Sou a favor do aborto

Publicado: 20/06/2011 em Aborto, Espiritualidade, Pecado

Acho muito curioso quando as mulheres que praticam abortos ou os indivíduos que defendem essa prática justificam-se usando o argumento de que “cada mulher é dona de seu próprio corpo” e, por isso, pode fazer o que quiser com ele. Esse é o argumento principal: já que o corpo é meu, tenho total soberania sobre ele. Isso incluiria o direito de aniquilar aquele ser humano que ali está alojado. Bem, existem algumas questões a serem consideradas sobre esse argumento.

Em primeiro lugar, biblicamente ninguém é dono de seu próprio corpo: seu dono é Deus, o autor da vida. Mas nao precisamos nem entrar pela teologia, até porque para um ateu esse argumento não tem nenhum valor, visto que não crê na Bíblia. Então caminhemos por outras veredas, como, por exemplo, o campo jurídico.

O argumento de que cada um é dono de seu próprio corpo mediante a lei é relativo. Quer ver? Quebre a lei. Cometa um crime. Você verá que quem vai decidir se seu corpo ficará trancafiado em uma cela por anos ou se ele terá o direito de continuar andando solto por aí será um juiz ou um júri – não você. Ou então complete 18 anos e veja se, salvo tendo você um bom pistolão, não será obrigado a levar seu corpo todos os dias, durante um ano, a um quartel, onde um militar qualquer vai obrigar seu corpo a fazer polichinelos e flexões, saltar obstáculos e coisas afins. Ou seja: mesmo que não estejamos falando em termos religiosos, a ideia de que seu corpo é propriedade exclusiva sua não passa de uma doce ilusão.

Tendo visto isso, chegamos à questão do aborto. Essa mesma ilusão leva milhares de mulheres a assassinar seus próprios filhos dentro de seus ventres, por achar que têm esse direito. A verdade, queira-se ou não, é que aquele indivíduo que está temporariamente dentro do corpo da mulher não faz parte do corpo dela. Nem de longe. Ou seja: mesmo que a teoria de que cada um seja proprietário de seu corpo fosse verdadeira, o ser humano que cresce dentro do organismo de uma grávida não faz parte do mesmo corpo.  Ou seja, é apenas um inquilino, que está ali para se alimentar por nove meses até chegar a hora de enxergar a luz do sol. Por meio de um cordão umbilical, aquela pessoinha apenas se alimenta e se oxigena.

E é extremamente fácil provar que um feto não faz parte do corpo da mãe. Consideremos o DNA. Toda e qualquer célula do seu corpo, amigo leitor, carrega em si o mesmo DNA, ou seja, o mesmo código genético. Sejam células do cabelo, da bochecha, da pele, do duodeno ou do osso do calcanhar. Agora, compare o DNA de qualquer mãe com o DNA de seu filho e você descobrirá que são diferentes. O que prova que geneticamente o corpo da mãe e o corpo do filho são entidades essencialmente distintas.

Vamos além: tipo sanguíneo. O meu é A negativo. O de minha mãe não. Se o sangue de minha mãe correr dentro de minhas veias eu entro em colapso e morro. E isso ocorre porque o sangue que percorre meu corpo é diferente do de minha mãe, o que é mais uma prova de que somos entidades distintas.

Pensemos agora em um assunto não muito agradável, mas ilustrativo: amputações. Sempre que você amputa uma parte de seu corpo, alguma funcionalidade se perde. Se decepar a mão direita, sendo você destro, por exemplo, terá de reaprender a escrever. Se amputar uma de suas pernas dependerá de algum prótese ou muleta para poder caminhar. Já no caso do aborto, o corpo da mãe-hospedeira não perde nenhuma funcionalidade. Isto é, em termos meramente funcionais, a remoção da criança não altera em nada o funcionamento do organismo da mãe. Mais uma prova de que trata-se de um ser humano completamente independente.

Em resumo: abortar sob o argumento de que a mãe tem direito sobre seu próprio corpo é uma tremenda desculpa esfarrapada para desculpar o indesculpável. É uma justificativa capenga e sem o menor nexo religioso, jurídico ou biológico para justificar o injustificável. Por uma única razão: aquele corpinho que cresce lindamente dentro do corpo da mãe não faz parte do corpo dela, apenas extrai dela o que precisa até se tornar uma criatura autônoma. É um ser humano absolutamente à parte. Logo, a mãe não tem direito algum de assassiná-lo sob o argumento de que tem direito sobre seu próprio corpo.

Mas sou a favor do aborto

Porém, como eu disse no título deste artigo, sou a favor do aborto. Sou 100% a favor. Tornei-me a favor do aborto em 1996, quando Jesus me converteu. Mas, antes que você queira me apedrejar, preciso explicar que não estou me referindo ao abominável, desumano e bárbaro aborto de seres humanos. Me refiro a um aborto que tem de ser feito todos os dias, dia após dia, durante toda a vida. Pois dentro de meu corpo cresce uma entidade que não pertence a ele, um parasita que não compartilha do meu DNA, que não tem o mesmo sangue que eu mas que se alimenta de minhas fraquezas e paixões, crescendo mais e mais dentro de mim. E, se eu não fizer um aborto todos os dias, constantemente, extirpando de mim esse elemento maligno initerruptamente, ele vai acabar sugando de mim toda a vida e me condenando à morte.

Seu nome é pecado.

A entidade que cresce dentro de uma mulher é resultado de uma união, a união de dois seres que estabeleceram um relacionamento e isso gerou aquela vida. Já a entidade que cresce dentro de mim é resultado de uma separação, a separação de dois seres que tiveram uma quebra de relacionamento e isso gerou aquele parasita. Foi quando Adão rompeu seu cordão umbilical com Deus que isso fez com que todos os seus descendentes passassem a nascer com aquele tumor espiritual dentro de si. Um tumor maligno que envenena, distorce nossa natureza e nos tira a saúde espiritual que inicialmente o Senhor planejou para toda a humanidade.

O pecado, assim como um feto, começa pequeno, às vezes imperceptível, e, quanto mais de nossa natureza humana lhe concedemos, mais ele cresce, fortalecendo-se e agigantando-se. Contrariando minha natureza de filho de Deus. Tentando deformar-me e me transformar em algo de um aspecto quasimódico.

No caso do feto, é a mãe que lhe transmite todo tipo de elementos necessários ao seu desenvolvimento: nutrientes, oxigênio e tudo o mais que o fará crescer e viver. Já no caso do pecado, tudo de que ele precisa para crescer e sobreviver é que não o abortemos. Basta deixa-lo ali, tranquilo em seu canto, quietinho, pois o mero contato dele com nossa natureza humana já lhe dá todo alimento de que necessita. Só que, ao contrário da relação entre uma mãe e seu filho, em que ela é quem lhe transfere elementos, é o pecado quem transmite ao seu hospedeiro todo tipo de elementos nocivos: imoralidade sexual, fornicação, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a essas.

Se o feto que vive dentro de uma mulher não for abortado, crescerá tanto que um dia, após nove meses, deixará seu corpo. Mas, no caso do pecado, se ele não for abortado crescerá tanto que um dia poderá chegar ao ponto de se enraizar no seu organismo a tal ponto que tomará conta de sua vida. E, assim, assumirá o controle. Os braços do pecado crescerão por dentro dos seus, as pernas dele se desenvolverão por dentro das suas, o coração do pecado tomará lugar do seu e você começará a pensar com o cérebro do pecado. Como num filme de terror em que um parasita alienígena implantado no corpo de uma pessoa assume aos poucos sua identidade, assim é com o pecado: se não o abortarmos o quanto antes, em breve nossa natureza regenerada e justificada será substituída pela natureza pecaminosa. É o que 1 Tm 4.2 chama de consciência cauterizada.

Essa é a explicação para quando um obreiro frauda o imposto de renda ou a contabilidade de sua empresa. Ou quando um pastor abandona sua esposa. Ou quando uma mulher de Deus se rebela contra a autoridade de seu marido. Ou quando cristãos sinceros enveredam pela política partidária e se deixam corromper. Ou quando um conselho de uma igreja trabalha com caixa dois. Ou quando liderados conspiram contra seus líderes. Ou quando líderes enxergam os membros de sua igreja mais como dizimistas do que como almas. Ou quando um cristão não honra com sua palavra ou seus compromissos. Ou quando um pastor rouba. Ou quando um homem espiritual passa um cheque sem fundos. Ou quando um filho criado na igreja se rebela contra seus pais. Ou quando denominações evangélicas desqualificam outras denominações. Ou quando nosso sim deixa de ser sim e nosso não, não. Em qualquer um desses casos e muitos outros simplesmente aquele pecado maldito não foi abortado enquanto ainda era tempo.

A boa notícia

Mas há uma boa notícia: nunca é tarde para praticar esse aborto. Se você identifica que esse tumor maligno chamado pecado infiltrou-se de tal modo no organismo da sua alma a ponto de te afastar de Deus, há um local onde esse aborto pode ser praticado de forma legalizada e livre de efeitos colaterais.

Chama-se joelho.

Prostre-se. Humilhe-se. Suplique. Rasgue seu peito ante o Senhor e confesse a Ele tudo o que intoxica sua alma. E isso numa conversa franca e sem medos. Busque junto ao Espírito Santo a libertação desse pecado que tanto te envenena. Nunca é tarde demais para isso. Seja lá qual for o pecado que assola a sua vida, você pode neste exato instante submeter-se a uma cirurgia espiritual que vai eliminar totalmente esse parasita infeccioso. E estou falando isso para cristãos, pois muitos de nós que amamos de verdade a Cristo e ao Evangelho diversas vezes deixamos certos pecados crescerem em nós, alimentados por nossas fraquezas e paixões. E para expeli-los precisamos desesperadamente de Jesus.

Sou a favor do aborto do pecado. Foi para realizar esse aborto que Jesus se fez carne e veio até nós, para fazer aquilo que o anjo disse a José em Mateus 1.21: “Ele salvará o seu povo dos seus pecados”. Afinal, como o próprio Cristo afirmou, “Não necessitam de médico os sãos, mas sim os enfermos; eu não vim chamar justos, mas pecadores” (Mc 2.17). Ainda há tempo de buscar socorro junto ao médico dos médicos. Para aqueles que assim não fizerem, o próprio Cordeiro de Deus, que veio para tirar o pecado do mundo, dá, em Jo 8.21, o terrível diagnóstico: “Morrereis no vosso pecado”. Você, querido leitor, sabe exatamente qual é o pecado que tem infeccionado a sua alma. Mas a boa notícia é que a cura está à disposição. Cabe a você optar: morrer no pecado ou vê-lo abortado de sua alma. O que vai ser?

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício
.

About these ads
comentários
  1. Laís disse:

    Que benção! Sinto unção em suas palavras.
    Parabéns.
    Deus continue dando-lhe sabedoria para falar, com base em Sua palavra, sobre assuntos tão polêmicos e instigantes.

    Laís.

  2. luciano disse:

    Bom DIa, Mauricio.

    Tomei um susto, agora, no tiwtter quando vi seu tópico, cheguei a pensar: ” Até o Mauricio o que houve…”, mas agora estou tranquilo e ao mesmo tempo concordo com tudo o que disse, e ,mais a mulher está ligada ao feto por “simbiose” como disse são seres distintos. A maioria dos abortos é feita por culpa da “promiscuidade” que impera no mundo, muito pouco é por estupro ou problemas no parto.

  3. Absurdamente edificante, grato a Deus por sua vida Maurício.

  4. Ana Lúcia disse:

    Não me assustei nem um pouco, seria necessário que eu não houvesse, jamais, prestado atenção em todas as suas considerações até agora, mas, valeu a estratégia, afinal, estou aqui lendo tudo com muita atenção: “ruído na comunicação”!
    Aproveito a oportunidade para sugerir, além do jejum de internet, um dia de jejum das rádios evangélicas, ou seja, um dia sem ouvir os genéricos de cantores seculares, mensagens de prosperidade, gritaria, enfim, tudo aquilo que tem impedido os evangélicos de pensarem e meditarem na autêntica palavra de Deus.
    O Senhor continue te abençoando!
    Ana.

  5. Parabéns pela riqueza da narrativa. Muito feliz sua abordagem.

  6. Maurício, meu irmão.
    Tem uns 15 minutos que eu li este post, e estou até agora sem palavras.
    Até para escrever isto aqui está sendo difícil.
    Espero que Deus continue te usando para trazer estas verdades para nosso meio cristão.
    Que você seja cada vez mais uma ferramenta nas mãos de Deus!

    • Leandro, fico feliz que minhas singelas palavras acharam abrigo no teu coração. É otimo conhecer mais um membro da nossa família de fé. Um abraço apertado pra ti, no amor dAquele que nos une.

  7. Rafael21 disse:

    Maurício, acabei de postar um comentário no seu post sobre as igrejas emergentes e te elogiei muito pois te achei um homem de Deus, aí logo em seguida eu vejo “sou a favor do aborto” e pensei , que pena deve ser da universal, vou até tirar dos meus favoritos, me enganou,rsrsrsrsrrss
    Mais um post maravilhoso, farei de tudo para divulgar, Deus abençoe.

  8. Rafael21 disse:

    E por sinal, vc é de qual igreja?

  9. Excelente artigo!Considero o aborto um crime hediondo. Mesmo quando eu não tinha religião, eu já era frontalmente contra o ABORTO. Considero-o um crime muito cruel, onde a vítima não tem defesa. É claro que há as situações excepcionadas em Lei e devemos entender tais atenuantes. No entanto, ter relações sexuais sem qualquer cuidado ou compromisso, podendo resultar na prática do aborto, não aceito. Pensar e tomar os cuidados ANTES e não cometer um CRIME depois!

    Não é possível relativizar a vida a uma simples escolha pessoal de uso do corpo. Pura balela e discurso ilógico que já virou refrão!

    As mulheres precisam refletir muito sobre isso. As responsabilidades de uma relação sexual são duplas, não adianta querer forçar outro entendimento. Estou cansada de ver mulheres pagando um alto preço por um entendimento totalmente canhestro do que vem a ser a conquista da mulher por um patamar de reconhecimento intelectual e profissional na sociedade.

    Há mulheres que se arriscam a uma vida livre de costumes, sem o devido cuidado, achando que estão sendo “modernas ” ou contemporâneas e na realidade são muito mais joguetes do homem, pois aceitam o risco da concepção a fim de não perder o seu homem.

    Quanta incompreensão do que é ser realmente mulher!

  10. Carlos disse:

    Bom dia, Mauricio!

    Gostei do artigo falando do aborto, e queria dizer que passo por um experiência de vida com a minha filha mais velha, ela nasceu com hidrocefalia e que foi detectada na barriga da minha esposa por um exame de ultrason, faziamos pré natal com um médico de família, mas ao ver o resultado do exame ele recomendou que procurasemos um hospital adequado pois ele não teria recursos para fazer o perto devido a gravidade do problema.

    Ela nasceu no Hospital dos Servidores no Bairro da Saúde no Centro do Rio. Nasceu com perímetro cefálico normal, porém, havia um buraco em seu cérebro que os médicos chamavam de hidrocefalia exvácuo ( não sei bem se é assim que se escreve), seu nome é Aracele e ela é bem saudável, o problema é que ela é dependente de tudo, não anda, não fala, já tem 22 anos e ainda sua fraudas, algumas coisas ela nos entende.

    Certa vez perguntaram a minha esposa o porque que não fizemos aborto, já que sabíamos do seu estado ainda na gravides, não lembro qual a resposta que a minha esposa lhe deu, mais isso nunca passou em nossas cabeças, eu jamais faria tal coisa, amo a minha filha como se fosse a única a existir no mundo, nunca deixamos de sair com ela vamos a qualquer lugar.

    Há casos e casos, não sei como seria minha reação em um estúpro, por exemplo, como seria o emocional da mulher, será que ela conseguria amar essa criança, se poderia até fazer uma adoção, mas e os nove meses de gestação, poderia ser também uma tortura psicológica, é complicado esse assunto.

    Espero ter contribuido de alguma forma.

    Um grande abraço!

    • Carlos,
      você é um exemplo. Só tenho elogios a você e sua esposa, por terem assumido essa tarefa tão linda. Tenho certeza que o amor e a vida de sua filha são a prova a todos os que optam pelo homicídio deveriam ter assumido o ônus de suas gestações. Parabéns. Parabéns. E parabéns.
      Aracele é uma bênção de Deus. Ser dependente é um detalhe. Ela é uma vida, uma alma, um tesouro. Que alegria que o Senhor presenteou vocês com um tesouro!
      Um abraço apertado. E quando estivermos no Céu, vou querer caminhar com Aracele por lá, batendo um longo papo sobre com ela sobre como sua vida serviu para que as pessoas ao seu redor vivessem o verdadeiro amor de Cristo durante sua trajetória.
      Te admiro.

  11. Aline Ribeiro disse:

    Achei seu blog linkado no perfil de uma amiga do facebook.
    Li um texto, dois, três e caí nesse.
    Sinceramente, não tenho a mínima vontade de parar de ler.
    Compartilho de muitas opiniões com você e você as expõe de uma forma tão lúdica, tão fácil de entender; tão bonita, tão edificante.

    Depois que li como o blog surgiu então, fiquei ainda mais admirada. Poderia ser um blog qualquer, poderia ser um desabafo qualquer. Mas você ainda se preocupou em não apenas falar, mas em edificar.

    Parabéns pela iniciativa.

    Deus te abençoe muito, muito.

    BeiJones

    • Ô, Aline, assim vc comove um pobre monge urbano reflexivo como eu.
      Fico feliz que minhas palavras encontraram morada no teu coração.
      Te convido a me acompanhar nestes devaneios e a compartihar sempre que quiser tuas ideias sobre minhas ideias aqui nos átrios dos comentários.
      Sigamos na caminhada.
      Deus já me abençoa, permitindo ler palavras tão serenas e carinhosas como as tuas.
      Beijo grande, no amor dAquele que nos une.

  12. edson lima disse:

    sou apenas 1 leitor que medita em cada palavra escrita e percebo o quanto ainda o nosso coração pode ser edificado atravez de uma boa leitura. eu estou pastoreando uma igreja no interior de pernambuco, belo jardim é a cidade que estou pregando o evangelho no momento, e uma grande luta que travo é para que as nossas crianças, adolescentes e jovens despertem o interesse pela leitura. sou um defensor e professor da Escola Bíblica, sei que muitas igrejas abandoram o Ensino, tenho amigos que dizem que escola bíblica é coisa ultrapassada, mais quando vejo as crianças defronte a professora observando-a na explicação dos textos sagrados eu me emociono lembro da Lídia a minha eterna professora da EB e continuo a minha saga, a minha jornada numa tentativa de contribuir para que outras pessoas tenham o conhecimento da vida de Jesus atravez do ensino na igreja. Os teus post tem me abençoado. oremos pela igreja no Brasil, pode não parecer mais ela está doente, por falta de comunhão com a Palavra. há!!! um beijo no seu coração rsrsrs

    • Edson,

      tenha a certeza de que não é vão teu trabalho no Senhor. O que vc faz é simplesmente excelente. O admiro pela tenacidade e sentimento cristão.

      Obrigado pelas palavras de carinho.

      Deus te abençoe!

  13. Drik's disse:

    EU tive um aborto!
    Calma! rs…. espontâneo. O meu próprio corpo rejeitou, era um corpo estranho; isso 2 Meses antes de engravidar do meu Bebê Philip. E foi a pior dor que pude sentir na minha vida. É nesse momento que descobrimos que não temos soberania sobre o nosso corpo… pois invade a nossa alma um sentimento de que somos tão pequenos, tão inválidos, tão nada, que somos tomados por um imenso desejo de ter poder sobre o nosso corpo… se fosse assim nunca teria deixado meu Filhinho tão esperado morrer. mas enfim, Deus é bom o tempo todo e sabe o que faz.

    Sobre a segunda parte do texto, também ja fiz alguns abortos, e dói tb… mas, dói muito mais sentí-lo enraizando em nós e perceber que estamos perdendo a sensibilidade de ouvir a Deus e ao mesmo tempo o entristecendo. Nunca é tarde msm, que em cada coração e em cada leitor aqui possa haver o desejo de rejeitar o “corpo estranho” que porventura possa estar em seu corpo. É mto mais glorioso usar o nosso corpo pra honrar ÀQUELE que o fez em santidade, cujo único efeito colateral é Uma doce alegria que nos invade e a graça de um dia poder ouvir do Senhor: “Servo, bom e Fiel.” ;)

    Abração a Ti
    Belo Post

    • Drik,
      uso as palavras de Jó: “o Senhor o deu, o Senhor o tomou, bendito seja o nome do Senhor”. E aí chega Philip, como as segundas filhas de Jó, como Cássia, que estava entre as mais belas da região.
      É como diz Romanos 9, “Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: ‘Por que me fizeste assim?’”.
      Tenha certeza que Deus te deu o melhor.

      Te abraço, sob a soberania de Deus e no amor do Cristo.

  14. Daniel disse:

    Primeira vez no seu site.muito bom mesmo
    Que Deus abençoe sua vida.

  15. Matheus disse:

    Excelente texto. Li-o em voz alta para minha esposa e filha na noite de hoje e tenho certeza que foram impactadas com os argumentos do texto.
    Copiei e colei para o blog de nossa igreja, onde mais irmãos terão a oportunidade de ler e comentar. Claro, cito a fonte e o link para a postagem original.
    Peço ao amado que veja como ficou e, se achar necessária alguma alteração sinta-se á vontade para sugerir, afinal o texto é seu.

    http://ibnvsobradinho.blogspot.com/2011/10/sou-favor-do-aborto.html

    Em Cristo, SEMPRE.

    Matheus

    • Querido Matheus,

      fico é honrado por estar no blog da sua igreja. Nada a modificar.
      Use quantos texto do APENAS quiser, de acordo com a ética do Creative Commons.
      Que essa reflexão venha a abençoar muitas vidas em Sobradinho.

      Deus o abençoe, no amor do Senhor.

  16. Ceiça Persi disse:

    Mauricio a paz do Senhor.
    Li este seu post publicado no Púlpito cristão. Muito bom e esclarecedor deveria ser mais divulgado, pois o seu conteúdo é instrutivo e oportuno tanto para nós que já professamos o nome de Jesus, como para aqueles que estão chegando e estão sendo incentivados a vir como estão e ficar como acharem melhor, bem como para aqueles que ainda não aceitaram a Jesus, para saberem que Deus os ama, quer salvá-los, mas exige o aborto, ou seja, renúncia do pecado.
    Que Deus lhe abençoe.

  17. Daniel pontes disse:

    Mauricio queria pedir que você postasse um video muito bom que fala sobre o aborto.

    Este video tem que ser visto por mais pessoas.
    Desde já agradeço.

  18. karol Abreu disse:

    Oi Mauricio sou nova por aqui,adorei seu blog ,muito bom este post sobre aborto ,gostaria de permissão para compartilhar no meu blog.

    Que Deus te abençoe!!
    Abs

  19. karol Abreu disse:

    Obrigada Mauricio ! O prazer é meu!!
    Amém ,Deus te abençoe!!

  20. E no caso do bebê ser acéfalo????

    • Um bebê sem cérebro não tem cognição, logo, não tem pensamentos ou sentimentos. Se a alma é a parte do homem ligado aos sentimentos, a pergunta que se faz é: esse bebê tem alma?
      E essa, prezados, é uma resposta que só o Criador tem.

      Na paz do Mestre.

  21. João disse:

    ¬¬” Um monte de lorota … o DNA NÃO É o mesmo em toda e qualquer célula do corpo ,dependendo da ”divisão” celular o DNA sofre SIM variações ( mutações ) então só de começo o DNA NÃO É UNIVERSAL!

    De segundo até as primeiras 12 semanas ( mais ou menos ) um feto não tem capacidade cerebral!
    Ele não sente nada.

    Tomar remédios para não engravidar também é ”matar vidas”,
    o uso da camisinha também é ,claro se formos seguir seu pensamento já que metade do DNA de um novo ser esta nos gametas do homem de da mulher e quando vc impede eles de se juntarem e sofrerem alterações vc esta matando as metas de ”uma futura vida”

    Isso é ridículo ,o aborto deve ser um direito da mulher!

    Imagine se uma lei ridícula fosse colocada onde as crianças poderiam ser colocadas pra adoção em troca de não serem abortadas …Não existem famílias estruturadas para todas essas crianças , já não temos nem para as que estão já vivas e pensando ,andando ,falando,comendo,VIVENDO!

    Temos pessoa morrendo todos os dias de fome ,temos crianças passando fome da Africa INTEIRA e só o que vcs sabem falar é de aborto ,temos que priorizar a vida de seres já viventes neste planeta e não seres que vão viver! Enquanto uma criança nasce aqui uma passa fome no outro continente.O mundo esta apodrecendo graças a sua super população ,falta comida ,falta aguá ,falta higiene básica para as pessoas mais pobres ,falta dinheiro ,falta uma vida digna para elas que em sua grande maioria são as pessoas que já não tem quase nada para sobreviver ,ter +1 filho só iria prejudicar mais a vida delas! ( tome como exemplo a Africa onde um aborto la é visto como pecado e como crime ) Como vc acha que eles chegaram a esse ponto de todos passarem fome ? isso é resultado de uma super população e de desunião.

    Aprovo sim o aborto para evitar super população e +crianças sem uma vida digna para se viver por isso é o básico que uma criança deve ter !
    Graças a pensamentos de BOSTA iguais aos seus o aborto não foi legalizado e é por isso que todos os dias na TV temos um caso de crianças abandonadas para morrer ,sofrendo ao Sol e chuva, pois suas mães não conseguiram aborta-los antes de poderem vir a este mundo que esta sucumbindo graças a pessoas de mente limitada IGUAL A VC.

    • Querido amigo,
      .
      pelo que entendi dos seus argumentos, o negocio é sair massacrando
      vidas para que elas não vivam mal. Como se a grande maioria de abortos
      fosse feito por pobres. Ricos não abortam? Não fale do que não sabe, amigo, vá visitar as
      clinicas de aborto dos bairros de elite das grandes metrópoles antes de
      achar que filhinhos de papai não engravidam todos os dias e as mamães e papais, pra não atrapalhar a brilhante carreira universitária que sua filhinha tem pela frente resolvem bancar o infanticídio daquela linda criancinha que tem tanto direito de nascer quanto você. Esse argumento de que só famílias pobres e miseráveis praticam aborto é tão ridículo como desinformado.
      .
      Mas provavelmente gente educada, polida, gentil e cheia de palavras de edificação, alem de argumentos tão bem embasados como vc devem estar certos. Você e pessoas como Adolf Hitler, que fez um grande favor a 6 milhões de judeus exterminando-os e assim livrando-os de tanto sofrimento que há no mundo.
      .
      Vou te dar duas sugestões:
      1.Em vez de abortar crianças na barriga da mãe como um covarde, espere ela
      nascer e mate-a a bordoadas, olhando bem dentro dos olhos dela e ouvindo seu choro, para livra-la da miséria de viver neste mundo tão cruel. Pela sede de sangue que suas palavras demonstram vc ia adorar fazer isso.
      2. Converse com algumas dezenas de pessoas que teriam sido abortadas, alguém conseguiu convencer seus pais a da-los pra a adoção e hoje são adultos felizes, produtivos e que têm vidas plenas e cheias de vida.Pobres e ricos. E veja se eles são a favor dessa pratica medieval.Depois disso você vem me contar sobre como é a sensação de defender o massacre de seres humanos inocentes e desarmados.
      .
      Por fim…o aborto deve ser direito da mulher? Bem, o trafico de drogas deve ser direito do traficante, o genocídio deve ser direito de Pol Pot, o assassinato deve ser direito de Charles Manson e falar bobagens deve ser seu direito. Tanto que vc faz uso dele.
      .
      Dá um tempo. Só não venha assassinar criancinhas perto de
      mim, seu desalmado!
      .
      Que Deus tenha misericórdia de pessoas como vc. Muita!

  22. SOU A FAVOR DA ESCOLHA DA MULHER!
    _________________________________________

    Quem deve decidir se quer abortar ou não, é ELA, apenas ELA!
    Dizer que está matando alguém é hipocrisia, pois como matar alguém que não veio a vida? é a mesma coisa que eu desmatar uma floresta tirando as sementes antes delas crescerem!

    Eu acho que, cada um que é contra o aborto, deveria ser o 1° a adotar uma criança, pois se é tão contra o aborto, pq não está cuidando das crianças nos orfanatos? HIPÓCRITAS!

    Também sou a favor do aborto em caso de “descuido”, pois, se os pais não tiveram responsabilidade para engravidar, quanto mais para cuidar da criança! Pra quê colocar uma criança pra sofrer nesse mundo? duvido que Deus está querendo que nasçam crianças na china!

    SÃO PESSOAS COMO VOCÊS, QUE FAZEM A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NÃO IR PARA FRENTE!!! POR CAUSA DA HIPOCRISIA DE VOCÊS, MULHERES PROCURAM CLÍNICAS CLANDESTINAS, E MORREM, ELA, E O BEBÊ!

    Quem são os assassinos aqui?

    Detetive Smith. Câmbio!

    • Detetive, é ótimo que vc seja a favor da escolha da mulher, pois assim vou pedir a tua mãe que escolha te dar um tiro ou não. Afinal, ela tem o direito de decidir se vc vive ou nao, não é isso? Ah! Só pq vc já nasceu isso muda tudo? Que argumento patético, quem é hipócrita aqui não sou eu.
      .
      Mulheres procuram clinicas clandestinas somente pq nao tiveram a responsabilidade de fazer sexo seguro e em vez de ter o peito de assumir as cnsequências de seus atos preferem assassinar quem não tem como se defender. E quem faz isso é a minoria, as classes A e B são as que mais abortam no Brasil, caro desinformado, em clinicas em que abortar mata menos que dar à luz – então abaixa o tom de voz porque seus argumentos são clichês inverídicos e de quem não entende nada da realidade do aborto no Brasil.
      .
      E quem é vc pra dizer que está matando alguém que “nao veio à vida”? Vc certamente nao teve filhos, pq só um pai sabe a emoção de conversar com seu filho VIVO dentro da barriga da mãe e vê-lo se mexer, reagir ao simples som da dua voz. Vc não tem a menor prova, nem ao menos científica, pra dizer quando começa a vida, então pare de querer tomar o papel de Deus ou dos cientistas, caro sabe-tudo achista, e de dizer à humanidade qdo começa a vida, porque até hoje não tem um cientista sério no mundo que tenha peito de afirmar isso.
      .
      Vá se informar primeiro em vez de opinar segundo seus achismos. Vc provavelmente deve ter achado lindo o holocausto nazista, né, asssassinar aquele bando de gente que vivia em condições precárias, sem qualidade de vida e na pobreza dentro de guetos como os de Varsóvia ou de Cracóvia.
      .
      Ah, e vc duvida que Deus está querendo que nasçam crianças na China? Quem faz cada vida nascer é Deus então se nasce um chinezinho é porque Deus quis, rapaz. E se você estudar um tiquinho que seja sobre a biografia das pessoas que foram fundamentais na história da humanidade verá que a grande maioria nasceu em familias pobres, tiveram infâncias miseráveis e ainda assim se tornaram homens e mulheres que mudaram os rumos do mundo para melhor. Vai estudar, rapaz!
      .
      Abaixe o tom de voz, seja mais educado e pare de falar tanta bobagem sem argumentação científica sólida. Santa petulância…
      .
      Deus te abençoe. Câmbio final, desligo.

      • anna disse:

        Concordo com você, voces falam em abortar porque ja nasceram. eu tentei fazer isso me arrependo amargamente, graças a Deus que ele nasceu sem nenhuma doença!

  23. Deus seja contigo, mano (:

    Esses últimos três posts (fora suas respostas) exemplificam muito bem a necessidade do aborto ao qual você é a favor.

    Parei pra analisar o termo ‘abortar’ usado em outra situação, como em: “Abortar a missão.”. Como sabemos, essa palavra significa interromper, cessar, frustrar, malograr, etc. Ainda que sem a consciência do pecado, infelizmente, já nascemos nele. Bem .. seguindo o fluxo natural, dando continuidade à ‘missão’ do pecado, caminharemos rumo ao abismo. E aí entra a sua reflexão, mano (: se não abortarmos o si mesmo, o homem carnal, os velhos costumes, o amor pela “vida” na terra, tudo isso fecundará e gerará o destino do homem sem Deus: morte.

    Gostei muito da elocubração =] Fique em Paz, mano

    nEle, que abortou a morte pra fazer nascer a Vida.

  24. Deborah Raiane disse:

    Meu Deus! Fazia muito tempo que não via uma criatura tão ungida do senhor. Obg por me abrir os olhos ainda mais. Muitos dsses políticos que estão votando a favor do aborto deveriam fazer o aborto diário de seus pecados. E ao invés de matar essas crianças dar-lhes uma oportunidade de vida ,de olhar uma mundo nem que seja uma única vez. Obg meu irmão deus te abençõe sempre e cada vez mais

  25. Lair disse:

    Minha esposa já abortou duas vezes. E acredito que fizemos a coisa certa, nesse tempo fui promovido na empresa em que trabalho e minha mulher concluiu a faculdade e está ingressando no mercado de trabalho, coisas que não teríamos oportunidade de fazer caso tivéssimos tido os filhos. Pretendo esse ano agora ter um filho e fazê-lo feliz. E quanto aos outros dois que não vieram ao mundo? Não tinham cérebro formado, eram do tamanho de um grãozinho de feijão e não sentiram dor alguma ao terem a gestação findada. Digo-lhes: Abortem se isso for o mais correto, como no meu caso foi.

    • Lair,
      Lamento sua decisão e pelas vidas que se perderam.
      Deus o abençoe.

    • Cláudio Carvalho disse:

      1)“Zigoto. Esta célula resulta da fertilização de um oócito por um espermatozóide e é o início de um ser humano… Cada um de nós iniciou a sua vida como uma célula chamada zigoto.” (K. L Moore. The Developing Human: Clinically Oriented Embryology (2nd Ed., 1977), Philadelphia: W. B. Saunders Publishers);
      2)“Da união de duas dessas células [espermatozóide e oócito] resulta o zigoto e inicia-se a vida de um novo indivíduo. Cada um dos animais superiores começou a sua vida como uma única célula.”(Bradley M. Palten, M. D., Foundations of Embryology (3rd Edition, 1968), New York City: McGraw-Hill.);
      3)“A formação, maturação e encontro de uma célula sexual feminina com uma masculina, são tudo preliminares da sua união numa única célula chamada zigoto e que definitivamente marca o início de um novo indivíduo”. (Leslie Arey, Developmental Anatomy (7th Edition, 1974). Philadelphia: W. B. Saunders Publishers);
      4)“O zigoto é a célula inicial de um novo indivíduo.” (Salvadore E. Luria, M. D., 36 Lectures in Biology. Cambridge: Massachusetts Institute of Technology (MIT) Press;
      5)“Sempre que um espermatozóide e um oócito se unem, cria-se um novo ser que está vivo e assim continuará a menos que alguma condição específica o faça morrer:” (E. L. Potter, M. D., and J. M. Craig, M. D Pathology of lhe Fetus and lhe Infant, 3rd Edition. Chicago: Year Book MedicaI Publishers, 1975.);
      6)“O zigoto (…) representa o início de uma nova vida.” (Greenhill and Freidman’s, Biological Principies and Modern Practice of Obstetrics)

      Como já se disse, o valor científico destas afirmações é inquestionável, pois constam dos livros adotados pela maioria das Faculdades de Medicina dos EUA.

  26. anna disse:

    So quero deixar meu depoimento, não estou jugando ninguem, cada um faz o que quiser!

    Quando engravidei eu tinha 15 anos não queria de jeito nenhum essa criança, minha mae também ñ ia aceitar, eu queria MATAR essa criança que não tinha culpa de nada, pois foi por irresponsabilidade minha e do meu namorado.Desde quando eu suspeitava da gravidez não me apoio em fazer aborto, falava que ele nao tinha culpa de nada, que ele ia enfrentar minha familia. Ja eu não queria fiz chá, tomei de tudo, mais nada adiantou. Minha mae descobriu a gravidez, foi um susto pra mim pois ela aceitou normalmente. Morria de medo do meu bb’ nascer com algum problema de saude, por minha culpa. Hoje ele e tudo pra mim, tudo que eu tenho de mais importante, hj ele está com 2 meses perfeito graças a Deus, não tem nenhuma doença.

    pra provar que e verdade olhem ele –>https://www.facebook.com/photo.php?fbid=437828959601393&set=a.437828642934758.121686.100001228771433&type=3&theater
    O JOÃO EDUARDO E A RAZÃO DA MINHA VIDA E POR ELE QUE ACORDO FELIZ TODOS OS DIAS MESMO ESTANDO TRISTE.

  27. cinthya santos disse:

    vamos lembrar meu caro jovem que existe casos que perante a lei são viaveis em relação ao aborto e são eles:
    risco de morte e em casos de estupro.
    pra mim uma criança não merece viver sem a mãe e muito menos sendo o fruto de uma agreção, retirando esses dois fatos a sua materia é realmente fantastica, não que minha critica afeissoaria a sua tese em relação, mas os fatos foram realmente comparaveis a uma realidade futura ao nosso simples pais.
    brevimente estarei a frente de um simulado contendo suas informações em mãos obrigado!!!

    • Cinthya, olá,
      respeito sua opinião.
      Sugiro apenas que você converse com algumas pessoas que tenham nascido de um estupro e pergunte a elas – e às suas mães – se preferiam ter sido abortadas. Também a mães que enfrentaram o risco de morrer e hoje têm filhos e netos se se arrependeram de ter corrido o risco.
      Já fiz isso. As respostas vão te surpreender.
      Deus te abençoe e que tudo dê certo no seu simulado,
      mz

      • cinthya disse:

        sim. mas pensse bem eu não gostaria e vc?
        eu me sentiria mal sendo o fruto dessa maldade e a mãe quando olha-se o seu filho lembraria realmente do seu mal!!!!!!

      • Olá, Cinthya,
        .
        só para ter certeza de que entendi sua pergunta: você está me perguntando se eu preferia ter sido abortado a nascer fruto de um estupro, é isso? Bem, tento pensar em todo o bem que promovi ao longo da minha vida e todas as pessoas que ajudei e quero crer que apesar do mal que gerou minha vida ela pode ser bem aproveitada. Certamente minha filha agradece o fato de eu existir. Minha esposa também. Meu irmão idem. Sou apenas um estupro ou um ser humano?
        .
        Deixe-me pegar um exemplo bíblico: não sei se você conhece a história do adultério de Davi com Bateseba. O ato em si foi abominável. Mas se você for ler a genealogia de Jesus Cristo, verá que Ele é descendente justamente desse relacionamento. Ou seja: de um ato nefasto veio a maior bênção da história da humanidade.
        .
        Cinthya, nunca despreze as coisas boas que podem advir de uma tragédia. Curioso que as mães com quem conversei que tiveram filhos de estupros em momento algum demonstraram arrependimento. Amam seus filhos. São SEUS e não filhos de um estupro. São vidas, que geram alegrias. O criador de uma certa ONG muito conhecida no Brasil, que ajuda milhares de pessoas, nasceu de um estupro. Veja que desperdício teria sido abortá-lo.
        .
        Se eu roubo uma semente sua, a planto e dela nasce uma árvore que dá frutos que alimentam muitas pessoas, aquela semente deveria ter sido esmagada e descartada por ser fruto de um roubo? Quem daquela árvore se alimenta não pensaria isso. E se você vir os bons frutos que a árvore dá não se sentiria tão triste por um dia a semente que deu origem a ela ter sido roubada de si.
        .
        A questão aqui é priorizar o que tem mais valor. Uma vida tem pouco valor? É pra se pensar.
        .
        Deus te abençoe muito,
        mz

  28. Ana disse:

    Santa hipocrisia! Santo eufemismo! Santo véu que encobre teus olhos e não te deixam enxergar a realidade atual. Fico triste quando encontro textos tão sem argumentos críticos e tão sem base literária. Baseado apenas em uma opinião vaga e sem sentido. Por essas e outras que o Brasil vai como vai. Santo fanatismo. Que nós, todos nós, batamos palmas a você, que está imerso em ignorância e ilusão.

    • Olá, Ana,
      .
      obrigado pelas suas palavras tão cheias da doçura ao estilo Roberto Jefferson. Pena que dar valor à vida humana seja fantatismo aos seus olhos. Suas palavras transparecem que ser uma pessoa não ignorante nem iludida é dirigir palavras tão amáveis ao seu semelhante como essas. Lamento por você. Talvez se todos fossem tão ignorantemente agressivos como você é com quem democraticamente expõe suas ideias o país estaria melhor, não é? Desculpe, tenho mais o que fazer do que ler bobagens como esse seu comentário.
      .
      Deus te abençoe,
      mz

  29. Fernanda disse:

    Tenho 18 anos e não sei ao certo o que pensar do aborto ainda. Mas sei que se eu fosse vítima de estupro ou algo do tipo, eu faria um aborto sim. Pois sou nova, e um filho iria ‘atrapalhar’ nos meus objetivos, mas se por algum descuido meu e de meu namorado ou marido eu gerar um filho, com toda a certeza eu o teria, e de forma alguma o tiraria. Como você mesmo disse, meu filho pode fazer a diferença, não é porque eu sou pobre que o meu filho também será, e se não houver uma concordância, posso doar meu filho para a adoção, onde haverão pessoas que o amarão e lhe darão apoio para ser alguém digno. Mas eu acho que se a mulher é consciente na hora de tirar o filho, ela tem que ser consciente na hora de se prevenir também, eu acho engraçado isso, as pessoas só são conscientes na hora de fazer o errado. Adorei o texto!! Bjs.

    • Olá, Fernanda,
      .
      aborto é simplesmente tirar uma vida humana que não tem como se defender. É assassinato. A única diferença entre seu bebê e você, por exemplo, é o tempo de vida que têm.
      .
      Como você ainda não sabe ao certo o que pensar do aborto, deixe-me ajudá-la. Para você entender o que é um aborto, recomendo que assista a este video. Eu não consegui assistir todo, desculpe, as lágrimas me impediram de ir até o final:
      .
      http://www.youtube.com/watch?v=OcekzeOUrC0
      .
      Deus te abençoe,
      mz

  30. Andrômeda disse:

    A paz! Maurício, bela reflexão!

    Concordo plenamente com seus argumentos. O aborto de uma vida é algo além da crueldade, é desumano… Nem a própria mãe tem o direito de interromper a vida de seu bebê. Como foi dito, Deus é o autor da vida, somente Ele tem o direito sobre esta.

    Mas, falando do pecado, aborta-lo realmente não é fácil… As vezes, quando parece que nos desfazemos dele, na verdade ficaram uns vestígios que teimam em querem nos fazer cair novamente, mas creio que, pelo poder e graça de Deus, chega o momento pelo qual conseguimos abandona-lo definitivamente , aborta-lo de nosso corpo, de nossa alma, ao ponto de termos nojo daquele pecado.

    E como você disse, a solução é joelho no chão…humilhação na presença de Deus, reconhecendo que sem Ele não conseguimos vencer o pecado, não conseguimos abandona-lo por completo.
    E para nós Cristãos é uma luta diária, e que luta! Mas…ah…como vale a pena abortar o pecado, dando lugar ao Senhor para gerar em nós bons frutos.

    Preciso dizer novamente o quantos seus textos tem me edificado. Tornou-se uma leitura diária! Aprender, meditar, um após o outro… Meu irmão Maurício, sinto paz em seus textos, parece que você conversa conosco, sinto que verdadeiramente és usado por Deus!
    Que Ele possa abençoar ainda mais a sua vida, sua família, seus sonhos e projetos, e que ele multiplique esse dom maravilhoso da palavra, da escrita, o dom de nos transmitir conhecimentos tão indispensáveis, e o melhor: sempre com base na santa e bendita palavra do Senhor!

    Grande abraço, na paz do nosso Deus.

  31. Caro Maurício,

    Só tenho uma coisa pra te dizer: PARABÉNS!

    Belas e sábias são as tuas palavras!

    Abraço, Jéssica.

  32. Felipe disse:

    Ola Zagari,

    gostaria de compartilhar aos irmãos esse video sobre o aborto, ( http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=7y2KsU_dhwI#!) é muito bom, eu vi hoje no blog “voltemos ao evangelho” não sei se você já assistiu zagari, mais é muito interessante. espero que possa ajudar de alguma forma a “enriquecer” o post.

    Abraços!

  33. Alessandro disse:

    Cara, vc é um marketeiro de mão cheia, um marketeiro espiritual, como simplesmente com seus titulos vc consegue chamar a atenção pra ler seus textos gloria a Deus, texto fantastico,eu como cristão e profissional de marketing que o diga, kkkkk. Ia te fazer algumas perguntas como argumentar em algumas situações , mas li todos os comentarios e achei a resposta neles. Cara mais uma vez, Deus abençoe sua vida, que ele continue te dando sabedoria mais e mais.

  34. ANA disse:

    VOU FAZER UM COMENTARIO DIFERENTE DE TODOS, PARA ACABAR COM ESSE DICURSO
    O mais irônico, é que a maioria dos comentários contra o aborto, partem dos homens. E o pior, que, quando a CRIANÇA NASCE, PROBLEMA E SEU esses que estão contra o aborto, sera que sustentariam a criança??

    Vcs que são contra, RECADINHO demonstrem o amor pelo próximo, o amor pelo ser humano, pela vida, pelo feto, já que vcs estão pregando isso….. ao invés de comentar…E PERDER TEMPO FAZENDO UM BLOG… E SE EXPONDO façam uma boa ação procurem um orfanato mais proximo e adotem as crianças abandonadas, CRIANÇAS NEGRAS ALEIJADAS, CEGAS, E ETCC…caso queiram poderão também ir as ruas e adotem.
    Ah e nada de escolher criança branca ou com menos de cinco anos de idade… dizem que a adoção é difícil. MENTIRA, é porque geralmente as pessoas querem crianças brancas e com menos de cinco anos de idade e de preferencia meninas……
    VOCES QUE SAO A CONTRA O ABORTO,…. QUE TEM AMOR AO PROXIMO, É CONTRA O ABORTO DE VERDADE, ADOTE UMA CRIANÇA ABANDONDA INDEPENDENTENTEMENTE DA IDADE E COR E SEXO
    BANDO DE HIPOCRITAS
    SE MASTURBAR TAMBEM É ABORTAR VIU AUTOR DO BLOG, E A TODOS
    AFINAL O ESPERMATOZOIDE E UMA CELULA VIVA, TEM FLAGELO, CABEÇA E NADA, É UMA CÉLULA MUITO COMPLEXA… DESPERDIÇAR O OVULO TODO MES, TB É ABORTO, AFINAL A MULHER FOI FEITA PRA TER UM FILHO POR ANO… HIPOCRITAS

    os: quero ver se ele ver se ele vai ter coragem de publicar,,,

    • Ana, olá,
      .
      claro que tenho coragem de publicar, muito embora a tentação de nao fazê-lo seja grande. E nao porque sua opinião pessoal seja discordante da minha, mas pela forma tão agressiva, deseducada e deselegante pela qual você expõe seus argumentos.
      .
      É possível, minha cara, discordar sem ofender, dialogar sem agredir. Que pena que você nao demonstre compreender isso.
      .
      Sobre a sua opinião acerca do assassinato de seres humanos no ventre por suas próprias mães, é seu direito tê-la. Assim como é direito do ser humano que foi cruelmente estraçalhado na barriga pela própria mãe nascer, viver e ter a possibilidade de novas chances.
      .
      Acredito que você já teve momentos infelizes em sua vida, assim como dificuldades, doenças e dores. Pelo seu argumento, teria sido melhor abortar você para evitar que tivesse passado por tudo isso?
      .
      Deus a abençoe,
      mz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s