Sim, é possível viver longe da Teologia da Prosperidade. Recebi de meu irmão de sangue, que mora na Espanha, uma informação publicada no website http://www.noticiacristiana.com. Não sei se já foi reproduzido em alguma mídia brasileira, mas considero o fato tão relevante que decidi repassar aqui a informação. E por essa simples razão: mostra que é possível a Igreja se unir para repudiar uma heresia. Ocorre que os evangélicos franceses concordaram em repudiar e se afastar da Teologia da Prosperidade. O Conselho Nacional de Evangélicos na França (CNEF), elaborou um documento para remover a Teologia da Prosperidade das igrejas francesas, praga que há cerca de cinco décadas nasceu nos Estados Unidos e se espalhou pelo mundo. O CNEF funciona como um órgão interdenominacional cuja função é regular a doutrina do mundo evangélico no país.

Formada por teólogos de diferentes denominações (que vão de batistas a pentecostais), a organização emitiu um estatuto de 30 páginas em que conclui biblicamente que essa Teologia não é cristã e que o fiel que deseja seguir a Bíblia  deve abandoná-la. Mais do que isso: o Conselho incentiva essa atitude explicando aos membros das igrejas as razões pelas quais é necessário remover a Teologia da Prosperidade do meio cristão.

Pelo documento, o primeiro erro dessa heresia é estabelecer uma relação entre salvação e prosperidade física e material (saúde e riqueza). “A salvação está ligada ao coração”, explica o pastor batista e membro do CNEF Thierry Huser. “A salvação remete principalmente ao relacionamento do pecador com Deus e à reconciliação com Ele através de Cristo”, acrescenta.

Thierry também fala de outros erros teológicos dessa doutrina antibíblica, como a Confissão Positiva:  “A ênfase no poder da palavra declarada pode  levar à ‘fé na fé’ em vez de ‘fé em Deus’.”, explica. Em seu documento, o CNEF condena também o jugo imposto por igrejas adeptas da Teologia da Prosperidade sobre seus membros, ao afirmar aos fiéis que eles não recebem o que querem porque não têm fé. “Os profetas da prosperidade se protegem de todos os que questionam as suas promessas. Em vez disso, todo o peso de qualquer falha é atribuído aos fiéis que sipostamente não esperaram, não oraram, não doaram”, enfatiza o texto.

Outro ponto de destaque no documento é acerca dos muitos erros dessa linha de pensamento teológico:  Jesus jamais associou sucesso material à adoração e muito menos à salvação. Ao final, o Conselho Nacional de Evangélicos na França deixou claro que não enxerga base bíblica para a Teologia da Prosperidade, que a considera antibíblica, anticristã e, portanto, uma heresia.

Quem diria que a Igreja evangélica brasileira teria algo a aprender com a francesa… A grande lição? É possível combater heresias que aparentemente já se instalaram de forma cristã, argumentativa e bíblica, sem ofensas a pessoas, mas sim a ideias e conceitos. Temos muito a aprender.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Se você deseja aconselhamento, recomendo que procure seu pastor e não um blogueiro.

As reflexões expressas neste blog são pessoais e não representam necessariamente a posição oficial de nenhuma igreja, denominação ou grupo religioso.

comentários
  1. Gamaliel Martins disse:

    Já tinha visto essa noticia em outro site, mas é bom rever. Se tivéssemos no Brasil alguma organização parecida, seria muito bom. Na paz meu irmão.

  2. Lincoln Negrão disse:

    Urgente esse post Maurício. Aliás, segue link para o documento da CNEF: http://ueem.umc-europe.org/ueem/ACCUEIL/Entrees/2012/6/30_CNEF__publication_de_letude_Theologie_de_la_prosperite_files/CNEF_Dossier_evangileprosperite_120614.pdf

    Que sirva de exemplo para nós….
    Abraços e fique na paz irmão…

  3. Luiz Fernando disse:

    É Zágari…… A coisa tá feia para o nosso lado. Como eu já disse, eu me meti com essa heresia satanica e quase caí. Mais Deus, mesmo eu não merecendo, me resgatou e abriu os meus olhos. Mais e as pessoas -pessoas muita das vezes inteligentes ainda- cegas pelo consumismo e prosperidade. E eu te pergunto, será que alguém vai levar o seu corpo curado de câncer, sua casa ou carro ou dinheiro para o inferno? De que vale o homem ganhar o mundo, mas perder sua alma? É triste. Bom façamos nossa parte pregando a SALVAÇÃO, somente ela.
    A paz de Cristo o refúgio.

  4. Solange vieira disse:

    Bom dia ! Querido Irmão !

    Não só podemos viver sem a teoria da prosperidade,como deveria ser extinguida do meio evangélico para o bem da sã doutrina.Se nosssos irmãos que ainda se encontram engandos nestas heresias provassem do verdadeiro evangelho,jamais retornariam para esta prática.A Paz e a graça de Cristo são incontestáveis. Pois eles vivem na guerra como dizem.
    A Paz de Cristo esteja sempre convosco.

  5. Elinton Oliver disse:

    Iniciativa boa dos franceses, e Mauricio, você escreveu uma palavra com um erro no 4° parágrafo “sipostamete”.
    Só tem uma coisinha que você escreveu, que a “CNEF condena”, nós não temos autoridade para condenar ou jugar, Mas podemos minimizar as consequências destas heresias assim como os evangélicos franceses estão fazendo. Obrigado Pela informação.

  6. Lana Benvindo disse:

    Maurício, que boa notícia!! Bom será se esta revolução chegar aqui!! Afinal, tudo é possível ao que crê…Quem sabe?? Seria ótimo também se começássemos uma revolução no cristianismo do Brasil, onde todos pudessem parar de brigar (Me refiro aos abençoados que se dizem cristãos, não lêem a bíblia e gostam de vir para a net para brigar com outros cristãos), e viver um evangelho puro e genuíno, qual a dificuldade em amar o próximo como a nós mesmos, se abster das coisas que são colocadas na frente de Deus (isso é p/ mim também), e nos dedicarmos a um tempo maior de oração e consagração? Eu sei que a vida de todo mundo é corrida, mas a santidade começa no espírito, vem da mente e depois pro coração, Deus requer muito mais nós apenas na mente e no coração. O evangelho é simples.

    Um grande abraço a todos, Paz seja convosco!

    ICNV – Jardim Bangu

  7. Deborah disse:

    Uau. Seria possível isto aqui em nossa nação, visto que igrejas de denominações diferentes e de convenções tbm já aderiram a este tipo de teologia? E algumas delas se agridem tanto em púlpito que me pergunto se seria possível uma união como esta para combater o falso evangelho. E o que estas igrejas, que aderem a este movimento extra-bíblico fariam, quando elas em sua maioria, estão em rádios e televisões disseminando uma falsa teologia do evangelho? Fica a minha interrogação.

    ??????????????????????????….

    Que bom que a igreja francesa decidiu ouvir a voz de Deus!!!

    • Olá, Deborah,
      tudo é possível para Deus. Muitos movimentos ao longo da História nasceram e morreram nas igrejas e muitos nunca ouviram falar. Se vc ler o livro “O fim de uma era”, de Walter McAlister, verá que há uma boa perspectiva de falência desses movimentos, com argumentos muito sólidos. Fica a dica.
      Deus te abençoe, com Sua graça e Sua paz.

  8. Meu coração se encheu de alegria ao ler essa notícia. Há esperança!

  9. Blisto disse:

    Achei a notícia ótima, mas fica muito estranho e duvidoso o fato se sequer o autor da matéria cita UMA fonte original da notícia! Aonde foi que vocês leram as declarações emitidas pela CNEF? De outro site evangélico brasileiro? Da fonte original francesa? Sabemos que direitos autorais e internet são um assunto complicado, mas ainda é considerado errado publicar algo sem citar a fonte e dar crédito a quem merece.

  10. marcojuric disse:

    Boa tarde Zágari!

    Realmente isso é um câncer no meio das Igrejas Evangélicas.
    Mas me pergunto: Quem (líderes das igrejas Evangélicas) aqui estará disposto a propor o mesmo? É “briga de cachorro grande”.
    Acredito firmemente que a legião da Teologia da Prosperidade é minoria no nosso meio e que, temos muuuuuuuitos homens de Deus lutando o bom combate.
    Doutrina, doutrina, doutrina…é aí que muitos encontram uma grande barreira para seguir em frente olhando para o alvo: Cristo.
    Os hereges, ou por profunda ignorância bíblica e de Deus ou por sórdida ganância, criam suas próprias doutrinas e levam para o abismo multidões de incautos e de cobiçosos.

    p.s. levarei o seu forte abraço ao Pr. Walmir.

    God bless you!

    • Verdade, Marco.
      Numa palestra recente, Franklin Ferreira disse que a heresia é pior do que o pecado. Pois o pecado pode ser consertado mediante arrependimento e abandono, mas o herege dificilmente muda seus caminhos. E a História prova isso.
      Resta-nos orar e estar vigilantes para que a situação em nosso país mude.
      Por mais falho que eu seja tenho lutado por isso. Se tocar alguns, minha missão estará cumprida.
      Deus te abençoe, queridão, na paz do Mestre.

      • Marco Juric disse:

        Zágari, verdadeiramente todos somos falhos.
        Tenha certeza de que você está fazendo um excelente trabalho! Todos somos prova disso.

        p.s. querendo matar a saudade, as fotos do niver do Pr. Walmir estão no meu FB.

        Abração!!!!!

      • Obrigado, Marco, aquele abraço apertado, na paz do Mestre.

  11. […] Apenas Posts Relacionados:Jesus Cristo é o maior milagre do universo, afirma Bento XVIMinissérie José […]

  12. Matheus Henrique disse:

    Foi reproduzido sim, Zágari, em mídia brasileira. Já tinha lido, e fiquei sobremodo feliz. Como queria que tal reação fosse em terras brasileiras. Tenho orado a Deus para abrir os olhos da Igreja desta nação!

    Em Cristo,

    Matheus.

  13. Daniel Hirochi Tsukita disse:

    Olá< Mauricio estou sendo muito edificado através deste blog, gostando muito mesmo, mas gostaria de saber sua opinião sobre o "Curso Veredas Antigas" que está circulando pelas nossas igrejas, minha opinião é de que se trata de mais uma grande heresia onde em dado momento do curso somos confrontados de até PERDOAR A DEUS isso mesmo perdoar a Deus por algo que nos faltou, e outras atrocidades que eu como um leigo na palavra de Deus vejo com heresias e das piores se tu tiveres um tempo e analisar agradeço Fique na paz de Cristo Deus continue te usando e abençoando.

    • Salve, Daniel,
      Fico feliz por abençoar.
      Infelizmente não conheço o curso que vc citou. Mas perdoar Deus é um absurdo tão grande que nem tem o que se comentar.
      Que o Senhor sem pecado te abençoe.

  14. Evangelista disse:

    A paz do Senhor Jesus.

    Olá Maurício!

    Eu já sou a favor da Teologia da Prosperidade sem barganha. Da confissão positiva que confessa as promessas de Deus para seu povo. Porque Deus ao criar todas as coisas, colocou o princípio da multiplicação. Deus não faz nada isolado, sem prosperar, sem divividir responsabilidades, para que cada criatura possa responder a sua função de solidariedade.
    A cadeia alimentar revela isso, e o ser humano domina sob permissão de Deus. Creio que fica uma buraco na consciencia das pessoas, uma perspectiva duvidosa, uma peça sem encaixe quando não se crê que o ser humano em Cristo tem o direito de ser curado. É definitivamente crer no que está escrito em Isaías 53 e outras passagens bíblicas.
    Sou completamente contra Deus fazer promessas e o ser humano ficar ainda achando que Deus vai realizar, cumprir as promessas, só se Ele quiser. Isso é perturbador. Porque, Ele já quis.
    O que falta na verdade é a graça do Espírito Santo para entender, fortalecer-se, firmar-se, e receber isso.
    Assim como Deus já perdoou o ser humano na cruz, mas ainda é uma tese, até que alguém receba a graça de crer, assim é também com todas as promessas de Deus. Esse é o sentido da verdadeira Teologia da Prosperidade e da confissão positva. Assim medito, assim me firmo.
    Há promessas sobre ganhar muito dinheiro? E tantas outras situações que podemos desfrutar?
    Eu não quero nem citar, aqui, mas semear com fé e colher é uma atitude encontrada de Gênesis à Apocalipse. E sempre quem tomou atitudes, semeou, foi porque Deus quis,. Deus deu fé. Deus fez promessas. Foi porque Deus fortaleceu, deu esperança verdadeira.
    Deus jámais disse: Eu faço o que disse se Eu quiser. Isso não está na bíblia.
    O problema é que se a pessoa hoje, diz que o irmão pode ser rico, pode viver uma vida de milionário, essa pessoa já é taxada com preconceito de adepto da Teologia da Prosperidade.
    E se um pregador diz que a pessoa já está curada pelas feridas de Jesus, esse pregador já é taxada de querer mandar em Deus, de orador de confissão positiva.
    Estamos olhando o que achamos o que é errado, usando a própria bíblia para contradizer o que já foi dito por Deus, e desprezando a misericóridia de Deus em favor do sofrido, do que espera do pregador uma confissão positiva com fé, uma palavra de esperança que irá prosperar, e tirá-lo do sofrimento. Vai, a tua fé ti salvou, disse Jesus.
    Jesus é o salvador. Só de pecado, ou da miséria e das doenças?
    Se Deus quiser, Ele faz, e se Deus não quiser, Ele não faz. Deus quer realizar milagres em relação a quem recebe fé para ser curado, para ser próspero financeiramente. Deus quer, por isso Ele dá fé. Ele não pode negar a Si mesmo. Negar a sua palavra, a sua promessa, o dom da graça.
    Deus não nega sua fé. A palavra Dele não volta vazia, jamais. Essa é a Teologia da Prosperidade de Deus. Se Deus ti prometeu, ti orientou, ti deu fé, então, então, seja positivo, receba essa graça. Mas, nunca fique pensandp que as promessas de Deus na bíblia, vão ser cumpridas se Ele quiser. Se há promessas, então, Deus quer. Seja crente. Confesse. A graça para receber fé, luz, entendimento da benção, vem. Há consolação, verdadeira esperança.
    Eu sou contra barganhar, por pedágio, por meio de dinheiro, para receber a benção de Deus.
    Tudo é por graça, por meio da fé, da iluminação, da certeza do que somos e do que recebemos em Cristo. Tudo vem de Deus e volta para Ele por meio de nossas atitudes de gratidão, movidas pelo Espírto Santo. A palavra de Deus é o caminho e a luz para nossos pés. Dessa palavra, Jesus, vem a fé para o querer e o realizar de Deus.

    Deus abençoe a todos em nome de Jesus.

    • Respeito sua opinião. Mas dizer que Deus nos promete livrar-nos da miséria financeira não é fato bíblico.
      Deus te abençoe.

      • Amigo,
        este blog é aberto para os leitores exporem suas opiniões, mesmo as que discordem dos textos. Entretanto, os comentários devem ser feitos de modo cristão, ou seja, com amabilidade e respeito. Seus três comentários foram feitos de forma agressiva e por isso não serão publicados. Você tem todo direito de crer no que quiser, mesmo na Teologia da Prosperidade, mas neste espaço suas teorias só serão aceitas se apresentadas em termos mais gentis, sem usar caps do início ao fim e sem atacar quem de você discorda. Caso contrário não.
        Deus o abençoe,
        mz

  15. Jean disse:

    A fonte na integra

    Clique para acessar o CNEF%20Prosp%C3%A9rit%C3%A9%20La%20Croix%202012_07_02.PDF

    Um grande abraço, que Deus te abençoe sempre.

  16. Vitor Machado disse:

    Mauricio, qual é a sua opinião sobre os dízimos em? É uma atitude correta das igrejas em falar que dízimo é uma forma de gratidão a Deus e que devemos devolver 10% do nosso salário por isso?

  17. Vanessa Oliveira disse:

    Bom dia Maurício, tudo bem?
    Muito interessante esse post.
    Aproveitando gostaria de pedir uma ajuda a você. Tenho vontade de entender mais a respeito de onde e como surgiu a ‘Teologia da Prosperidade’, e ter os argumento bíblicos que provam que essa linha teológica não é bíblica. Pequisei alguma coisa pela internet, mas não tenho certeza se as fontes são confiáveis. Você me indicaria algum(s) livro(s) que abordam esse tema?
    Obrigada e fique com Deus!
    Abraços.
    Vanessa Oliveira

  18. Evangelista disse:

    A paz do Senhor Jesus.

    É impossível viver longe da Teologia da Prosperidade porque Deus na sua essência é próspero. Prosperidade é dom de Deus.
    Falta-nos aceitar ese dom sem preconceito, sem medo de sermos curados, felizes, próperos em todas as áreas. Falta-nos entendimento sobre a graça de Deus em Cristo Jesus.
    Negar a Teologia da Prosperidade é negar Jesus, o dom de Deus, a prosperidade.
    O que se não aceita é a Teologia da barganha, do pedágio, do dando dinheiro que se recebe. Mas, a Teologia bíblica de que tudo é de Deus e que somos filhos com privilégios para desfrutar da bondade, da misericórdia, do amor, do poder, da glória de Deus pela sua infinita graça, faz parte, ou deveria fazer parte da mente, da alma, da conciencia de cada pessoa.
    Na verdade, existe muito preconceito a respeito de confissão positiva, da Teologia da Prosperidade, da Determinação.
    As pessoas se prendem em detalhes e se esquecem de exercer a misericórdia, a justiça e a fé, e por fim, acabamos caindo na mesma rede dos fariseus: A hipocrisia, que penetra em nosso caráter por falta de entendimento vindo do céu, do Espíritio de Deus.

    Deus abençoe a todos em nome de Jesus.

  19. Já observei algo, quanto mais se prega prosperidade, mais longe do ensino da Palavra de Deus! São igrejas preenchidas de pura emoção! Ou seja, repleta de crentes almáticos. Quem anda no Espírito, anda dentro da Palavra e não cai neste ENGANO!
    Maurício faz um grande favor ? Continue escrevendo todos os dias? Abro meus E-mails sempre na expectativa de um novo post, a maioria tem me edificado! Deus é contigo!! Você é uma árvore frutífera!! graça e paz!

  20. Ricardo Beraldo disse:

    Da fato, Zágari, seus posts tem sido de grande edificação. Tem servido para o crescimento.

    Gostaria de deixar aqui o link: http://tempora-mores.blogspot.com.br/2012/06/afinal-o-que-esta-errado-com-teologia.html

    Nele o rev. Augustus Nicodemus apresenta alguns argumentos contra a Teologia da Prosperidade e afirma: “O problema não é o que a teologia da prosperidade diz, e sim o que ela não diz.”

    Muito interessante. Vale “a pena” conferir!

    Deus continue te inspirando meu irmão!

  21. wilson pereira disse:

    OLa para todos, gostaria muito,de deixar um recado a respeito da prosperidade , estou cansado de ir as igrejas e os mesmo deixam de pregar a palavra para fazer uma grande interpretação e depois cai na mesma que é a prosperidade ,pesoas que estão lá fora se quer sabem que jesus esta voltando e que o governante mundial já está por ai ,quem morrerá para pregar está verdade, como fazer para se safar das garras dele os que não forem arrebatados, tem que haver pregação da palavra que salva vamos voltar a pregação em ruas das vilas e bairros em escolas ,quem sabe colocaremos ar condiciondo para os que pregam prosperidade talvez eles siam das seus palacetes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s