Ontem foi dia 11 de setembro. Há exatos 11 anos os famosos atentados contra as Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York, fizeram enormes prédios virarem cinza, pó e ruínas num piscar de olhos. É uma data para refletir, repensar, chorar. Lembro que as igrejas, as sinagogas e demais templos religiosos da cidade tiveram um aumento significativo de frequência depois do que aconteceu. Pois em épocas de catástrofe é natural ao ser humano voltar-se para Deus. Refletir. Repensar. Chorar. Buscar o Senhor. E, depois, deixar que o Pai de amor aja em sua reconstrução.

Refletindo sobre a data acabei vendo que ela é emblemática. Pois apraz a Deus que muitos atravessem situações semelhantes. Passei por isso nos últimos meses. Por razões diversas, o Senhor – que está no controle de todas as coisas – quis que eu parasse, repensasse minha vida, minhas ideias, meus conceitos, o que vinha fazendo, o que não vinha fazendo. Foi um período de ouvir e não de falar. Ao fazer isso, você percebe que errou em muitas coisas. Acertou em outras tantas. Por paradoxal que soe, para ter clareza sobre nossa caminhada muitas vezes é preciso que venham os escombros, as nuvens escuras, a desolação. E, como consequência deles, a reflexão, a oração, a imersão nas Escrituras, a reconstrução. Tinha decidido parar de escrever no blog, faltava-me ânimo e vontade por uma série de motivos. Se volto a escrever aqui é principalmente por estímulo de meu pastor e de algumas outras pessoas.

Se você já atravessou momentos de grande sofrimento e fragilidade em sua vida sabe do que estou falando. É como se entrasse numa espécie de estado de choque, como se ficasse numa bolha e todo o ruído cessasse, sobrando apenas aquela voz dentro do peito. Como alguém imerso em silêncio dentro de uma piscina vazia, em que somente ouve-se ruídos vindos de dentro de si, a assolação traz a voz do Espírito Santo ao primeiro plano.

Hoje, no local onde ficava o World Trade Center existe um monumento. O chamado Marco Zero é uma lembrança da tragédia e uma prova da reconstrução. Pois sim, Deus usa as tragédias para reconstruir – e usa muito. Usou o Dilúvio. Usou a destruição de Jerusalém por Babilônia. Usou a depressão em que Paulo mergulhou após seu encontro com Jesus. Repare que as Torres Gêmeas não foram reerguidas. Algo diferente foi erigido em seu lugar. Aprendi que, quando somos postos abaixo, nada é reconstruído como antes. E, quando Deus permite a destruição, o que virá no lugar possivelmente será algo menor, porém com mais significado. Quem já foi reconstruído pelo Criador sabe do que estou falando.

Algo que a tragédia do 11 de setembro despertou enormemente foi a solidariedade. O afeto humano. O amor pelo próximo. O perdão. Que são o cerne do Evangelho, pois Jesus encarnou em solidariedade à humanidade caída para perdoar-nos por amor e nos reconciliar com Deus. Lembro de imagens de judeus ajudando cristãos, sikhs dando água a quem precisasse, muçulmanos chorando junto com católicos. Hoje creio que a renovação do coração é uma das principais causas da tragédia, uma oportunidade em que o Senhor nos propõe mudar ódio em amor. Podemos optar – e a Bíblia diz que seremos cobrados por isso (Rm 12.14-21). Na parábola do Senhor, o samaritano piedoso foi quem cuidou das feridas do judeu, alguém que normalmente nem olharia em sua cara. Hoje sei o que desejo fazer: amar o próximo, esquecer as diferenças, estender afeto ao diferente. Me concentrar no que realmente importa para o Reino de Deus. Pois, em épocas como essa, a consciência da transitoriedade da vida aumenta, o que parecia tão grave e nefasto no outro torna-se motivo de oração e graça e não de rancor. Depois que você atravessa o vale da sombra da morte, as diferenças não importam – importa o que você faz com relação ao próximo, em especial os que precisam de uma mão estendida. Muitos correram por suas próprias vidas quando as Torres caíram. Mas muitos ficaram para ajudar quem precisava, sem pensar no próprio bem-estar. Hoje peço a Deus que me dê uma força que não tenho em mim mesmo para ficar e ser alguém de quem Ele se orgulhe.

Lembro que em 1999 estive no topo do World Trade Center. Lembro que os helicópteros passavam abaixo de onde estava, tamanha era a altura. Lembro do que senti ali. E comparo com o que sinto hoje ao pensar naquele dia e no que aconteceria dois anos depois. São sentimentos diferentes. Juntos, formam em meu coração o legado daquele terrível evento.

Em nossa vida, é preciso lembrar dos momentos antes dos desastres e compará-los com os momentos posteriores. Fazer uma dialética e tentar entender quem somos. Se Deus permitiu que viessem desgraças sobre sua vida, meu irmão, minha irmã, haverá tempo para tudo. Virá o tempo de chorar, o de se prostrar, o de se cobrir de cinza e pó, o de se vestir de saco e o de se apavorar com o silêncio que vem com as ruínas. Mas depois virão períodos de grande diálogo com Ele, de aproximação, devoção, aprendizado. É quando Deus atende a oração que fazemos ao cantar “eu quero ser, Senhor amado, como um vaso na mão do oleiro. Pega a minha vida e a faça de novo. Eu quero ser, eu quero ser, Senhor, um vaso novo”. Que cântico terrível e extremamente necessário! Ele te refará. Reconstruirá. E nada será como antes.

Dos escombros brotará algo que nunca permitirá que você se esqueça da assolação. O que o Pai amoroso fará de você? Não tenho a mínima ideia. Mas Ele tem. E que seja algo melhor.

“Eu disse: Guardarei os meus caminhos para não pecar com a minha língua; guardarei a boca com um freio, enquanto o ímpio estiver diante de mim. Com o silêncio fiquei mudo; calava-me mesmo acerca do bem, e a minha dor se agravou. Esquentou-se-me o coração dentro de mim; enquanto eu meditava se acendeu um fogo; então falei com a minha língua: Faze-me conhecer, Senhor, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil. Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará. Agora, pois, Senhor, que espero eu? A minha esperança está em ti. Livra-me de todas as minhas transgressões; não me faças o opróbrio dos loucos. Emudeci; não abro a minha boca, porquanto tu o fizeste. Tira de sobre mim a tua praga; estou desfalecido pelo golpe da tua mão. Quando castigas o homem, com repreensões por causa da iniquidade, fazes com que a sua beleza se consuma como a traça; assim todo homem é vaidade. Ouve, Senhor, a minha oração, e inclina os teus ouvidos ao meu clamor; não te cales perante as minhas lágrimas, porque sou um estrangeiro contigo e peregrino, como todos os meus pais. Poupa-me, até que tome alento, antes que me vá, e não seja mais.”

“Antes que me vá, e não seja mais”: esse é o momento-chave de nossa caminhada, para onde tudo converge. Meditando neste 11 de setembro sobre as tragédias que ocorrem de um segundo para outro, nos levando à ruína e à reconstrução, me fixei nessas palavras do rei Davi, eternizadas no Salmo 39. Pensei nas vítimas dos atentados com um sentimento que em onze anos não sentira. E percebi que só sentir isso é uma prova de que algo Deus já mudou. O quê? Ainda não sei. O tempo dirá. Como meu amigo Pastor Marcos Filho me disse ontem pela manhã, “meus anos me ensinaram que bem-aventurado é o homem que recebe a graça de ser transformado naquilo que é necessário enquanto ainda é tempo”. Peça ao Senhor que você seja um desses bem-aventurados. Pode doer até seus dentes rangerem, pode ser fruto de ruína e assolação. Mas você agradecerá a Deus por toda a eternidade.

Dedico este texto a todas as pessoas que deram um passo à frente e entraram nos escombros para se deixar usar por Deus e ajudar a reconstruir. Vocês sabem quem são.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício
.

About these ads
comentários
  1. Carla Campos disse:

    Prezado Maurício, em lágrimas parabenizo você pelo post, pela sua bela e precisa escrita, mas louvo a Deus pelos escombros em que muitos de nós nos encontramos. Ao ler suas reflexões, vi traduzida a minha aflição, sobre o que Deus quer de mim, sobre o sentido das dificuldades, da ruína e da dor. Muitos ao nosso redor não tem a compreensão e a clareza que você traduziu em seu texto. Paz e bem!

    • Carla, olá,
      .
      me alegro que o texto tenha alcançado teu coração, apesar da dureza do momento em que você vive.
      .
      Oro ao Senhor que a aflição, as dificuldades, a dor e a reconstrução sejam breves e que você alcance a paz que excede todo o entendimento. Que os propósitos do Senhor se cumpram todos em sua vida e que encontre carinho, apoio e amor entre aqueles que te cercam. E que tudo o que está vivendo sirva para, no futuro, compartilhar sua experiência com os que vierem a passar pelo que hoje você passa, fortalecendo o próximo e doando-se em amor.
      .
      Fraternalmente,
      mz

  2. Erica Moreira disse:

    Caro irmão,

    Que bom que você voltou a escrever! Mais uma vez eu agradeço a sua instrumentalidade e gostaria de dizer que senti sua falta e nesse período orei por você e continuarei orando. Pode contar com isso.

    Que nosso amado Deus continue cuidando de você e da sua família.

    Um abraço

    • Erica, olá,
      .
      muito obrigado pelas suas orações e suas palavras de incentivo. Sou incapaz de expressar minha gratidão. Valem mais que ouro.
      .
      Desejo a você o mesmo, as bênçãos, a graça e o amor do Pai a ti e a todos os teus.
      .
      No amor de Cristo,
      mz

  3. Maria Lucia disse:

    Oh Glória a Deus Irmão Maurício, que bom tê-lo de volta, estava com muitas saudades dos seus textos sempre profundos e edificantes. O Senhor realmente sabe como fazer todas as coisas, Ele é Perfeito! Que Deus continue lhe abençoando, lhe fortalecendo e aperfeiçoando para que através da sua vida muitas outras pessoas possam ser fortalecidas. Firme e Avante!!!!! Que Deus em tudo vos abençoe.
    Fique na paz,

    Maria Lúcia

    • Olá, Maria Lucia,
      .
      obrigado pelo carinho e pelas palavras.
      .
      Peço ao Senhor que tudo o que você me desejou lhe seja concedido em dobro e que você seja abençoada, fortalecida e aperfeiçoada na graça de Cristo.
      .
      Deus te guarde e a toda a familia,
      mz

  4. É Maurício estava sentindo sua falta por aqui. Belíssima mensagem, que Deus possa nos tocar para que acordemos para o Seu propósito. Que Ele possa te fortalecer para seguir em frente. Suas mensagens têm feito a diferença na vida de muita gente, inclusive na minha. Deus te abençoe grandemente.

    A paz mano.

    • Fernanda, olá,
      .
      obrigado pelas palavras e pelo afeto. Fico contente por minhas reflexões tão simples te edificarem, que Deus me ilumine para continuar a fazê-lo com diligência e zelo.
      .
      Bênçãos e paz em dobro pra ti e toda a tua família,
      mz

  5. Alex Costa disse:

    Seja muito bem vindo novamente meu amigo, belíssimo texto, que possamos estar nos escombros se deixando usar por Deus.
    Alex Costa

  6. Lelê (Alessandra) disse:

    Meu amigo,
    Que alegria ler seu texto hoje cedo!
    Mais um texto belíssimo como de costume. As reconstruções são sempre melhores que as peças originais. São moldadas e feitas segundo a vontade de Deus.
    Que relação belissima que vc fez com os atentados. Isso se chama inteligência de Deus e com sabedoria dada por Ele.
    Eu sabia que esse tempo iria chegar o momento do recomeço, de ver vc “fazer as pazes” com o seu blog e continuar abençoando a nossa vida!
    E esse momento foi fundamental para vc repensar principalmente sobre o q escrever e de forma abençoar vidas. De uma coisa vc tem certeza, a sua palavra vem do Senhor e ela abençoa muitas vidas.
    Eu orei par que esse momento chegasse em um futuro próximo e confesso que eu agradeço a Deus, pois esse “futuro” veio mais rápido do que eu estava imaginando.
    Continuo louvandoa Deus pela a sua vida, a vida da sua família e pelo seu blog que continua abençoando a nossa vida!
    Com carinho,
    Lelê

    • Querida amiga,
      .
      eu que não tenho palavras para comentar seu comentário. Amo você e aquele seu noivo comedor de cobras e lagartos com muito carinho. E não é pelas caronas não, vocês são pessoas especiais demais. Quando crescer quero ser como vocês.
      .
      Obrigado por ser tão Igreja durante todo esse tempo. Impagável.
      .
      Com admiração e amizade, do mano
      mz

  7. Marco Juric disse:

    Bom dia querido irmão Zágari!!!!!!
    É muito bom poder ouvir as palavras que Deus colocou em seus lábios(dedos…rssss).
    Realmente uma ótima reflexão e estímulo para todos nós.

    Senti saudade…

    God bless you!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Ô, Marco, quem sentiu saudades fui eu.
      .
      Fico feliz por saber que meus dedos ainda têm alguma utilidade para Deus.
      .
      Deus abençoe você e toda a família, por favor mande um abraço bem apertado no Pastor Walmir.
      .
      Na paz do Mestre,
      mz

  8. Eliana disse:

    Que alegria receber este post esta manhã, Maurício! Mais uma vez constato que Deus é bom, muito bom. E responde as nossas orações. Glória a Ele!
    E que Deus te abençoe!
    Paz!

  9. Quanto tempo eim Maurício. Bom te “ler” de novo.
    Paz querido, que Deus continue lhe abençoando.

    http://elintonoliveira.wordpress.com

  10. Denise Machado disse:

    Querido irmão em Cristo
    Fiquei muito feliz em ler novamente sua reflexão. Que Deus continue usando seus dons para Sua obra. Abs

  11. Cabral. disse:

    Antes de mais nada, quero dizer que me foi uma surpresa extremamente agradável abrir meus e-mails nesta manhã e me deparar, após longo período, com um que hà muito não recebia… um do “apenas”.
    E durante a leitura pude compreender, mesmo que superficialmente, o que significou, e tem significado tal “tempo”.
    De cara somos convidados à um vislumbrar uma perspectiva sobre nós mesmos de um maneira diferente diante das “tribulações, lutas, guerras e conflitos pessoais”…
    Preciso ler novamente o post…
    Pelo “peso” da escrita, seria precipitado e superficial de minha parte, tecer conclusões. Não se trata de “leitinho” e sim de alimento sólido.
    Que O Senhor me de a graça de digerí-lo e que seja prática em minha vida.

    Senti sua falta, grande mano Zágari!

    Forte abraço!

    Cabral.

    • Querido Cabral, salve!
      .
      Obrigado por seu carinho perene. Me alegro por minha reflexão ter de algum modo te alcançado e provocado, por sua vez, uma boa reflexão em ti. Faço minha a tua oração.
      .
      Também senti tua falta, queridão. É bom comungar contigo novamente. Sigamos juntos, na troca de ideias e na edificação mútua.
      .
      Abraço forte, na paz e no amor de Cristo,
      mz

  12. Marcos Fonseca disse:

    amei,sabe eu já estive neste estado de bolha,e foi bem assim que aconteceu,hoje depois de muitos anos me encontro de novo em estado de silencio,mas sei que o Senhor esta no controle.
    Parabéns pela matéria muito edificante.

    • Marcos, salve,
      .
      peço ao Senhor que deste momento brote algo que venha a edificar a sua vida. Que em meio ao silêncio Deus fale alto ao teu coração.
      .
      Deus te abençoe muito e te dê paz. Te abraço,
      mz

  13. Fernanda Marreiro disse:

    A graça do Senhor nos basta!
    Feliz por saber que seu período de silêncio está produzindo as reconstruções necessárias para te fazer mais parecido com Jesus. Louvo a Deus por sua vida e por sua transparência em sempre compartilhar conosco suas experiências aqui no blog. Deus continue a obra em sua vida querido irmão.
    Graça e paz!
    Abraço carinhoso,
    Fernanda Marreiro

    • Oi, Nanda,
      prazer te ver por aqui. Obrigado pelas palavras, compartilho do seu desejo e peço a Deus o mesmo.
      Espero que esteja tudo bem com você, com sua familia e com a igreja.
      Abraço fraternal, no amor de Cristo,
      mz

  14. Pr. Evandro disse:

    Salve, mestre Maurício!

    Maravilhoso post.
    Que nessas reconstruções da vida o nosso coração seja sempre ensinável!

    Abração, mano.

  15. Jose Gad disse:

    Graça e paz, irmão Maurício.
    Estava saudoso em poder meditar nas palavras que o Espírito Santo vos tem inspirado.
    Deus seja contigo, sempre.

    As últimas semanas (ou posso dizer meses) têm sido de muita provação em minha vida como forma de aguentar algumas assolações.

    Muitas injustiças cometidas contra mim.
    E em alguns momentos a vontade foi de “revidar o mal”. Mas o interessante é que em TODOS os momentos que intentei fazer isso, por algum motivo, não consegui seguir avante.

    Ao invés de querer tomar as minhas próprias providências, sou guiado a apenas agir em prol de tornar melhor a situação de muita gente que tem “puxou o meu tapete”.

    Foi ilógico ao meus olhos, mas foi assim que aprendi.
    Mas agora, lendo as palavras que você transcreveu ao ouvir o seu pastor, entendo um pouco mais o momento que estou passando.

    Que Deus possa nos fazer/manter bem-aventurados, e assim Lhe sejamos gratos eternamente.

    Obrigado meu irmão,
    Que a graça de nosso Deus permaneça sobre você.

    Em Cristo,
    Jose Gad

    • Jose, salve! Deus seja contigo também.
      .
      Entendo perfeitamente, querido. Imagino como você esteja e me solidarizo contigo. Não tem o que agradecer.
      .
      Sei que nas horas que cometem injustiças contra nós a reação natural e humana é revidar, se vingar, devolver mal com mal. É o que todos nós sentimos. Só que, além de humana, essa vontade é também diabólica, demoníaca, não é o padrão de Cristo. Se você ler a passagem que mencionei no texto verá o que o Pai celestial deseja que seja a atitude de seus filhos:
      .
      “Abençoem aqueles que os perseguem; abençoem, e não os amaldiçoem.
      Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram.
      Tenham uma mesma atitude uns para com os outros.
      Não sejam orgulhosos, mas estejam dispostos a associar-se a pessoas de posição inferior. Não sejam sábios aos seus próprios olhos.
      Não retribuam a ninguém mal por mal.
      Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos. Façam todo o possível para viver em paz com todos.
      Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: “Minha é a vingança; eu retribuirei”, diz o Senhor.
      Pelo contrário: ‘Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Fazendo isso, você amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele’.
      Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem”. (Romanos 12.13-21)
      .
      O mesmo você encontra no Sermão do Monte, nas palavras do próprio Cristo.
      .
      Então tenha a certeza de que você fez o certo e que Deus se agradou da forma com que você agiu. No último dia, quando tivermos de dar conta de nossos atos ao Senhor, isso será confrontado. Melhor do que se vingar nesta vida e ser repreendido na eternidade é agir como Deus deseja, sem devolver mal com mal, e ser chamado de “servo bom e fiel”. Sim, você tomou a atitude certa, bíblica e cristã. Tenha paz, você é bem-aventurado.
      .
      Te abraço, mano. No paz que excede todo o entendimento,
      mz

  16. Natanael C Silva disse:

    Obrigado por ter voltado Maurício! Todos os dias eu vinha acessando o @hotmail, aguardando as suas meditações. Tenho certeza que elas têm abençoado a muitos. Sou grato a Deus por sua vida. Continue nesta caminhada, porque sei que Deus caminha com você. Um forte abraço meu irmão. Deus seja louvado por sua vida!

    • Natanael, olá. Imagina, querido, eu que agradeço. Espero que de fato o que aqui escrevo venha a abençoar vidas. Esse é o propósito. E a linha que desejo seguir em minhas reflexões de agora em diante é cada vez mais essa.
      Outro abraço, mano, obrigado pelo carinho. Louvo ao Senhor por ti também.
      No amor do Senhor,
      mz

  17. Rejane Miranda disse:

    Que bom ter você e seus pensamentos de volta…
    Que Deus reconstrua seus muros e ti alicerce!
    Deus é e sempre será contigo!

    Fica na paz que excede todo entendimento!

    • Rejane, muito obrigado. Fico feliz por saber que abençoo algumas pessoas por este canal.
      .
      Obrigado pela oração e a ela digo amém. Desejo a você bênçãos em dobro.
      .
      Que a paz de Cristo seja contigo e com toda a sua família.
      Fraternalmente,
      mz

  18. melinamartins disse:

    Que alegria ao ver na minha caixa de entrada “Novo post”. Que bom que você voltou a escrever no blog, sou muito edificada aqui. E que Deus me dê a graça de ser uma dessas bem-aventuradas.

    • Melina, olá, tudo bem?
      .
      Obrigado pelo carinho, mana, fico feliz por poder edificar sua vida.
      .
      Que o Senhor diga amém a sua oração. Só prepare-se, pois muitas vezes a recosntrução vem a um custo muito alto. O consolo é que a breve e momentânea tribulação produz um peso eterno de glória.
      .
      Deus abençoe você e toda a sua familia,
      mz

  19. Jacy disse:

    Meu querido mano, Maurício! Que saudade de seus posts!
    Sei bem o que é ser reconstruída após estar aos cacos, pois estou em constante construção nas mãos do meu Senhor. Que o Deus que faz novas todas as coisas seja sempre com você meu amigo. :)

    • Oi, Jacy, graça e paz,
      .
      espero que todo o processo que você enfrenta de reconstrução dos cacos seja indolor na sua vida e que te traga paz.
      .
      Te desejo o mesmo, que a presença e a graça do Senhor sejam sempre com você e Marcus.
      .
      Na paz do Senhor,
      mz

  20. Marise disse:

    Olá amigo, a paz! Em primeiro lugar, é muito bom ler outra vez um texto vindo de vc e como sempre carregado de íntimos e múltiplos sentimentos. Estava sentindo falta. Com certeza, renascer dos escombros que por vezes somos submetidos, nos torna pessoas melhores, mais sensíveis e mais atentas as oportunidades de expressar amor. A Bíblia nos ensina: “…porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Rm 5.5), mas às vezes precisamos viver momentos “limites” para entender o que o Senhor requer de nós. Lendo o seu texto, é impossível não lembrar de Davi declarando: “Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Sl 30:5). Bem vindo! Jesus te abençoe!

    • Olá, Marize, graça e paz!
      .
      Obrigado pelas suas palavras, fico feliz que as reflexões te edifiquem. Espero que seja assim e que a cada dia possa me tornar uma pessoa melhor, nesse perfil que você mencionou.
      .
      Jesus te abençoe muito, é bom falar com você novamente.
      Com carinho fraterno,
      mz

  21. danielpc disse:

    O Senhor é tremendamente bondoso e misericordioso para conosco Mauricio, mesmo nos desastres dessa vida Ele nos mostra Sua Justiça e Seu Amor, A Ele seja a glória Eternamente.
    Estou orando por ti meu irmão, e peço que se possível lembres de mim em suas orações ao Senhor, um abraço e estamos juntos nessa caminhada a pátria celeste, com carinho Daniel PC.

    • Salve, Daniel,
      sem dúvida, nas piores tragédias nunca podemos nos esquecer da bondade, do amor e da misericórdia do Senhor. Ela nunca nos abandona. Obrigado pelas orações. Pode deixar que você estará nas minhas também.
      Outro abraço carinhoso, no amor do Senhor,
      mz

  22. Robson Mioto disse:

    Particularmente fico feliz pelo retorno dos posts no seu blog Maurício.
    Acompanho ele desde o início e divulgei inumeros posts, pois eles são ótimos, muito edificantes e instrutivos e poderiam virar até um livro! Fica a ideia! ;)
    Gostaria até de saber se você não vem pra São Paulo qualquer dia desses fazer um visita na igreja, gostamos muito das suas reflexões por lá!
    Estranhei esse hiato nos posts, até porque estava acostumado com uma frequência de posts rápida.
    É bom ter o blog de volta e espero que esse período na sua vida tenha te ensinado bastante, todos passamos por momentos difíceis e é bom ver que você ainda continua de pé pela graça de Deus!
    Abraço!

    • Olá, Robson, a paz do Mestre,
      .
      muito obrigado pelas palavras quanto aos textos. É bom saber que aquilo que escrevemos abençoa vidas.
      .
      Não tenho viagem prevista para SP, Robson, senão teria prazer de comungar com os irmãos.
      .
      Sem dúvida esse período foi de muito aprendizado, que espero que venha a se converter em crescimento espiritual para mim e em bênçãos para quem me lê, como consequência disso.
      .
      Grato pelo seu carinho, te abraço, na paz e no amor do nosso Deus,
      mz

  23. Teresa Mesquita disse:

    Tava refletindo aqui sobre o que você escreveu Zágari..Os ataques a essas torres foi algo tão terrível e assustador. Me lembro como se fosse hoje nos noticiários o semblante das pessoas observando de longe, outras correndo ensanguentadas e chorando. Vidas foram destruídas por ambições humanas e mesquinhas que não pouparam esforços para atacar os EUA e com isso inocentes que tinham sonhos, projetos, famílias caíram junto com aqueles enormes prédios. Sabe acho que na nossa caminhada cristã também é assim, sofremos tantos ataques, derrepente uma palavra, ação vinda do inimigo destrói algo bom em nós. Que possamos está atentos e vigilantes para sabermos nos reconstruir diante dos ataques que nos fazem perder o foco de nossas vidas!!

    Deus continue te abençoando e fortalecendo em sabedoria… Abraço meu irmão. Você faz falta com mensagens como essa que nos fazem refletir e crescer em graça!!

    • Teresa, olá,
      .
      compartilho da sua visão, vejo da mesma forma. E cada vez mais penso que a reconstrução depende muito mais da ação de Deus do que da nossa mesma. Somos pó, Ele é tudo. A graça nos constrange e nos faz crescer em meio ao sangue e ao choro.
      .
      Obrigado pelas palavras, mana, me regozijo em saber que os textos do blog te ajudam a crescer espiritualmente.
      .
      Deus te abençoe muito,
      mz

  24. luiz Fernando disse:

    Ola, amado do Senhor paz seja contigo. Muito bom e ler mais um dos seus posts novamente. amado, eu estou precisando de uma reconstruçao. Desde a minha conversao passo por um problema que seja chama: oscilaçao espiritual e emocional. Pensei ate que eu estava com algum problema mental, cheguei quase a procurar um proficional. mas percebi que só o Senhor pode resolver, me curar. Ja conversei com varias pessoas, mas elas nao tem paciencia para ouvir ou n sabem o que falar. ultimamente isso tem sido desesperador, as pessoas me olha e ate dizen: ” que lindo um jovem na presença de Deus, ele e forte”. mas nao sabem o que se passa dentro de mim. oro, pesso a Deus uma saida, mas parece que minha visao se limitou, meu coraçao se endureceu e n consigo ouvir a voz do Espirito Santo. Sinto muita falta de sentir o amor e a presença do meu Deus. as vezes dá ate vontade de voltar para vida de prostituiçao, de bebida, mas eu nao quero. quero Deus. mas yu muito dificil caminhar com isso dentro de mim, as vezes penso que vou entrar em depressao. estou igual as torres gemeas precisando de ser derribada, para fazer algo pequeno mais que pelo menos faça sentido. desculpe o desabafo, Deus continue lhe abençoando na graça, na simplicidade e no amor de Cristo

    • Luiz, olá,
      .
      obrigado pelas palavras gentis. E não precisa pedir desculpas por desabafar, por favor.
      .
      Sobre o que você expôs, o que mais vai te ajudar acredito ser o desenvolvimento de uma vida mais sólida e frequente de oração e leitura da Bíblia. Posso dizer com conhecimento de causa a diferença que faz. É estereitar os laços com Deus, crescer em intimidade com Ele. E isso vai naturalmente te fortalecendo espiritualmente e te fazendo repugnar o pecado.
      .
      Sabe, Luiz, nos momentos em que não SENTIMOS a presença do Senhor devemos entrar com a razão. Temos que SABER que Ele é presente, mesmo sem sentir. Nos meus mais profundos vales eu vou à Palavra e racionalmente leio que Jesus nos prometeu estar conosco todos os dias, até a consumação do século. Então eu SEI disso, pois Ele afirmou. Mesmo que não SINTA. Percebe? É como estar num lugar sem vento. Você não sente a brisa, mas sabe que o ar está presente. Com Deus é assim. Quando Ele nos permite sentir é um mimo que nos faz. Mas não sentir não é prova de que Ele não esteja presente nem se preocupe conosco.
      .
      Não caia na tentação de voltar ao vômito. Acredite, não vale a pena. Somos tentados e provados, mas aprovados somente mediante a perseverança. Meus maiores pecados ocorreram quando me esqueci disso. Não se permita esquecer.
      .
      Imagino o quão dificil é. Penso que está na hora de você compartilhar esse fardo com alguém, mano. Eu recomendaria enfaticamente que você conversasse com seu pastor. Seja transparente e não esconda nada. Ele te ajudará. Numa situação extrema, se você realmente estiver sofrendo de depressão, pode até procurar um psiquiatra, que pode te auxiliar com terapia e/ou remédios baratos e simples, como o Rivotril. Apenas não se feche em si esperando os aviões baterem em você. A melhor reconstrução é a reforma: que ocorre sem que seja preciso entrar em colapso ou virar ruínas. Vá por mim: procure auxílio antes que isso ocorra.
      .
      A boa noticia, Luiz, é que é possível. Se Deus te chamou, Ele quer te ajudar. Ele te ama e te tem por filho. Ele não te abandonou nem abandonará. Certamente está permitindo que passe por tudo isso para fazer de você alguém melhor. Tenha fé. Não entregue os pontos. Leia o Salmo 40, medite e ore nele. Creio que te trará alento e renovo.
      .
      Oro por ti, irmão. Que o Senhor te dê a paz que excede todo entendimento.
      Abraço carinhoso, no amor, na graça e na soberania de Cristo,
      mz

  25. Andrey Ferreira disse:

    Oi Mauricio. Fico Feliz de ver um novo post. Como sou um dos seus leitores assíduos estava sentindo falta dos seus pensamentos que tanto me ajudaram desde que conheci o seu “mosteiro”. A respeito deste post, gostaria de dividir com todos uma experiência com Deus que aconteceu estes dias. Descobri na pele ultimamente que é por meio da destruição das nossas defesas próprias(hipocrisia dos nossos propósitos diante de Deus, pecados, desejos egoístas, falta de amor)pelo Espirito Santo de Deus é que notamos o quanto somos seres malignos e que necessitamos da graça de Deus oferecidos. Depois desse processo Damos muito mais valor ao Cordeiro Santo de Deus. E ao seu sacrifício por nós.

    Mais uma vez, Digo fico feliz da volta… Não pare de escrever pois muito tenho ganho com suas experiências. Fique na paz do Senhor Jesus.

    • Andrey,
      obrigado pelo afeto presente em suas palavras. Vem como uma brisa suave.
      Querido, o que você diz a partir da sua experiência é irretocável. É isso aí. Graça e graça somente. Nós não valemos nada.
      Permitindo o Senhor, estarei por aqui.
      Te abraço, na paz de Cristo,
      mz

      • Andrey Ferreira disse:

        Mauricio, se não for muito incomodo tenho algumas dúvidas teológicas que gostaria de te perguntar, pois a maioria dos cristãos que tenho contato físico não tem muito conhecimento e gostaria de saber a sua opinião. tem como falar contigo por Email? Fico no aguardo.
        A paz do Senhor

      • Andrey,
        Email respondido.
        Abraços, na paz de Cristo,
        mz

  26. Patrick Rodrigues disse:

    Muito bom o texto, Zágari. Nem acreditei quando vi que tinha post novo pela caixa de emails.
    Deus o abençoe!

  27. Jaque Grazi disse:

    Glória Deus! Entendi muito bem o post pois estou passando exatamente por esse período de reconstrução, e o mais impressionante é que muitas vezes achamos que estamos quase concluídos, aí o construtor verifica que algo pode ser melhorado.. aí ele bate em algum canto pra derrubar alguma parede ou colocar uma nova janela no prédio.. então dóiiii..
    Mas eu tenho carregado comigo a canção que diz: “Estou em obras.. e essa morada um dia será perfeição..”
    Só quero dizer que senti falta do seus textos e que espero que esse momento de silêncio tenha passado.. para que você seja usado a nos consolar e ensinas com as colações que foi consolado.

    Deus abençoe!
    Seja bem vindo de volta!
    Paz

    • Jaque, olá,
      .
      você tem toda razão, esse é muito o processo. E dói, realmente. Peço a Deus que a dor de todos os que são reconstruídos após uma assolação seja abreviada e que o Pai vire seu cativeiro por Sua graça e Seu amor.
      .
      Obrigado pela gentileza, fico feliz por meus textos edificarem sua vida. Faço minha a tua oração e peço ao Senhor que eu possa ser sempre canal de bênção nas mãos de Deus.
      .
      O Senhor te abençoe muito e a todos os teus,
      mz

  28. Alex Costa disse:

    Muito bom ter você de volta por aqui Maurício, seja mega bem vindo novamente, Deus abençoe.

  29. Jorge Alberto de Carvalho disse:

    Zágari, Deus te abençoe e continue usando sua vida e seus escritos para o louvor, honra e glória do nossos. E pode ter certeza para edificação e cura de muitas vidas.

    • Jorge, meu irmão,

      Obrigado pelas palavras. Que assim seja, se aprouver ao Senhor. Enquanto Ele me permitir meu desejo é poder abençoar. No pouco que posso fazer espero que haja alento e paz.
      Deus o abençoe muito e a todos os seus,
      mz

  30. Bianca Dias disse:

    Maurício, estou muito feliz com a sua volta…..uma fase para refletir não é?

    Não nos deixe, precisamos das suas reflexões….das suas opiniões, dos seus pensamentos, não se incomode com as criticas…Deus lhe conhece melhor do que nós!!!!!

    A paz!!!!!

    • Bianca, mana querida,
      Obrigado por todo esse apoio e demonstração de apreço. Queira Deus que eu possa de fato ser o que vc diz. Enquanto puder abençoar, o farei.
      Sua gentileza me comove e alegra. Deus a abençoe muito e a toda a familia,
      mz

  31. Lincoln Negrão Andrade disse:

    Maurício, irmão. Bom ver as portas do Apenas novamente abertas para nos receber! Obrigado pela doçura costumeira com a qual você nos convida para compartilhar um pouquinho de sua vida, suas idéias, suas aflições e angústias que, no final das contas, também são as minhas e de praticamente todos os que aqui adentram. Estarei por aqui irmão, lendo (mas nem sempre comentando) e orando (lembrando que preciso me aplicar mais diligentemente por cada compromisso de oração que assumo comigo mesmo) mas, sobretudo, certo de que Aquele que começou a boa obra em sua vida a completará até o dia de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Abraços e que Deus lhe abençoe!!

    • Querido Lincoln, que comentário comovente, obrigado.
      Fico feliz que você veja este espaço dessa forma. Que sempre seja edificante.
      Abraço forte, na paz do nosso Mestre,
      mz

  32. Iara Souza disse:

    Ow, meu querido, que saudade das palavras que falam ao nosso coração!!! Um tanto ausente das redes, estava aqui olhando o face, o e-mail e pensando “cadê o Zágari?” Foi então que vi no e-mail a nova postagem! Fiquei feliz ao vê-lo e mais ainda pela confirmação de Deus em tudo que li. Tive um fim de semana abençoado, em que Deus renovou minhas forças, reacendendo a chama pelo viver em Cristo, e por Ele. Deparar-me com esse texto é pensar “era só o que tava faltando”. Vi-me nas entrelinhas. Enxerguei-me em cada parágrafo. Entendi perfeitamente o que você passou. E o que enche o meu coração é a certeza de que, apesar de nós, Deus nos ama e se revela em cada momento de nossas vidas, em cada momento pelo qual passamos. Com lágrimas nos olhos e com a certeza de que Deus é conosco, digo a você: Decida, e não desista!!!

    Salmos 103.
    Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome.
    Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios.
    Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades,
    Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e de misericórdia,
    Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.
    O SENHOR faz justiça e juízo a todos os oprimidos.
    Fez conhecidos os seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel.
    Misericordioso e piedoso é o SENHOR; longânimo e grande em benignidade.
    Não reprovará perpetuamente, nem para sempre reterá a sua ira.
    Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniqüidades.
    Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.
    Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.
    Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece daqueles que o temem.
    Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.
    Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce.
    Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.
    Mas a misericórdia do SENHOR é desde a eternidade e até a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos;
    Sobre aqueles que guardam a sua aliança, e sobre os que se lembram dos seus mandamentos para os cumprir.
    O SENHOR tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo.
    Bendizei ao SENHOR, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra.
    Bendizei ao SENHOR, todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais o seu beneplácito.
    Bendizei ao SENHOR, todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio; bendize, ó minha alma, ao SENHOR.

    • Iara, olá,
      .
      Minha irmã, fico muito feliz de saber que essa simples reflexão falou fundo em seu coração.
      .
      Peço a Deus que o momento que você está vivendo resulte em crescimento espiritual e em glória para o nosso Senhor.
      .
      Gostei muito de uma expressão que você usou: “Apesar de nós”. Isso é a essência da graça. Muito bom.
      .
      Obrigado pelo Salmo. Que nossa alma bendiga sempre ao reconstrutor. A Ele toda a glória.
      .
      Deus a abençoe muito e a todos os seus. Na paz,
      mz

      • Iara Souza disse:

        Então, o “apesar de nós” foi uma das muitas coisas que impactaram minha vida naquele fim de semana… Uma expressão usada por quem ministrava a palavra e que me fez entender que tudo que eu vivi, serviu-me de experiência, mas também provou-me o imensurável amor de Deus! Ele é lindo!!! E nos ama… :’)

        Abração, meu querido!!!
        Fica na paz!!!

      • A paz, Iara!
        Abraço,
        mz

  33. muriel disse:

    Graça e Paz querido amigo!!!
    A semana passada ,conversei com uma amiga sobre a reconstruçao de nós mesmos.
    Em meio a conversa eu disse pra ela Rôgeria,eu construi minha casa na areia.Ela se assustou e falou magina!!
    Cheguei a essa conclusão depois de muito rrefletir,sobre a minha vida cristã,como encarei esse momento tão terrivel da minha vida e como fiquei apos esse acontecimento.
    Eu orei, jejuie e clamei pela vida do meu irmão,porém ela nao veio.Sabe o que aconteceu?
    Me rebelei,murmurei,me afastei de Deus!!!
    Se minha casa tivesse sido construida na rocha isso não aconteceria!
    Mas o mesmo que aconteceu nos EUA ,esta acontecendo comigo…Estou reconstruindo minha casa,essa sim na rocha,não esta sendo facil.Estou construindo em meio a lagrimas e dor.
    No final so restará a a lembraça e uma construçao melhor do que a que desmoronou!!!

    • Muriel, que lindo ver tanta sinceridade. É quando reconhecemos nossos erros e nossas fraquezas que começa o processo de mudança. Tenho certeza que essa sua clareza é fruto do trabalhar do Espirito Santo em você.
      .
      “No final so restará a a lembraça e uma construçao melhor do que a que desmoronou!!!” – é isso, mana. Que assim seja!
      .
      Deus te abençoe muito, com Seu amor, Sua graça e Sua paz. E como precisamos disso, não?
      Fraternalmente,
      mz

      • muriel disse:

        Hj posso dizer que vivo esse amor de Deus na minha vida.Como Jô posso dizer que antes conheccia a Deus de ouvir falar e hj o conheço pq ando com ele!
        Sentir o cuidado de Deus é inesplicavel!!!

      • Fico muito feliz, Muriel.
        Deus a abençoe muito e a todos os seus,
        mz

  34. luiz Fernando disse:

    Obrigado, Zágari. Com toda a certeza vou seguir o seu conselho. Agadeço a Deus por sua sabedoria, carinho e empatia. Me deu esperança de prosseguir nessa espinhosa caminhada, como li em um dos seus posts, fomos chamado para sofrer, por isso sigo somente na esperança da salvaçao. como diz em um trecho de musica: “é normal na guerra se ferir e pra nao morrer, as vezes pensa em fujir. cego pelo medo, nao ver que o gigante e bem menor que a mao de Deus….” Deus te abençor com toda sorte de bençaos. a paz e obrigado por tudo, se todos tivesse o amor ao proximo que vc tem, com certeza seria mais agradavel passar pelas dores da vida.

    • Luiz,
      .
      não tem o que agradecer. Enquanto Deus me permitir abençoar e edificar é o que desejo fazer, apesar de todas as minhas falhas e limitações. Estou bem longe da perfeição, mano.
      .
      Deus o abençoe com bênçãos e paz em dobro. Sigo orando por você.
      .
      No amor do Senhor,
      mz

  35. Encefalocio disse:

    Muito bom tornar a ler um texto, principalmente por este se mostrar de forma reflexiva e edificante.

    Louvo a Deus por sua vida Zágari.

    Fique na paz, e continue escrevendo sempre, mesmo que as pessoas não vejam.

    Abraços.

  36. Evangelista disse:

    A paz do Senhor Jesus.

    Ola Maurício!

    Percebi que você está mais otimista, mais positivo na fé. Esses sentimentos transmitidos é bálsamo para alma. Cura até depressão e outras enfermidades. Dá mais sentido, mais significado em relação as bens aventuranças do Senhor. Há mais lógica espiritual. É um refrigério. Edifica mais.
    A glória da segunda casa é sempre maior do que a primeira. É renovo. É rebento.
    Li todos os comentários, e, em cada um, há uma mensagem nas entrelinhas. Muito bom.

    Deus abençoe a todos em nome de Jesus.

    • Salve, Evangelista,
      .
      um dos frutos da assolação é que ela nos faz olhar menos o defeito alheio e buscar mais edificar do que criticar. A crítica segue sendo importante, mas quero voltar-me mais ao cerne do Evangelho: cura de alma, transformação, perdão. É uma das minhas propostas no que escrever a partir de agora: voltar-me mais ao indivíduo e preocupar-me mais com almas humanas. Faz parte do processo.
      .
      Deus abençoe muito sua vida,
      mz

  37. Nadine Melo disse:

    Caro Mauricio, como me alegro de te ver novamente por aqui…
    Foste mt usado por Deus no que tu escreveste, pois estou passando por momentos nos escombros… Agradeço ao Senhor pela Tua vida e pq Ele te reconstruiu.
    Que Deus te abençoe e derrame mta sabedoria sobre a Tua vida, para que Ele te use cada vez mais. És um verdadeiro vaso do Senhor, usado nas mãos do oleiro…

    Um grande abraço…

    • Olá, Nadine,
      .
      fico feliz por ter sido usado por Deus em sua vida. Não sou isso tudo, conheço meus pecados. Mas pela graça de Cristo todos nós podemos fazer algo pelo próximo, não é? Passe adiante.
      .
      Oro a Ele que sua tribulação seja breve e que logo chegue a manhã com sua alegria. Que te fortaleça e te dê paz.
      .
      No amor de Cristo,
      mz

  38. Franklin disse:

    Cara, não consegui achar palavras para descrever o quanto estou contente por te ver de volta…
    Suas reflexões são, sem dúvida alguma, dinivamente inspiradas, louvo a Deus por ainda existirem tais exemplos de fé.

    Quanto ao post…
    Quão necessário é, que voltemos aos escombros para termos um verdadeiro vislumbre da capacidade humana em contraste com a Graça divina.
    Lendo a carta de Paulo aos romanos vejo o quanto o autor se esforça em guiar seus leitores por um caminho de escombros, afim de que vejam sua dependência de um Deus cujos caminhos são prefeitos, um Deus cujas obras são perpétuas.
    Quando todo o mundo está coberto de entulho, a cruz é a obra mais completa sobre a terra.

    Ainda que no começo seja doloroso, amargo e angustiante, no fim temos a plena satisfação em Deus, o que é revigorante!

    Um abraço de seu filho na fé.

    • Salve, Franklin,
      .
      querido irmão, que palavras tocantes e imerecidas. Louvo a Deus pelo seu coração gentil.
      .
      Sem dúvida essa é a caminhada cristã. Dos escombros brotar algo novo. Deixar para trás os erros do passado e prosseguir, amando a Deus e ao próximo. Dói desmoronar. Mas sou grato a Deus pelo que vem após isso. Caminhar por entre as ruínas silenciosas nos faz ouvir mais a voz de Deus.
      .
      Sobre “Quando todo o mundo está coberto de entulho, a cruz é a obra mais completa sobre a terra.”, meu irmão, que pensamento mais bonito e verdadeiro! É isso e só.
      .
      Outro abraço, querido, que o Senhor te abençoe muito,
      mz

  39. Sarita Knup disse:

    Que saudade de ler seus artigos. Que bom que voltou a conversar conosco.
    Que Deus te abençoe, te cure, te console… és um amado do Senhor!

  40. Luciene Pimentel disse:

    Olá, Zagari,

    Como vc pode perceber pela quantidade de comentários, estávamos todos com muitas saudades e sentindo falta de seus artigos.

    Quando vi o novo post na minha caixa de entrada foi como se tivesse chegado notícias de um amigo querido que há muito eu não tinha contato. Foi sem dúvida uma grande alegria e deixei para ler num momento em que pudesse saboreá-lo com calma.

    Quando leio seus artigos e vejo os comentários que eles provocam consigo ver que há mais pessoas no mundo com dúvidas, com aflições, com lutas internas, com paradoxos insolúveis, apesar de ter a Jesus Cristo como único senhor e salvador. Que bom saber disso…

    Tudo isso faz parte da nossa vida cristã, não é mesmo?

    A graça de Deus é maravilhosa e só ela proporciona que pessoas em escombros possam se ajudar umas às outras.

    Louvo ao Senhor por sua vida e seus artigos, porque certamente vc tem sido instrumento dEle para edificar a muitos, inclusive a mim.

    Peço a Deus que, em seu infinito amor e misericórdia, nos reconstrua a nós todos e te dê forças para continuar escrevendo.

    Um grande abraço. Graça e Paz.

    • Luciene,
      muito obrigado por suas palavras tão carinhosas e incentivadoras.
      .
      Fico feliz por de algum modo contribuir. Olho em volta e o que vejo é isso mesmo que vc disse: muitos que sofrem, choram e precisam do Senhor. Enquanto eu puder ser usado por Ele para trazer um pouquinho que seja de paz e afeto aos meus irmãos eu o farei.
      .
      É um prazer ter sua companhia no blog. Sempre que quiser, estou por aqui.
      .
      Deus te abençoe muito e a toda a família,
      mz

  41. Sueli Cajeron disse:

    Precioso esse seu texto! Deus já me levantou dos meus escombros muitas vezes, e também sou grata a Ele e às pessoas que usou para isso. Deus o abençoe, estava sentindo falta de seus posts.

    • Olá, Sueli,
      .
      Fico feliz que o texto tocou seu coração.
      .
      Quem já passou por isso entende, não é? Passamos a dar valor a coisas e pessoas a que antes não dávamos. Quando baixamos nossa guarda e entregamos o controle a Deus muito muda e muito se torna visível.
      .
      Deus é bom. Louvado seja sempre!
      .
      Deus te abençoe muito, com seu amor e sua paz,
      mz

  42. Paz, querido!
    Você faz falta, que bom que está de volta.
    Seus textos muito nos edificam.
    O Senhor continue lhe enchendo de graça para cumprires aquilo para o qual és chamado.
    No grande amor de Cristo,

    Sua pequenina irmã,

    Patrícia Fonseca.

    • Poxa, Patricia, muito obrigado. Suas palavras mostram que se você é pequenina seu coração é enorme. Louvo a Deus por isso.
      .
      Te abraço fraternalmente. No amor do Senhor,
      teu pequenino irmão mz

  43. Rosana disse:

    Que bom tê-lo de volta,,, pesquisava aqui e como não havia novidade eu ia pro gospelmais pra ver se vc estava na ativa. Louvado seja nosso amado Senhor. Teus textos me trazem esclarecimentos e têm edificado minha vida. Deus te abençoe cada dia mais ! E que continues assim, “adorando-O” em todas as circunstâncias.

  44. Força mano! Muita força… precisamos muito nestes dias. Abraços.

  45. Grande Zágari, graça e paz,
    Estava com saudades de vc mano… quando recebi o e-mail do blog me alegrei! Que bom que Deus está tratando de vc, te reconstruindo. Como sempre mais um post edificante. Vlw mano,tamo junto, abração ;)

    • Salve, Márcio!
      Obrigado, queridão. Tb sou grato a Ele por tudo, o Senhor sabe todas as coisas e nunca nos desampara, mesmo na mais profunda noite escura da alma.
      Abraço forte, na paz e no amor de Cristo,
      mz

  46. Lana Benvindo disse:

    Mauríciooo! Paz seja convosco!!!

    Que prazer revê-lo por aqui!! Fiquei muito feliz em ler o seu post e sabia que quando voltasse, você voltaria reconstruído. O Espírito Santo me avisou que você tinha voltado a escrever, por isso passei por aqui, rs. Confesso que estou vivendo esse momento, um momento de se deixar ser quebrada para o Senhor fazer um vaso novo. O meu antigo pastor diz que o Espírito Santo é o espelho que mostra as nossas imperfeições, e posso dizer hoje que o cântico do meu coração é: “Quero voltar ao início de tudo…” E não só no espírito, mas em todas as áreas da minha vida, tenho revisto os meus conceitos como esposa, mãe, dona-de-casa, obreira, funcionária, como amiga e filha de Deus, numa coisa você tem razão: Quando somos reconstruídos, nada é ou será como antes.

    Um grande abraço a todos,

    Lana Benvindo (ICNV – Jardim Bangu – RJ)

    • Lana, minha irmã, prazer te ler!
      .
      Obrigado pelo carinho. Fico feliz que o Senhor esteja tratando com vc tb. As dores do parto são difíceis, mas a benção que vem depois supera tudo. Estamos no vale, mana, mas um dia ele chegará ao fim e veremos a luz do Sol.
      E sim, Deus nos confronta com nossas imperfeições e isso gera muito sofrimento. Mas é melhor sofrer agora para melhorar do que viver em meio a facilidades e colher frutos amargos na eternidade. Essa é a esperança, isso é Evangelho.
      .
      Deus te abençoe muito e a todos os teus. Na paz do Mestre,
      mz

  47. Zágari,

    Primeiramente, quero te encorajar a nos edificar com teus posts.

    Em segundo lugar, este post é uma testificação das perguntas que tenho feito ao Senhor, diante de algumas situações que tenho vivido.
    Como recém pastor ordenado, em meio à tanta bagunça em nosso meio, sou um pastor que precisa ser pastoreado e novamente ser alimentado, pq sinto que estou por vezes muito fraco e não estou conseguindo digerir direito muitos “alimentos” que tenho recebido.

    Nossas conversas no facebook foram edificantes, dando um prisma daquilo que eu já pensava antes, mas também abrindo minha visão para coisas novas e reflexões sobre diversas coisas. Uma delas em relação ao meu blog.

    Que o Senhor continue te abençoando.

    Paz!

    • Salve, Pastor Anderson! Que bom ter notícias suas!
      .
      Fico feliz que Deus usou esse simples texto para falar com vc. E obrigado pela acolhida tão fraterna e amorosa, em forma de encorajamento.
      .
      Fico feliz de ver sua humildade e o reconhecimento de que precisamos todos ser pastoreados. É isso mesmo. Não sei o que seria de mim sem meus pastores.
      .
      Também me alegro por de algum modo as conversas que tivemos terem edificado sua vida e ajudado tuas decisões. Louvo a Deus por isso.
      .
      Receba meu abraço, querido irmão. É um prazer falar com vc.
      .
      Deus o abençoe, a sua familia e à igreja que pôs aos seus cuidados,
      mz

  48. Guilardo Falcão disse:

    Meu querido, fui muito abençoado ao ler esse post, por favor, não pare de escrever pois creio que muitas pessoas deixariam de ser abençoadas.

    • Guilardo,
      .
      Fico feliz por ser canal de benção, mano.
      .
      Enquanto aprouver a Deus que eu escreva seguirei fazendo. Estou nas mãos do Todo-Poderoso, disposto a ser usado enquanto Ele desejar e me permitir. Ore por isso, se quiser e puder.
      .
      Obrigado pelo afeto e as palavras. A paz de Cristo seja contigo,
      mz

  49. Higor Machado disse:

    Ei Maurício,
    Não tenho o que dizer apenas agradecer a Deus por ter colocado cada palavra dessa em seu coração, e vejo que tudo em minha vida está sendo reconstruído. Obrigado mesmo. Glória a Deus. Deus te abençoe muito.

    • Olá, Higor,
      .
      muito me alegro por minha pequena reflexão ter alcançado seu coração.
      .
      E me alegro ainda mais por saber que você está em processo de reconstrução e aperfeiçoamento. Louvo a Deus pelo que Ele está fazendo na sua vida e pelos muito frutos que você ainda certamente vai produzir.
      .
      Jesus te abençoe em dobro,
      mz

  50. Jean disse:

    Zágari,graça e paz em sua vida irmão!
    Sabe,amado nestes dias em que o Apenas ficou sem posts novos,parecia as páginas brancas existentes entre o Velho e Novo Testamento na Bíblia..rs…E vejo que o irmão voltou em grande estilo,como uma excelente abordagem fazendo analogia entre o 11/09 e nossas tragédias pessoais.Só lamento que neste ínterim entre os posts,mais bizarrices tenham surgido em nosso meio.Pessoas que se dizem de Deus,e da causa pela “Igreja”,agora COBRAM dela direitos autorais sobre suas músicas..irmão,me desculpe..vou parar por aqui..o resto da reflexão deixo com você..
    Um abraço fraterno..

    • Ô, Jean, que gentileza. Obrigado pela deferência. Fico feliz que o texto te agradou.
      .
      Tomei ciência do caso dos direitos autorais, mas pelo que soube essa “cobrança” não é mandatória.
      .
      Outro abraço grande, na paz do manso Cordeiro,
      mz

  51. Lucas Banzoli disse:

    Olá, Maurício.

    Fiquei imensamente feliz em ver que você voltou a postar novos artigos novamente. Estive orando neste tempo por você, para que você voltasse a escrever e para que estivesse tudo bem com você. Seus artigos são os melhores na internet sobre o tema proposto, meus parabéns!

    Obs: eu vi no youtube uma pregação sua muito boa sobre o amor de Deus, e tomei a liberdade de postar em meu site, se você não se importa:

    http://www.apologiacrista.com/index.php?pagina=1087053883

    Que Deus te abençoe e continue o capacitando para escrever novos artigos.

    Abraços!

  52. Luiz Felipe disse:

    A paz irmão Mauricio, bom vê-lo, melhor lê-lo novamente.
    .
    Embora o seu texto tenha sido uma benção, como de costume, desta vez vou deixar minha admiração às palavras mencionadas do pastor Marcos Filho
    .
    “meus anos me ensinaram que bem-aventurado é o homem que recebe a graça de ser transformado naquilo que é necessário enquanto ainda é tempo”
    .
    Essa é para anotar e não esqucer.

    A paz.

    Luiz Felipe.

  53. Helen disse:

    meu irmão, que bom que você desisitiu de desisitir do blog, pois o conheci em momento de grande angústia e seus textos foram como bálsamo naqueles momentos. Que o Senhor te abençoe cada vez mais.

    • Fico muito feliz por ser útil, Helen. Louvado seja Deus por isso.
      .
      Ore por mim, se quiser e puder. Querendo Deus, estarei aqui.
      .
      Obrigado pelo carinho e Deus te abençoe muito,
      mz

  54. ozana corguinha pereira disse:

    Olá Maurício!!A paz e graça de Cristo.
    Lendo seu post me veio a mente o profeta Elias qdo fugiu e se refugiou naquela caverna e de como ele ouviu a voz do nosso Senhor.Talvez esteja equivocada mas vejo em ti um pouco do que Elias sentiu,viveu e experimentou naquele momentos de solidão.Só não se esqueça que a voz de Deus soprou suave e serena aos seus ouvidos.Um forte abraço fraternal.

    • Paraná, olá,
      .
      vc acertou na mosca. Tenho lido e meditado nessa passagem e consigo achar muitas semelhanças.
      .
      Se puder e quiser, ore pelo mano aqui. Suas orações são importantes.
      .
      O Senhor seja sempre contigo, com Seu amor e Sua paz,
      mz

  55. Gamaliel Martins dos Reis disse:

    Graças a Deus por sua vida irmão, bem-vindo, de volta… rsrsrs
    Estou passando por esses escombros e não sei, ainda, o que Deus quer de mim, mas assim como Jó, gritarei: Ainda que ele me mate, nele esperarei (Jó 13:15).
    Na paz do mestre!

    • Gamaliel, olá,
      .
      esse é o espirito, meu irmão. Que Deus abrevie o tempo das ruínas, para que a restauração venha breve. É meu desejo sincero.
      .
      Te abraço, no amor de Cristo,
      mz

  56. Ananda Jane disse:

    Edificante! Sem mais.

    Date: Wed, 12 Sep 2012 10:32:32 +0000 To: ananda.cvlh@hotmail.com

  57. Poliana Vieira disse:

    Olá irmão!

    Realmente você fez muita falta. Entrava direto no blog para saber se tinha alguma nova postagem. Fiquei até preocupada. Imaginei que esse era um tempo de reflexão. Estou passando um momento de reconstrução. Deus permite coisas em nossas vidas para nos aperfeiçoar, fazer de novo. Deus olha mais a frente, nosso futuro, o nosso fim. Se preciso for passarei por lutas para ser um vaso de honra, uma serva boa e fiel. Deus é maravilhoso! Maravilhoso por tocar sua vida e te usar para nos abençoar. Suas palavras nos edificam, abre nossos olhos, nos faz seres pensantes. rsrsrs Deus abençoe muito a sua vida e não deixe de usar o que Deus te deu, afinal é vaso e Ele é o oleiro. A recompensa é certa. Abraços

    • Poliana,
      Obrigado pelas suas palavras tão gentis.
      .
      Sobre o que vc falou sobre a forma de Deus agir é exatamente isso, sem tirar nem pôr.
      .
      Deus a abençoe muito, com Sua paz e Seu amor,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s