Paz1Treze quilos. Esse é o peso da paz.

Calma. Antes que você ache que perdi o juízo ou algo do gênero, deixe-me explicar. Passei tempos atrás por um período muito difícil, com uma crise de estresse e outros problemas. Sempre ouvi falar de pessoas que perdem o apetite e achava aquilo estranho, pois sou um bom garfo, que come bem faça sol ou chuva. Então foi bizarro quando, no meio daquela crise de estresse, ansiedade e tristeza, percebi que o apetite simplesmente desapareceu. Meus almoços se restringiam a três garfadas. Jantar? Uma fruta. A verdade é que a falta de paz me roubou a fome, cuja ausência levou embora 13 quilos. De 82 passei para 69 sem fazer nenhum esforço, nenhuma dieta e sem praticar nenhum exercício físico. Impressionante. Foi quando cheguei à conclusão de que a paz pesa 13 quilos: quando ela foi embora esse é o peso que levou consigo.

O tempo passou, a vida prosseguiu e a paz de espírito voltou. Demorou meses, é verdade, mas aos poucos Deus agiu e a restaurou. O resultado é que hoje estou com 76 quilos. Sumiram os sulcos da face, voltou o sorriso com maçãs do rosto e ainda saí com um bônus: minha barriga nada elegante hoje está dentro de proporções aceitáveis. Em tudo isso posso dizer que senti literalmente na pele o que acontece quando uma pessoa perde a paz em sua vida.

Paz não é um artigo supérfluo nem um luxo. Tanto que é fruto do Espírito (Gl 5.22), o que demonstra sua importância como parte da natureza divina. Isso se confirma em Romanos 16.20 quando Paulo refere-se ao Senhor como “o Deus da paz”. A paz de Jesus é um elemento tão fundamental que serve para nós inclusive como juiz. Colossenses 3.15 deixa isso claro: “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo”.

Paz2Os evangelhos nos mostram que quando Jesus chegava em algum lugar, ele não desejava às pessoas prosperidade, amor, vida longa, bons ventos, um bom dia ou saúde pra dar e vender: desejava paz. Esse fato revela de maneira inequívoca como paz está entre as prioridades de Cristo. Podemos ver esse fato em muitas passagens, como Lucas 10.5 (“Ao entrardes numa casa, dizei antes de tudo: Paz seja nesta casa!”), Lucas 24.36 (“Falavam ainda estas coisas quando Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: Paz seja convosco!”), João 20.21 (“Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco!”), João 20.19 (“Ao cair da tarde daquele dia, o primeiro da semana, trancadas as portas da casa onde estavam os discípulos com medo dos judeus, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!”) e João 20.26 (“Passados oito dias, estavam outra vez ali reunidos os seus discípulos, e Tomé, com eles. Estando as portas trancadas, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!”).

O mesmo se repete com os apóstolos. Paulo repetidamente deseja paz às pessoas a quem saúda, como em Romanos 15.33 (“E o Deus da paz seja com todos vós”), em 2 Tessalonicenses 3.16 (“Ora, o Senhor da paz, ele mesmo, vos dê continuamente a paz em todas as circunstâncias”) e Efésios 6.23 (“Paz seja com os irmãos e amor com fé, da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo.”). O discípulo amado João também replica a seus conhecidos o desejo do Senhor:  “A paz seja contigo. Os amigos te saúdam” (3 Jo 1.15). E o apóstolo Pedro termina sua primeira epístola desejando aos seus destinatários o mesmo que sempre desejo a quem me lê pelo APENAS: “Paz a todos vocês que estão em Cristo” (1 Pe 5.14).

No Antigo Testamento encontramos numerosas passagens em que vemos pessoas que se saudavam desejando que tivessem paz. Encontramos isso, por exemplo, em 1 Samuel 25.6, Juízes 6.23, Juízes 19.20, Daniel 4.1, Daniel 6.25, Daniel 10.19 e outras passagens.

Paz3O desejo de que tenhamos paz é recorrente no coração de Deus. Já vimos que o Filho se dirige aos seus amados sempre desejando paz. Descobrimos que esse também é o desejo do Pai, em passagens como Daniel 10.19, quando Ele fala ao profeta: “Não temas, homem muito amado! Paz seja contigo! Sê forte, sê forte”. E, em 1 Crônicas 12.18 podemos ver que o Espírito Santo também se manifesta dessa forma: “Então, entrou o Espírito em Amasai, cabeça de trinta, e disse: Nós somos teus, ó Davi, e contigo estamos, ó filho de Jessé! Paz, paz seja contigo! E paz com os que te ajudam!”.

Bem… qual é a conclusão de tudo isso? Essencialmente que Deus tem um desejo sincero de que vivamos em paz. Portanto, se você está sem paz no seu coração, deve recorrer ao Senhor em busca dela. Pois seria absolutamente incoerente que aquilo que o Pai, o Filho e o Espírito desejam aos homens seja contrário a sua soberana vontade. O Senhor sabe que nem sempre teremos paz, mas tê-la em nós é o estado ideal que o Senhor almeja para seus filhos.

Perdi a paz por um tempo e com ela se foram 13 quilos. Mas o Pai me dá por herança uma “paz que excede todo o entendimento” (Fp 4.7). o Filho está comigo todos os dias, até a consumação do século (Mt 28.20). E o Espírito Santo que habita em mim tem como uma das virtudes de seu fruto justamente a paz (Gl 5.22). Com tudo isso, tenho certeza que a paz é o estado desejável daquele que é salvo.

E, se você está sem paz neste momento de sua vida, lembre-se sempre que, se o peso terreno da paz são 13 quilos, a Bíblia também nos revela, em 2 Coríntios 4.17, o peso da paz eterna. E ele é exatamente aquele que nossa leve e momentânea tribulação produz para nós: um peso eterno de glória, acima de toda comparação.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Mauricio

About these ads
Comentários
  1. Luiz Fernando disse:

    ola, meu querido. graça e paz para ti.
    olha, Zágari ultimamente nao tenho tido muita paz nao. estou muito desanimado e ansioso, sabe. nao tenho tido vontadade de orar, jejuar, me sinto tao distante de Deus. acho que estou fazendo parte do banco da igreja. estou fraco espiritualmente, e estou com medo de acontecer algo pior. eu pergunto para mim mesmo: sera que o primeiro amor se foi? preciso de ajuda, mas sinceramente nao sei por onde começar, minha fé esta um pouco abalada, estou me sentindo como Elias na caverna. estou ESTRESSADO, estou ficando um pouco arrogante e sei que isso não é nada bom. ja passei por um momento “parecido” com este, fui tentar conversar com o meu pastor, mas a conversa nao fluiu e nao adiantou muita coisa. preciso de uma direção, sei que voce nao é o meu pastor e por conta do espaço ser virtual nao pode me aconselhar em muita coisa. Mas ja que passou por um periodo como este, ate pior, por favor me dê uma direçao.
    a paz do Senhor Jesus, abraços.

    • Olá, Luiz, graça e paz!
      .
      Mano, fico triste de saber disso. Não existe uma formula mágica, Luiz, creio que cada caso é um caso. Mas o primeiro passo você já deu: reconheceu o problema. Agora é partir em busca das soluções – que não são nada revolucionárias: oração é algo imprescindível. Na oração você desabafa com Deus, põe pra fora, o que ajuda muito. Além, lógico, do efeito espiritual que há na oração. A ansiedade, por sua vez, é combatida com a leitura da Bíblia. É relendo as promessas e verdades de Deus. Leia o Sermão do Monte, te ajudará muito (Mt 5-7).
      .
      Lembre-se que oração, leitura bíblica e jejum são disciplinas. E, como tal, não podem depender de “vontade”, mas sim de iniciativa. Você não deve fazer essas coisas quando dá vontade. Você sabe que elas são necessárias e, portanto, parte para realizá-las. Estabeleça horários e obrigue-se a fazer isso. É o ideal? Claro que não, não creio que Deus queira que “marquemos hora” com Ele, mas quando temos zero de comunhão com o Pai fazer isso é melhor do que nada e pode ser o empurrão que faltava. Leia os posts “Para quem tem dificuldade de ler a Bíblia” e “Para quem tem dificuldade de orar”, que publiquei tempos atrás no blog. Podem te ser úteis.
      .
      Se o teu estresse é emocional e de fato patológico, sugiro que procure uma psiquiatra. Um rivotril para acalmar pode ser útil se de fato ela diagnosticar estresse.
      .
      Essas são as medidas que eu tomei, mano. Isso tudo, junto com o santo e precioso passar do tempo foi o que me auxiliou. Ah, sim! E outra coisa muito importante: amparo dos irmãos. Busque aqueles em quem você confia, que são espirituais, e peça auxilio. Exponha essa realidade e conte com o ombro deles. Ajuda MUITO. Desabafe. Peça para orar junto. Busque palavras de incentivo. Amigos verdadeiros foram essenciais para mim.
      .
      Espero que, ao tomar essas atitudes, Deus aja em sua vida e essa fase passe logo. Oro por isso, Luiz.
      .
      Um abraço forte em ti, você estará em minhas orações. Cristo te sare logo,
      mz

  2. Marco Juric disse:

    Bom dia Zágari!

    Cara, também já estive nessa, No meu caso a falta de paz era fruto de um erro cometido antes mesmo de conhecer Jesus. No meio desse erro eu O conheci. Não demorou muito Deus me conduziu ao acerto, e isso me acrescentou 10Kg em menos de 3 meses. É realmente uma experiências impactante quando percebemos que a paz nos envolve e transforma nossas atitudes, como vemos e encaramos o mundo, os pensamentos etc.

    Paz mano Zágari!!!!

  3. Elieser disse:

    Mauricio a paz,
    Cristo veio estabelecer a paz em nos.
    Confesso que tenho dificuldade em não me manter ansioso, mas sempre quando a ansiedade bate a minha porta eu me lembro do sermão da montanha, se ele sustenta os pássaros e vesti os lírios, quanto mais a nos no qual ele demonstrou o seu amor maior.

    • Oi, Elieser,
      .
      sua dificuldade é comum a muitos, eu inclusive. Por isso recorrer constantemente às Escrituras é fundamental. É o único antídoto contra a ansiedade.
      .
      Abraço pra ti, na paz de Cristo,
      mz

  4. Alessandra (Lelê) disse:

    Mauricio,
    Sei q a paz pesa muito mais do que isso quando não tem sossego e não tem Deus para dar mimos! Essa paz pode ser muito pesada, mais pesada d q meuitos 13kg com certeza.
    Fico muito feliz que vc está muito mais feliz agora com 13kg a mais. Eu sempre fico feliz com estou com 100gr a menos! rs Brincadeiras a parte, eu entendo muito bem essa paz. No meu caso ela tb foi essencial como começei a ver a beleza em mim. Me aceitei na atual realidade, manca, feia, “gorda” e mais uma série de “qualidades” q só eu via! E acabei me aceitando e Deus foi tão bom comigo q me fez até ver beleza em mim.
    Foi quando eu tive paz! Muita paz por sinal!
    Com carinho e admiração,
    Lelê

    • Oi, Lelê,
      .
      feia e gorda? De onde você tirou isso? Me parece que seu grande defeito é a miopia rs.
      .
      Obrigado pelos cachorrinhos e pelo carinho!
      .
      Abraço no Sérgio e na família, no amor de Cristo,
      mz

  5. Erlo e Ju Aurich disse:

    Queridos, Bom dia.

    – Recebo semanalmente estas mensagens postadas por Maurcio Zagari. Ele do Rio, jornalista, escritor, cristo atuante em sua igreja. Sua escrita leve e encorajadora. Confesso que no consigo acompanhar o seu ritmo, pois ele escreve textos mais longos e que merecem uma boa reflexo. Guardo-os portanto para posteriormente ler. – Como seus ttulos so criativos e provocativos a gente as vezes engata aleitura e no consegue parar at terminar. Este “Quanto mede a paz”? ficou muito interessante. Por isso compartilho. Se quiserem receber com mais frequencia, escrevam para ele: http://www.apenas1.wordpress.com. – Sugiro ainda outro excelente blog de algum aqui do sul, amigo de longa data e escreve com paixo sobre Jesus e seu Reino. Trata-se de Fabiano Goulart, que pastoreia com sua esposa Claudia uma igreja em Pelotas. Anote a: http://odiscipulogauderio.com/. – Abrao e tima semana a todos…

    Erlo

  6. Marcus disse:

    Olá, eu gostei muito das postagens que li aqui, acho que Deus usa você para falar com as pessoas. Me diga uma coisa, na igreja que eu frequento quando a pessoa manifesta um demônio os pastor faz perguntas pra ele, tipo: Quem é você, como foi pra vida dele(a), quantos tem aí, e etc, uma vez um dos demonios disse que tem um lugar no inferno especial para cada pessoa que um dia serviu a Deus, me diga sua opinião, acha correto o pastor fazer todas essas perguntas? Acha que o imundo falou a verdade sobre isso? E o método da igreja de expulsar o mal, você acha que é eficaz?

    • Olá, Marcus,
      .
      fico feliz que você tenha gostado dos textos, louvo a Deus por isso.
      .
      Mano, o que acredito que é o padrão bíblico de expulsão de demônios é o que Jesus fazia: “Cala-te e sai”. Pronto. Dar voz a mentirosos patológicos não faz sentido. Portanto entendo que só o que temos a dizer aos demônios é que se calem e que saiam. Nada mais.
      .
      Abraço, mano, no amor de Cristo,
      mz

  7. Hi マウリシオ ザガリ さん おげんきですか。
    Obrigado por responder meu comentario (Severinos).
    Quando leio seus artigos me sinto normal, entende ?
    Paz de Jesus Cristo amigo.

  8. Amado Mauricio,

    Estou vivendo uma momento de falta de paz, mas ao mesmo tempo em busca de paz de DEUS. Obrigado pelo testemunho que me faz fortalecer e enxergar a verdade de DEUS.

    Na passagem citada “A paz seja contigo. Os amigos te saúdam” (1 Jo 1.15), o correto seria 3 Jo 1.15.

    Paz seja contigo.

    • Olá, Pedro,
      .
      fico feliz que o texto tenha te fortalecido, oro ao Senhor que lhe traga paz e abrevie o tempo de tribulação.
      .
      Obrigado pela correção, vou mexer agora mesmo no texto.
      .
      Abraço, mano, paz seja contigo também,
      mz

  9. Greize disse:

    Só passei para dizer, meu irmão a que paz de Cristo seja com você!!!

  10. Jose Junior disse:

    A “paz” do Senhor, Mauricio!
    Tem assuntos que parecem tão simples, mas que são bombas atômicas na vida da gente.
    Esse tema, paz, é um deles.

    Você foi assertivo quando mencionou que Jesus estava sempre permeando a paz nos corações, e que isso é algo muito vital na vida do cristão.

    O uso da unidade de medida, kilograma, por você, foi certeiro.
    Em uma de suas respostas, você comenta que “cada caso é um caso”. Verdade. Logo, cada um tem um tipo de “medida”. Para você, foram 13kg. Para outros, gramas. Enfim.

    Já ouvi tantos exemplos mensuráveis: dinheiro vivo, viagens, divórcios, emprego novo, carro, casa nova, praia, … enfim. São tantas as medidas… mas tudo originadas de um só evento: falta de paz.

    É, meu amigo… Se tem uma coisa que estremece um cristão e pode leva-lo até mesmo a morte, é a falta de paz.. Acredito que todo cristão um dia já sentiu isso. Outros, quase o tempo todo. E aí, se não for a misericórdia de Deus… “Grace” over.

    Graças a Deus, por seu zelo e amor por nossas vidas; e por usar-te, mais uma vez, para ajudar-nos a compreendermos e recebermos Sua bondade.

    Aquele abraço sob a graça do Pai,
    José.

  11. Maira brasileira disse:

    Paz seja contigo, amado Maurício! Bom teres recuperado 7 quilos, graças a Deus por isso! Essa Paz maravilhosa, que só Jesus nos traz e que excede todo entendimento, continue reinando em teu coração, para cada dia mais o nome do Senhor ser glorificado através do teu testemunho vivo. No Amor do Senhor! Maira.

  12. Luiz Fernando disse:

    Ola, amado. Graça e paz.
    Obrigado, muito obrigado pela a resposta. Me ajudou e vai me ajudar mt. Suas orações sao muito preciosas para mim, eu te agradeço pelo amparo espiritual.
    Digo amém para sua oração, que Cristo me sare logo, e Ele vai porque acredito em Seu amor.
    Deus te abençoe mt, meu irmão. A paz do Senhor Jesus, abraços.

  13. Ree disse:

    Mano, tive que rir gostoso do comentário do mano que disse sentir-se “normal” com seus textos porque… eu também me sinto assim (+ risos). Também já tive alguns períodos de minha vida sem paz, antes e depois de conhecer nosso Salvador amado. Agradeço muito compartilhar mais uma vivência “de gente normal” conosco :) mas com o diferencial do seu dom, talento e disponibilidade para revelar que essa dolorida normalidade só para de doer e fazer sentido quando restaurada pela mão do Pai. Fincados na Rocha achamos a paz.

    Pra variar só um pouquinho, adorei me sentir normal mais uma vez…

    Bj no ombro, no amor dEle,
    A Paz para todos nós, manos em Cristo Jesus

    • Oi, Re,
      .
      normal, embor não ideal, é nos vermos como as grandes bagunças que somos – cheios de problemas, pecados, manias e dores. Quem se refugia numa teologia triunfalista e esconde isso não conseguirá nunca viver plenamente em Cristo – pois Ele veio não para os sãos, mas para os doentes. Estamos dodói, mana, e por isso Jesus veio por nós.
      .
      Beijo com carinho, na paz de Cristo,
      mz
      .

  14. A PAZ Zagari.. esses dias ai passei por uns momentos de tribulação e como eu sou muito magro nem emagreci nada .. rs, mas fiquei muito triste semana passada, mas Deus como sempre nós conforta com a sua infinita misericórdia,

    Oro por todos nós irmãos em Cristo para que possamos permanecer firme até que ELE volte.!
    Pois Jesus já nos tinha avisado , No mundo tereis aflição, mas tende bom ânimo eu venci o mundo ! Jo.16:33
    e se ele venceu, se nós nos mantermos nele também venceremos.! =D

    A paz Mauricio, e Que Deus te abençoe .! sempre.!

  15. «73n £1Øn» disse:

    Reblogged this on …para esses dias….

  16. Paz, quanto tempo… Vim visitá-lo. Não esqueço de mencionar o seu nome nas minhas orações.
    Os problemas afligem a alma, o Alto Refúgio e Fortaleza, encontram-se no Bom Deus.
    O Senhor Ajudador é a Sua perfeita paz.
    O Redentor está contigo. Te levanta.
    Ele é o ar que respira, o ânimo, a força, a energia para viver e alegria para o seu coração.
    “Aos que em Ti se apoiam, manterás em perfeita paz, porque em Ti confiaram. Confiai para sempre no Eterno, pois Ele é Deus, a rocha eterna” (Isaías 26:3,4).
    Com a casa (vida; homem prudente de fé – Mt 7:24-29) edificada sobre a Rocha Eterna (Jesus Cristo), pode aparecer o que for que ficarás firme, seguindo o Todo-Poderoso Soberano, o que era, o que é, e que há de vir.
    “Que em seus dias floresça o justo e viceje a paz até quando não mais existir a Lua” (Sl 72:7).
    O Senhor floresce a sua vida. Olha dentro dos seus olhos e cuida. É o amor Curador do Pai.
    “Guarda a pureza e observa a retidão, pois há um porvir para o homem de paz” (Sl 37:37).
    Na Força do Espírito Santo Consolador dentro de vc, cantai ao Senhor de Toda a terra.
    Jesus é o Seu Amigão Fiel e felicidade. Graças. Luciana. :)

  17. Ana carolina Boratino Vairo disse:

    Teve uma vez que estudava sobre paz e observei que a paz além de ser referida ao ‘sentimento de paz, tranquilidade, confiança, etc’ também se referia a paz com Deus, por nascermos inimigos e assim quando somos salvos, temos *paz com Deus*. Acredito que este seja o maior motivo de *paz* de espírito que temos, por olharmos pros céus e lembramo-nos que já não somos mais inimigos e sim amigos… Muito bom o post, falou muito cmg. Deus abençoe

  18. bebeth disse:

    Nossos mundos São tao diferentes. A maneira de ter e ver a paz.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s