assim. Se ele diz para você não temer é porque ele dá garantias.

cruz“Não tenha medo” em nossos lábios humanos é uma esperança. Mas nos lábios que beberam o cálice da cruz é uma promessa e uma certeza: “Não tenha medo. Pois eu sei. Eu controlo. Eu domino. Em governo. Eu reino. Eu mando. Eu estou com você todos os dias, até o fim dos tempos”. Na cruz, ele derrotou o pecado. A morte. O inferno.

E o medo.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício

Anúncios
comentários
  1. Vanessa disse:

    Fortalecedor, animador, revigorante, uma ajuda vinda do céu para os leitores.
    Quando escreve inspirado por Deus acho que não imagina as vidas que irá alcançar e a intensidade disso.
    Continue escrevendo irmão Maurício.

    • Olá, Vanessa,
      .
      obrigado pelas palavras carinhosas, fico feliz por poder edificar.
      .
      De fato não há como saber em que corações a palavra escrita pousará e com que intensidade. Creio que essa é uma das belezas da literatura cristã: Deus fala ao nosso coração, escrevemos e lançamos as palavras ao vento, na esperança de que Deus as fará repousar naqueles que precisam daquela mensagem.
      .
      Obrigado pelo incentivo e o carinho.
      .
      Um abraço, no amor que lança fora todo medo,
      mz

  2. Carina Lima disse:

    Olá, bom dia!

    Essa passagem de Pedro é incrível, uma das mais marcantes para mim.

    Como não sentir medo do medo? Só caminhando com Jesus Cristo mesmo com sua infinita bondade.

    Obrigada pelo ótimo texto.

    • Olá, Carina,
      .
      que bom você discernir que o medo só tem como escapatória Cristo. Nele repousamos e nos refugiamos. Em seu amor não há medo, essa é nossa paz.
      .
      Um abraço fraterno, na paz de Jesus,
      mz

  3. Heloyza disse:

    Mais uma vez o Senhor te usa para falar ao meu coração. No momento certo! Muito obrigada por se dispor a ser usado tão grandemente pelo Senhor, pois através de você Ele fala muito comigo.

    • Olá, Heloyza,
      .
      sou grato a Deus por isso, mana. Enquanto ele desejar que eu seja um canal para sua divina voz… eis-me aqui.
      .
      Um carinhoso abraço, na paz do alto,
      mz

  4. Mery disse:

    Amém! texto maravilhoso !
    Vou dizer um testemunho rápido ,eu sofro da doença de Croh ,e por mais que me cuide
    ela por vezes me assombra,pq é uma dor terrível,qdo começo a sentir os sintomas
    vem aquele medo,dor,hospital,soro,não passa,hospital outra vez,mais 2 dias para ‘sarar”
    Enfim..ontem seria um desses dias,ao acordar senti aquela cólica conhecida,fui trabalhar
    com o coração aos pulos com MEDO que fosse piorar,como moro no interior ,anda muito de
    transporte coletivo para ir ao trabalho,dentro do ônibus eu fui sussurrando,”Jesus não me deixe
    ter uma crise,vou ficar firme segurando em suas mãos até passar”…..e passou Glória a Deus !
    Só quem tem esse mal sabe o que senti, eu e Jesus pois Ele me ajudou .
    Mery

    • Olá, Mery,
      .
      sei que o medo da dor e do sofrimento é um dos maiores que há. Mais do que nunca, é preciso se aproximar do Senhor, o único que lança fora todo medo mediante a manifestação de seu amor e de sua graça.
      .
      Oro a Deus que traga paz a tua alma e cura para o teu corpo. E que o medo não seja mais uma moléstia que se sobreponha à moléstia que te afeta o organismo.
      .
      Um abraço, no amor maior,
      mz

  5. Flávia Rolim disse:

    Obrigada meu irmão por deixar o Espírito Santo te usar para falar aos corações. Essa palavra foi muito profunda pra mim…
    O medo tem me dado “bom dia”, “boa tarde” e agora até “boa noite”.
    Ele é tão real pra mim que o medo de sentir medo já se apresentou na minha vida.
    Essa reflexão ficará no meu celular e os versículos que vc citou vou deixar sempre por perto.
    Grande abraço.

    • Flavinha, minha amiga,
      .
      fico muito feliz que o texto falou ao teu coração. Sei de parte dos medos que te espreitam e pode ter a certeza de que eu e Ale oramos muito por você. Nos alegramos a cada benção que Deus derrama na sua vida e de sua família. E temos fé que o Senhor tem recursos maravilhosos para te sustentar nos momentos de aflição, seja te livrando, seja te dando forças quando vier o pânico.
      .
      Por favor, conte sempre conosco se pudermos ser amparo e conforto de algum modo. Você, Leo e essa vidinha tão querida e esperada com que Jesus te presenteou moram no nosso coração. Amamos vocês.
      .
      Um beijo fraterno em você e no Leo e espreme muito esse neném lindo por mim. Que a paz de Deus te acompanhe a cada dia da rua vida,
      mz

  6. Linna disse:

    Num momento dificil de minha vida, um pastor amigo meu me lembrou das palavras de Jesus à Jairo, diante do seu impossível: não tenha medo, tenha fé.
    Amo lembrar disso.
    Imagino o medo de Jairo, o medo de Maria e Marta, o medo de Josafá, Ezequias, Ester e Mardoqueu, o medo de José do Egito, de Josué, Rute… medrosos… Santos Medrosos. Tão bom ver que eles tiveram medo antes de mim e o mesmo Senhor, milênios depois ainda socorre e salva. O Senhor ainda age no impossível, Ele tem todas as possibilidades em Suas mãos.
    “Que segurança!” canta o hino, grande verdade.
    Aleluia !

    • Oi, Linna,
      .
      que belas lembranças! Obrigado por compartilhar e por boa trazer à memória o medo de todos esses homens e mulheres de Deus. Que possamos nos espelhar neles para buscar a força de que precisamos para a superação dos temores no único que suplanta todo medo.
      .
      Um abraço carinhoso, no amor que nos une,
      mz

  7. Jacy disse:

    Que posso dizer?…

    Glória a Deus!!!

    Paz, Maurício! 😉

  8. Letícia disse:

    Oi meu irmão !
    Mesmo depois de ler um texto maravilhoso como esse e concordar com tudo, não consigo deixar de sentir medo. Medo esse que faz com que eu não consiga participar dos grupos na igreja, grupos esses que cresceram em números de pessoas e a maioria dessas pessoas, não as conheço. Por conta disso não me sinto entrosada, sinto-me deslocada no meio deles.
    Ontem fiquei procurando em seu blog alguma mensagem que falasse comigo.
    E hoje quando abri o blog, confesso que fechei a página por medo, pois aquele título falava comigo, mas depois criei coragem para ler até o fim.
    Sinto como se estivesse me escondendo dessas pessoas, pois não me sinto á vontade perto delas, me sinto tímida envergonhada, nem aos cultos vou mais com frequência.
    Sei que preciso me livrar desse comportamento, mas não tenho forças.
    Obrigada por ser esse instrumento na vida de cada um de nós, obrigada.
    No amor de Cristo.

    • Oi, Letícia,
      .
      que bom que o texto te fez bem à alma.
      .
      Com relação ao que você expôs, minha sugestão é que procure o líder do grupo e exponha a sua dificuldade. A vontade de Deus é que vivamos em comunhão com os irmãos e creio que o Senhor se interessa que você supere esse medo. Busque seu líder, abra teu coração e ore a Deus. Depois abra-se para todas as coisas boas que o contato com os irmãos na fé pode proporcionar.
      .
      Um abraço, no amor do Pai,
      mz

  9. […] li este texto de um blog que venho acompanhando! Creio possa ajudar muitas pessoas como meu […]

  10. Neia disse:

    Meu Irmao ,
    Como eu aprendo e cresço com os seus post é uma benção , sou grata a Deus pela sua vida.
    Que Deus te abençoe te fortaleça te capacite a cada dia mais sua família tb
    E uma privilégio uma leitura como essa , continue pq tenho certeza que o seu objetivo está sendo alcançado , eu sou uma prova disso mesmo sem te conhecer e morando em outro país pela graça de Deus tenho acesso a este blog e sou abençoada a cada leitura .
    Um grande abraço fique na paz do nosso bondoso Deus .
    Neia 😀

    • Olá, Neia,
      .
      muito obrigado por tuas tão gentis palavras. É uma dádiva poder edificar sua vida. Sou grato a Deus pelo seu incentivo e por suas orações, tão importantes.
      .
      Um abraço carinhoso, no amor de Cristo,
      mz

  11. José disse:

    A paz do Senhor Jesus nobre amigo Maurício.

    Palavras de grande encorajamento para aqueles que estavam amedrontados. Deus nos seja propício.

    Abraço fraterno,
    José.

  12. solange vieira disse:

    AH Meu querido irmão !
    Hoje mas do que nunca, acordei com um medo enorme de tudo, busquei ao SENHOR e ele me disse :
    Vós que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR , ele é vosso auxilio e vosso escudo . Sl.115.11.
    Para completar resolvi voltar a ler seus posts e recomeço por este …., que posso dizer ?????
    Obrigado por mas uma vez ser instrumento de DEUS.
    Que ele te abençoe sempre !
    Abraços .

    • Olá, Solange,
      .
      fico grato a Deus por ele ter falado ao teu coração por meio do blog. Peço ao Senhor que ele sempre te fortaleça em meio ao medo.
      .
      Um abraço carinhoso, na paz que tudo excede,
      mz

  13. Republicou isso em Mais Crente e comentado:
    “Não tenha medo. Pois eu sei. Eu controlo. Eu domino. Em governo. Eu reino. Eu mando. Eu estou com você todos os dias, até o fim dos tempos”. Na cruz, ele derrotou o pecado. A morte. O inferno.

  14. Silvio Leal disse:

    Oi Maurício! É sempre bom ouvir uma palavra encorajadora para estimular a nossa caminhada! Passo aqui para deixar um abraço, meu irmão e dizer que estou com saudades de ti! Que Deus te abençoe! Abraços, Silvio e Lirna

    • Silvio, querido amigo,

      que alegria ouvir de você. Estou em SP, a trabalho, mas domingo estaremos na igreja, se Deus quiser.
      .
      Espero que você e Lirna estejam bem. Seguimos orando por ela, na esperança de uma recuperação rápida e total.
      .
      Um abraço bem apertado, em você e em toda a família. Deus os abençoe muito,
      mz

  15. Vera disse:

    Querido Maurício

    Parabéns não só por este mas pelos vários temas difíceis e até polêmicos que voce vem abordando com frequência neste espaço. Não tenho costume de comentar, mas leio todos já faz um bom tempo.

    Nós temos medo porque sabemos intuitivamente que iremos sofrer com certeza. É intrínseco ao ser humano e portanto inevitável, mesmo sabendo do braço forte de Jesus a nos suportar. Se Jesus sofreu, se Paulo sofreu, se tantos Apóstolos, Profetas e cristãos sofreram tanto ao longo de toda a história, porque não sofreríamos também ? Não devemos imitar Paulo que, por sua vez, imita a Cristo ?

    Veja estas passagens abaixo:

    “Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus repreende; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso.
    Porque ele faz a chaga, e ele mesmo a liga; ele fere, e as suas mãos curam.”
    Jó 5:17-18

    “Bem-aventurado é o homem a quem tu castigas, ó Senhor, e a quem ensinas a tua lei; ”
    Salmos 94:12

    “Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão.”
    Provérbios 3:11

    “E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar.
    Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim.
    E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.”
    2 Coríntios 12:7-9

    “E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por ele fores repreendido;
    Porque o Senhor corrige o que ama,E açoita a qualquer que recebe por filho.
    Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?
    Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos.”
    Hebreus 12:5-8

    “Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.”
    Apocalipse 3:19

    A correção, disciplina e repreensão de Deus nos provocam medo, sim ! Eu pelo menos tenho muito medo, mesmo sabendo que é para o meu bem, que pode ser temporário e que seja, sobretudo, por Amor.

    Se até a carne sem pecado de Jesus sentiu medo no jardim do Getsemani, o que se dirá de nós, pecadores contumazes que somos ?

    Paulo certamente estava com medo do que iria lhe acontecer, como por exemplo em Atos dos Apóstolos 27:23-24, tanto que o próprio Deus (“anjo de Deus”) procurou tranquilizá-lo explicando o porque aquilo (o naufrágio) iria acontecer !

    Em resumo, me parece que todas as palavras que voce citou de incentivo e exortação a não termos medo são destinadas exclusivamente à nossa Alma, porque a nossa carne, surda que é por natureza (pecaminosa) terá medo inevitavelmente. Só depois de transformados no Arrebatamento é que isso mudará, pois a carne será alí será modificada.

    Enquanto isso, como não ter medo das decorrências do “A minha graça te basta…” ?

    Será que não estou repleta do Espírito Santo, porisso sinto desta forma ?

    Abraços,

    Vera

    • Olá, Vera,
      .
      você está certa ao afirmar que o sofrimento e a dor são inevitáveis. A questão, que procurei passar no post, é como agir na hora do medo. Meu foco foi mostrar a diferença entre ter medo sem Jesus e ter medo com Jesus. Quem está em Cristo atravessa o vale da sombra da morte sabendo que “não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam” (Sl 23.4). A travessia com Jesus muda tudo.
      .
      Obrigado pelas palavras gentis.
      .
      Um abraço, Deus a abençoe,
      mz

      • Vera disse:

        Oi Maurício

        Muito obrigada por ter respondido.

        Eu entendi o foco do seu post e o que estou tentando dizer é que, primeiro, há motivos para se ter medo. Muitos motivos, por sinal, provocados por nossa própria iniquidade e pela disciplina amorosa de Deus (não é por ela ser amorosa que não vou temê-la).

        Segundo, não adianta falar para a carne não ter medo. Ela não tem condições de não ter medo porque isso é, inclusive, uma questão química do cérebro.

        A única forma de não termos medo ou dele ser reduzido é por ação direta do Espírito Santo. Só ele poderá transformar a carne de forma que ela não tenha medo e Ele só fará isso se pedirmos explicitamente.

        Assim, devemos orar e pedir que o Espírito Santo atue sobre nossa Alma e nossa carne, ou seja, é uma ação indireta.

        Quando voce diz “ter medo com Jesus” e recomenda “gritarmos em um sussurro”, eu entendo que está nos dizendo para fazermos justamente isso e está completamente correto.

        É desta forma que o bordão e o cajado de Cristo nos consolam, já que não adianta esperarmos conseguir vencer o medo por méritos próprios, de forma intelectual ou psicológica, como se pudéssemos nos convencer ou sermos convencidos conscientemente a não termos medo.

        Ter “medo sem Jesus” é tentar lidar com o medo por suas próprias forças. Isso falhará inevitavelmente. A carne pecaminosa é fraca e não tem poder algum, nem sobre sí própria.

        Outro abraço e que Deus continue abençoando-o, Maurício.

        Vera

  16. anobre77 disse:

    Boa noite Maurício, tudo em paz meu irmão?
    Olha, esse assunto é bastante delicado … seu foco em descreve-lo foi muito claro, e é bom saber quem Nele temos esse refúgio.
    Sabe mano, sou um cara com muitos medos … talvez se eu escrevesse aqui quais você se espantaria (ou não), mas a questão é que desde minha adolescência fui (e ainda sou) refém de vários … e se essa lista hoje diminuiu foi pela sabedoria dada a Deus para os médicos e 8 longos anos de tratamento e por acreditar que essas algemas não irão comigo pro paraíso (e nisso meu irmão me apego com todas as minhas forças).
    Sei que o Senhor, na cruz, me fez livre, mas talvez ainda minha fé seja rasa demais para que, mesmo clamando, eu seja livre … ou talvez esses medos sejam cabrestos pra controlar minha soberba e a ira e outros muitos pecados também.
    Lendo seu texto vejo que o Senhor foi muito bom pra mim … e como me alegro em ler esse texto e poder recordar os cuidados de Deus!
    Abração … que o Senhor continue te usando e sendo esse amigo/irmão que sempre tem uma boa palavra, pela graça!
    Deus te abençoe!!

    • Salve, Alexandre,
      .
      os medos são inevitáveis, a questão é saber o que fazer com eles. A certeza de Cristo em nós deve ser o porto seguro, o alento, no momento em que atravessamos o vale da sombra da morte. O medo vem. A questão é: até que ponto ele ditará as nossas ações?
      .
      Aquele abraço, em Cristo,
      mz

  17. Edina Oliveira disse:

    Bom dia irmão,

    É inevitável o medo quando vem as tempestades. O que fazemos com ele é que faz toda a diferença. Eu te contei sobre a doença de minha filha. Foi o maior medo que já senti até hoje. Medo dela sofrer, morrer. A dor é tanta que a gente não paralisa não, nem foge, enfrenta para se livrar. A minha maneira foi imediatamente pedir socorro ao meu Deus e Ele me livrou, livrou minha filha da doença.
    Aleluia, Glórias ao nosso Deus amado, que nos ama e é fiel ao nosso clamor, é sensível a nossa dor.

    Deus seja sua constante companhia todos os dias!

    • Oi, Edina,
      .
      você é um exemplo da diferença que faz correr aos pés do Senhor quando o medo nos ataca. Hoje você tem a experiência para compartilhar com aqueles que passarem por medos semelhantes.
      .
      Deus seja contigo e com tua filhota,
      mz

  18. Maurício, parabéns por tratar de um tema tão difícil quanto o medo. Fui vítima dele a vida toda. Já tinha passado dos 40 anos quando descobri que eram ataques de pânico. Tratada, hoje meus medos são apenas os “comuns”. Durante o processo, descobri duas coisas. A primeira, a diferença entre angústia e medo. A angústia, reação física, é incontrolável por nós. A Bíblia afirma que, no Jardim, Jesus se angustiou. Essa verdade foi libertadora para mim, pois, se ele sentiu, então não é “errado” passarmos por isso. O que me leva à segunda revelação: a culpa que o cristão sente por causa do medo. Eu achava que era falta de fé, que estava afastada de Deus e, por isso, a angústia e o pânico. O texto em Josué me vinha sempre à mente: “Sê forte e corajoso”. E eu não conseguia. Até que me dei conta de quantas vezes Jesus usou a mesma expressão para dizer: “Sê curado”. Com aquela expressão, Deus estava concedendo a Josué força e coragem, assim como Jesus concedia a cura com a mesma palavra. Quando entendi que ele é quem opera o querer e realizar, que não consigo vencer o medo com minhas forças, que a vitória vem dele, aí eu comecei a sarar. Seria muito bom se mais pessoas abordassem o tema com tanta propriedade quanto você.

    • Olá, Claudia,
      .
      fico feliz que o texto foi edificante para você e, mais ainda, porque você conseguiu superar suas dificuldades. Muito obrigado por compartilhar.
      .
      Um abraço carinhoso, que Deus a abençoe muito,
      mz

    • Rauni disse:

      Amém Cláudia ! Do Senhor vem toda boa dádiva, Ele é quem cura as nossas enfermidades e perdoa as nossas iniquidades.

  19. Alexandre disse:

    Olá meu irmão Maurício, gostei da forma como abordou sobre esse tema. Concordo plenamente com você, pois o medo faz parte da nossa condição carnal. Depois que consegui confiar plenamente em Jesus, meus medos se tornaram banal, melhor, acho que perdi. Não perco mais muito tempo preocupado com o que possa acontecer e sim passei a gastar meu tempo tentando descobrir qual o ensinamento ou como posso glorificar a Deus através das minhas derrotas e vitórias.
    Que a paz e a sabedoria do Espírito Santo estejam contigo.

  20. Alessandra disse:

    Que Jesus continue te inspirando e abençoando!

    Te amo muito!!

  21. […] Maurício Zágari, autor de um blog que sigo, publicou na semana passada um texto muito interessante sobre o medo. Vale a pena ler: Não Tenha Medo do Medo. […]

  22. Patricia Galíz disse:

    Olá Mauricio, tudo bem? Lí esta sua mensagem agora, foi de muuta ajuda para mim, estou passando por um momento crítico na minha vida, tenho que tomar decissões que mudarão tudo. E meu medo é que não sei se será para melhor.

    • Olá, Patricia,
      .
      peço a Deus que guie teus passos e que conduza tuas decisões. Fico feliz por poder ajudar de algum modo. Deus é contigo.
      .
      Um abraço, na paz de Deus,
      mz

  23. andreia disse:

    MARAVILHOSA palavra irmão……. sabemos de todas essas verdades em nosso intelecto, mas tem momentos que precisamos gritá-las para nossa alma, não é??
    Benção, benção pura do trono do Senhor atraves de ti.

    Que o óleo da unção seja derramado sobre ti a cada dia,

    Com carinho e orações,

    Andreia Araujo

  24. Ricardo Macedo disse:

    A Paz!
    Uma bênção este texto!

    João 14:27
    “Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.”

    Louvado seja o Senhor Jesus!
    Um abraço.

  25. Bariloche disse:

    Ola Mauricio,

    Tenho 25 anos e atualmente estou com muito medo da morte, só a ideia de que não se pode evitar o inevitável me faz entrar em desespero, vivo com esse pensamento faz um tempo de deixar meu corpo e ele ser corroído pelos animais e etc. Sei que pode ate ser bobeira, mas isso me assombra e gostaria de palavras de conforto e saber se realmente há indícios de uma nova vida, pq acabar tudo do nada seria lastimável! Obrigado.

    • Salvo, Bariloche,
      .
      o medo da morte encontra seu fim quando se entende que a morte não é o fim. Se você é cristão pode descansar na certeza da vida eterna, sabendo que um passo além do último suspiro é o início de uma nova e maravilhosa etapa da existência. Você pode ler a Bíblia e nela encontrará todo o acalanto de que precisa. Leia os evangelhos, leia as epístolas e ali você verá quanto nos espera na eternidade. Eu recomendaria que você lesse este texto, que postei há pouco tempo no blog:
      https://apenas1.wordpress.com/2014/05/26/o-exato-momento-da-morte/
      .
      Sobre o corpo ser comido… querido, quando isso acontecer você já não estará mais dentro dele, que se tornará apenas uma casca vazia. Então nada do que ocorre nesse processo você vivenciará. Descanse em Deus.
      .
      Um abraço, no amor de Jesus, o que concede a vida eterna,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s