Parece nome de filme de terror: o Vale da Sombra da Morte. Que imagem horripilante. Mistura em apenas uma expressão três conceitos que metem medo: “Vale” fala de um lugar desprotegido, ladeado por altas e perigosas escarpas, onde é fácil ser vitima de um emboscada ou uma avalanche.”Sombra” nos lembra o medo mais primitivo do ser humano: o escuro, a falta de luz, frio, ausência de sol, impotência diante dos perigos que porventura estejam escondidos onde não conseguimos ver. “Morte” dispensa comentários. Então “Vale da Sombra da Morte” é um lugar pavoroso, de medo, falta de proteção, total impotência, calafrios, depressão, imprevisibilidade, terror. Você já passou por esse lugar? Não é um lugar físico, mas espiritual, emocional e psicológico. Em algum momento da vida, a esmagadora maioria das pessoas atravessará esse vale. E precisamos nos preparar para isso, embora ele sempre nos trague quando menos esperamos.

Uns entrarão em suas regiões mais profundas, outros nas menos; uns ficarão nele muito tempo, outros nem tanto. Você sabe que está nele quando acorda chorando, quando os dias correm rápido e você percebe que já chegou outra segunda-feira sem que o tempo pareça ter passado, quando nada parece fazer sentido, quando a tristeza é sua companheira mais frequente, quando você não enxerga razão para sair da cama, quando o céu azul é cinza aos teus olhos, quando viver torna-se comer e dormir – se o apetite não desaparece. Quando a morte passa a não ser tão assustadora assim.

Só que aí acontece algo extraordinário.

Deus nos revela, por meio do Salmo 23 do rei Davi, uma outra possibilidade. Ele mostra uma mão estendida por entre o desespero que, para quem está em pleno Vale da Sombra da Morte, parece impossível, apenas uma miragem à distância. Mas para quem está em Cristo, essa miragem na verdade não é uma ilusão, é um vislumbre real do que está na linha do horizonte. O que precisa ser feito para chegar até essa  realidade é dar um passo. Depois outro. Depois juntar todas as suas forças para dar um terceiro. Um quarto vem arrastado e aos soluços. O quinto vem com um gemido. No sexto os pés nem desgrudam do chão, tão pesados estão. O sétimo é automático, sem vontade, querendo cair ao solo e ali ficar. Do oitavo em diante só Deus sabe como você consegue ir em frente. Mas… quando você menos espera… superou um dia. Depois outro. Depois outro. Depois outro. Depois outro. Depois outro e… quando se dá conta, aquele longínquo horizonte está debaixo dos seus pés. Seus olhos embaçados pelas lágrimas, junto com o abatimento da sua alma, não deixaram você perceber que as escarpas sumiram. Você levanta a cabeça. E o Vale da Sombra da Morte não está mais ali. E onde você está? Que lugar é esse onde você chegou?

O Salmo 23 responde: pastos verdejantes. Junto das águas de descanso. O local onde sua alma encontra refrigério. As veredas da justiça. É quando você consegue inspirar fundo e dizer: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam. Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda“. E você percebe, então, que a cada dolorido passo daquela jornada de uma ponta a outra do Vale da Sombra da Morte o milagre da graça aconteceu. Você se dá conta de que a bondade e a misericórdia certamente te seguiram por todos os dias da sua vida. E não a bondade e a misericórdia de qualquer um, mas daquele que nos prometeu que estaria conosco todos os dias, até a consumação do século. Todos os dias. Mesmo nos dias em que você esteve envolto na escuridão, na solidão e no pavor pela incerteza do que vinha à frente.

Então as lembranças daquele período terrível se tornam aprendizado. As feridas dos meses de sofrimento da hora de acordar à de dormir passam a ser cicatrizes de lembranças que doem mas não sangram mais. Estranhos com quem você esbarrou no caminho e lhe deram copos d’água em meio à sequidão tornam-se a face do amor. Deitado, então, nos pastos verdejantes, você lembra-se de que, enquanto caminhava sem enxergar direito devido à escuridão pelo estreito Vale da Sombra da Morte, só conseguia vislumbrar um lugar iluminado: de um lado, escarpas. Do outro, mais escarpas. À frente e atrás, sombras. Mas… acima de sua cabeça, lá estava ele, sempre presente e concedendo esperança: o céu.

Embora seja o local mais arrasador e apavorante que existe nesta terra, o Vale da Sombra da Morte tem uma função para o Reino de Deus: quando você chega ao lugar de paz, se consegue jamais se esquecer daquela jornada sombria, fria, solitária e apavorante que ficou para trás, agarra-se com todas as suas forças a um desejo premente e inapagável:  habitar na Casa do Senhor para todo o sempre.

Se você está neste momento de sua vida atravessando o Vale da Sombra da Morte, meu irmão, minha irmã, saiba que ao final dele há pastos verdejantes, águas de descanso, refrigério, justiça. Não tema mal nenhum, porque Jesus está contigo. Essa é minha esperança. Essa precisa ser a esperança de todos nós.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício.
.

About these ads
Comentários
  1. Eliana disse:

    Sem nada a acrescentar. Lindo texto! E bíblico, verdadeiro. Deus o abençoe! Uma semana abençoada para vc e os seus.

    • Olá, Eliana,
      .
      fico feliz que o texto falou ao teu coração. Me alegro!
      .
      Deus abençoe você, o maridão e toda a família querida, nesta semana e em todas as que virão,
      mz

  2. Aliny disse:

    Só gostaria de te agradecer muito por esse texto.

  3. Adelson Couto disse:

    É até engraçado, há muito não lia e nem ouvia um mensagem centrada no livro de Salmos, e ontem o Pr. Jeferson (da minha igreja) e hoje você, muito bom.
    Ultimamente não estou escrevendo aqui, mas tenho acompanhando todos os seu textos, então devo agradecer porque eles são de extrema significância no meu viver.
    Abraço brother.

    Somente a Deus Seja Toda Gloria

    • Oi, Adelson,
      .
      fico feliz que os textos do APENAS estejam alcançando teu coração, querido.
      .
      Salmos é um livro espetacular, escrito na maior parte pelo melhor tipo de servo de Deus que há: o que errou, se arrependeu, sofreu e aprendeu. Não tem como ignorá-lo, não é?
      .
      Deus te abençoe, mano, Ele que habita e é a glória inigualável,
      mz

  4. Jose Gad disse:

    A paz de Cristo, meu caro irmão Zágari.

    Sua visão e discernimento a respeito desse assunto chegou em boa hora. Somente quem já passou pelo vale(e muitos já passaram ou estão passando por ele) pode entender uma mensagem assim. Chegou como um bálsamo para mim.
    Deus o abençoe.

    Com certeza esta mensagem será de grande reconforto para muitos que lerem este post.
    E que a nossa esperança de encontrarmos com o justo e reto Juiz permaneça viva e eficaz em nossas vidas.

    A medida que fui lendo e meditando relembrei-me de como muitas vezes fui “criticado” por que me angustiava pela “pequenez do meu vale”.

    Sim, eu consigo lembrar-me de algumas faces de amor que encontrei, mas vou ser sincero, também relembro de várias criticas que recebia por estar “chorando de barriga cheia”.

    Eu explico. Parece uma coisa, mas tem uns irmãos que sempre insistem em achar que “os vales deles são mais profundos que os dos outros irmãos”. Com isso julgam que aqueles que estão andando em “vales rasos” não tem que ficar choramingando…”Que se temos saúde, um emprego ou outras coisas tangíveis, já temos o suficiente para darmos graças a Deus”, dizem pra gente.

    É incrível a falta de compaixão de alguns irmãos para com a gente, justamente quando precisamos de ajuda psicológica. Dizem que a maior dor é aquela que se esta sentindo. Mas será que não deveríamos também nos preocupar com aqueles que sofrem além daquilo que os olhos podem ver?

    Você foi pontual e correto quando disse: “Não é um lugar físico, mas espiritual, emocional e psicológico.”

    Sabe Maurício, graças a Deus eu nunca fui acometido por enfermidades graves, crônicas. Entretanto, nem por isso fui insensível ao sofrimento das pessoas das quais tive conhecimento da situação, estivessem longe ou perto de mim. Normalmente sou muito emotivo e acabo tomando as dores dessas pessoas… e se for crianças então, meu coração fica em pedaços.

    E não é somente com falta de ânimo de levantar da cama que somos acometidos; há também a vontade de nem voltar para casa, dependendo do momento e tipo de situação que se esta passando. Há casos e casos.

    O bom da mensagem é que por mais demorado que seja a travessia, um dia as campinas aparecerão, e finalmente a maioria de nós poderão descansar.

    Há alguns dias atrás você pontou 14 tópicos, nos quais o 14º nos conforta em relação aos percalços que encontramos durante nossa caminhada nessa vida. Apesar de lá o contexto ter sido de perseguição, aqui também não deixa de ser pontual para alguns de nós que estamos passando em algum vale…

    “Todos estes receberam bom testemunho por meio da fé; no entanto, nenhum deles recebeu o que havia sido prometido.Deus havia planejado algo melhor para nós, para que conosco fossem eles aperfeiçoados. Hebreus 11:39-40

    Minha oração é que Deus continue te usando cada vez mais como Seu instrumento e que a graça e a paz de Jesus Cristo nunca faltem em sua vida.

    No amor de Cristo,
    Jose

    • Olá, José,
      .
      fico muito feliz por essa reflexão ter chegado como um bálsamo em tua vida. Louvo a Deus por isso.
      .
      Não existe vale pequeno, mano. Para uma criança, um brinquedo quebrado é a maior tragédia do mundo e precisamos respeitar a dor dela por aquilo. Cada um sabe onde dói.
      .
      Eu acredito que em todo vale haverá as pessoas que nos abandonarão, nos criticarão, se omitirão no socorro, mas não quis incluir isso no texto. A esses fica a vontade de Deus, que dará a cada um conforme as suas obras. Não quis falar dos tais, não edificaria. Os deixemos ao arrependimento do ESto, se Ele vier a tocar cada um.
      .
      Muito obrigado pela tua oração, meu irmão, só Deus sabe como preciso dela. Obrigado mesmo.
      .
      Que aprendamos com o que fizeram conosco para jamais fazermos a mesma coisa com o próximo. Essa é a grande lição.
      .
      Abraço, querido. No amor do Senhor,
      mz

  5. Alessandra disse:

    Jesus te abençoe sempre, amado meu!
    Lindo texto!
    Bjs

  6. Lelê (Alessandra) disse:

    Obrigada por mais este texto.
    E eu não precisarei temer, pois Deus está comigo, com o cajado que me consola!
    Com carinho,
    Lelê

  7. Alexssandro disse:

    Caro Maurício, ler suas reflexões me ajudam muito…ao ler este artigo estava pensando em meus vales e mais do que isto nos vales daqueles que hoje enquanto digito estas palavras estão em seu leito de dor, onde tudo lhe e tirado seus pertences, longe dos seus familiares e o que lhes restam e olhar para o teto e parafraseando Eleny Vassao em seu excelente livro No leito da Enfermidade, quando nos encontramos assim nada mais nos resta a nao ser olhar para o teto e conversar com Deus.

    Sabe Maurício em meu trabalho de capelania encontro muitos dos nossos irmãos em seus vales mas mais do que isto tenho visto e vivido o encontro do Mestre diante destes vales. Muitas vezes a doença e um momento também de reflexão e de encontro com nosso grande Salvador.

    Deus abençoe sua vida e seu ministério.

    • Oi, Alexssandro,
      .
      me rejubilo por saber que as singelas reflexões que posto no APENAS são úteis para ti, meu irmão. Deus seja louvado por isso.
      .
      Sei exatamente do que você está falando. Já estive internado algumas vezes, inclusive no CTI. E foi exatamente para o teto que olhei e chorei, numa solidão indizível. É fragilidade, dor, desamparo e a magnífica presença de Deus preenchendo todas as lacunas. Seu trabalho de capelania é fundamental, é importantíssimo. Que Deus o abençoe muito e lhe capacite nessa tarefa árdua mas extremamente compensadora. Não é vão teu trabalho no Senhor, mano.
      .
      Deus o abençoe em dobro e a todos os teus,
      mz

  8. Danila disse:

    Mais uma vez, obrigada Maurício por se deixar ser usado pelo Espírito Santo e nos trazer essa mensagem.Estou talvez no 5º passo,gemendo e criando coragem para dar o 6º,sem saber como desgrudar os pés do chão,mas tbém sei q Deus está aqui,q Jesus está no barco e q os pastos verdejantes aparecerão!Abraço querido!
    A Paz.

    • Danila, olá,
      .
      não tem que me agradecer, minha irmã, a gratidão é Àquele que nos ilumina para escrever o que toca corações na hora em que precisam ser tocados.
      .
      Tenha fé, Danila. Acredite que os pastos chegarão. Tente ouvir de Deus o que Ele quer te ensinar nesse momento de dor, pois quanto antes você chegar ao ponto em que o Senhor quer, mas cedo você sairá desse lugar de tristeza.
      .
      Oro por ti, minha irmã, que tua prova seja abreviada e que o renovo chegue com paz, edificação e alegria no Espírito. Deixo contigo o hino 4 da Harpa Cristã, que me trouxe consolo em momentos-chaves da minha caminhada:

      Não desanimes, Deus proverá;
      Deus velará por ti;
      Sob Suas asas te acolherá;
      Deus velará por ti.

      Deus cuidará de ti
      No teu viver, no teu sofrer;
      Seu olhar te acompanhará;
      Deus velará por ti.

      Se o coração palpitar de dor,
      Deus velará por ti;
      Tu já provaste Seu terno amor.
      Deus velará por ti.

      Nos desalentos, nas provações,
      Deus velará por ti;
      Lembra-te dEle nas tentações;
      Deus velará por ti.

      Como estiveres, não temas, vem!
      Deus velará por ti;
      Ele te entende e te ama bem!
      Deus velará por ti.

      Nessa paz, que excede todo o entendimento,
      Mauricio.

  9. solange vieira disse:

    Olá Amado Irmão em Cristo !
    Louvado seja DEUS, com lágrimas nos olhos,e refrigério para minha alma acabo de ler e cravar este texto em meu coração.Engraçado,fui surpreendida com uma noticia fatidica tem 2meses,primeiro o susto,depois o choro da alma,e aos poucos a calma e certeza de que nada,nem a morte me separará do amor de CRISTO.E a esperança que se renova dentro de mim,de que em breve estarei descansando,com minha alma em paz, e a graça do SENHOR há de me alcançar.Tudo cooperando para o meu bem.
    Passando pelo vale , com a certeza de que DEUS esta me carregando no colo.
    Mais uma vez obrigado irmão,por ter voltado a escrever ,a se deixar ser usado por DEUS.
    Foi um privilégio,hoje eu ter entrado no seu blog,parace que escreveste pra mim.
    Fique na Paz do SENHOR.
    Abraços.

    • Solange, olá,
      .
      que felicidade saber que Deus falou ao teu coração por meio de um dos textinhos do APENAS.
      .
      Não me agradeça, por favor, agradeça Àquele que perscruta corações e mentes e nos conduz pela mão.
      .
      Que Deus te abençoe muito. No amor de Cristo,
      mz

  10. Andréia disse:

    Paz do Senhor irmão Maurício,
    Agradeço a Deus por tê-lo inspirado a escrever esta mensagem, este é o vale que tenho vivido, e estas palavras chegaram como refrigério e bálsamo pro meu coração, enviadas pelas mãos do nosso Pai amoroso que conhece nossa necessidade e anseio de ouvi-lo falar.

    Que Deus continue te usando pra consolar, com a mesma consolação que tens recebido.
    Deus abençoe e guarde vc e sua família.

    • Olá, Andréia, a paz de Cristo,
      .
      é alegria saber que aquilo que Deus em sua onisciência pôs em meu coração para escrever aqui tenha servido de bálsamo e refrigério em sua vida.
      .
      Ele sabe o que faz e, ao contrário do homem, não desampara os seus. Confie nele sempre. Ele está contigo todos os dias, até a consumação do século.
      .
      Deus abençoe a ti e aos teus em dobro, minha irmã, e traga consolo e paz sobre a tua vida,
      mz

  11. Jacy disse:

    Maurício… só vim registrar que amei o texto. Edificante! Deus te abençoe.

  12. Carlos Douglas Diniz disse:

    Olá meu irmão que está em Cristo, não sei quantas pessoas precisavam receber essa mensagem da parte de Deus através da sua vida, mas, uma coisa eu sei, foi preparada por Deus para que eu recebesse.
    Estou num momento de profunda tristeza, angústia e dor. Não dor física, mas dor. Parece estar passando pelo vale da sombra da morte. A decepção é a dor maior no meu peito, porém, pude receber essa dádiva do Senhor que me ajudou a acordar para a vida e renovar minhas forças.
    Deus seja seu guia protetor e sempre Senhor da sua vida e seu lar.
    Obrigado.
    Fraternalmente em Cristo.
    Douglas

    • Olá, Douglas,
      .
      querido irmão, muito me alegro por ser um canal de benção e renovo em sua vida por meio desta pequena reflexão.
      .
      Entendo bem você, mano, conheço de perto a dor da decepção e sei a angústia que ela provoca.
      .
      Não desanime, Douglas, a alegria vem pela manhã. O Senhor vela pelos Seus. Entrega teu caminho ao Senhor, confia nele e o mais Ele fará. Confie.
      .
      Te abraço, mano, orando pela tua vida. Na paz de Cristo,
      mz

  13. Bruno Vilela disse:

    Artigo massa Zágari, apesar de não ser um comentarista assíduo sempre acompanho seu blog, que por diversas vezes tem me abençoado: Muito obrigado pelas palavras! Continua firme na jornada, e que D-s continue lhe abençoando e lhe dando inspiração e forças pra caminhar.

  14. luiz Fernando disse:

    Ola, Maurício. A paz do Senhor.
    Tocou no ponto certo como sempre. Encontro-me nesse vale horripilante, situação interna que eu nunca pensei em passar na minha vida. Tento ao maximo lutar contra isso a cada dia, vc descreveu as sensações que tenho passado, acordo dizendo: pronto, mais um dia de luta interior. Choro, oro e clamo, pois sei que a Saída e a Cura é Ele. Mas, Zagari pela graça, somente pela graça estou de pé. Tenho esperança somente porque Deus me fez promessas, e crendo que Ele é fiel para cumprir, sigo em frente. Como diz o ditado ” a esperança é a última que morre”, mas vivendo com Cristo, se morrer ela também ressuscita. Deus tem falado comigo para não desistir, mesmo que eu não o sinta, como disse um querido irmao certa vez, procuro usar a razao e crê na palavra que diz: “estarei convosco até a consumação dos seculos.”
    Deus te abençoe sempre. Fique na paz e no amor que nos une, abraço apertado.

    • Olá, Luiz,
      .
      o meu alento diante da tua situação, mano, é ver a maturidade espiritual com que você tem enfrentado as dificuldades e esse tão temível vale. As tuas colocações são biblicamente perfeitas e você está agindo corretamente. Agora, Luiz, importa ter paciência, continuar caminhando pelo estreito caminho reto e deixar Jesus caminhar ao teu lado enxugando cada lágrima. Até que chegue o dia em que Ele dirá “já basta”. E então, querido, você verá as razões e enxergará os porquês. Até lá, oro por ti, pelo consolo do Senhor, a paz e a graça que você tão intimamente já experimenta.
      .
      Um abraço, meu irmão. Sigamos no amor e na união, fortalecendo-nos como membros do mesmo Corpo,
      mz

  15. Bianca Dias disse:

    O que dizer de um texto como este????? rsrsrs … acabei de ler com meu sogro,que está vivendo um momento como esse…. ao mesmo tempo que lia, chorava eu e ele, …..todos nós precisamos passar pelo vale da sombra da morte……que seja para o nosso crescimento espiritual….o sofrimento fortalece o caráter …lindo texto…..

    A Paz amado amigo….

    • Bianca,
      .
      meu coração se aperta por saber que seu sogro foi consolado por esse texto tão simples. Bendito seja Deus por isso.
      .
      Que a graça maravilhosa do nosso Deus envolva toda a sua familia, trazendo consolo, paz e as águas de descanso.
      .
      Que essa paz que excede todo o entendimento seja com vocês,
      mz

      • Bianca Dias disse:

        Maurício,

        vc não sabe o quanto têm nos ajudado com seus textos….não sabe!!!!!!!!

        Obrigada por tudo….

      • Bianca,
        .
        Não há nada pelo que agradecer. Fico feliz que o Senhor esteja te abençoando por meio dos textos. Bendito seja!
        .
        Paz a ti e a toda a tua familia,
        mz

  16. Gutemberg Howe disse:

    Bom texto, Mauricio.

    atravessei um nível,bem profundo deste Vale nos últimos meses, onde a sombra da morte me cercou. No meu caso, sinceramente, o efeito físico era literalmente reflexo do espiritual, mas pela misericórdia do Senhor pude me reconectar a Videira (João 15). Ainda atravesso um vale, mas confiando que chegarei nas águas tranquilas.

    abraços

    • Gutemberg, olá,
      .
      mano, espero que você consiga deixar o vale totalmente para trás e se regozijar na paz do Nosso Senhor o quanto antes. Oro por ti, na certeza de que, após tudo passar, ficará o bom aprendizado.
      .
      Te abraço, no amor de Cristo,
      mz

  17. Ree disse:

    Mano, guardei o hino 4 e a mensagem de seu texto, realmente um bálsamo para os tempos que vivo – e quantos também estão vivendo!!!

    Nessas manhãs de que fala, acordo, choro… mas lembro da mão amorosa do Pai, Consolador, Amigo e Advogado fiel. Aí meus pés conseguem tocar o chão e ganham força para mais um dia, que Ele fez. Às vezes as lágrimas se misturam com a água do chuveiro, mas olho no espelho e não vejo a mim, mas a amada do Senhor – tudo posso nAquele que me fortalece.

    Nesse vale muito poucos olham seus olhos e leem sua alma, seu espírito é indecifrável para grande maioria, até os mais chegados. Mas para os irmãos de verdade, ainda que no vale a gente sabe que vai receber, também através deles, a paz que excede todo e qualquer humano entendimento, carinho e palavras animadoras como as do seu texto de hoje. Através deles somos lembrados de quem somos em Cristo – somos apenas para ser em Cristo.

    Mano, bj no ombro

    • Querida Regina,
      .
      sinto teu coração pesado, mas sei de uma coisa: nosso Redentor vive e há de se levantar sobre a terra. A alegria da certeza de Sua presença em meio aos mais terríveis momentos é o combustível que mantém acesa a chama da esperança de paz, de consolo, de reconstrução.
      .
      Para toda dor há um manhã de alegria. Para toda lágrima há um sorriso no rosto de Cristo. Para tudo há a certeza da graça da Cruz. Não desanime, Regina. Deus é contigo e velará por ti.
      .
      Beijo no ombro, minha irmã, e que a paz que excede todo o entendimento seja contigo,
      mz

  18. Meu clamor a Deus é que mesmo em meio à mais forte dor e solidão, eu possa levantar meus olhos cansados e clamar. Estou vivo, e minha vida está escondida em Cristo…se assim não fosse já teria parado de caminhar, e adotaria o vale como lar. Que o Senhor nos ajude … momentos difíceis vêm, mas isso não se dá para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Aleluia!!

    • Querido Alexandre,
      .
      nunca se esqueça que nossa leve e momentânea tribulação redundará em grande peso de glória eterna. Oro a Deus que teu vale seja inundado de luz, calor e esperança que só o Espirito de Deus pode dar. Não desista, mano, Deus nunca te deixou só.
      .
      Te abraço, no amor do nosso gracioso e amoroso Pai,
      mz

  19. Simone disse:

    Olá Maurício,

    Brilhante texto! A maneira como você descreve os sentimentos, só mesmo quem já passou ou está passando por isso.

    Em minha mente passou um “flashback”. Nada tinha sabor, a vida era cinza.

    Mas graças a Deus estou em pastos verdejantes. Passou! Ou ao menos está muito bem controlado, rsrs! Vejo que foi para o meu bem, tinha que passar por aquilo.

    Foi difícil! Além de parecer estar em um abismo (e na verdade vivia um abismo espiritual), sentia muita culpa por sentir aquilo. E no meu caso acho que durou um bom tempo também porque não era convertida, mas lembro-me das noites de desespero e pranto, e a única coisa que conseguia fazer era me apegar àquela passagem: “o choro pode durar uma noite, mas alegria vem ao amanhecer”.

    Deus me ajudou e tem me ensinado muito sobre mim mesma, coisas que preciso mudar, melhorar muito ainda.

    Hoje ao menor sintoma, recorro a Ele, pois é o único que pode me libertar, curar.

    Li nos comentários que muitos estão passando pelo vale e receberam conforto ao ler o texto, que Deus continue te abençoando e te usando para trazer ensinamento, renovar nossas esperanças e nos reconfortar.

    A Paz de Cristo,
    Simone

    P.S. Maurício, o que houve com o programa Mosaico Cristão? Acabou?

    • Oi, Simone, tudo bem?
      .
      muito gentil você, obrigado. Fico feliz que o texto te edificou e a todos os irmãos que deixaram comentários dizendo o mesmo. Louvo a Deus por cada vida alcançada por esse post tão simples.
      .
      De fato, só quem está passando ou passou por esse Vale tão tenebroso consegue descrevê-lo. Você me entende.
      .
      Alegro-me que você tenha chegado aos pastos verdejantes. Sempre é para o nosso bem, pois a disciplina de Deus vem para os que Ele ama. É a escola do Espírito.
      .
      Sobre o Mosaico Cristão, ele virou podcast no Portal da ICNV (www.portalnovavida.com.br). Mas como não trabalho mais na denominação não tenho como informar o que ocorreu após isso, infelizmente.
      .
      Deus te abençoe muito, Simone, a ti e a todos os teus. Na paz do nosso Mestre,
      mz

  20. Elô Mesquita disse:

    Olá querido!

    Seu texto é sem dúvidas, muito bom. Infelizmente creio que estou passando pelo Vale nesse momento, mas oque mais tem me feito mal é que eu não tenho certeza se quero continuar neste caminho até chegar nos pastos verdejantes. Mais do que forças, me falta vontade. Sinto-me sem saída, porém não quero voltar atrás. E essa situação tem me deixado estagnada, os dias passam, as semanas, os meses. E eu continuo inerte neste lugar pavoroso. Não consigo mais ler a bíblia, nem tenho orado como antes, nos cultos qualquer coisinha tira minha atenção. É um tanto constrangedor falar sobre isso aqui, mas do jeito que estou nada mais me importa. Peço tua oração, pois tenho certeza que o Senhor não me quer assim e, que ainda tenho muito a contribuir para obra dEle aqui na terra.

    Um forte abraço e a paz do Senhor Jesus!

    • Oi, Elô,
      .
      obrigado pelas palavras gentis. Minha irmã, suponho que você esteja enfrentando uma situação muito difícil e sei como o desânimo nos abate. Mas a questão sobre continuar ou não é uma decisão de vida ou morte eternas. Não se sinta constrangida, nós temos de carregar as cargas uns dos outros e não há mal algum em admitir sua situação espiritual, é uma atitude muito corajosa. É melhor reconhecer para mudar do que ocultar e tudo continuar igual.
      .
      Fica difícil falar algo sem saber da situação específica, mas em linhas gerais o que te digo é que não desanime. Também não cheguei nos pastos verdejantes ainda, Elô, por isso te entendo. Mas o que não podemos fazer é desistir. É como uma bicicleta: se para cai pro lado. Temos que nos manter em movimento. Temos que persistir. Não desanimar. Para ler a Bíblia é um versículo após o outro. Não precisa ler 10 capítulos por dia, um versículo com uma boa reflexão e consequência em nossa vida faz toda a diferença. Quanto ao culto público lembre-se que ele é apenas um dos muitos momentos de culto a Deus: o cultuamos em casa, na rua, deitados, ao deitar, ao levantar… o que é importante é conseguir manter seu coração em Cristo. Nesse ponto a oração é indispensável. Procure momentos pacíficos para orar. Busque o silêncio, o isolamento, a solitude. Leia o post “Para quem tem dificuldade de orar” (http://apenas1.wordpress.com/2012/05/31/para-quem-tem-dificuldade-de-orar/), pode ser que te ajude. Afaste-se das distrações e converse com Deus como conversa com uma pessoa, batendo papo. Não precisa ajoelhar-se, fechar os olhos, nada, se isso dificulta. Importa é estabelecer o religare de forma eficiente.
      .
      Claro que orarei por você, Elô. Mas você, mais que ninguém, precisa devotar-se a Cristo para buscar nele a saída do vale que atravessa. Tenha fé e não entregue os pontos. No poder do Espírito você conseguirá. Eu creio nisso. Creia também.
      .
      Deus te abençoe, minha irmã. No amor de Jesus,
      mz

  21. Artimes disse:

    A Paz de Cristo!
    O vale pelo qual eu passei, foi quando eu não sentia mais a presença de Deus em minha vida. Eu que tanto amo o meu Deus. Não sabia o porque, mas não tinha interesse em nada relacionado a Deus. Isso me atormentava. No intimo do meu ser, sabia que aquilo era a pior coisa que poderia acontecer. E, por mais que eu não vivesse de forma pecadora, sabia que o maior pecado eu estava cometendo, que era o de “viver” longe da presença daquEle a quem eu tudo devo. Então, pela misericórdia do Senhor, passei a busca-lo: Em sua Palavra, no oculto do meu quarto ou nos momentos sozinho no trabalho, chorando, clamendo…. Foi quando, misericordiosameente, o meu Senhor mudou toda a situação, perdoou os meus pecados, invadiu o meu interior e o transbordou da sua alegria e prazer, me sentia parte da família da fé, novamente, portanto, seu irmão, amado. Nosso Pai é demais. O amo apaixonadamente. Seu texto me fez lembrar tudo o que passei. Por isso, glorifico ao Senhor por sua vida. Abraços.

    • Olá, Artimes,
      .
      que alegria saber de histórias como a sua, que comprovam que é possível chegar aos prados verdejantes após o vale tenebroso. Louvo a Deus por sua vida, mano. E você fez pelo caminho mais excelente: dobrando os joelhos, pondo o rosto no pó, humilhando-se e buscando o Criador.
      .
      Agora que esse Vale passou você tem a oportunidade de encorajar outros que vivam o que você viveu. De passar adiante o seu aprendizado. De edificar vidas. Nossas dores, nossos pecados e nossos poréns têm nisso seu maior consolo. Não desperdice essa oportunidade bela de estender a mão ao próximo. Tenho certeza que não desperdiçará.
      .
      Glorifico ainda mais o Senhor por sua vida, meu irmão. É bom saber que Ele te ama e nunca te desamparou. Um abraço grande, na paz de Cristo,
      mz

  22. Marcos Filho disse:

    Meu caro amigo, texto altamente confortante e de extrema relevância para a vida daqueles que sofrem, mas amam a Deus sobre todas as coisas e confiam em sua bendita palavra. Que o Senhor Deus continue usando a sua vida para abençoar milhares! Um abraço!

    • Obrigado, mestre. Seu aprecer vale muito.
      Tocha viva (rs),
      mz

      • Pr.Fernando Ferreira Gomes disse:

        sabias palavras me reportou quando morei na rua durante um ano,quando ainda solteiro e quando já casado meu filho Samuel, operou o coração quando estava com seis meses de nascido, hoje com 4 aninhos, Deus e o nosso porto seguro!!!!!!! q Deus continue te abençoando , irmão mauricio!!!!!!!!!

      • Amem, Pastor, sua vida é um prova de que Deus não nos desampara mesmo nos momentos mais difíceis. Aliás, creio que é nesses momentos que Ele mais nos sustém.
        .
        Abraço e que Deus o abençoe e a toda a família,
        mz

  23. esse maravilhoso texto, me reportou ao tempo q morei na rua,um ano,na época q ainda era noivo. e quando meu filho com apenas 6 meses de nascido,operou o coração. hoje com quase 4 aninhos,esperando,outra intervenção cirúrgica. eu sei q em todos os momentos,ELE,esteve comigo no vale!!!!!!!!!!! a paz!!!!!!

  24. Claudete disse:

    Lindo , meu DEUS …..a propria inspiração do ESPIRITO SANTO !!!
    Este salmo tem me acompanhado , todos os dias de minha vida…..
    Obrigada Deus pelo seu refirgerio ..e poder testemunhar deste milagre!
    Deus abençoe….vc Mauricio! esta mensagem me fez chorar ……
    com carinho no amor de Cristo
    Claudete

  25. Leandro Elias Baran disse:

    Paz do Senhor ! Estou no vale dasombra da morte ! Peço ajuda em Oração por mim! Mas o texto escrito acima falou muito comigo, ultimamente tenho pesquisado muito sobre este assunto ! Por favor orem por mim ! Que Deus em Cristo vos abençoe !

    • Olá, Leandro,
      .
      oro ao Senhor que te traga paz, consolo e que venha logo o fim desse vale. Que em breve tua oração seja só de agradecimento por tudo o que o Senhor te fará.
      .
      Um abraço fraterno, na paz do nosso Deus,
      mz

  26. Cris disse:

    Mais uma batalha perdida contra as lágrimas. Obrigada pelo copo d´água.
    Cris

  27. Carlos Fernandes disse:

    Oi, Mauricio. Por recomendação sua, li seu texto. Gostei. Atravesso momentos como estes que você descreveu, mas meu maior problema tem sido a ansiedade. A preocupação de que as coisas não vão dar certo, de que meu filho não vai deslanchar na vida espiritual, profissional, pessoal. Enfim .Acho que tudo é falta de fé, mesmo – quer dizer, tenho aquela fé suficiente para crer em Cristo para salvação, mas ela não tem tido esse efeito em minha vida. Mas ler sobre o vale da sombra, seus sintomas e a solução para a saída, acalentou meu coração. Valeu!

  28. Ev flavio soares disse:

    A paz pastor mauricio essa mensagem e tremenda que Deus contnue lhe inspirando em nome de jesus

    • Oi, Flavio,
      .
      obrigado, querido, fico feliz que a reflexão falou a teu coração.
      .
      A proposito, não sou pastor, sou só uma ovelhinha.
      .
      Abraço carinhoso, na paz de Cristo,
      mz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s