Obrigado, Pai, pelo que NÃO me deu

Publicado: 28/06/2012 em Confissão Positiva, , Glória de Deus, Graça, Oração
Tags:, , ,

Quando você é convertido pelo Senhor, aprende a ser cristão imitando outros cristãos, da mesma maneira que uma criança aprende a falar: copiando os mais antigos. Por isso, aprendemos a orar do modo que ouvimos os outros orar. E, em nossos dias, a oração tem sido basicamente ególatra: eu, eu, eu e, por fim, eu. “Deus, o meu emprego, a minha casa, a minha família, a minha filha, o meu carro, a minha vida espiritual, o dom que eu quero receber, me dá, me dá, me dá, EU QUERO DE VOLTA O QUE É MEU!!!”. Perdemos o hábito de interceder. Orar pelos outros parece um negócio secundário na igreja egoísta em que vivemos. Por isso, sempre que agradecemos ao Pai é pelo que ganhamos, pela “bênção recebida”, pela “graça alcançada”, pela “MINHA VITÓRIA!!!”. E esquecemos de agradecer pelo que Deus NÃO nos deu.

“Ahn?! Como assim, Zágari?! Como é que vou agradecer pelo que NÃO recebi?”. Primeiro, meu irmão, minha irmã, porque é bíblico: Paulo nos ensina em 1 Tessalonicenses 5.18: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco“.  E tudo é tudo, não é só naquilo em que fomos atendidos. O autor da carta aos Hebreus cita no capítulo 11 uma lista de homens e mulheres que são dignos de nota por sua fé, e acerca deles afirma: “Todos estes morreram na fé, sem ter obtido as promessas; vendo-as, porém, de longe, e saudando-as, e confessando que eram estrangeiros e peregrinos sobre a terra“.

Uau. Repare que esses servos de Deus morreram sem obter as promessas. Ou seja: não as experimentaram em vida. E ainda assim foram elogiados. Se o autor aos Hebreus vivesse em nossos dias, possivelmente diria “Todos estes morreram sem fé, pois não obtiveram as promessas; vendo-as, porém, de longe, ficaram fulos da vida com Deus, pois decretaram a vitória, tomaram posse da bênção mas não receberam o que queriam e se esqueceram de que eram peregrinos sobre a terra”.

Certa vez voei de helicóptero sobre o Rio de Janeiro, cidade na qual, graças ao bom Deus, vivo há 40 anos. E me impressionei como, vista de cima, havia tantos e tantos lugares que eu não conhecia, nunca tinha reparado, passagens entre ruas, comunidades e casas escondidas… foi revelador. Deus vê as coisas assim, de um modo que não enxergamos. Por isso, muito do que pedimos não recebemos. “Deleita-te no Senhor e Ele satisfará os desejos do teu coração“, diz o salmista no Salmo 37.4, fazendo parecer que Deus nos dará tudo o que nós, seus filhos mimados, pedirmos. Mas nos esquecemos de continuar a leitura e ver alguns versículos à frente: “Mais vale o pouco do justo que a abundância de muitos ímpios“.

Se Deus te dá pouco, glorifique-o. Se Deus não te dá o que você pediu em oração, glorifique-o. Se Deus parece não escutar teus apelos, glorifique-o. Se pedes, buscas e bates e não recebes, glorifique-o. Você o tem e Ele te tem – quer mais do que isso? Se você não recebe o que pediu é porque Deus, de seu helicóptero de onisciência, enxerga o que você não enxerga. Vê o que há depois da curva. Por isso, faça como o homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal: quando sua oração não é atendida, prostre-se, adore o Altíssimo e diga: “Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR!“.

Peça. É bíblico. Jesus nos ensinou a fazê-lo no Pai Nosso. Mas peça sabendo que pode nunca ser atendido. E fique feliz por isso. Pois se você, que tem a visão do futuro e das circunstâncias limitadas, ora e o Pai não te concede, pode ser que seja Deus concedendo o que você pediu em outra oração sua: “Mas livra-nos do mal…“. E, principalmente, esta: “Faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu“. Queremos e solicitamos a Deus que faça Sua vontade – que é boa, perfeita e agradável – mas se Ele faz e ela contraria a nossa vontade nos chateamos. Ou seja: pedimos uma coisa mais excelente do que outra que pedimos depois. O Criador nos atende. E ficamos chateados. Quem nos entende?

Meu irmão, minha irmã, peça. Ore. Clame. Suplique. Mas se sua oração não for atendida, erga as mãos para o Céu, agradeça, adore a Deus e saiba que não recebeu o que pediu porque você tem um Pai que cuida de ti. Pois, afinal, como Paulo deixa muito claro em Romanos 8.28: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito“. Você ama a Deus? Foi chamado  segundo o seu propósito? Então o fato de o Senhor não atender tua oração é a maior bênção que Ele poderia te dar. Seja grato. E ore, agradecido: “Obrigado, Pai, pelo que NÃO me deu”.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

.

.

Direitos Reservados
O conteúdo deste site é de divulgação livre para fins não comerciais. É mandatório quem for reproduzir um post creditar: 1) Nome do autor. 2) URL do blog (com link). 3) Nome do blog: “APENAS”.

Licença Creative Commons Blog APENAS by Maurício Zágari is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 2.5 Brasil License.

As reflexões expressas neste blog são pessoais e não representam necessariamente a posição oficial de nenhuma igreja, denominação ou grupo religioso.

About these ads
Comentários
  1. Mery disse:

    A paz do Senhor Jesus, Maurício sinceramente e nunca agradeci a Deus pelo que Ele não me deu,eu somente não murmurei,tem duas coisas que pedi a Deus e não fui atendida ,sempre quis ser mãe e não consegui,fiz tratamentos ,orei,jejuei ,fiz campanha de oração,chorei,clamei,mas não tive filhos,não sou frustada,aceitei a decisão de Deus e ponto,mas não agradeci,outra petição foi tirar minha Habilitação,não consegui fui reprovada 5 vezes na prova pratica ,isso pq dirijo muito bem segundo minha instrutora ,nos dias de exame ,as irmãs da minha igreja ficam em oração,eu jejuo,clamo na madrugada,mas na hora de fazer a prova fico muito nervosa ,e coisas simples sou reprovada,agora eu tenho que começar do zero,fazer tudo de novo,eu não sei o Deus tem para mim,pois preciso dessa habilitação,tenho pais idosos que moram comigo e tenho que leva-los ao médico ,ando só de táxi,esse texto tocou meu coração vou começar a agradecer por tudo aquilo que não recebi,pois Deus vê lá na frente,onde eu não posso ver.
    Deus te abençoe .

    • Oi, Mery, a paz de Cristo!
      Fico feliz que o texto te ajudou a contemplar que esses “nãos” de Deus são para o teu bem. Creia nisso, pois Ele está no controle.
      Deus te abençoe muito!

  2. Lelê (Alessandra) disse:

    Olá Mauricio,
    Essa palavra veio diretamente do céu pra mim.
    Ainda há pouco falava com o meu namorado sobre isso, nós temos que dar graças a Deus em todas as circunstancias. Na alegria e na tristeza, tendo tudo ou não tendo nada.
    Com essa atitude parecemos mais com Cristo e deixamos de lado a nossa carnalidade. Pq pra nós é muito mais fácil acreditar que Deus não atende as nossas orações por birra. Mas Sua vontade é SEMPRE soberana. Ele sim sabe de todas as coisas. Só Ele tem a real noção do que é realmente necessário para as nossas vidas.
    O que é complicado é admitir que nós somos limitados, pois nós não somos Deus e sendo assim, não temos o poder Dele.
    Que palavra edificante.
    Até amanhã! rs OBA!!!
    Com carinho para a família toda,
    Lelê

  3. Maravilhoso Zágari…

    E uma “graça” apenas: Eu li a parte do EU QUERO DE VOLTA O QUE É MEU, cantando. kkkkkkkkkkkkkk!!

    Mas piadas à parte. Tudo é verdadeiro e correto, bíblico!

  4. “E fique feliz por isso. Pois se você, que tem a visão do futuro e das circunstâncias limitadas, ora e o Pai não te concede, pode ser que seja Deus concedendo o que você pediu em outra oração sua: “Mas livra-nos do mal…“. E, principalmente, esta: “Faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu“.

    Não havia parado para pensar nessa perspectiva. Deus é bom e cuida de nós !!! E tenho certeza de que o melhor Ele fará para o bem do seus filhos. Valeu pelo Post Zagari.. Paz..

  5. Jaqueline Alves disse:

    Amém.!

  6. Marco Juric disse:

    Bom dia Zágari!

    Como digo quando compartilho algo no Facebook: “É por aí…”.
    Em minhas orações pouco peço por bens materiais, e pra dizer a verdade, agradeço mais do que peço. Normalmente o que peço pra mim e pra minha família é saúde, paz, proteção, livramento, comunhão e direção de Deus pras nossas vidas, como também intercedo pelos irmãos que sei que estão passando por algum tipo de problema ou necessidade.
    Sabe Zágari, na primeira vez que ouvi e li o Salmo 131 fui impactado tremendamente, e creio que, juntamente com o exemplo de Paulo (2 Cor. 11), Jó(como você mesmo citou) e José(do Egito) entre outros, devemos observar e meditar em como Deus age.
    Dia desses tive uma conversa com meu filho a respeito de rumos em sua vida, sobre profissão, seus sonhos, desejos, desafios etc.. Por vezes ele fica bem chateado e mesmo desanimado com tantas dificuldades para se conseguir avançar “1cm”. Resumindo, minha palavra pra ele foi:
    “Filho, se Deus não estiver(aprovar) no “negócio”, não vai rolar. Se você crê que Deus está no controle de tudo e que Ele decide tudo, então faça a sua parte(trabalhe e ore) e Deixe a parte de Deus com Ele. Mas, mesmo que vc faça a sua parte e, ainda assim, não for da vontade de Deus que o que vc deseja aconteça, então amém. Filho, temos muuuuito mais pra agradecer a Deus d q pra reclamar.”
    Foi mais ou menos isso…

    Grande abraço Zágari!

  7. Paz do nosso Rei meu irmão!
    Mais um post interessante, principalmente no que diz respeito a oração intercessora … isso é algo que realmente tem sido esquecido. Graças a Deus, aprendi em minha congregação sobre a importância e prática dessa forma de orar. Aleluia!
    Sobre agradecer, mesmo nas privações, nem preciso comentar, pois está mais do que certo…e bíblico! Afinal, ainda que Deus nos cubra de bens, sempre seremos queixosos e maldizentes… que natureza a nossa!!!! E assim seremos até que Deus nos livre do corpo da nossa morte, assim estaremos na plenitude da vontade de Deus.
    Abraço meu irmão… a propósito acabei de ler “A verdadeira vitória do cristão” … Deus seja louvado por essa obra!

  8. Jacy disse:

    Maurício, a paz!
    Realmente quando entendemos que Deus não nos dá algo porque enxerga além, minimizamos toda frustração porque olhamos para Ele agradecidos pelo livramento!
    Este texto veio de encontro a minha alma que tanto já questionou mas que aprende a cada dia a agradecer. :) Abraços, querido mano!

  9. Paulo Ricardo Dos Santos disse:

    O que importa no fim das contas é que ao orar todos os dias antes de dormir,eu sei que Deus atendeu um pedido meu,o de poder viver mais um…e se um dia Ele não atender esse,que importa?estarei com Ele…e isso é o que meu espirito pede e deseja todos os dias pela manhã!….mais um grande post irmão,parabéns!

  10. julimar velloso disse:

    Olá Mauricio!
    Hoje parece que são pouco, os que vão aos cultos com a intenção de adorar a Deus.
    Vivemos no tempo em que muito vão para pedir benção ou pedir a devolução daquilo que perdeu, na hora das dificuldades em vez de adorar a Deus como fez Jó murmuram ” Senhor eu não aceito isto”. Vou falar de mim mesmo, aos dez anos, sofri uma queda que mim deixou deficiênte no braço direito, que mim deixou impossibilitado de exercer alguns exercicios fisicos, ja perdi até oportunidade de emprego por causa disso, ja fui em campanha de oração e até hoje o meu milagre não chegou. Confesso que muita vezes eu já questionei a Deus perguntando porque isso tinha que acontece logo comigo, porque tenho tanto problemas como deficiência fisica, auditiva e na fala (gagueira). Mas hoje tenho aprendido que devo adorar a Deus pelo que Ele é e não pelo que Ele pode fazer por mim, aliás grande coisas o Senhor tem feito por mim, concedendo me pela sua graça e misericórdia o perdão dos meus pecados (que são muito), e sempre em minhas orações agradeço a Deus por ter enviado a Jesus para morrer em meu lugar, e quanto as dificuldades da vida, o Senhor tem me dado força para vencer las a cada dia, pois a graça do Senhor me basta,
    louvado seja o nome do Senhor. Abraço.

    • Olá, Julimar!
      Irmão, você está perfeito em suas colocações. “Adorar a Deus pelo que Ele é e não pelo que Ele pode fazer por mim” é exatamente o que devemos fazer. Siga nesse caminho e lembre-se das palacras de Jó: “nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei. O Senhor deu, o Senhor tomou, bendito seja o Senhor”.
      Abraço grande, querido, na paz que excede todo o entendimento.

      • TONEY FONTES disse:

        É bom lembrar que Moisés era gago e mesmo com a missão importante que ele teve, Deus não curou a sua gagueira. Deus é soberano e tem um propósito em tudo… um dia a gente vai entender tudo….

      • Olá, Toney,
        sem dúvida um dia entenderemos. Até lá é contar com a graça.
        Deus o abençoe.

  11. Alysson disse:

    Olá ,Mauricio!
    Paz do Senhor !
    Através da influência da minha namorada comecei a ler seus textos , com o passar do tempo tenho me impressionado e gostado cada vez mais .
    Este texto me alertou para algo que não tinha pensado a respeito dos conceitos e costumes que minha familia , onde somos Cristãos de ”berço” sendo meu avô e meu tio pastores da minha igreja, foi ensinada. Minha avó faz um culto semanal na Segunda- feira onde oramos por várias causas e a principal é a salvação de um tio que se rebelou dos caminhos do Senhor Jesus Cristo , o qual amamos muito mas nossos corações vivem apertados por ver a vida infeliz que ele leva, contudo o que me intrigou foi a forma que uma tia disse para minha avó: Vó Rosália essa benção/milagre está demorando muito , temos que mudar a forma de orar.Vamos jejuar para essa benção vir logo.
    Esse episódio aconteceu a duas semanas e só hoje li esse texto, eu sou muito agradecido ao meu pai (divorciado da minha mãe) por ter me ensinado um evangelho diferente mas também fico triste por a família da minha mãe ainda pensar desse jeito e está ensinando os mais jovens assim também. Queria levar essa palavra que recebi para meus familiares mas sem atacar ou indgna-los, você pode me ajudar com algum conselho para falar com eles?
    Abraços.

    • Olá, Alysson, a paz de Cristo!
      Me alegro que meus humildes escritos estejam aquecendo teu coração.
      Sobre o que vc me diz, lembre-os que quem converte uma alma é o Espirito Santo, que a convence do pecado, da justiça e do juízo. Não vejo base bíblica para o jejum como forma de alguem se converter.
      A salvação vem pela graça de Deus, não é fruto de esforço humano. Jejum biblicamente é uma forma de mortificar a carne, nada tem a ver com salvação.
      Minha sugestão é que você exponha essas verdades biblicas, com amor e respeito. A Palavra não volta vazia e, do mesmo modo que o papel de seus parentes não é convencer Deus a salvar alguém, o seu não é convencê-los a não fazê-lo: é proclamar a verdade. Proclame, fale a verdade em amor e o resto é com o Espirito de Deus.
      Espero ter ajudado.
      A paz de Cristo!

  12. Amém Maurício, graça e paz,
    Graças a Deus tenho aprendido que nem tudo que a gente pede ao Senhor receberemos, pois é sempre conforme Sua soberana vontade. E também louvo a Deus porque nas minhas orações costumo interceder pelas pessoas e muitas vezes nada peço para mim (Ele me impulsiona a isso e uma coisa tenho buscado: ser altruísta – me colocar no lugar dos outros, sentir a dor do meu irmão), a não ser o perdão pelos meus pecados.
    Que Deus continue te usando mano na edificação dos leitores do APENAS!!! Fica na paz, abração e que Deus nos ajude.

  13. Silvia Marques disse:

    Mauricio, mais uma vez voce nos mostrando o óbvio da palavra que não nos damos conta de observar o simples (?) : Em TUDO dai graças. Mas é dificl agradecer as perdas de um ente querido, agradecer o aumento/promoção que não veio e outras situações. As vezes fico pensando na visão mundana dizendo que agradecer pelo pouco, é se contentar com o miserê e assim não se vai prosperar. Mas o que eu (e talvez o mundo) esqueça ou não veja, é que quem está administrando é Deus, que conhece as nossas necessidades. Muitas vezes fiquei frustrada por não ter o dinheiro pra comprar o sapato, mas, se eu olhar no meu guarda-roupa há sapatos que não uso, enquanto há pessoas que andam descalças. É Mauricio, dificil é a vida, mas mais dificil é tentar viver sem se dar conta das evidências do cuidado de Deus nas mínimas coisas na nossa vida (até nas ruins). Temos muito que aprender a como viver essa jornada. Jesus disse que o caminho era estreito, mas o século XXI e a nova sociedade em que estamos inseridos tem dado um jeitinho, nos dizendo maciçamente que, os ensinametos de Jesus não são bem assim…os tempos são outros.Agradeço a Deus por Ele inspira-lo e incentivá-lo a escrever seu blog, fez uma diferença na vida da minha familia.

    • Oi, Silvia!
      muito obrigado por suas palavras. Se meu blog fez diferença na vida de sua familia me alegro, sinal que Deus falou a ti por meio do vaso de barro.
      Quanto às dificuldades…em tudo demos graças. Ele sabe. Nós não. Se confiarmos nisso teremos paz.
      Deus te abençoe!

      • silvia marques disse:

        Na verdade Mauricio, quem me apresentou a voce foi minha filha Priscila. Seus posts fizeram grnde diferença na vida dela. Ela conversava comigo sobre os assuntos escritos, e me fez le-los. Daí vem a mudança a cada dia, um novo aprendizado de vida, daqueles que se leva dentro de si.

      • Amem, queria irmã, fico feliz.
        Deus abençoe você e Priscila!

  14. Ree disse:

    Sincronia do seu texto com minhas orações … Nos últimos tempos as respostas do Pai a grande parte de minhas orações, principalmente as centradas em mim mesma, tem sido recheadas de nãos. A princípio não entendia nada, mas, já a algum tempo, tenho sido grata a Ele por isso, por me cutucar com entendimento e me fazer confiar, de verdade, nos seus desígnios. É assim, exatamente como você descreve: um estranhamento nosso :( e um sorrisinho de canto nos lábios de Deus :) diante de nossa ingênua perplexidade às Suas negativas… Aprendizado, paciência, reverência e entrega total de tudo ao controle do Senhor.

    Fez muito bem encontrar aqui, mais uma vez, aquela sincronia que alivia um pouco a cruz! A PAlavra é libertadora

    A Paz, querido mano

    PS: não sei se chegou em sua caixa de comentários um que fiz hj pelo celular rsrsrs e saiu meio cortado ;) Caso tenha recebido, não repare se estiver incompreensível, ok?

  15. Vinícius disse:

    Bom dia Maurício. Fico feliz por vc, pela maneira e pelas coisas que escreve.
    Eu quero muito ter uma vida confortável (quem não quer?), poder dar segurança para minha família, sossego, presentes… to falando de dinheiro mesmo, mas não peço isso pra Deus, realmente o que importa é amarmos por quem Ele é, e se buscarmos as Suas coisas primeiro, o resto virá, mesmo que não seja como queremos, mas o primordial é estarmos com Ele, na vida eterna eu sei que teremos o melhor.
    Mas confesso que não entendo certas coisas, como na passagem que diz que “E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.” João 14.13
    Mas é somente um comentário, não estou questionando a bíblia de forma alguma, apenas o meu entendimento que ainda não atingiu um grau de maturidade suficiente para entender certas coisas.
    Algo importante que eu penso em agradecer pelo que não foi dado também, é pelas doenças, limitações, pelo vício que não se tem, pela repressão que não temos no nosso país, etc…
    É isso…
    Muito obrigado pelos seus posts.
    Shalom

    • Ola, Vinicius!
      obrigado pelas palavras gentis.
      Sobre a sua pergunta, existe uma regra de hermenêutica (que é a metodologia de se estudar bem a Bíblia) que diz que não podemos pegar um versículo isolado do resto das Escrituras e formular uma doutrina a partir dele. É preciso ver o que toda a Biblia fala sobre aquele assunto.
      Especificamente sobre Jo 14.13, temos de lembrar, por exemplo, da oração do Pai Nosso, quando Jesus nos ensina a pedir: “…seja feita a Tua vontade…”, ou seja, em toda oração prevalece a vontade de Deus.
      Portanto, poderíamos compreender esse trecho como “e tudo quanto pedirdes em meu nome, SE FOR DA VONTADE DE DEUS, isso farei…”, percebe?
      Um bom livro para você se aprofundar na boa hermenêutica bíblica é “Entendes o que lês?”, de Douglas Stuart e Gordon Fee, da editora Vida Nova.
      Espero ter ajudado.
      Deus abençoe!

  16. Eliana disse:

    Amém! O que realmente importa é a presença dEle em nossas vidas. E Ele verdadeiramente cuida de nós, inclusive quando diz não a um desejo nosso. Louvado seja o nome do Senhor em todas as circunstâncias.
    Mais um post edificante! Deus te abençoe!

  17. Pr. Abílio disse:

    Bom demais!

  18. Alysson disse:

    Olá Mauricio,
    Me parece que todos pedidos que faço por mim sao egoistas , mesmo que nao use esses pedidos como motivos para me achegar a Deus , uma especie de troca . Sem querer incomodar me ajude com essa questão:
    Qual o motivo de pedir em oração e existe limite para seus pedidos?

  19. marianelucio@yahoo.com.br disse:

    Boa Noite… Hoje esta falando com meu marido sobre a vontade de Deus.. O que sempre falo é SE FOR DA VONTADE DE DEUS TUDO DARA CERTO, sem pedras e sem barreiras…….

  20. Essa é um ensinamento que geralmente aprendemos logo no início de nossa caminhada com Cristo, mas que com o tempo, vamos adquirindo os maus hábitos do “me dá, me dá”… voltemos à essência! Muito edificante ler esse texto hoje, minha oração da noite já será diferente. =)

  21. Yara Carvalho disse:

    Sábias palavras, irmão!!Só não dá para comentar o quanto é difícil matar o “eu” e viver essa Verdade a cada dia. Mas eu aprendi há algum tempo que tudo que eu quis e não tive, seria mortal para mim. Bendito seja Deus que não me deu!!
    Grande abraço, queridão!

  22. Olá, Maurício. Eu já seguia seu blog há algum tempo. E vi o texto no Púlpito Cristão sobre o seu problema. Eu estou com a suspeita da mesma situação. AInda não é tão forte como a sua. Mas já são dois anos de dor crônica. E agora, ela começa a se espalhar para outras partes do corpo. É bom ver um testemunho como o seu para me dar esperança em algo muito maior do que isso aqui. Fique com Jesus e que ele possa curar todas as nossas enfermidades, principalmente as espirituais.

    • Olá, Mikaella,
      me entristeço pela sua condição mas te encorajo a não desanimar. Infelizmente, quem tem esse problema tem na dor uma companheira indesejável e constante, mas existem tratamentos que, em alguns casos, ajudam muito. Converse com seu reumatologista.
      Se ajudar: eu me trato tomando amitriptilina 25 e paracetamol 750 diariamente. Tem gente que se dá bem com acupuntura, comigo não funciona. Mas é unânime que exercício físico (como hidroginástica, bicicleta ou caminhada) ajuda muito, embora para mim seja impossível – meu limiar de dor não permite.
      Um irmão farmacêutico postou aqui nos comentários uma indicação. Vc pode pegar tb e levar todos esses dados ao seu médico.
      A despeito disso você estará em minhas orações.
      Deus a abençoe, fortaleça, dê graça e , se for da Sua vontade, te cure milagrosamente. Em tudo receba Ele a glória!
      Abraço grande e solidário, na paz de Cristo.

  23. muriel disse:

    Um certo dia meu marido e eu fomos ao cinema,assistir o filme “O todo poderoso”.Apos muitas heresias e blasfemia.O personagem decide atender os “desejos” de todas as pessoas do mundo.E as coisas se tornaram um caos.
    Ele vai ao encontro do “verdadeiro deus” e falar:-Eu realizei tds os sonhos deles e atendi todos os pedidos, dei td que eles queriam,pq me odeiam?
    “deus” responde:Quem disse que eles sabem o que querem!?!?
    Essa frase ficou gravada na minha mente,pois muitas vezes pedimos algo hj e daqui uma semana não queremos mais.Querendo ou nao somos voluveis demais.E Deus ve alem disso.
    Hoje depois de ler esse post lembrei de algumas orações que fiz e que não foram atendidas e possso diazer OBRIGADA SENHOR PELO QUE NÃO ME DEU!!!!!!

  24. samuel araujo crespo disse:

    ola Zágari, resolvi postar um comentário sobre este post. Biblicamente correto interpretação literal, mas me vem uma dúvida; veja bem nunca da palavra que é perfeita mais da interpretação. Claro existem os ufanistas que acham que podem manipular Deus e sua vontade ao bel prazer se acham “donos” quase que intercessores dele deixando de lado todos os preceitos bíblicos. Mas este post me apanhou em um momento que vivo uma situação em que em nenhum momento tive vontade de agradecer ou dar graças.não entenda mal, mas não chego a unha encravada de Paulo ou ao dedinho do pé de Davi apenas por um motivo que acho que que você meu irmão não levou em conta: somos humanos sujeitos a vontade de humanos na nossa vida cotidiana infelizmente. Estamos tão envolvidos pelo mundo (nós vivemos nele) que EM TUDO DAI GRAÇAS fica no subjetivo; como posso dar graças se não recebi nada? É esse o pensamento da grande maioria das pessoas pois como citei sou humano pecador e dependo exclusivamente da graça do meu Deus. Não estou invalidando ou confrontando de forma alguma meu irmão suas palavras que sei que são para edificar apenas não cheguei e nem sei se chegarei a essa estatura, cujo maior exemplo em minha humilde opinião foi jó. Eu citei subjetivo já vou exemplificar: tenho uma pessoa que não me dou bem já me causou danos vários inclusive emocionais, essa pessoa morre terrivelmente por uma doença. Eu tenho que dar graças? Pois se levarmos pelo lado literal pura e simples sim, você não acha? Ou estou em um enterro de um amigo muito querido que faleceu por uma irresponsabilidade de terceiros em minha oração devo agradecer a Deus pelo fato de um louco ter matado um grande amigo? veja bem irmão sem confrontar a palavra mas pelo seu ponto de vista estou muito aquém de chegar a essa maturidade e sentir isso “EM TUDO DAI GRAÇAS”. é bíblico eu sei mas devemos levar em consideração nossa humanidade pois a palavra diz que a nossa luta não é contra a carne e sim de ordem espiritual pois ele sabe que somos carne e ele mesmo se fez carne. Somos pecadores e a unica maneira de chegarmos a essa estatura teríamos que ser propriamente muitos “jós” nessa terra e quem dera pudéssemos ser como jó. um abraço e continue edificando vidas como tem feito com a minha. Estou pensando muito neste post e espero um dia escrever que cheguei a esse nível de poder dar GRAÇAS EM TUDO. FICA COM DEUS E SUA PAZ!

    • Olá, Samuel, graça e paz.
      Seus questionamento são legítimos. No entanto, devemos nos pautar não pelo que conseguimos, mas pelo que a Palavra determina. Paulo diz: “Sede meu imitadores, como eu sou de Cristo”. Quantos de nós conseguem? “Sem santificação ninguém verá ao Senhor”: quantos de nós são 100% santos? E por aí vai.
      Há uma meta. Devemos persegui-la. Como entender a mente de Deus? Impossível. É Ele injusto por isso? Leia Romanos 9 e você verá a resposta.
      Sei que é dificil. É para vc, para mim, para todos nós. Mas é o mandamento de Deus. Façamos nosso máximo para alcançá-lo.
      Deus o abençoe!

  25. José Luan disse:

    Olá irmão Zágari, mais uma vez o Senhor falou ao meu coração através do seu post, pois eu estou justamente passando por um processo em que estou orando para saber a vontade de Deus sobre determinada área da minha vida(decisão que pretendo tomar),e oro ao Senhor em gratidão pela sua vida que tem sido um instrumento nas mãos do Senhor.
    Um forte abraço, a paz a ti e a todo o povo de Deus.

  26. wilma rejane disse:

    Olá, graça e paz!

    Muito bom o artigo, gostaria de fazer uma observação sobre o versículo citado de Hebreus no inicio do texto, Hb 11: 39: ” E todos esses, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa”. Não são “promessas” no plural, mas no singular ” a promessa”.

    As promessas prometidas por Deus todas elas foram cumpridas em vida. Abraão, mesmo tendo falhado em alguns momentos, recebeu todas as promessas prometidas por Deus, Jacó, Isac, e muitos outros.

    “A promessa” diz respeito a chegada do Messias. Os heróis da fé contemplaram essa promessa, mas não a alcançaram com os próprios olhos.

    Deus o abençoe.

    • Olá, Wilma, graça e paz,
      Bem posto. Porém cabe observar o que diz o texto de Hebreu 11 (observações minhas entre parênteses):

      8Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia. 9Pela fé, peregrinou na terra da promessa (note que aqui a promessa no singular refere-se nao à vinda do Messias, mas à Terra Prometida, sobre a qual Deus se aliançou com ele que concederia a sua descendência) como em terra alheia, habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa (idem); 10porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador.(aqui se fala da Jerusalém Celestial)
      11Pela fé, também, a própria Sara recebeu poder para ser mãe, não obstante o avançado de sua idade, pois teve por fiel aquele que lhe havia feito a promessa (a promessa, no singular, aqui se refere não à vinda do Messias, mas à concepção de um filho). 12Por isso, também de um, aliás já amortecido, saiu uma posteridade tão numerosa como as estrelas do céu e inumerável como a areia que está na praia do mar.
      13Todos estes morreram na fé, sem ter obtido as promessas; (note que aqui diz que as promessas, no plural, nao foram obtidas) vendo-as, porém, de longe, e saudando-as, e confessando que eram estrangeiros e peregrinos sobre a terra.
      .
      Convém lembrar ainda que, ao contrario do que vc disse, nem todas as promessas feitas a Abraão se cumpriram. A própria posse da Terra Prometida só ocorreu com Josué. Isso fica claro pelas palavras de Estevão em Atos:
      “2Estêvão respondeu: Varões irmãos e pais, ouvi. O Deus da glória apareceu a Abraão, nosso pai, quando estava na Mesopotâmia, antes de habitar em Harã, 3e lhe disse: Sai da tua terra e da tua parentela e vem para a terra que eu te mostrarei.
      4Então, saiu da terra dos caldeus e foi habitar em Harã. E dali, com a morte de seu pai, Deus o trouxe para esta terra em que vós agora habitais. 5Nela, não lhe deu herança, nem sequer o espaço de um pé; mas prometeu dar-lhe a posse dela e, depois dele, à sua descendência, não tendo ele filho.
      .
      Tanto é assim que logo depois diz o texto:
      15Jacó desceu ao Egito, e ali morreu ele e também nossos pais; 16e foram transportados para Siquém e postos no sepulcro que Abraão ali comprara a dinheiro aos filhos de Hamor.
      17Como, porém, se aproximasse o tempo da promessa que Deus jurou a Abraão, o povo cresceu e se multiplicou no Egito, 18até que se levantou ali outro rei, que não conhecia a José.
      .
      Repare que esse trecho deixa claro que para Abraão ter sepulcro na Palestina precisou compra-lo, pois aquele pedaço de terra não lhe pertencia.
      Além disso, diz o texto claramente que “17Como, porém, se aproximasse o tempo da promessa que Deus jurou a Abraão”, ou seja, Deus fez promessa a Abraão que não foi cumprida em sua vida. Pois a posse total da Terra da Promessa só ocorreu bem após sua morte.
      .
      Então, apesar da correção da sua observação de que a promessa do v. 39 é a vinda do Messias, convém tomar cuidado com a dicotomia promessa/promessas, pois se guiar aprnas pelo singular e o plural pode gerar equívocos.

      Obrigado pela contribuição, sem duvida somou.
      Deus te abençoe.

      • wilma rejane disse:

        Olá Pr. Zágari,

        Crescemos através do diálogo , não é mesmo? Mas tenho interpretações distintas das suas quanto aos trechos citados. Vejo que a “terra prometida” a Abraão, não se tratava apenas de um território físico, mas e sobretudo espiritual. A ” terra prometida” era Canaã terrestre e celeste, se ele não alcançou em vida a terrena, mas com certeza alcançou a celeste. Essa promessa era condicional e foi cumprida por Deus , pois no Novo Testamento vemos muitas referências ao “seio de Abraão” paraíso.

        Graça e paz.

        Em Cristo.

      • Wilma, graça e paz.
        Respeito sua opinião.
        A propósito, não sou pastor, ok?
        Deus a abençoe muito, com Seu amor e Sua mão protetora.

  27. Danilo Soares disse:

    Cara, que texto! Vai contra o que é padrão de fé em nosso país hoje. Fiquei tão feliz em ler esse texto que quero ler na minha igreja. Sou músico e tem vezes que ministro, e tem situações em que olho a música que o grupo propõe e imagino: não, isso não é um LOUVOR para Deus, mas apenas algo para massagear o ego humano! E tenho meditado cada vez mais nisso, procurando levar aqueles que trabalham comigo no ministério para essa visão, de que temos que ser gratos a Deus pelo que Ele já nos deu e tem dado diariamente, e não se mover para aquilo que ainda não temos.

    E é algo contraditório para a igreja atual, a meu ver. O conceito de fé extrapolou um pouco os limites, e as pessoas propõe seus sonhos a Deus, com fé, e creem que o sonho será alcançado porque a fé está empregada ali. Aliás, é algo que eu mesmo tenho crido, talvez pelo mal ensinamento. Queria saber sua opinião sobre isso, como a fé se aplica a nossos pedidos.

    Te agradeço por esse espaço tão abençoador, tenho me alimentado aqui nos momentos em que estou online, e sou agradecido a Deus por esses esclarecimentos. Deus é contigo Maurício!

    Paz! :)

    • Oi, Danilo,
      muito obrigado pelas palavras gentis, mano. Me alegro por ter edificado sua vida.
      Sobre a fé em nossos pedidos, é só seguir o que Jesus ensinou: pedir com fé, mas sempre dizendo “Pai, porém seja feita a Tua vontade e não a minha”.
      Eu que tenho que te agradecer por teu carinho, mano. Que o Senhor seja sempre com todos nós.
      Abraço grande, na paz dEle!

  28. Lourayne Natiely disse:

    Maurício, mais uma vez texto belíssimo se tornou até repetitivo né kkkkk mais é a verdade, como Deus é Lindo, pode ter certeza que essa foi mais uma confirmação de Deus pra mim, pois estava com algumas decisões a tomar, a minha vontade era que acontecesse mais a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, e Ele me deu um NÃO, não só uma vez mais duas vezes, e de início como pecadora que sou e como temos que todos os dias relutar contra essa carne, eu comecei a questionar o por que não tinha dado certo e tentei arrumar o jeitinho de sempre, mais como Deus é tão amoroso e tão misericordioso, Ele me mostrou que não adiantava jeitinho era NÃO e pronto, e Ele me lembrou através da sua palavra que sua vontade é BOA, PERFEITA e AGRADÁVEL e também através de outro blog muito bom onde Ele diz que “E todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.
    “Não questione a Deus: “Por que não deu certo Senhor?!” Pelo contrário, diga: “Obrigada porque não deu certo Senhor. Obrigada pelo livramento. Obrigada porque Seus planos são melhores do que os meus.”
    Enfim, hoje eu posso sim dizer Obrigado, Pai, pelo não que me deu! pois tu tens o MELHOR pra mim!
    Mais eu creio que tudo isso é aprendizado, são nesses momentos de luta que crescemos!
    Saiba que eu tenho uma grande admiração por você Mano, por você ser esse servo autêntico do Senhor, apesar de longe, mais você é benção na minha vida!

    Abração e Beijo no amor desse Pai tão maravilhoso que cuida de nós tão perfeitamente!

  29. Zulmira Borges disse:

    Oi Mauricio,

    Vc anda sumido do blog, estou sentindo falta de seus posts irmão.
    Mas o que quero compartilhar é sobre esse post, quando li no dia q vc postou, foi muito edificante, e juntamente com aquele post sobre “Como eu sei os planos de Deus na minha vida?” algo começou a mudar no meu interior, e consequentemente as orações tb mudaram, veio a submissão e a adoração no meu coração.
    Eu queria muito ir embora de Brasília, não gostava da cidade, nunca me adaptei, e orava, reclamava, murmurava, até que me submeti à vontade do Pai, e descansei. Então Deus agiu diferente tb aleluias!!! As circunstancias mudaram, e estou me mudando para uma cidade do interior, como meu coração desejava, debaixo do agir d’Ele

    Paz

    (barricas recicladas).

    • Olá, Zulmira, fico feliz por ter te abençoado.
      Quanto ao sumiço, estou reavaliando muitas coisas em minha vida, que naturalmente se refletem no que escrevo. Assim que estiver no prumo voltarei a escrever.
      Obrigado pelo carinho.
      Deus a abençoe.

  30. Fernanda Carvalho disse:

    Olá, acabei de conhecer esse blog e senti no meu coração o desejo de deixar aqui minha experiência, ha quase um ano atras (17/01/12) meu primeiro e único filho, lindo e saudável nasceu, fomos para casa … tudo perfeito. Por um motivo ele foi internado em UTI neonatal, e oramos a Deus com a certeza de que Ele nos responderia. E ele nos respondeu, não da maneira que eu queria, mas da maneira que Ele quis. Meu filho faleceu no dia que completaria 1 mês de vida. E eu dou graças a Deus pelo meu pedido que NAO foi respondido, pois sei que meu bebê esta com Jesus e que um dia eu o encontrarei na Glória. E foi só por causa da certeza que Deus é o meu salvador e que a minha vida, como a do meu filho, eram dEle antes de ser minha, é que me fez ter forças para continuar. Então, sim, temos que agradecer as coisas que nos são negadas, porque em tudo Deus tem nos protegido e amado. E mesmo em meio ao sofrimento que carrego e que carregarei, tenho a alegria de saber que tenho um Deus que me ama e que em tudo cuida de cada detalhe da minha vida. É uma dor horrível, eu sofri, eu chorei e ainda choro, mas o meu Deus me conforta e enxuga minhas lágrimas e por isso agradeço todos os dias.

    • Fernanda, olá,
      .
      minha irmã, não tenho como dizer que entendo como se sente porque certamente não entendo. Mas dou a ti meu carinho e minhas orações, na esperança que a dor da perda se transforme logo numa feliz memória. Me alegro de ver sua maturidade espiritual ao lidar com algo tão triste, e bendigo o Senhor por isso.
      .
      Te abraço com afeto e oro pela tua vida. No amor de Deus,
      mz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s