Nossos dias são vinhetas da MTV: alucinados, corridos, confusos, barulhentos, nonsense. TV, internet, games, apps… a lista não acaba. Impossível não querer que isso nos afete. Afeta. E, quando vemos, fomos sequestrados pelo turbilhão da vida pós-moderna. Fomos cooptados. Sugados. É quase uma lobotomia consciente. Mas, de repente, por meios que você jamais imaginaria, Deus põe o dedo sobre os lábios e diz: “Shhhhhhh, acalma-te e cala”.  Quando vem esse tranco, cessa o acelerar do coração, estanca-se  a produção de adrenalina e, motivados pelas mais diversas razões, paramos. Chega. Hora de respirar. Retroceder. Voltar para a retaguarda. Se esconder da humanidade. Correr para longe da multidão de vozes e buscar o isolamento, deixando Deus refazer tudo. E, em meio a todo o ruído ensurdecedor do silêncio que se apresentou a mim quando vivi isso descobri algo encantador: a simplicidade.

De início é pura dor. Dói e dói muito. Mas, acredite, com o tempo você descobre que é um privilégio. Mesmo que seja pelas razões mais dolorosas: se você consegue viver o século 18 em pleno século 21, desfrute. Quem passa por isso experimenta uma época única e inédita na vida. Um período de introspecção, reflexão, oração; época de repensar, refazer, mudar, reconstruir. De buscar o silêncio e fugir do barulho. Em certos momentos, farfalhar de páginas e a voz dos meus pensamentos muitas vezes é o máximo a que me permito ou me foi permitido. Simplicidade.

Em nossos dias, algo raro de se conseguir e muito desvalorizado. Uns são empurrados a viver a simplicidade pelas circunstâncias. Outros, por perdas. Outros, ainda, pela depressão. Ou a descoberta de uma doença terminal. Há os que busquem a vida monástica. Ou a reclusão urbana. Seja qual for a razão ou o meio, conseguir trancar-se ou ser trancado numa bolha em meio ao corre-corre da existência nos leva a um lugar psicológico e espiritual que é puro silêncio.

Simplicidade traz paz. É comida sem requinte, bate-papos triviais, vento nos cabelos, rir de piada sem graça, a incerteza dos planos do Alto para nós e a certeza de que a vida é muito mais do que nos fizeram crer. É viver com pouco dinheiro, descobrir que um punhado de amigos que se preocupam vale mais do que multidões de amigos da boca pra fora, que Dorothy estava certa ao bater seus calcanhares. E, quando a simplicidade te alcança, ali você descobre Deus como nunca antes.

Deus é o ser mais complexo do mundo. Impossível compreendê-lo, desista. Como explicar alguém que não teve começo nem terá fim, que é um e três, que é amor e fogo consumidor, que vira homem sem deixar de ser glória? Não dá. Eu não consigo. Os que tentam acabam criando ídolos. Não, não consigo.  Mas tentei, por muito tempo tentei. Busquei nos livros. Busquei nas conferências. Busquei até os neurônios fritarem. E, sem querer, foi na simplicidade involuntária que percebi que o ser mais complexo do mundo é também o mais simples.  100% complexidade, 100% simplicidade.

A simplicidade de Deus está em muitas coisas. Está, por exemplo, em podermos chamá-lo de Pai. Há coisa mais simples do que deitar no colo de um pai e simplesmente desfrutar do afago nos cabelos? Consequentemente, também está na simplicidade do amor paterno. Saímos do chiqueiro, voltamos cabisbaixos para casa e lhe dizemos com o coração sincero que só queremos ser servos, absolutamente certos de que carregaremos para sempre a lama grudada em nossa alma. E Ele balança a cabeça ante nossa puerilidade e diz com carinho que não entendemos nada: o anel será posto em nosso dedo e o banquete estará na mesa.  É tão só isso que você fica paralisado, sem entender ou se ver digno de um amor tão simples, só deixando os lábios tremerem em silêncio enquanto as lágrimas descem por seu rosto. E você, perdoado, aprende a perdoar. Hoje entendo por que minha filha me beija e agarra meu pescoço após sair de um merecido castigo. Pois o amor de Deus é simples como o amor de uma criança. Quem complica somos nós, adultos bobos.

A simplicidade de Deus torna-se visível quando Ele não se apresenta como uma quimera de vinte tentáculos, dez olhos e fúria titânica, mas como o mais singelo dos animais: o manso Cordeiro. De balido baixo. Calmo. Pacífico. Não, não encontro mais Deus nos berros e barulhos, nos shows e nos gritos de êxtase. Tenho me encontrado com Ele nos momentos de penumbra, nos entardeceres na beira da praia,  nas manhãs de chuva em que - achamos – que não temos o que fazer, que o dia está monótono. Mas monotonia é simplicidade pedindo para ser explorada, é o Rei chamando para conversar. Pois Ele está conosco todos os dias, até a consumação do século, sejam dias de céu azul ou cinzentos. E saber isso basta. É simples. Não é complicado. Ele é e Ele está. Feliz é quem descobre isso a tempo.

É no silêncio da oração sussurrada, na felicidade da lágrima de agonia, na alegria dos joelhos que doem contra o chão duro, na paz da vida destruída… que você olha Deus nos olhos. Jó olhou e viu. Pois nada mais ele tinha. Em meio a sua desgraça, só restou a Jó o monturo e o caco de telha. Sua vida, embora devastada, tornou-se simples. E, em meio à simplicidade, Jó vislumbrou a essência do Redentor e disse a Ele aquilo que todo cristão deveria dizer:

“Na verdade, falei do que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia. Escuta-me, pois, havias dito, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás. Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza.” (Jó 42.3-6)

Por muito tempo busquei Deus na complexidade e hoje vejo o quanto isso me afastou dele. Não desejo mais um Deus complexo, frio e distante. Agora que descobri a simplicidade do carpinteiro de Nazaré quero vivê-la em sua plenitude, pois foi nela que meus olhos o viram. Não quero perder nunca mais esse reflexo em minhas retinas. E que eu morra depois de viver uma vida da qual o meu Salvador possa se orgulhar -  amando a ele e ao próximo, sem devolver mal com mal, depositando meu tesouro no lugar certo e tratando das feridas de quem estiver caído à beira do caminho. É hora de viver essa simplicidade, para que a hora de morrer faça sentido. Simples assim.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício
.

About these ads
comentários
  1. Nádia disse:

    Maurício, tentei conter minhas lágrimas, mas não consegui….lindo….

  2. Talita disse:

    maravilhoso : )

    Dos evangelhos o que eu sou realmente apaixonada é o livro de João …

    o Jesus retratado lá , me emociona tanto …

    É um Jesus tão simples, tão doce, tão amigo , tão DEUS … tão supremo …

    Parabéns Mauricio , post maravilhoso

  3. Gamaliel Martins dos Reis disse:

    Glória a Deus por sua vida meu irmão. Mensagem maravilhosa que falou muito ao meu coração.
    Que o manso cordeiro continue abençoando sua vida.
    No amor do Pai!

    • Olá, Gamaliel,
      .
      glória a Deus pela tua também, querido. Fico feliz que essas simples palavras falaram ao teu coração.
      .
      Bênçãos em dobro sobre ti e os teus, nesse amor que nos esmaga e surpreende,
      mz

  4. Gamaliel Martins dos Reis disse:

    Que Deus te abençoe cada vez mais.

  5. Glorias a Deus pela sua vida meu irmão!
    Sempre se deixando usar pelo altíssimo! Sabe quando um texto é escrito pra você? Parece que conversamos a noite toda e você decidiu escrever pra me ajudar nesse momento mais complexo na minha vida! Louvo a Deus pela sua que na simplicidade desse texto simples tocou meu coração!Deus abençoe

    • Salve, mano,
      .
      glória a Ele pela tua também, por tuas palavras no “Reflexões…” e por aquilo que Ele faz por teu intermédio.
      .
      Fico feliz de saber que Deus falou contigo por meio deste post. Não conversamos a noite toda, mas certamente Deus conversou, te escutou e te respondeu. Não é lindo? E simples demais.
      .
      Louvado seja o Cordeiro por tudo o que fará por meio de ti. Te abraço, mano,
      ,z

  6. Lelê (Alessandra) disse:

    Mauricio,
    Que maravilha de texto!
    Como é bom ver Deus nas pequenas coisas.
    Esse exercício eu faço diaramente. Eu enxergo Deus quando eu não pego transito para chegar no trabalho, quando eu tenho uma noite revigorante, quando eu nem me mexo durante o sono, quando eu não tenho “pepinos” para descascar no trabalho…..e por ai vai…Eu consigo enxergar Deus em todas as situações da minha vida.
    Sei que Ele está me carregando no colo e que Ele não desiste de mim. E por essa razão que devo render graça a Ele a todo o instante. Eu sempre digo que o nosso Deus é Deus de mimos e de detalhes.
    E Ele não nos deixará jamais!
    Desejo um excelente fim de semana pra toda a sua familia!
    Com carinho e gratidão,
    Lelê

    • Oi, Lelê,
      .
      seus elogios não valem, está na hora de você começar a falar mal rs.
      .
      Falando sério: quem viu Deus tão de perto como você entende mais do que ninguém o que está neste post. Você é uma privilegiada!
      .
      Um beijo grande em ti e no Sergio, saudades de vocês. Vão amanhã no almoço da igreja? Tentem ir para comungarmos, seria ótimo.
      .
      Na paz de Cristo,
      mz

      • Lelê (Alessandra) disse:

        Nós não fomos convidados. rs
        Que almoço é esse?
        Não estamos sabando de nada! rs

      • Aiaiai, almoço de casais na AABB da Lagoa, Lelê rs. Quem está organizando é o Guilherme, dá uma ligadinha para ele. Se precisar do contato me diz que te passo por email.
        Beijo e paz,
        mz

  7. Tay disse:

    Mas, de repente, por meios que você jamais imaginaria, Deus põe o dedo sobre os lábios e diz: “Shhhhhhh, acalma-te e cala”. Quando vem esse tranco, cessa o acelerar do coração, estanca-se a produção de adrenalina e, motivados pelas mais diversas razões, paramos. Chega. Hora de respirar. Retroceder. Voltar para a retaguarda. Se esconder da humanidade. Correr para longe da multidão de vozes e buscar o isolamento, deixando Deus refazer tudo. E, em meio a todo o ruído ensurdecedor do silêncio que se apresentou a mim quando vivi isso descobri algo encantador: a simplicidade.

    De início é pura dor. Dói e dói muito. Mas, acredite, com o tempo você descobre que é um privilégio.

    E, quando a simplicidade te alcança, ali você descobre Deus como nunca antes.

    O que dizer Mauricio? quando leio seus textos penso que passamos por algo semelhante. É tão incrivel como suas palavras expressam tudo o que eu sinto. A algum tempo passei por algumas situações e decidi que precisava fugir de tudo, e foi o que eu fiz… no começo realmente doeu muito, muito mesmo, mas com o passar do tempo percebi que foi a melhor escolha que poderia ter feito. A “multidão de amigos” se foi… agora posso contá-los nos dedos… mas esses que conto são os verdadeiros… a minha família passou a ser a minha melhor companhia, o que antes não era… comecei a dar valor a tantas coisas simples que realmente encontrei Deus de uma maneira como nunca antes havia encontrado.
    Obrigado por seus textos, sempre muito edificantes e valorosos para mim. Nunca pare de escrever.

    Paz a você querido irmão.

    • Tay, olá,
      .
      obrigado pelas suas palavras generosas, enquanto Deus me permitir escreverei para abençoar.
      .
      Sorrio ao ler o que você escreveu, por saber que nosso Pai ensina por caminhos diferentes as mesmas lições importantes que conduzem seus eleitos a uma maior intimidade e a uma devocionalidade numa dimensão não conhecida anteriormente.
      .
      Desfrute, minha irmã. Deus te ama e está te proporcionando viver Seu amor. Que privilégio.
      .
      Na paz do Mestre,
      mz

  8. Rosilda disse:

    Paz meu querido irmão….lindo simplismente lindo a profundidade com o que você descreveu o que é realmente ver ao Senhor Deus na sua simplicidade..Amor a qual Ele tem e que é inexplicável….nesse últimos dias tenho procurado exatamente me isolar para poder senti-lo, ouvi-lo…longe de “barulhos” que se há por aí….que não me traz nenhum benefício espiritual.
    Pois bem o “silêncio” tem trazido para mim grandes conquistas no mundo espiritual…

    • Rosilda, minha irmã,
      .
      fico contente que você tem conseguido viver essa dimensão do relacionamento com Deus. Pelo que entendo, é a diferença entre o o “ouvir falar” e o “conhecer”. Louvo a Deus por isso!
      .
      O Senhor seja com você e com todos os seus,
      mz

  9. Lana Benvindo disse:

    Maurício, bom dia!

    Passei por aqui só para dizer o post de hoje é uma resposta do que tenho pedido ao Senhor: ” Que pudéssemos enxergar a Deus como Ele é.” Eu sei que você e nossa liderança se preocupa muito com uma igreja sadia, ainda mais depois do que temos visto por aí. Mas a questão é: Não precisamos nos preocupar “tanto” com essas coisas, pq Deus não perdeu o controle de nada e nós sabemos disso. Eu só pedi a Deus para vocês O enxergarem como Ele é. E deu certo! Glória a Deus, Ele me ouve! às vezes a gente se pega falando “sozinho” e diversas vezes achamos que nossas palavras estão sendo jogadas ao vento. Depois de um tempo Ele sempre vem e nos prova que Ele nos ouviu sim. Sim gente, Ele nos ouve! Vocês podem falar com Ele no trem, no carro, no metrô, na rua, na calçada, no ônibus, na praia…que Ele te ouve! É só falar, que Ele nos ouve.

    Paz seja convosco!

    Lana Benvindo

    • Oi, Lana,
      .
      fico feliz por Deus ter de algum modo usado minhas palavras para responder a tua oração.
      .
      Que sempre enxerguemos Deus como Ele é. E mais: que o vivamos do mesmo modo. Pois ver pode-se ver ao longe, não é? A distância de Deus é pura tristeza. O vivamos em nós, assim estaremos sempre juntos.
      .
      A paz, minha irmã,
      mz

      • Lana Benvindo disse:

        É isso aí, Maurício. Toda vez que estou longe dEle, sinto um vazio na minha alma, é como se ficasse um buraco! E todas as vezes que me sinto assim, paro, olho pro alto e digo: “Estou com saudade de você!” E assim a gente leva a vida, o que não dá, é ficarmos longe dia, após dia…

        Um grande abraço!

      • É isso, minha irmã.
        Abraço fraterno, na paz de Cristo,
        mz

  10. [...] Paz a todos vocês que estão em Cristo, Fonte: Maurício (Apenas) [...]

  11. Fernanda Marreiro disse:

    Graça e paz querido!
    Entendo tanto essas suas palavras. Chega o momento onde é necessário parar tudo para nos esvaziarmos dessas coisas todas que nos impedem de ver essa simplicidade.
    Fico muito feliz por ter de volta os seus posts, mas muito mais por você ter sossegado a alma no Senhor. J
    Abraçao
    Fernanda

    • Oi, Nanda!
      .
      que bom que você compreende essa dimensão de relacionamento com Deus. É um presente que Deus te deu.
      .
      Obrigado pelas palavras, a alma caminha para o sossego. Enquanto estamos nesta terra ele nunca chegará, não é? Tenhamos paciência, o dia chegará.
      .
      Abraço fraterno a ti e todos os queridos de CG. Louvo a Deus por tua vida,
      mz

      • Fernanda Marreiro disse:

        De fato é verdade…a nossa caminha para o sossego. Enquanto estivermos aqui a luta é constante, né? rs rs Mas graças a Deus temos o Espírito Santo para nos consolar nessas horas e vamos caminhando.
        Semana passada o bispo esteve aqui em Campina para a ordenação do diácono Robson. Foi um momento muito especial. Eu nunca tinha participada de uma ordenação antes, fiquei maravilhada. A ministração do bispo também foi muito impactante. eu já havia visitada o site dele algumas vezes, mas confesso que essa semana estive lá quase todos os dias, lendo as reflexões e assistindo os vídeos. Muito rico! Ah, irmão como eu sou feliz de Deus ter me colocado nessa família. Rrsrs Acho que você me entende…glória a Deus por nossa liderança! Deus tem derramado a sua graça abundantemente aqui em Campina. Espero que em breve você possa nos visitar.
        Um grande abraço e fica na paz!
        Fernanda

      • Fico feliz por você, Nanda, por Robson e por toda a familia ICNV em CG.
        Infelizmente não creio que estarei na sua linda cidade tão cedo. Mas a Deus pertence o futuro, não é?
        Ele te abençoe muito, lembranças a todos os queridos manos dessa tão amada igreja,
        mz

  12. Olá Mauricio, vejo que a cada post você reflete mais e mais. Seus ultimo posts foram bastante profundos, vejo também que Deus tem lhe abençoado, e desejo que continue, porque assim ele também me abençoara. Muito bom post. flw

  13. Roberta Silveira disse:

    Glórias eternas ao Senhor!
    Susurrei esta manhã e Ele prontamente me ouviu e respondeu. Aleluia!!!!!!!!!!!!!!!
    Seja ainda mais a graça de Cristo sobre ti, tua família e teu ministério.
    Graça e Paz, amado,
    Roberta

  14. sonia e antonio vicente disse:

    Paz.. É o que fazemos a 10 anos na I.E.Q., mas vemos como é difícil pregar a simplicidade de Jesus, um lugar marcado pela idolatria e barulho, muito barulho é isso que atrai as pessoas qto maior o barulho é ai que está Deus , engano , puro engano ,mas lutamos contra isso e muitas vezes pagamos o preço, mas a nossa visão é de um Deus simples que mesmo numa pequena oração uma atitude de ficar em silencio ele está agindo , eu amo esse Deus assim na simplicidade de um carpinteiro ,mas Deus . Grande abço.

    • A paz, Sonia e Antonio,
      .
      fico feliz que vocês tenham essa visão. Mais do que atrair pessoas, importa agradar a Deus. Culpa da nossa mania de achar que nós, humanos, é que vamos conseguir converter pessoas. Falta a muitos o entendimento de que sem Deus nada podemos fazer, que não vem de nós mas sim é dom de Deus.
      .
      Deus é simples: aqueles que são deles ouvem a sua voz. E como ouvir uma voz no meio de uma multidão de gritos?
      .
      Deus os abençoe muito, os abraço fraternalmente,
      mz

  15. Beth disse:

    A paz, Muricio

    Conheci seu blog tem mais ou menos 1 semana, já li vários textos e os achei bastante sensatos e edificantes, estou adorando o blog. Sei que o tópico não é esse mas vou tentar rsrssrs. Li seus textos sobre (casamento, divórcio, amor, namoro) e fiquei com algumas dúvidas. Você poderia entrar em contato comigo por e-mail? (através do meu cadastro aqui no blog).

    Fica na paz e que Deus continue te abençoando sempre.

    • Olá, Beth,
      obrigado pelas palavras gentis. Fico feliz que o blog está te edificando.
      Posso sem problemas entrar em contato. Mas, por convicção espiritual, só peço que, se o que você busca é aconselhamento, que prefira seu pastor a mim, ok?
      Deus a abençoe muito,
      mz

  16. Sim!

    “E que eu morra depois de viver uma vida da qual o meu Salvador possa se orgulhar…”

    Deus o abençoe sempre mano!

  17. Franklin disse:

    Ontem me deparei com um dilema aparentemente sem resposta…

    E você, Zágari, me aparece com a “peça que faltava” desse quebra-cabeça em menos de 24hrs.

    Vejo agora que a verdadeira busca pela complexidade de Deus, nos leva inevitavelmente à um pleno contentamento em Sua Simplicidade.

    É lindo como isso se encaixa perfeitamente a forma como Cristo lidava com o povo, explicando coisas complexas por meio de simples parábolas!

    Que Deus continue te abençoando com esse magnífico devocional, que não enche somente a ti, mas transborda e contagia também aos que lhe são próximos.

    Graça e Paz, em Cristo.

    • Franklin, olá,
      .
      me alegro por ter sido canal da voz de Deus para você.
      .
      Obrigado pela oração, é o que peço a Ele: que me faça instrumento de bênçãos e que haja utilidade em mim.
      .
      Quanto à simplicidade de Deus, você tem toda razão: é lindo. Lindo demais.
      .
      Graça e paz, querido, o Senhor te abençoe muito,
      mz

  18. Roseli disse:

    Irmão Mauricio, mais uma vez, a Paz Do Senhor, e de maneira maravilhosa vendo Deus falar através de seus textos. Foi a simplicidade do Deus vivo que me converteu ha quase 9 anos, e não me canso de desfrutar desse amor simples e sem explicação. Fique na paz e que Deus continue lhe abençoando.

    • Roseli, a paz de Cristo,
      fico muito contente por saber que o Senhor tem te conduzido nessa simplicidade em Seu amor de Pai.
      Que Ele continue te carregando no colo. Bênçãos do Alto,
      mz

  19. Um dos melhores textos do seu blog Maurício!

    Deus te abençoe por proporcionar uma bela reflexão como essa!=)

    Abraços!
    Deus continue te inspirando.

  20. Rodrigo disse:

    Mais um excelente texto meu irmão, realmente fiquei com olhos marejados.

    Sou leitor assíduo do Apenas e tenho sido edificado com seus textos, fiquei feliz que tenha voltado a postar com frequência, inclusive em um dos textos o senhor disse sobre a diferença de expor idéias em um blog e no twitter (caracteres limitado), pensando nisso tbm montei um blog, me inspiro nas leituras do senhor, pr. Renato Vargens, McAlister, Leonardo Gonçalves (PulpitoCristao), enfim.. sou um aspirante, mas se um dia puder me visitar, o link é http://www.simplesmentecristao.blogspot.com.

    Abraço.
    No amor de Jesus.

    Rodrigo

    • Rodrigo, olá,
      .
      obrigado pelo carinho, queridão, fico feliz que a verdade do Evangelho emociona teu coração.
      .
      Por favor, não me chame de “senhor”. “Mano” tá ótimo.
      .
      Vi teu blog, Rodrigo, e te incentivo: vá em frente! Ajude a proclamar a boa mensagem. Quanto mais irmãos usarem as ferramentas de que dispõem para disseminar o amor de Deus, melhor. Você mencionou pessoas ótimas, quando crescer quero ser igual a eles.
      .
      Vamos junto, querido.
      .
      No amor dEle,
      mz

  21. Jacy disse:

    Maurício, a paz!
    Muito lindo e abençoador este texto. Sabe, as vezes somos empurrados a sair “da frieza”, a vislumbrar “o sobrenatural”, a buscar “mais de Deus” e confesso que particularmente essa pressão me traz uma inquietude na alma porque mal consigo orar, adorar ou meditar nas coisas Dele. Oportunamente o que você escreveu fala da forma mais objetiva possível acerca do genuíno encontro com Deus, que se dá de forma simples e transparente. A paz que excede todo entendimento é alcançada quando nos despimos dos modismos ou das receitas modernas de se achegar a Ele. É simples assim: como colinho de Pai. rsrs
    Faço de suas palavras as minhas “que a hora de morrer faça algum sentido”.
    Dia 26 foi meu aniversário e lembrei de agradecer a Deus pelo que tenho recebido da parte Dele, pelos dias bons e maus também, e lembrei do que Ele tem me ensinado, da simplicidade de seu evangelho e deste blog e de sua vida, alguém que não conheço mas que “conhecer” fez muita diferença para mim neste ano.
    Deus te abençoe muito e a sua bela família, meus votos e do meu Marcus. :)

    • Oi, Jacy,
      .
      como sempre, tenho que te agradecer pelas palavras de incentivo, obrigado.
      .
      De fato, a fé deve ser vivida sem pressões. É um relacionamento e não uma obrigação. É uma alegria e um prazer, e não um fardo ou um jugo.
      .
      A propósito, feliz aniversário! Que o Senhor faça sua vida frutificar muito ao longo do próximo ano, que te faça crescer na graça e no amor pelo próximo, capacitando-a a cuidar desse meninão lindo que Ele te deu. Muitas felicidades, minha irmã!
      .
      A paz e o amor do Senhor sejam sobre ti e a tua casa,
      mz

  22. Dayane disse:

    Tbm tentei conter minhas lágrimas, mas não consegui….muito lindo! Deus é perfeito!

  23. Francisco S. Neto disse:

    Irmão Maurício;

    Mais uma vez, muito obrigado.
    Explêndida reflexão.

    Graça e paz na sua vida.

    Francisco S. Neto

  24. Bianca Dias disse:

    Maurício, como me faz bem ler seus textos, Deus lhe abençoe….que Deus possa lhe usar rica e poderosamente ……

  25. Maira brasileira disse:

    Maurício: quanto mais longe das redes sociais, mais tempo para ler preciosas mensagens; simples, mas profundas e valiosas! Felizmente…mais longe das redes, mais perto de Deus. Amém.

  26. andreia disse:

    Olá meu irmão, benção de palavra e se “pararmos ” para entenderMOS COM O ESPÍRITO as dicas que o MESTRE nos dá como passagens como o salmo 46, mas a chave da CURA PELA PALAVRA encontrada no vers.10,que diz : AQUIETAI-VOS e sabei que eu sou Deus…. ” o salmo 91, que também nos traz cura quando entendemos pelo espírito Ele nos dizendo para habitarmos no seu esconderijo e DESCANSARMOS à sombra Dele….. é realmente temos que aprender muito na simplicidade da escola do carpinteiro.

    Que o óleo da unção nunca te falte,

    Paz de Cristo para esta amada familia,

    Andreia

    • Andreia, olá,
      aquietar-se… Em dias como os nossos esse é o grande desafio, quando parece que o tom é “esperei com IMpaciência no Senhor”, não é? Passo a passo vamos aprendendo.
      Um beijo grande em ti e na família amada, na paz de Cristo,
      mz

  27. Dayana disse:

    Quando nos desarmamos do nosso eu, quando estamos vazios, quando só existe você e Ele, aí ja não procuramos mais Deus nem no vento, nem nos terremotos, nem no fogo, mas entendemos aquele manso e delicado cicio que os barulhos dos ventos, dos terremotos e do fogo nos impediam de ouvir, e ouvimos a voz suave perguntando “o que fazes aqui?”. Então, é o momento de pesarmos nossas motivações, nossos sentimentos e descobrirmos o que realmente queremos, para justificar ou entender o porque de estamos aqui, e por quem estamos aqui, e o que estamos fazendo aqui. Lindo post, falou ao meu coração, obrigada.

  28. lukaswilkeer disse:

    Caro irmão Zágari,

    Eu vivo neste turbilhão, e isso tem me afastado de Deus, de vez em quando sempre (rsrs) Ele(Deus) me “me pega na esquina”. Ao ler este texto, Deus falou muito ao meu coração, e nnca senti uma paz tão grande em meu coração. Como você disse ” Deus põe o dedo sobre os lábios e diz: “Shhhhhhh, acalma-te e cala”.”, e é isto que ele fez e esta fazendo comigo.

    Sempre que Deus me da a oportunidade de fazer algo, de prosperar, de começar a ir bem nas coisas que faço o meu Eu começa a falar mais alto, vou me esquecendo de quem me deu as oportunidades, de quem me fez prosperar.. ai, é o momento que ele me leva ao Pó para mostrar que é ele que esta no comando, que tudo o que tenho, foi Ele que me deu, como agora, nesta situação que estou enfrentando, perguntei a Deus o porque de tudo isso na minha vida, e agora, sei o porque.. Ele esta me dando a oportunidade de viver a simplicidade, de conhece-lo verdadeiramente, e de me ensinar coisas novas.

    Que a paz de Deus esta com você e com todos nós, amém!

    • Querido Lukas,
      muito me alegro em saber que o post te trouxe respostas e, mais ainda, que Deus tem te ensinado lições tão importantes para sua vida de fé. Que sua alma prospere em frutos cada vez mais.
      Um abraço apertado, na graça de Jesus,
      mz

  29. Gabriel Giufrida disse:

    Ah… como quero aprender a ser tão sereno e calmo… aprender a parar de correr e ouvir a voz do Senhor, muitas vezes me encontro querendo tanto “achar” Deus que me esqueço que foi Ele quem me amou primeiro, que eu possa aprender a viver de maneira que honre o nome de Cristo, em palavras e principalmente ações demonstrando tão grande amor, q só se sente, muitas vezes, no silêncio da alma… Muito bonita a mensagem, obrigado, e que Deus possa te abençoar e continuar te usando para escrever tão lindos textos como este!

    “Paz a todos vocês que estão em Cristo”. =)

    • Gabriel, olá,
      .
      Obrigado pelas palavras de carinho com o texto.
      .
      A boa noticia, querido, é que Deus pode fazer isso por você. Basta que se disponha, coloque-se em humildade para aprender e abra teu coração para ser transformado. Ore por isso. Depois é entregar teu caminho ao Senhor, confiar e saber que o mais Ele fará.
      .
      Te abraço, mano, no amor de Cristo,
      mz

  30. POLIANA VIEIRA disse:

    Muito bom texto! Atualmente somos bombardeados com as cobranças. Viver na “simplicidade” é um absurdo, é impossível. Me sinto totalmente cobrada e até mesmo no meio cristão o meu jeito é visto como careta, “crente demais”. Já ouvi isso de um líder. Pode crer? Hoje em uma palestra da pós me vi emergida num redemoinho do mundo moderno, tecnológico. “Você tem que se adaptar as novas mudanças para ser um bom profissional”. E se eu não quiser? Se eu não conseguir? Sou descartada, pois não faço o perfil. Cada vez mais sinto a necessidade de estar com o Senhor, no silêncio, do meu jeito, vivendo a alegria das pequenas coisas, e não importando com o que pensam ou que querem de mim. Melhor é agradar a Deus. Mais uma vez elogio seus textos, pois me faz enxergar além das aparências. Deus te abençoe grandemente!

    • Olá, Poliana,
      .
      obrigado pelas palavras de incentivo, muito gentis.
      .
      “Crente demais” é realmente uma expressão interessantíssima. Parece que o ideal é ser “crente de menos”, seria isso?
      .
      Me alegro pela necessidade que você sente. Se Deus te chama no silêncio, é no silêncio que você tem de estar. Independe de tecnologias, técnicas ou estratégias humanas.
      .
      Seja quem você é no espírito, Poliana, pois se é assim que o Espírito te chamou para ser é assim que as coisas acontecerão para você.
      .
      Deus te abençoe em dobro,
      mz

  31. priscila disse:

    Nossaaaaaaaaaaaaaa…. “exageradamente na medida certa profundo…” as belas palavras e os posts mais lidos ficaram para trás qdo a sua alma e o Espírito de Deus q habitam em vc falaram por ti neste texto…. Lindo d++++++++++….. gostei de td mas essa parte aki fez meu coração tremer “…É no silêncio da oração sussurrada, na felicidade da lágrima de agonia, na alegria dos joelhos que doem contra o chão duro, na paz da vida destruída… que você olha Deus nos olhos. Jó olhou e viu. Pois nada mais ele tinha. Em meio a sua desgraça, só restou a Jó o monturo e o caco de telha. Sua vida, embora devastada, tornou-se simples”… eu entendo q é essa simplicidade que Deus procura em cada um de nós….
    Um abraço bem apertado da sua amiga q muito lhe quer bem!
    Priscila.

    • Querida Priscila,
      .
      você, como sempre, generosa além da conta. Obrigado pelo sempre presente carinho, você e os colegas moram num lugar especial do meu coração. Obrigado.
      .
      Fico feliz que o texto achou morada na tua alma.
      .
      Um beijo grande e fraterno, na paz dAquele que nos une,
      mz

  32. Jeile disse:

    Um dos textos mais lindos que já li! Parabéns por deixar Deus te usar de uma forma tão bonita e simples, como Ele é! Deus te abençoe!

  33. celinhuu disse:

    Com tantas opções de fuga que temos hoje, fica fácil abandonar a complexa simplicidade de Deus, inclusive usando o próprio Deus como desculpa. O que tenho presenciado são os muitos olhos direcionados apenas para o alto, mas não para olharem para o Pai, e sim para Suas Grandezas; se maravilharem com o fogo que desce do céu, carruagens flamejantes que cruzam de uma ponta à outra do horizonte, Olhos de dimensões inimagináveis que Esquadrinham a fundo o nosso ser. O problema é que, de tanto procurarmos grandiosidades no alto, acabamos pisando o favo de mel escondido nas manifestações mais simples do Amor: o sorriso de um dos seus pequenos, o Universo contido em cada vírgula da Palavra, uma folha seca levada pelo vento, etc.

    Sou a favor de estar sempre com o Coração aberto a receber toda a Dádiva que Deus quiser nos dar, sem filtrar a maneira pela qual Ela irá chegar até nós; seja por um Anjo ou seja pelo vento, o que importa é de Quem provém tudo isto =] Sou a favor de sempre responder “sim” quando me perguntarem se sou batizado pelo Espírito Santo. Mesmo sem nunca ter falado em Línguas estranhas, ter tido Visões ou Profetizado, todo Aquele que quer recebe do Pai o mais sublime de todos os Dons: Jesus Cristo.

    A Paz do Rei, mano.

    Beijão

    • Olá, Celinhu,
      Uma bela visão, uma boa decisão e uma consistente reflexão. Fico feliz em cruzar em minha jornada com cérebros privilegiados como o seu.
      Deus te abençoe, mano,
      mz

      • Privilégio o meu, mano, por poder ler a tradução em palavras e Palavra de mais um dos bons conflitos que Deus lhe tem proporcionado; viver em sua pele a busca por apresentar-se livre das imundícias deste mundo diante do Pai e aceitar ter a Alma sensibilizada para gerar escritos como este após cada momento de sua Vida.

        Como membros do mesmo Corpo, se você está triste, eu também estou; se feliz, eu também; caso se machuque, sofro os mesmo ferimentos; sendo sarado, juntos daremos Glória; se você aprende com Deus, cresceremos em Sabedoria. Obrigado por compartilhar conosco teus sorrisos e lágrimas, escritos à penas e à duras penas.

        Deus te Abençoa, mano.

        Em Cristo que nos Une,

        Marcelo

      • Você é um bom homem, Marcelo. Eu que tenho de lhe agradecer.
        Deus te abençoe muito e continue florescendo esse teu coração generoso. Te abraço com carinho,
        mz

  34. Iara Souza disse:

    Logo se vê que o texto foi escrito por quem conhece a Bíblia.
    A Bíblia que contém poesia.
    Que fala do Ser.
    Do Ser que criou seres.
    A uns, o Ser, deu mente criativa para com as palavras brincar.
    A outros, o privilégio para delas desfrutar.
    Obrigada por me permitir ler um texto tão lindo!!!
    Deus o abençoe cada dia mais com este dom!!!
    Um grande abraço!!!
    =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s