Desista1É muito comum ouvirmos em nosso meio evangélico que o cristão em tudo deve perseverar, que precisa buscar seus sonhos e nunca, sob nenhuma circunstância, desistir. Não creio nisso. Simplesmente porque a Bíblia não diz isso. A perseverança deve ser na santidade e na obediência, sempre. “Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida” (Ap 2.10). Mas, em se tratando de sonhos humanos, isso não se aplica. Lendo as Escrituras, vejo que o cristão deve ter ciência de que, em certas situações, chega um momento em que precisa desistir, abrir mão do que ele quer. Podemos ver muitos exemplos, como o de Jesus, que desistiu de pedir ao Pai que afastasse dele o cálice do sofrimento (Mt 26.36-46). Ou Paulo, que desistiu de orar a Deus pedindo que tirasse o espinho de sua carne (2Co 12.7-10). Sim, há ocasiões em que o Senhor espera que nos conformemos e entreguemos os pontos. Certas esperanças não devem ser alimentadas, em especial porque nosso coração é enganoso e não sabemos muitas vezes qual é a vontade divina. Assim, se o que almejamos difere do que Deus almeja, tenha a certeza: o melhor é desistir. Perca a tua esperança, pois ela está depositada em algo que não condiz com o querer do Senhor.

A pergunta imediata que se segue é: como posso saber se meu sonho está de acordo com que Deus quer? Há dois critérios principais: o que a Bíblia diz e a paz no coração.

A vontade de Deus está revelada nas Escrituras. Então conheça a Bíblia. Estude-a. Veja os princípios que ela defende. Nem sempre há uma resposta objetiva para a sua situação, mas há princípios bíblicos que podem responder teu questionamento e nortear teus sonhos e tuas metas. A resposta nem sempre vem num versículo claro, mas num conceito transmitido ao longo de toda a Escritura. Por exemplo: não existe nenhuma passagem bíblica que fale que não devemos fumar crack, mas há um princípio claro acerca dos cuidados que devemos ter com nosso corpo e com nossa mente. Ou, então, você tem aquela dúvida que assola milhões de solteiros: devo namorar aquela pessoa que não é cristã, na esperança de que ela vai se converter? É para persistir nesse relacionamento ou não? Aí você vai à Bíblia e vê que ela é clara sobre o fato de que esse é um namoro em jugo desigual (2Co 6.14-16), mas a Escritura não te dá a certeza de que o (a) jovem será salvo (a). Na dúvida, vá no certo, desista do erro (até porque Deus não precisa que você namore ninguém para que aquela alma seja alcançada, se o Espírito de Deus quiser salvá-la usará até uma mula).

O segundo critério é a paz no coração. Paulo escreveu: “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração” (Cl 3.15). Portanto, se você vive uma situação de constante atribulação, é hora de pegar o primeiro retorno e dar no pé. Isso acontece muito, por exemplo, em relacionamentos afetivos. Sabe esses namoros que mais parecem dramalhões mexicanos, com arroubos de sofrimento, fins e recomeços, rompimentos dramáticos e voltas novelescas? Onde está a paz? Se não há paz, não insista, desista. Ou quando tem de fechar um negócio mas fica em agonia sobre se assina o contrato ou não? Ou, ainda, na decisão entre seguir a carreira que vai realizar você ou a que vai te dar dinheiro? Não insista no que agonia, desista.

Desista2Quando comecei a pensar no assunto para escrever este post, calhou que assisti ao belíssimo filme “A vida secreta das palavras”. Durante o longa-metragem, um personagem menciona um livreto curto e exuberante, “Cartas de amor de uma freira portuguesa”, de Mariana Alcoforado, e imediatamente me lembrei que essa obra trata exatamente disso: a necessidade de abandonar sonhos que dominam nosso ser com fúria. Resolvi reler essa pequena coletânea de cartas enviadas por uma freira ao homem que ama, que jamais voltou a encontrar pessoalmente e com quem nunca pôde se casar. A história é real e, naturalmente, a experiência de Mariana tem aspectos nada louváveis em termos cristãos (como você perceberá na leitura), mas a mensagem sobre a importância da desistência em certas situações está lá com uma força sem igual na literatura. Resolvi compartilhar o curto PDF desse livreto. Você pode fazer o download gratuito clicando neste link: < Cartas-de-Amor-de-uma-Freira-Portuguesa >. Minha recomendação é que reflita sobre a trajetória de Mariana, da total esperança à desistência. Em sua última carta, fica claro que desistir da esperança seria a única decisão que daria a ela forças para seguir vivendo. Não sei dizer se a distância do amado lhe trouxe a paz que ela desejava ao coração, mas pelo menos trouxe um tipo de paz meio genérico, catatônico e artificial – porém, suficiente para lhe dar forças para seguir.

Temos de saber a hora de render nossa vontade. Se Deus diz “não”… é não. Se insistirmos no “sim”, só o que conseguiremos é uma vida de sofrimento e dor à espera de algo que jamais chegará.

Recomendo que leia o livreto. É uma leitura que não dura mais que 15 ou 20 minutos. Depois sinta em si o sofrimento e a frustração de Mariana. Em seguida, veja se o melhor não foi ela dar adeus a seu sonho, que alimentou tão desesperadamente por tanto tempo. Por fim, pense se na tua vida há algum sonho que esteja sendo alimentado à toa, porque vai contra o desejo do coração de Deus. Se você tiver a convicção que perseverar nesse objetivo é a vontade do Senhor, vá em frente. Mas… e se não for? Nessa hora, entregue-se em sacrifício vivo ao Senhor e diga: “Seja feita a tua vontade” (Mt 6.10). E, se a vontade dele for que você abra mão de certos objetivos e sonhos, perceba que abandoná-los não significa falta de fé, de fidelidade ou de perseverança: é o cumprimento da boa, perfeita e agradável vontade de Deus e, certamente, é o que te trará felicidade.

Persista. Mas, se não for da vontade do Senhor, desista. E, aí sim, você estará cumprindo a vontade do Senhor. Sabendo que, muitas vezes, a desistência do que você tanto queria pode se tornar a maior bênção da sua vida.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício

Anúncios
comentários
  1. Mimi disse:

    A Paz, Maurício,
    Meu marido me deixou há 6 meses, depois de 16 anos de casamento. Clamo ao Senhor que quebrante nossos corações, nos molde à Sua vontade e que restaure nossa união. Devo desistir, ou a restauração do casamento é a vontade do Senhor?

    • Olá, Mimi,
      .
      esse é um princípio bíblico basilar: o casamento é um pacto por toda a vida, salvo raras exceções. Procure seu pastor e converse com ele, mas, por princípio, a restauração é sempre o caminho.
      .
      Deus te abençoe muito,
      mz

      • Mimi disse:

        Boa tarde, sei que o objetivo é promover reflexão, e não “atendimento individual”, mas poderia me auxiliar a saber O que pode ser entendido como exceção? Me casei com ele quando fiquei grávida dele (foi meu primeiro namorado), mas ninguem em minha família o pressionou a casar, muito pelo contrario: ele ficou “livre” para decidir se queria ou não ficar comigo… porem desconfio que a familia dele o pressionou a ficar comigo, por causa de nosso bebe… eu sempre o amei muito e houve fidelidade entre nós, mas gostaria de saber quais sao as “exceções”, pode me auxiliar? Obrigada, a paz!

      • Michelle, oi,
        .
        meu entendimento sobre as exceções que permitem o divórcio vem das palavras de Cristo: “Foi dito: ‘Aquele que se divorciar de sua mulher deverá dar-lhe certidão de divórcio’, Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério” (Mt 5.31-32).
        .
        Mas como lhe falei, cada situação precisa ser analisada em detalhes e pelo pastor encarregado por Deus para zelar por tua alma. Seria irresponsabilidade minha te dizer o que fazer por este canal tão limitado, entende? Peço que me perdoe, mas é algo sério demais para eu apenas “palpitar”. Procure seu pastor e ele lhe dará orientação bíblica, acompanhamento e apoio espiritual.
        .
        Oro por ti, mana, e peço a Deus paz ao teu coração. No amor do Senhor,
        mz

      • Mimi disse:

        Prezado,
        a paz,
        no post abaixo, apareceu a identificação de meu nome completo, pode alterar, por gentileza, não gostaria de ficar “tão” exposta. Grata.

      • Claro, Mimi, já alterei. Na verdade o WordPress pública o nome com o qual você se identifica, ok? Se desejar no futuro fazer um comentário reservado é só cuidar para entrar com seu apelido, ok?
        .
        Deus a abençoe,
        mz

  2. Mery disse:

    Maurício ,não li ainda o livreto mas já me sinto em paz,sempre tive um sonho de ser mãe,quando me casei logo quis engravidar ,mas não conseguia,tratamentos,hormônios,orações,jejuns,profecias pífias,choro,desespero,nada,silencio total de Deus,quando na ultima tentativa fui orar e senti uma dor de angustia insuportável,foi ai que entendi que Deus queria para minha vida,e desisti ,não sei informar pq Deus não permitiu eu ter filhos,isso é lá com Ele,mas Ele me deu paz quando desisti ,hoje vivo muito bem,continuo amando crianças ,tanto que sou dep infantil da igreja,não sou frustada,tenho sobrinhos que eu amo como meus filhos,vivo muito bem.
    Abs ,Mery

    • Oi, Mery,
      .
      fico feliz que você esteja bem quanto a essa questão. A adoção é o caminho para muitos, para outros mantém-se sem filhos. Todas são alternativas biblicamente corretas. Siga bem, mana.
      .
      Deus te abençoe muito,
      mz

    • Greize disse:

      Mery, tenho uma vizinha cristã que passou exatamente as mesmas coisas que vc. Lendo seu relato, é como se ela estivesse falando.Ela desistiu e deixou nas mãos de Deus, até porque chegou uma hora que precisou tirar o útero e ai ela viu que era o fim.Continuou na obra do Senhor amando crianças,sem frustração… mas quando fez 44 anos,Deus tocou no coração dela sobre filho.Ficou espantada, já que nem útero tinha.Mas se deixou direcionar, e ela e esposo adotaram uma linda criança.Davi, e o mais incrível nesta história toda.O menino é a “cara” dela, tem o mesmo sorriso.Só comentei aqui, pq vi que quando deixamos nas mãos de Deus Ele realmente sabe.
      Aplaudo a igreja que ela frequenta, que tem um ministério para pais adotivos.
      É como ela diz ao Davi, vc veio daqui, e mostra o coração.
      Não sei se será seu caso, mas sua entrega e paz, é o caminho!

      • Mery disse:

        Greize,obrigada pelo carinho, estamos, meu esposo e eu pensando em adotar uma criança,o que está dificultando é que como meu pai faleceu há 7 meses,minha mãe anda um pouco tristinha e eu tenho me dedicado a ela,e apareceu para nós uma criança,mas ela tem uma irmãzinha e só podemos adota-la se forem juntas,precisamos ver nosso orçamento rs
        No mais tudo está nas mãos de Deus,Ele sabe o que é melhor para mim.

  3. Bom dia irmão Maurício! Faz um tempinho que não “falo” contigo aqui, mas quero que saiba que acompanho uma após outra postagem sua, e sempre repasso através de e-mails para outras pessoas, na esperança de que outros corações sejam também alcançados. E agradeço a PAPAI por te ajudar a nos falar ao coração. Como Ele é maravilhoso! Quero te dar um abraço, irmão, um abraço bem apertado de forças, para que você continue a carreira que o nosso PAI a ti propôs. Até a próxima!

  4. solange vieira disse:

    Bom dia !
    Vivemos situações que muias vezes questionamos a DEUS, até quando ? isso não muda nunca?
    Sempre vou no culto domingo pela manhã e ontem por vários motivos só fui a noite.
    Hoje lendo seu post, só veio testificar o que foi pregado, muitas vezes, temos que voltar atrás porque estamos na direção errada, não é por esse caminho que temos que ir,,insistimos,
    persistimos , e sofremos e choramos.DESISTIR de determinados rumos me parece hoje o começo de uma nova caminhada.
    Deus seja louvado e você continue nos abençoando.
    Abraços fraternos em Cristo.

  5. Michele Shimosako disse:

    Bom dia Maurício,

    Sou cheia de sonhos e vontades, alguns dias atras senti em meu coração três sonhos que eu realizaria ainda esse ano. Penso neles todos os dias, oro por eles, mas talvez eu mesma duvide desse sonhos, porque no fundo eu sinto que não é bem isso que Deus quer para mim.
    Talvez seja a hora de desistir, de buscar uma resposta do Senhor e esperar Nele, ou sonhos Dele para mim.
    Tenho um pouco de dificuldade de entender algumas respostas, eu sonho e logo desanimo, pois sempre acho que não é para mim. Minha amiga diz que tenho me julgado muito, tudo acho que ainda não sou digna de merecer, pode ate ser, mas o que quero mesmo é a confirmação de Deus de todas as coisas inclusive meus sonhos.

    Grande abraço

    A Paz do Senhor

    • Michele, olá,
      .
      as respostas às tuas perguntas só podem vir dos lábios do Senhor. Siga com ele, leia a Palavra, busque a paz. Creio que o Senhor te responderá na hora certa, pelos meios certos. Lembre-se que todos somos indignos e que as bênçãos vêm não por mérito, mas por graça.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Cristo,
      mz

  6. Regina disse:

    Oi, Maurício!

    Primeiro quero deixar um elogio aos seus textos, eles são sempre abençoadores e reflexivos!

    Acredito que isso não se aplica só em grandes sonhos da vida humana, mas eu pequenas decisões, como por exemplo, quando a decisão de ir a certos lugares causa angústias e tudo mais. É uma questão complicada, que sofri em entender durante toda a minha adolescência. Mas sempre que decidia conforme a vontade de Deus eu me sentia tranquila, leve. O estranho é que toda vez que aconteciam situações parecidas eu me encontrava em conflito, decidia, ficava tranquila… era um ciclo, até eu entender que Deus não quer a minha dúvida.

    Mas, Maurício, essa parte do texto chamou a minha atenção: “até porque Deus não precisa que você namore ninguém para que aquela alma seja alcançada, se o Espírito de Deus quiser salvá-la usará até uma mula”. Quer dizer que depende só de Deus querer salvar uma pessoa ou não?

    • Olá, Regina,
      .
      muito gentil, obrigado por suas palavras.
      .
      Creio que a tua experiência pessoal traduz muito bem o que o texto diz, possivelmente até melhor.
      .
      Sobre sua pergunta, sim: a salvação é pela graça. Ninguém é salvo por esforço humano. É o ESto que convence do pecado, da justiça e do juízo. Lembre-se de Ef 2.8-9: “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de
      Deus; não por obras, para que ninguém se glorie”. Nosso papel é proclamar o evangelho. Quem salva é Deus. Se crermos que a salvação é fruto de esforço humano, estamos nos pondo no lugar de Cristo, anulando a graça e nos idolatrando. Temos de ter cuidado com isso, ok?
      .
      Deus a abençoe,
      mz

      • Regina disse:

        Ok. E o nosso livre arbítrio está em aceitar essa condição?

        Muito obrigada pelo esclarecimento, Maurício!

        Paz de Cristo

      • Regina,
        .
        isso depende da teoria soteriológica em que você crê. Se você seguir a linha calvinista, o livre-arbítrio não existe. Na arminiana, está em aceitar a graça de Deus. Pela heresia pelagiana, é suprema. Então depende da teologia que você abraça, entende?
        .
        Abraço, na paz de Cristo,
        mz

  7. Vieira disse:

    Muito Bom irmão! Realmente seu blog tem me ajudado e abençoado muito desde que o conheci casualmente navegando pela Net. Eu era uma ovelha que havia se perdido, estou voltando agora, com muita humildade ao meu Pastor e é sempre bom vir aqui e dar uma lida sobre diversos assuntos!
    Esse texto me fez refletir muito e com certeza a noite irei refletir ainda mais rsrs
    Estou muito feliz por ter voltado e me reencontrado nos caminhos de Deus, sabemos que uma pessoa que ”se desvia” é muito complicado voltar… Mas comigo não tem jeito, eu sinto que Deus tem um plano em minha vida, mesmo afastado e com o coração ‘seco’ durante esse tempo eu via sempre ”sinais” de Deus, me dizendo, me mostrando que não adiantava correr ou se esconder… eu teria que voltar e Deus cumprir sua obra em minha vida, que confesso, não faço idéia ainda oque seja. Enfim….
    Oque me chamou a atenção nesse texto é o Fato do namoro em ”Jugo Desigual”… É exatamente isso que eu ando orando á Deus nesses ultimos dias… Sempre fui um cara ”sussegado” nessas partes de relacionamentos, mesmo quando era adolescente e muitos de nós jovens da Igreja, viviam procurando alguem pra namorar… Talvez esse seja o maior ”problema” dos jovens nas igrejas, não é? rsrs… Mas eu ao contrario de muitos, nunca quis um relacionamento sério… Até tentei uma vez, erradamente, com uma irmã que se declarou pra mim… eu não sentia nada por ela, mas por ela ser muito bonita acabei tentando… mas logo percebi que era errado e tratei de nao prolongar as coisas, foi dificil demais, principalmente pra ela… nunca mais quero cometer esse engano.
    Porém agora, eu me sinto meio solitário, carente… queria relamente encontrar alguem, mas sei que é muito dificil, muito mesmo! Não quero me enganar e começar um namoro pra depois de um tempo eu perceber que não era a pessoa ou a pessoa perceber que eu nao era o cara, entende? rs
    Tenho uma pessoa que eu sempre gostei muito e que não mora na msm cidade que eu, porém, pelo menos uma vez por mês nos vemos…. Nunca demos sequer um beijo, ela, apesar de não ser Cristã, não é uma garota que fica com varios rapazes e que ja namorou diversas vezes… muito pelo contrario!… Ela é muito parecida comigo. Ela é uma garota muito calma, trabalhadora… Se ela fosse Cristã, seria a garota perfeita pra mim hahaha. Mas o problema é que não é!… E nesses ultimos dias a gente tem conversado muito intimidamente, acho que dessa vez iremos ficar.. Tenho vontade de começar a orar… não sei como conversar com Deus sobre isso…. Sabe, eu sinto paz em meu coração no sentido dq com ela eu seria feliz e com certeza seria um namoro que terminaria em casamento daqui alguns anos rsrs. Mas ao mesmo tempo eu fico inquieto, por saber que ela não é Cristã e sei que isso não é ”legal” rs.. Não estou tão aflito, nem muito ansioso… Só estou ”pensativo”, digamos assim… Sei que Deus mostrará pra mim o melhor caminho.
    Obrigado por ler esse enorme desabafo haha…. é meu primeiro post aqui, muito obrigado por compartilhar conosco seus conhecimentos sobre a Palavra! Deus te abençoe cara! E por favor, ore por mim ai rsrs Grande Abraço!

    • Oi, Vieira,
      .
      fico feliz que você tenha retornado aos braços do Pai. É o caminho da vida, o único.
      .
      Mano, sugiro que você converse com seu pastor sobre essa situação. Mas persistir em um relacionamento em jugo desigual é ferir um principio biblico. “Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas? Que harmonia entre Cristo e Belial? Que há de comum entre o crente e o descrente? Que acordo há entre o templo de Deus e os ídolos?” (2Co 6.14-16). Cuidado.
      .
      Abraço, mano, Deus te abençoe,
      mz

  8. Muito bom, mais uma vez.

    Essa tem sido a maior oração para a minha vida e para a Igreja dos dias de hoje.

    Confiando no que a Palavra diz, que a vontade do Senhor é santa, boa e agradável… peço que essa vontade se cumpra.

    Paz seja convosco Zágari.

    Deus queira que você edifique as pessoas pessoalmente tanto quando, ou mais, com os seus textos.

    ^^

  9. pastorsilvano disse:

    Ola irmo Mauricio, muito bom o post. Gostaria de sua autorizao para publica-lo em meu blog.

    http://www.escolaparapregadores.com

    • Olá, Pastor,
      .
      muito grato pelo carinho. Fique à vontade para reblogar, basta seguir o que está descrito em “Licença de uso”, na coluna à esquerda do blog. E que venha a abençoar seus leitores.
      .
      Abraço, na paz de Cristo,
      mz

      • Ed disse:

        Olá Mauricio, graça e paz!

        Gostei muito por sinal, sua linguagem é equilibrada e zelosa com relação a afirmações bíblicas, Deus o abençoe e conserve sempre!

        Quero compartilhar algo contigo e seus leitores, talvez seja longo, mas espero que seja edificante.

        Estou para alugar um imóvel e o processo de fiador esbarrou em alguns problemas com o imóvel do fiador, foi uma correria enorme (nada além do normal) e estressante. Gosto desta questão, sobre qual o tempo para persistir ou desistir de algo, e neste caso optei por persistir, e em 48 horas seguimos com outros dois fiadores que aceitaram nos ajudar nesta questão.

        Novamente, após muita correria, idas em cartórios e mais cartórios, entregamos a documentação dos novos fiadores e foram aceitas, indo para o jurídico da imobiliária que examinará tudo para nos dar um retorno sobre a aprovação da locação! Enquanto escrevo este comentário ainda aguardamos este retorno.

        Em seu texto você cita haver dois critérios principais, “o que a Bíblia diz e a paz no coração”, eu concordo plenamente e é sobre isto que eu gostaria de comentar.

        Diante da necessidade de alugarmos uma casa ou apartamento, eu e minha esposa, passamos a agir e orar, fizemos as contas para saber qual o limite para assumirmos este novo compromisso financeiro mensal, passamos a buscar alguns imóveis pela internet (como qualquer um faria) e continuamos orando enquanto agimos.

        Encontramos um que, de cara gostamos, e estava bom em diversos aspectos, localização, espaço, qualidade e valor (posteriormente eu propus um valor menor e o proprietário concordou) e então apresentamos ao Senhor nosso desejo: “precisamos alugar um apartamento e gostamos deste”, mas sempre prontos para um NÃO de Deus, prontos e gratos como estamos até agora, enquanto ainda aguardamos a resposta da imobiliária.

        A lição que gostaria de passar é esta: eu e minha esposa crescemos neste processo, de confessar ao Senhor nossa vontade sem medo ou receios, e completamente confiantes na bondade, tranquilidade e perfeição de Sua vontade. É importante que o cristão busque um relacionamento pessoal com Cristo e sua Palavra como você bem colocou em seu texto Maurício, pois o Senhor pode transformar até mesmo a insistência para desenvolver maturidade em nós, ainda que por final a resposta seja negativa da parte de Deus. Seria persistência até certo ponto e descanso deste ponto em diante.

        Obs.: Mauricio, gostaria de, assim como o Pastor Silvano, ecoar seu texto em nosso BlogFpM, seguindo as orientações que você deu ao mesmo!

        Graça e paz!

      • Olá, Ed,
        .
        obrigado por compartilhar sua experiência enriquecedora, certamente soma à reflexão. Fique à vontade para reblogar os textos, mano, com os devidos créditos e links, peço a Deus que abençoe muito seus leitores.
        .
        Abraço fraterno, na paz de Deus,
        mz

  10. João Vitor Alves Cardoso disse:

    E aí Maurício,excelente texto como sempre.Devemos nos conformar com alguns desejos e sonhos,e deixar que a paz de Cristo comande nossos corações.
    Fica na paz,man

  11. victor0388 disse:

    Acho que um dos principais problemas que o ser humano encontra (pelo menos foi assim comigo) é de não acreditar, ou se conformar com a vontade de Deus, como o Maurício falou. De ter que abandonar determinada vontade.
    Um rápido testemunho: ocorreu algo parecido com minha esposa. Ela começou a me namorar, quando eu ainda não era convertido. E era algo que os pais dela vigiavam bastante. Mas ela começou a orar bastante pra ver se era a vontade de Deus e sentiu paz no coração. A mãe dela também sentiu paz no coração e eu me converti (ou entrei pra igreja – conversão genuína só 4 anos depois) um mês depois. Tinha o jugo desigual que preocupava mas a paz no coração era sentida e hoje digo que, se não fosse isso, eu provavelmente ainda estivesse perdido. Contudo, não recomendo a ninguém fazer isso sem antes ter aquela confirmação de Deus.

  12. Pri disse:

    Poxa Maurício, esse texto veio na mesma época em que desisti de um sonho meu. Lutei dois anos para conseguir realizá-lo. Fiz o que pude. Tudo cooperou para dar errado. Foi quando resolvi desistir. Joguei fora tudo o que dizia a respeito desse sonho. Quando terminei de jogar tudo fora, senti uma paz imensa. Me sinto livre para viver novos caminhos. Que o Senhor me mostre os caminhos que Ele quer que eu siga. Obrigada sempre sempre por suas palavras. Glórias ao nosso Deus que te inspira e te usa. Abraços. 🙂

    • Oi, Pri,
      .
      me alegro pela leveza do teu coração, por Deus cuidar de ti e te ajudar nos caminhos estranhos da vida. Sigo orando pelo peso que teu pai deixou em tua alma, viu?
      .
      Abraço fraterno, no amor do Senhor,
      mz

      • Pri disse:

        Obrigada Maurício, saber disso me fez chorar, mas de alegria, viu? Apesar de tudo eu o amo muito e tenho aprendido com tudo isso o valor do perdão. 🙂

      • Fico feliz, Pri. Isso sim é motivo para lágrimas – de alegria.
        .
        Beijo pra ti, na paz de Deus,
        mz

  13. Denise disse:

    Olá Maurício!
    Tenho um sonho, espero por ele há anos e não entendo o porque Deus ainda não realizou…
    Creio que acontecerá, se eu estiver discernindo bem a voz do Espírito…
    Deus conhece nosso interior melhor que nós mesmos, creio que se um dia Ele me dissesse, não tenho isso pra vc, eu não suportaria… não é que eu iria querer a todo custo ou não aceitaria a sua vontade, eu simplesmente acho que eu não aguentaria…
    Então eu sigo orando e enfrentando a batalha que é a ausência desse sonho dia após dia, na esperança de ver mudada a minha sorte.

    Grande abraço pra vc!

    • Olá, Denise,
      .
      Nossos sonhos se realizam se estão de acordo com a vontade de Deus e, claro, no tempo que ele determina. A nós resta a paciência, mana.
      .
      Abraço é que o Senhor atente com especial carinho para os desejos do teu coração,
      mz

  14. Olá irmão,

    Como sempre usando de sabedoria para nos aconselhar. Deus te abençoe!!

  15. Ree disse:

    Comentando para não perder a sincronia de sempre. Antes de ler seu texto li o seguinte pensamento – e ambos responderam algumas orações desses dias… “Muitas vezes, esperar uma resposta faz parte da resposta – Blanchard.” Em todos esses casos a gente aprende a paciência, resignação, obediência, humildade e a confirmar quem é Senhor na nossa vida.

    Meu Pastor hoje está agitando Seu cajado nos cachimbos dessa ovelhinha aqui, mano! Glória a Deus!!!

    Abração

  16. Ree disse:

    Ops, que susto! – consertando os “desacertos” do teclado iPédico: cachimbos não, cachinhos! Rsrs

  17. Tamires Souza disse:

    De fato, precisamos deixar de querer dar “jeitinhos” adequando a nossa vontade a vontade de Deus, pois muitas vezes agimos dessa forma, e o resultado para isso é só frustração. A vontade de Deus é boa perfeita e agradável, e como você falou é através do relacionamento com ele que saberemos distinguir quando é a vontade do Senhor que tá falando ou o nosso enganoso coração. Texto abençoador Mauricio!
    Grande beijo, e venha logo na Paraíba novamente, a ICNV CG está a lhe esperar rsrsrs.

    • Oi, Tamires,
      .
      obrigado pelo carinho de sempre. Mande um beijo para todos dessa amada igreja, pela qual tenho tanto afeto. Não creio que vá voltar em breve à Paraíba, mas quem sabe, não é?
      .
      Beijo carinhoso, Deus abençoe muito,
      mz

  18. Fabio Cardoso disse:

    Saber discernir é fundamental. Perseverança sem sabedoria, chamo de teimosia, pode trazer muita tristeza lá na frente.

  19. Flavia disse:

    Muito bom o texto, esclarecedor só veio a confirmar o que ensine na igreja essa semana a respeito de uma falsa paz que pode ser produzida em nossos corações, quando desejamos muito algo que não é de Deus mais o nosso próprio desejo.;)

  20. Jacy disse:

    A paz, Maurício!

    Não é fácil, mas por vezes o melhor é desistir.
    Já passei por isso.

    A vontade de Deus é sempre o melhor para nossas vidas. Sempre.

    Paz, maninho! Deus o abençoe e aos seus.

  21. Bella disse:

    Seus textos são sempre excelentes e sempre que você indica um filme, corro pra assisti-lo!!! Acabei de assistir o que vc citou aqui e estou sem palavras… obrigada por ter criado esse blog tão maravilhoso!

  22. Valber Rangel disse:

    Oi Maurício,

    Confesso nunca ter lido ou ouvido sobre “não desistir dos sonhos sob qualquer circunstâncias”. Mas já li e ouvi muitas mensagens de encorajamento para perseverar e não desistir de sonhar, mesmo quando tudo parece não ir bem. E a Bíblia cita vários desses exemplos: José, Josué, Calebe, Simeão e o próprio Jesus que não desanimou de anunciar e nos fazer herdar o Reino de Deus, por causo dos ataques e mentiras dos fariseus.

    Lembro que desistir de uma coisa para abraçar outra, também é perseverar. É não desistir de ser feliz e acredito que Deus se importa por cumprir sonhos humanos, mano Maurício. Vejamos o caso de Simeão (Lucas 2:25 a 32) ele tinha o sonho de ver o Messias com os próprios olhos, por isso não sia do templo, dia e noite, Simeão persistiu e Deus realizou o sonho de seu serv:

    “Agora Senhor, despede em paz teu servo, porque os meus olhos já viram a Tua Salvação”

    Perdoe se escrevi demais, mas é o que penso e me baseio também na Bíblia.

    Obrigado.

  23. Marco Juric disse:

    Bom dia Zágari!

    Top total!
    Mas como somos envolvidos por nossas vontades ao ponto de muitas vezes, mas muitas mesmo, sequer consultarmos a Deus.
    Verdadeiramente preciso de mais comunhão com Deus para em tudo depender de seus conselhos.

    PAZ!

    MJ

  24. Lígia Maria da Silva Barros disse:

    Olá Mensageiro da Palavra!
    É sempre um conforto ler suas mensagens.
    Já pedi insistentemente algumas coisas ao Senhor e creia, Ele me deu como eu queria, mas às vezes pelos transtornos, acredito que não era bem o que Ele tinha reservado para mim.
    Mas, conscientemente reconheço e não deixo de agradecer.
    O que acho é que não devemos expor sonhos absurdos como se através da realização desses sonhos provasse aos outros quem é o Deus a quem servimos.
    “No mundo tereis aflições”.
    Sou muito feliz; realizei o sonho de ser mãe, tenho uma netinha que é um presente de Deus,mas tenho problemas. E muitos desses problemas são criados por mim mesmo, reconheço.
    À cada dia reconheço o quanto pouco mereço e como Deus me ama.
    Graça e Paz!

  25. Paulo Silva disse:

    Olá Zágari.
    Pois é eu desisti. Não porque quis, não porque decidi. Mas porque as circunstâncias me mostraram que o que tanto quis e busquei, ficara para trás. E isto não me trouxe paz, mas uma frustração tão grande que tenho dias muito difíceis. Pedi, pedi… para a minha vida algo que agradaria a Deus. Não fora algo egoísta ou diferenciado, mas acertar dentro do que Ele mesmo previra ser necessário e saudável para o homem. Além disso, procurei ter boa conduta para merecer, como que tentando evidenciar o quanto queria e era importante na minha vida ter tal. Embora não fosse necessário evidenciar, haja a vista a onisciência de Deus. Mas e daí? Nem sendo desta forma alcancei. Você já me escreveu sobre a soberania de Deus, que baseado nesta faz o que quer, da maneira que quer, se quiser e quando quiser. E quanto a lei da semeadura? É ignorada, desconsiderada neste caso? Tento deixar isto para trás, mas vem à tona naturalmente. Dia após dia me tirando o ânimo, a gana de viver, a alegria e a perspectiva positiva das coisas. Por isto não consigo dar o devido testemunho de um cristão otimista, vencedor e encorajador. Por estar neste estado, não consigo deixar de dar ênfase a certas coisas tais como a que escreveu em seu texto: “se o Espírito de Deus quiser salvá-la usará até uma mula”. E então questionar: Deus não quer salvar a todos? E saiba que tenho receio de fazer tais questionamentos! Como cristão convicto, não quero virar as costas para Deus, mas não consigo crescer espiritualmente como gostaria e deveria. Gostaria do fundo do meu coração de não me sentir assim. Porém, sentimentos não é algo que a gente decidi, mas que reflete o nosso estado de espírito. Que Deus continue te abençoando.

    • Paulo, meu querido, olá,
      .
      mano, não sei o que exatamente você está passando, mas me parece que você precisa buscar aconselhamento junto a um bom pastor, para esclarecer suas dúvidas e encontrar consolo na Palavra. No entanto, permita-me comentar rapidamente alguns pontos do que você falou, para sua reflexão.
      .
      Lembre-se que as bênçãos não vêm por mérito nosso, mas por graça. Deus não vende favores. Ele nos presenteia. A obediência é fruto do amor que temos por ele, mas jamais uma moeda de troca.
      .
      Toda lei está sujeita a uma hierarquia de leis. A lei dos homens, por exemplo, está debaixo da lei de Deus. Assim como a semeadura está debaixo da soberania divina. A vontade do Senhor é o valor máximo em tudo. Se não fosse assim, ele seria manipulável.
      .
      Se você tem a vida eterna, Paulo, você é um cristão vencedor. Ser vencedor não tem nada a ver com bênçãos terrenas, tampouco com o que se ganha nesta vida. Se um dia tiver oportunidade, leia meu livro “A verdadeira vitória do cristão”, que trata exatamente disso.
      .
      Deus quer salvar a todos? Boa pergunta. Quando lemos que “muitos são chamados mas poucos os escolhidos” , que “a porta é estreita” e que “o caminho é estreito” vemos que menos serão salvos do que os que não serão.
      .
      Não sei exatamente o que te aflige, mas penso que você deveria buscar aconselhamento pastoral em uma boa igreja, tradicional, que não siga teologias como a da prosperidade ou a da confissão positiva. Não sei se é o seu caso mas, se for, recomendaria uma grande mudança de paradigmas. Ore a Deus e peça direcionamento. Se perceber que é para fazer isso, mude.
      .
      Oro por ti, mano. No amor de Deus,
      mz
      .

      • Ed disse:

        Maurício… meu desejo é que toda a maturidade e sobriedade de suas palavras nesta resposta, a uma condição e questão tão difícil seja benção para nosso irmão Paulo. Gloria a Deus por sua vida Paulo, por sua sinceridade, Deus seja glorificado!

  26. Mateus disse:

    Paz, Maurício. Excelente texto. O evangelicalismo moderno foca-se no homem e seus desejos, podemos ver isso claramente na teologia da prosperidade. Seu texto é bem esclarecedor: o centro deve ser Deus e não nós. Enquanto nos é dito; “Nunca desista dos seus sonhos”, Cristo nos diz: “Negue-se a si mesmo”. Havia algo em minha vida que acreditei ser de Deus. Aliás, tudo evidenciava isso, até a paz. Mas isso despencou. Tenho vivido sem saber se foi ou não a vontade de Deus. Creio que apenas o tempo me dirá e me fará entender as coisas as quais não tenho entendido.
    Mano, você ainda usa o mesmo e-mail? Abraço!

  27. laci disse:

    tenho medo de desistir,porque tenho muito medo do futuro amo muito alguém mais sei Deus o ama ainda mais, ele tem me decepcionado muito com ele e não tenho tido paz mesmo assim o amo já me afastei pois acho que é o melhor, pois ele não sabe o valor das mulheres e nunca vai conta do amor que sinto por ele, ele tem me causado muitas dores mais mesmo assim o amo e peço a Deus que abre os seus olhos e coração e lhe mostre o verdadeiro caminho mesmo que esse caminho não venha ate a mim pois o amo e quero o melhor para ele, mesmo longe dele eu não tenho paz e já acreditei que ele fosse as respostas das minhas orações.
    peço que me ajude a orar por ele.
    e que seja feita a vontade de Deus

    • Estarei em oração por você, Iaci, na certeza de que a contade de Deus é sempre melhor que a nossa.
      .
      Peço ao Senhor que ilumine suas decisões e a conduza pelo caminho da paz.
      .
      Abraço fraterno, no amor de Cristo,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s